1. Spirit Fanfics >
  2. Me apaixonei pelo meu padrinho >
  3. Capitulo 20

História Me apaixonei pelo meu padrinho - Capítulo 20


Escrita por:


Notas do Autor


Olá pessoal! Mais um capitulo da Fanfic espero muito que gostem! 💙

Capítulo 20 - Capitulo 20


— O que tá acontecendo aqui? — pergunta a pessoa entrando na sala.

Olho para Helena, assustado e ela da mesma forma.

— Fernanda! O que você tá fazendo aqui? -pergunto me levantando da cama e passando a mão na boca, tirando o batom que tinha nela.

— Pelo visto estraguei a vossa festinha né? — fala Fernando. Ela estava furiosa pude perceber isso em seus olhos.

— Não é nada disso que você tá pensando amor. — tento me explicar.

— Ahh não? ENTÃO ME EXPLICA… ELA TAVA SENTADA NO SEU COLO OTTO, NO SEU COLO? — fala ela em um tom alterado

— Fernanda calma! — falo em um tom calmo.

-EU SÁBIA QUE VOCÊ GOSTAVA DELA, COMO EU FUI TONTA! — fala ela chorando e saindo do quarto.

— Fernanda espera…-falo saindo do quarto e indo atrás dela.

Fernanda volta aqui meu amor.....

— falo puxando ela pelo braço.

— Eu não queria fazer aquilo, foi a Helena que começou a me seduzir e… Eu acabei não resistindo. Mas, a pessoa que eu amo e você.

— Sério isso? — pergunta ela.

— Claro que sim! Aquilo não significou nada pra mim. — falo dando um abraço nela e a mesma retribui.

Depois de conversar com Fernanda, ela vai embora então vou até o quarto e vejo Helena deitada.

— Helena em vez de você ir pra casa da sua amiga amanhã, por que você não vai lá pra casa? Com certeza você vai precisar de ajuda, pra fazer as coisas. — falo me aproximando dela.

— Melhor não! Hoje eu percebi que a minha atração por você é maior do que eu pensava. É melhor agente manter distância… para não acontecer  algo que depois  a gente se arrependa— fala Helena.

— Tem razão! — falo me sentando no sofa e acabo dormindo lá mesmo.

No outro dia…

Helena narrando…

Me acordo com a enfermeira entrando no quarto avisando que minha amiga Larissa havia passando aqui e deixado a chave de casa e uma roupa pra mim. Me levando, tomo um banho e me arrumo.

Em seguida, Waldisney entra na sala.

-Oi! princesa! Tudo bem? — pergunta ele.

— Sim, e você? — respondo dando um sorriso.

-E você e o Otto se resolveram? — perguntw ele.

— Sim. Agente resolveu ser só amigos… esse amor que eu sinto por ele nunca vai ser correspondido. Então eu resolvi seguir minha vida. — respondo.

-Tá! mais que certa! — fala ele dando uma risadinha.

— Vamos eu te deixo em casa. — fala ele abrindo a porta e olhando pra mim.

— Vamos sim! — respondo.

Saímos do Hospital e, ele me deixa em casa e vai para a 0110.

------♤♤ ALGUNS DIAS DEPOIS♤♤-------

Helena narrando....

Alguns dias se passam e eu estava bem melhor! Completamente renovada. Me acordo bem cedo me arrumo e vou para 0110, Chegando lá, todos me recebem com o maior carinho e atenção.

Sento em minha cadeira e em seguida começo a trabalhar, tinha muita coisa pra fazer já que eu passei quase uma semana sem trabalhar.

Então, Fernanda se aproxima de mim e fala.

— Vemos aqui que a ladra de namorados  voltou. — fala ela

— Eu tenho muito trabalho Fernanda, não tenho tempo para os seus chiliques não! — falo a encarando.

— Pelo menos não sou eu que fica se atirando pro namorado alheio. — fala ela tentando me provocar.

— Eu não tenho culpa se você não confia no seu namorado e outra, eu não preciso ficar me atirando pra ele não… Sabe por quê? Porque se eu estalar os dedos… ele vem como um cachorinho nas  minhas mãos! — fala me levantando é indo até à sala de Otto.

— Essa vagabunda vai me pagar. — fala Fernanda em um tom baixo… mais, ainda assim consigo ouvir.

— Otto! — falo trazendo sua atenção toda para mim. — Aqui estão algumas pastas com documentos da empresa, eu organizei tudo em ordem alfabética, pra ficar mais de você ver depois. — falo lhe entregando a papelada.

— Obrigado! — fala ele. — Como você tá? Depois daquele dia no hospital agente mau se falou… — fala ele olhando para mim.

— Estou ótima! Obrigado por perguntar… Licença… vou voltar para o meu trabalho ainda tenho muita coisa pra fazer. — falo me retirando da sala e indo para minha mesa.

Depois de algumas horas Waldisney vai ao meu encontro e fala que Otto estava nos chamando em sua sala. Chegando lá estavam ele é Fernanda.

— Estão precisando de algo. — pergunto.

— Não. — fala Fernanda. — Só queríamos convidar vocês para saírem connosco, hoje a noite. E ai o que me dizem? — pergunta ela.

-Nossa que legal! Vamos sim né amor? — pergunto olhando para Waldisney.

-Claro que sim, princesa! -fala Waldisney dando um sorriso.

— Que horas nos encontramos então? — pergunto..

-As 21:00 horas… naquele restaurante perto da casa do Otto.

— Tá bom. — falo olhando pra ela.

— Vamos Helena, eu tenho que passar na faculdade pra pegar minha irmã e, ainda vou te deixar em casa. — fala Waldisney olhando pra mim.

-Se você quiser. Posso te deixar em casa Helena? — fala Otto olhando pra mim.

-Não precisa, eu vou com o meu namorado. - falo pegando na mão de Waldisney e saindo da sala.

Depois dele me deixar em casa vou para o meu quarto, tomo um banho, visto um vestido preto bem colado… que marcava toda a minha silhueta, em seguida um salto preto.

Na maquiagem resolvi fazer uma pele bem leve. Apenas com base, pó, blush e, máscara de cílios… e pra finalizar um batom vermelho bem escuro.

Pego minha carteira e meu celular e Desso até a sala. Chegando lá encontro Larissa com um balde de pipoca, com um pijama assistindo série.

-Aff amiga por que você não saí um pouco? Ver gente as vezes faz bem sabia? — falo olhando pra ela.

— Prefiro ficar em casa vendo minhas séries. — fala Larissa.

— Eu fiquei sabendo que abriu um restaurante novo de comida chinesa que eu sei que você adora. Vai lá… toma um banho, coloca uma roupa  bem bonita e, arruma esses seus cabelos lindos. — falo me aproximando dela.

— Quer saber eu vou mesmo! — fala Larissa se levantando do sofá.

-Vai amiga. Quem sabe você não encontra seu príncipe encantado lá. — falo dando uma risadinha.

— Agora tento que ir… meu namorado e… meus amigos estão me esperando. Beijo divirta-se. — falo abrindo a porta.

— Obrigado, você também! — fala Larissa dando um grito, saiu dali e vou até a garagem.

Pego meu carro que e vou até o restaurante.



E ai estão gostando?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...