1. Spirit Fanfics >
  2. Me apaixonei pelo Tobi? >
  3. O que rolou?

História Me apaixonei pelo Tobi? - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


Bom diaa chuchus


Fiz um cap antes do aniversário, pra vocês verem com quem tem a chance da S/n ficar antes do Tobi.

Não ficou muito bom, tô bem cansada e sem criatividade alguma.

Espero que gostem, boa leitura 💖

Capítulo 6 - O que rolou?


S/n on

 

Acordei meio perdida, olhei no relógio e era 21:00, levantei peguei uma troca de roupa e fui tomar banho, depois de 20 minutos sai do banheiro e desci comer alguma coisa, não tinha ninguém na sala de cima e ninguém na debaixo, entrei na cozinha e ninguém também, achei um pouco estranho não ter ninguém em casa, mas ignorei e fui fazer alguma coisa pra comer. Peguei meu prato e fui comer na sala de cima, coloquei em um filme e fiquei lá.

 

~Quebra de tempo~

 

Já era 00:15 e continuava silêncio, será que aconteceu alguma coisa?! Desliguei a TV e fiquei mais um tempo aqui, até que ouvi uma porta batendo, sai correndo pra ver onde era, desci a escada e não tinha ninguém, até que chegando perto das duas portas que tem na sala ouvi umas vozes, era da porta que eu não sabia o que era la, tentei abrir mas estava trancada, cheguei mais perto pra tentar ouvir alguma coisa, estava silêncio. Já que não dá pra ouvir nada vou ficar aqui no sofá e esperar alguém sair.

 

S/n off

 

Konan on

 

Não consigo me concentrar em nada depois que Tobi me contou sobre o aniversário da S/n, agora vou esperar Pain chegar pra conversar com ele.


Passado 20 minutos ele chegou e foi direto para o escritório.

 

Pain – Cheguei, como foi por aqui? – falou entrando e fechando a porta

 

Konan – Tudo certo sim, pode trancar a porta fazendo favor?! – falei levantado da cadeira dele e sentando no sofá

 

Pain – Aconteceu alguma coisa? – falou trancando a porta e sentando do meu lado

 

Konan – Tobi veio me falar que amanhã é aniversário da S/n e deu a ideia de fazermos uma festa surpresa pra ela, o que acha? – expliquei e fiz uma cara de criança quando pede doce pra mãe

 

Pain – Não sei não, a última vez que fizemos uma festa o Hidan bebeu tudo sozinho praticamente e ainda trouxe uma desconhecida pra cá – falou indignado

 

Konan – Podemos fazer uma reunião 00:15 já que todos vão ter chegado das missões, você pode aproveitar a festa pra anunciar ela oficialmente como membro.

 

Pain – Pode ser, mas se der alguma coisa errada você será punida – deu um sorriso de canto

 

~Quebra de tempo~

 

Já era 00:00 fui no quarto do Pain, bati na porta duas vezes e ele abriu, ele estava com uma calça jeans, um tênis branco e sem camiseta, meu Deus, como esse homem consegue ser tão maravilhoso assim.

 

Konan – Oi, já podemos nos reunir? – perguntei um pouco envergonhada

 

Pain – Sim, já podemos.. Mas deixa que o Zetsu reúne todos, você pode me ajudar com uma coisa aqui – falou pegando minha mão e puxando pra dentro do quarto e trancou a porta

 

Konan – o-oque?! – não estava entendendo o que ele queria

 

Pain se aproximou de mim colando nossos corpos, pegou minha mão e me levou até a cama, ele se sentou e me puxou pra sentar no colo dele, assim que sentei ele colocou uma mão no meu pescoço e tirou uma mecha de cabelo que estava ali, logo começou a beijar meu pescoço enquanto a outra mão estava na minha bunda, ele estava apertando tanto que tenho certeza que vai ficar marcado.

 

Estava ficando excitada já e tudo o que queria era beijá-lo, peguei no queixo dele erguendo sua cabeça, fazendo ele olhar pra mim, então fui na direção dele e o beijei, ele logo correspondeu e foi aí que vi que isso era tudo o que precisávamos a muito tempo, então ele começou a beijar meu pescoço de novo e foi dando leves selinhos até meus seios, eu estava com uma blusa de alcinha e tinha um decote mais ou menos, quando ele colocou a mão na barra da minha blusa e foi erguer, o Zetsu aparece no quarto. 

 

Zetsu – Aí meu Deus, m-me desculpa, eu não sabia – falou envergonhado 

 

Pain – Calma Zetsu, só quero que não fale isso pra ninguém por enquanto – falou apenas olhando para o Zetsu e segurando minha cintura

 

Zetsu – Sim, senhor. Vim avisar que já estão todos na sala de reunião e a S/n está no sofá da sala aqui de cima

 

Konan – Temos que ir logo então, ela pode acabar nos seguindo – falou levantando rápido e abrindo a porta, Zetsu desapareceu no chão 

 

Pain – Certo,  certo – pega uma camiseta preta e veste saindo do quarto, quando ele estava passando pela porta parou na minha frente e falou – Depois a gente continua de onde paramos

 

Konan – A-ah vou esperar ansiosa por esse momento – falei sorrindo maliciosa e fechei a porta


 

Descemos a escada e entramos na sala, todos nos olharam como se soubessem o que estávamos fazendo, olhei para Zetsu e ele não parecia ter contado, afinal ele mostra ter muito respeito pelo Pain. 

 

Pain – Certo, já que todos estão aqui.. – antes que Pain terminasse de falar, é interrompido por Kakuzu 

 

Kakuzu – O idiota do Hidan foi no banheiro – falou cruzando os braços

 

Pain -Então vamos esperar o Hidan – falou olhando o relógio 

 

Depois de 5 minutos Hidan entra na sala correndo e bate a porta com tudo 

 

Todos, menos Hidan – shhh!!

 

Hidan – Me desculpa, a porta escapou da minha mão – falou colocando a mão atrás da nuca

 

Pain – Tranque a porta, rápido! – Pain falou para Hidan,  que imediatamente obedeceu a ordem do chefe

 

Segundos depois ouvimos um barulho na sala e a tentativa falha de abrir a porta, todos se olhavam apreensivos e em silêncio. 

 

Pain – Zetsu,  veja se podemos começar a reunião – falou menos tenso

 

Zetsu desapareceu e apareceu em questão de segundos, se sentou no seu lugar. 

 

Zetsu – ela está aqui na sala, mas parece estar com sono, então podemos começar

 

Pain – Reuni vocês aqui, porque Tobi descobriu que amanhã/hoje é aniversário da S/n, e veio pedir para darmos uma festa surpresa a ela

 

 

Deidara – Mas como vamos dar uma festa surpresa se ela não sai daqui?! – perguntou pensativo

 

 

Tobi – É verdade, ela não tem amigos e nem família, ouvi ela falando no celular e o primo dela, o Neji, quer ver ela, se ela for, podemos arrumar o esconderijo e quando voltar terá a surpresa. 

 

Konan – Realmente é uma boa ideia Tobi – falei sorrindo e olhei para Pain 

 

Hidan – Vai ter bebida né?! – falou feliz

 

Pain – Sim terá, mas não quero que façam nada além de beber, conversar e se divertir – falou sério – e sem trazer pessoas de fora pra cá – olhou para o Hidan

 

Kakuzu – Conte comigo, mas com meu dinheiro não. 

 

Itachi – Posso comprar os doces se precisarem de ajuda. 

 

Tobi – Ebaa, Tobi gosta muito de doces – falou alegre 

 

Pain – Então, Itachi e Tobi ficam responsáveis pelos doces, Konan e eu ficamos na decoração, Hidan e Kakuzu vão para as bebidas, Kisame e Deidara vão nos salgados. Todos irão sair amanhã por volta das 15:00, entendido? 

 

Todos, menos Pain – Sim, chefe! 

 

Pain – Estão despensados. Konan, preciso falar com você – todos nós olharam e deram um sorriso de canto

 

Konan off

 

Tobi on 

 

Ainda bem que deu certo a reunião, quando estávamos saindo da sala, S/n estava deitada no sofá dormindo, como que consegue dormir tanto desse jeito. 

 

Deidara – É Tobi, vai sobrar pra você levar ela pro quarto – falou rindo, Hidan ficou me olhando como se não tivesse gostado da ideia do Deidara 

 

Hidan – Pode deixar Tobi, eu levo ela – falou andando na direção dela

 

Tobi – Sabe, não precisa não, eu consigo levar ela – falei também indo na direção dela

 

Kisame – Isso não vai dar bom neee – falou subindo a escada e indo para o quarto

 

Kakuzu já tinha subido primeiro que todos e Itachi estava ali olhando aquele teatrinho que o Hidan estava fazendo. 

 

Itachi – Hidan, porque não deixa isso de lado e vai dormir, afinal ela é companheira de quarto do Tobi, ele pode levar ela – falou indo até a escada 

 

Olhei para Hidan e não parecia que ele ia sossegar e eu também não ia, sei muito bem o que esse cara quer, e ele não vai conseguir enquanto eu estiver por perto.

 

Começamos a discutir, Deidara entrou no meio pra separar mas foi inútil, Itachi veio também, mas não conseguiu nos segurar. 

 

S/n – Eai qual foi, vocês podem fazer menos barulho né, tem gente tentando dormir aqui – falou se sentando no sofá e bocejando

 

Deidara e Itachi começaram a rir, Hidan e eu nos olhávamos com toda raiva.

 

Deidara – Agora não precisam mais brigar pra ver quem vai levar ela – disse ainda rindo 

 

S/n – Vocês estavam brigando por minha causa?! – falou querendo rir também - Acho que poderiam só ter me acordado, consigo ir para o quarto sozinha

 

Itachi – Viu?! Não precisava de tudo isso – disse subindo a escada e indo pro quarto

 

Deidara – Já vou indo também – disse bocejando – Ah S/n se precisar correr desses dois malucos, estou no quarto, é só entrar – deu um sorriso de canto e foi subindo a escada. 

 

No mesmo momento Hidan o olhou com raiva e saindo correndo atrás do Deidara

 

Hidan – Volta aqui barbie, vou fazer de você um sacrifício pra Jashin – enquanto corria atrás do Deidara 

 

Deidara – Minha nossa nossa nossa, sou muito novo pra morrer – entrou no quarto batendo a porta

 

S/n – eles são loucos né – falou rindo
 

Tobi – Com o tempo você se acostuma – falei indo em direção da porta da sala pra ver se estava trancada
 

S/n ficou me esperando, quando ela se aproxima um pouco da porta da sala de reunião, ela fez uma cara de surpresa e colocou a mão na boca

 
S/n – Tobi do céu, vem escutar isso – falou surpresa e cochichando
 

Fui até la e me aproximei ficando perto da porta e de frente com a S/n, dava pra ouvir bem baixinho o gemido de Konan e Pain.

 
Tobi – O chefe tá que tá – falei rindo baixo – Vamos, já está tarde
 

S/n – Aah podemos ficar mais um pouquinho – falou se aproximando mais da porta

 
Tobi – Deixa de ser safada e vamos logo – ela fez que não com a cabeça – Se não vem por bem, vem por mal – peguei ela no colo, colocando-a no meu ombro

 
S/n – Me solta Tobii – bateu algumas vezes na minha costa, ela é forte, mas não foi o suficiente pra soltar ela
 

Chegamos no quarto, desci ela no chão e tranquei a porta, ela não parece ter ligado muito, deitou na cama e já estava quase dormindo
 

Tobi – Você vai dormir assim? – perguntei com a voz um pouco mais grossa

 
S/n – Assim como? – perguntou confusa
 

Tobi – Você tá de short jeans, acho que não é aconselhável dormir com ele – falei tirando meu tênis – Pode se virar um pouco pra poder trocar de roupa?
 

Ela se virou, troquei de roupa e fui apagar a luz, quando vi ela estava dormindo, não acho que faça bem ela dormir com esse short, parece estar bem apertado, fui até ela devagar e sem fazer barulho, quando estava quase colocando a mão no zíper de seu short, ela segura meu pulso
 

S/n – O que ia fazer? – perguntou sem abrir o olho, como ela sabia que eu estava aqui
 

Tobi – Nada,  só ia abrir seu short pra não te apertar – falei sem graça
 

S/n – Ata, eu posso fazer isso sozinha, obrigada – falou abrindo seu short, ela se virou e voltou a dormir.
 

Deitei na cama e fiquei olhando ela dormir, tão linda dormindo, ela é tão calma, ficar com ela no mesmo lugar me traz paz, fiquei olhando-a até que dormi também.
 

Tobi off

 

S/n on

 
De novo acordei assustada, olhei no celular e era 3:45 da manhã, vi que estava no quarto e Tobi estava dormindo, tive um pesadelo que não quero nem lembrar, levantei e saí devagar do quarto, desci até a cozinha pegar um copo de água e a luz acende.
 

Itachi – O que está fazendo acordada a uma hora dessa e no escuro? – perguntou vindo na minha direção, parecia que ele tinha perdido o sono também
 

S/n – Tive um pesadelo e acabei perdendo o sono, aí vim tomar água e não acendi a luz porque já ia voltar pro quarto – falei dando um gole na agua
 

Itachi – E você quer conversar sobre o pesadelo? – perguntou me olhando de baixo pra cima, respondi que não com a cabeça – Certo, podemos assistir um filme até dar sono, o que acha?
 

S/n – Pode ser
 

Coloquei mais água no meu copo e subi a escada, Itachi estava atrás de mim e tive a impressão que ele tava me comendo com os olhos. Fui até o quarto peguei meu travesseiro e minha coberta, Itachi fez o mesmo, nos ajeitamos no sofá e colocamos o filme, ele foi chegando mais perto de mim, que quando vi já estava deitado no meio das minhas pernas com a cabeça apoiada na minha barriga.
 

Comecei a sentir a mão do Itachi na minha perna, ele deslizou sua mão até minha virilha, nesse momento me arrepiei inteira.
 

S/n – I-Itachi, n-não faz isso – falei me controlando
 

Itachi me olhou e deu um sorriso, como se ele quisesse me ver naquele estado, ele colocou a mão na minha intimidade e começou a fazer movimentos leves e circulares, dei um gemido baixo e ele sorriu, parou quando ouviu um barulho no corredor, logo fingimos estar dormindo, vi que a tv desligou e senti alguém encostar no meu braço, abri meu olho devagar e era o Tobi.
 

Tobi – Vocês fingem muito mal – falou saindo da sala
 

No mesmo momento Itachi se levantou rápido e veio na minha direção, num piscar de olhos, estávamos com nossos lábios colados um no outro e então ele me deu um beijo quente e calmo, correspondi o beijo dele, nos separamos por falta de fôlego.
 

S/n – É melhor eu ir dormir - peguei minhas coisas e saindo da sala Itachi me chama, olhei pra ele
 

Itachi – S/n, depois continuamos – deu uma piscada e foi para seu quarto também
 

Meu senhor, que homem mais lindo e gostoso, não tem como resistir a ele não, fui pro quarto pensando no quanto o beijo dele tinha sido bom, mas Tobi sempre aparece na hora. Entrei no quarto e ele estava lá, deitado, não parecia estar dormindo.
 

S/n – Perdeu o sono Tobi? – perguntei me ajeitando na cama e deitando
 

Tobi – Perdi,  e olha que estou muito cansado. – falou colocando seu braço no seu rosto.
 

Fui me aproximando devagar, até que coloquei minha cabeça no seu peito, ele levou um sustinho, e colocou sua mão no meu cabelo, fazendo cafuné, estava tão bom. Alguns minutos depois, estava quase dormindo e senti seu outro braço se envolver na minha cintura me puxando pra mais perto dele, seu coração estava acelerado.

E foi ali que percebi que o Tobi gostava de mim, e aquela hora com o Hidan, ele estava com ciúme, e com o Itachi, ele está tentando fazer com que eu não fique com outro. E parece que gosto quando ele faz isso, quando me defende e é carinhoso comigo.
 

Coloquei minha perna em cima das suas pernas, ele desceu sua mão da minha cintura até minha bunda, ele deu uma leve apertada. O sono ja estava me consumindo e logo dormi.
 
 
 
 


Notas Finais


Já estou escrevendo o próximo cap, provavelmente hoje a noite já posto 🤭


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...