História Me apaixonei por um idiota! - Imagine Jungkook - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook)
Tags Bts, Drama, Romance
Visualizações 437
Palavras 2.344
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Mutilação, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oláa meus amores ^^
Aqui vai mais um capitulo pra vocêssss \o/\o/

Como podem ver o Jungkook parece estar mais amorzinho né non?
-
-
-

Boa leitura xD
-
-
AINDA ESTOU CHORANDO COM EPIPHANY T.T

Capítulo 14 - 14. Lamém.


 

 

 

 

O abraço de Jungkook é tão bom, pena que o motivo não é dos melhores.Pela primeira vez senti o calor do corpo dele. Retribui, e o abraçei. Parte meu coração vê-lo assim. Não entendo o que está acontecendo comigo. Até uns dias atrás eu o odiava, minha vontade era deforma-lo aquilo que se chama de cara. Porque convenhamos, ele é muito idiota!

Essa tal Jennie deve ter o ferido muito. Ele mudou totalmente desde que a viu. Gostaria muito de saber quem ela é realmente, e o que fez com ele.

Ficamos por vários minutos assim. Até que ele se afastou e nos encaramos por um tempo.Seus olhos estavam vermelhos. Meu Deus! Que vontade que eu tenho de abraça-lo mais, de ajudá-lo, reconfortá-lo. Deixei meus ressentimentos de lado. Imagino que ele não queira tocar no assunto. E eu entendo perfeitamente!

Deve ser dificil falar sobre isso. Se ele foi mesmo traído, é a pior decepção do mundo! A pessoa que você tanto ama, e te apunhala pelas costas é realmente doloroso. Decidi não tocar no assunto da tal Jennie. Se ele se sentir na vontade de conversar comigo sobre isso, estarei aqui! Então deixei esse assunto de lado.

s/n- Está... tudo bem? - Pergunto ao vê-lo tão triste.

Jungkook olha um pouco para os lados e os seus ollhares se voltam pra mim. Ele deu um sorriso triste. Ele colocava suas mão na nuca. Parecia estar sem palavras e tentando encontrá-las.

Jk- Estou...! - Murmurou. Suspirei.

s/n- Vem, sente-se no sofá. - Peguei-o pelo pulso e o conduzi até o sofá da minha sala.

Ele se sentou, e sentei-me ao seu lado.

Jk- Desculpe te incomodar, deve estar cansada. 

s/n- Não, tudo bem! - Sorrio. E ele sorriu de volta.

Ficamos em silencio, e aquilo era digamos que constrangedor. Eu olhava as paredes, os tetos, tudo ao redor, mas evitava olhar no olhos dele. Por algum motivo estava com vergonha de olhá-lo. Talvez seja por eu ter retribuido o abraço. Mas isso não é motivo pra te ter vergonha, certo? Isso não tem nada de mais. Bom, no meu caso, na verdade eu sou bem tímida. E bem... eu e Jungkook não tivemos as melhores convivencia.

O silencio continuou impregnado na sala, e resolvi olha-lo de relance e percebi que ele estava olhando pra mim. Claro que disfarcei na hora, pigarreei e então resolvi quebrar o silencio.

s/n- Bom... quer alguma coisa? - Pergunto - Estou  preparando algo para comer.

Jungkook ficou naquela se deveria ou não aceitar.

Jk- Bem.. eu estou sem fome.

s/n- A qual é? Já que está aqui na hora do jantar, porque não? Quando se está de estomago cheio, tudo ao redor fica mágico. - Sorrio. Ok, oque eu disse foi um tanto desnecessário. E ele riu do que eu disse. Minhas bochechas coraram e acabei rindo de volta.

Jk- tudo bem - sorriu - Aceito o seu pedido.

s/n- ótimo! - Sorrio e ficamos assim, olhando na cara do outro e sorrindo feito besta. - É... vou dar uma olhada no fogo. - E sai do sofá.

Porque de repente me sinto ansiosa? Ai meu Deus! Estou ficando cada vez mais nervosa. Meu coração parece saltar pela boca.- Se acalma s/n, não é nada de mais! - repito comigo mesma.Então vou até a cozinha e aumento um pouco o fogo para ferver a água. Eu ia fazer algo aleatório, mas como Jungkook está aqui, resolvi fazer lamém, ainda bem que tenho sobras do kimchi que fiz ontem.

Direciono meu olhar até o Jungkook, e ele estava me encarando.Desvio o olhar na hora e sinto minhas bochechas queimarem.

Meu Deus! Porque ele me olha assim? Começo a ficar sem ar. Jesus! Preciso manter a calma.

Droga! Não entendo porque estou assim. Ele já esteve aqui e nem por isso me senti assim.

Devo confessar que ele é lindo, seus olhos, e sobrancelhas, meu Deus. que sobrancelhas lindas. Ok, foi esquisto isso, mas adoro sobrancelhas bem marcadas, e isso ele tem de sobra. Sua boca rosada... .Mas que merda estou pensando?

Balanço a cabeça e dou tapinhas em minhas bochechas. - Devo ter ficado louca - Exclamo.

Perdidas em meus pensamentos quase que perco a água que deixei ferver para fazer lamém.

- Ai meu Deus! - Gritei.

Jk- Oque houve? - Mas de onde ele surgiu? Até agora ele estava no sofá e num passo de mágica surgiu ao meu lado.

E por falar em meu lado... ele estava bem, mas bem mesmo pertinho de mim. Virei o meu rosto e dei de cara com ele. Estava tão pertinho. Sinto minhas bochechas queimarem demais.

Seus olhos escuros direcionado aos meus. Meu Deus! Mas que olhos lindos. De repente me sinto perdida no seu olhar. Começo a sentir um frio na barriga. Nossos narizes quase se tocam, e sinto sua respiração perto da minha. Minha nossa senhora, oque eu faço?

Jk- Precisa... de ajuda? - Disse num sussurro.

s/n- hã? - Estava totalmente fora de si. Mas que grande merda!

Jk- Eu.. perguntei se precisa de ajuda?! - Riu de leve, ah mais que riso mais fofo.

De repente tudo nele é fofo, aqueles sorrisos que me davam nos nervos, de repente se converteram em fofo. Será que eu fiquei maluca mesmo?

s/n- Não... e-está t-tudo bem... - balbucio.

De repente desejei que ele avançasse. Sim! Eu estava realmente querendo que ele progredisse. Olhei para os seus lábios, tão rosadinho. Que boca, meu Deus! Voltei a olhá-lo nos olhos e vi que também olhava meus lábios. Mas porque ele não me beija logo então? Merda! Eu estava querendo muito beijá-lo. Não faz idéia de como. Mas ele se afastou. Droga! Pela primeira vez, criei expectativas em relação ao beijá-lo e nada. Porra! Agora que era pra ele me beijar ele não beija? Ele não fez isso pra provocar não né?

Jk- Desculpe. - Ele ainda parecia um pouco triste. -  Posso ajudar em alguma coisa? Não gosto de ficar parado sem fazer nada, enquanto você está ocupada preparando a comida. - Ele está seno gentil, penso.

s/n- Bom... então... Pode colocar os pratos na mesa? Ou melhor tigelas né. - Sorrio e ele ri.

Jk- tudo bem - sorriu.

Mostrei a ele onde guardo os pratos, tigelas, talheres. E também mostrei onde ficavam os guardanapos. Ele foi organizando tudo na minha mesinha da cozinha. Enquanto fazia o lamém, também o observava e vê-lo tão concentrado é a coisa mais fofa do mundo!

s/n- A comida já está pronta - Digo levando a panela na mesa.

Nos sentamos na mesma hora e então nos servimos. Vi Jungkook sorri feito bobo quando viu que era lamém.

- Ele gosta tanto assim? - Pergunto em meus pensamentos. E então observei ele provar o lamém e peguei os kimchi que dexei sobre a mesa e coloquei em sua tigelas. Ele olhou pra mim, e sorrimos juntos. É muito gratificante ver alguém saboreando sua comida. Fico feliz que seja ele.

Mal coloco a comida  na boca de tanto observá-lo, ele comia com gosto mesmo! Uau! Se come assim sem estar com fome, não quero nem imaginar como seria se estivesse. Acabo rindo dos meus pensamentos e Jungkook me olha sem entender o motivo do riso e com as bochechas enorme devido estar cheia de comida dentro da boca. Que fofo! Nunca tive vontade de apertar tanto as bochechas de alguém.

Acabei rindo ao vê-lo assim.

Jk- Porque está rindo? - Pergunta com a boca cheia de comida.

s/n- Você não disse que estava sem fome? - Rio.

Jk- Bem... - Deu uma pausa para engolir a comida. - Agora estou, impossível não estar com esse lamém. - sorriu.

s/n- Está bom? - Pergunto.

Jk- Bom? Isso está é uma delicia. - E voltou a pegar mais kimchi e saborear.

Confesso, gosto de ver ele assim.

s/n- Fico feliz - Sorrio e então começo a comer também.

Depois de termos terminados de comer o lamém, peguei um pouco de suco e dois copos. Coloquei em cima da mesa. Jungkook bebericou num só segundo. Esse estava com sede mesmo! Então coloquei o suco no meu copo e tomei devagar.

Jk- Voce sabia que aqui na Coréia , convidar alguém para comer lamem é uma forma de chamar a pessoa para sair?

Quando ele disse isso cuspo o suco pra fora e começo a tossir.

Jungkook me olha com ar de preocupado e se levanta pra me ajudar.

Tosse vem, tosse vai. Aposto que estou um pimentão de tanto tossir. 

s/n- O que disse? - A tosse foi cessando e recupero o meu ar.

Jk- Você meio que chama a pessoa para sair, quando chama para comer lamem.

Arregalo os meus olhos e minhas bochechas esquentaram. Meu Deus! Que vergonha! Eu devia ter procurado saber mais sobre os costumes daqui. Mas que raios iria imaginar isso? Comer lamém com alguém significa que quer sair com ela? Jungkook deve estar pensando horrores agora!

Jk- Então significa que... você me convidou para sair! - Encaro-o séria, e ele começa a rir.

Ótimo! Já está voltando a ser o mesmo idiota de sempre.

s/n- Não chamei não! - Afirmo firme, mais bem firme!

Jk- Ah você chamou sim, e a propósito... Eu aceito! - Maravilha! Aquele seu sorriso sarcástico e esnobe veio a tona.

Me sinto uma tremenda idiota agora. Eu fui legal com ele, convidei-o para uma refeição, e ele retribui assim? Não, não. Devo ter enlouquecido só pode! Mas onde é que eu estava com a cabeça pensando que ele seria diferente? De repente senti a raiva tomar conta de mim.

Toda aquela coisa fofa que estava vendo nele, foi se esvaindo. E deu lugar para os piores pensamentos que tenho em relação a ele. Mas que cretino!

s/n- Vai embora Jungkook! - E aponto para a porta.

Jungkook me olha e depois olha para a porta. Então ele se levanta e levantei no mesmo instante, caso ele viesse com gracinha, já estaria preparada pra socar aquilo que chama de cara.

Jk- Mas porque tão cedo? - Cínico. - Não vai ter sobremesa? - Ok! Minha paciencia está se esgotando.

Fecho meus punhos e respiro fundo.

s/n- Jungkook... eu peço pra tenha a gentileza de se retirar - Dou pausa pra respirar fundo, mais beeeem fundo mesmo! - Porque se não o fizer... Deus sabe se lá oque eu poderia fazer com você.

Jungkook deu passos na minha direção, e foi se aproximando. Foi ficando cada vez mais perto, e então dei passos para trás. Estávamos na cozinha então, fiquei sem ter pra onde ir quando senti a pia encostada a mim.

De repente comecei arfar. Ar faltava dentro de mim. Ele foi ficando perto, e cada vez mais perto!

E então ficou colado a mim, colocou suas mãos em cima da pia da cozinha. E estava bem colado a mim.

Ai. Meu. Deus!

Eu deveria empurrá-lo, socar, sei lá, qualquer coisa! Mas não. Não consigo. Fiquei totalmente imóvel.

Fiquei feito idiota olhando os olhos e depois a boca. Puta que pariu! Aquilo estava me consumindo.

Então de repente ele selou nossos lábios. Com força! Seus lábios são tão macios.

E foi dando lugar ao beijo mais intenso. Nossas linguas começaram a dar encontros. Senti sua lingua na minha, e o beijo era tão doce. Então ele agarrou a minha cintura e me puxou pra bem perto de si. Nossos corpos ficaram bem colados. Pude sentir sabe... aquilo que... bem... morro de vergonha de pronunciar. A parte de baixo dele!

Então Jungkook começou a deslizar meus quadris

Estava ficando cada vez mais quente. Deus, que calor!

O beijo foi ficando mais, e mais intenso! É um beijo com desejos, um beijo faminto.

Céus!

Paramos o beijo por falta de ar, e Jungkook me olhava com desejos. Continuamos colados , os braços dele na minha cintura, e minhas mãos em seus pescoço. Nos encaramos por longos minutos.

E então ele volta a me beijar com mais vontade. Não entendo porque não o afastei de mim ainda, devo confessar que eu desejava demais aquele beijo. Por mim ficava assim a noite toda! O beijo dele era tão bom... meus Deus! Eu estava com calor, muito calor.

Ele começou a beijar meu pescoço e pegar em minha coxas, apertou de leve.

Depois nossos labios se tocaram de novo, dando inicio a mais beijos quente. Toquei os fios de seus cabelos macios, Seus cabelo preto me fascinam!

Paramos nossos beijos novamente por falta de ar.Naquele momento enquanto olhava seus olhos e ele olhava os meus, o clima ficou diferente. Não sei dizer como, mas o desejo que estava ali, deu espaço para ternura. Meu Deus... será que... será que estou apaixonada? Não, não mesmo! Não posso me apaixonar de jeito nenhum! Ele também estava sem jeito, seus olhos brilharam, mas não é um brilho comum. Não sei o que quer dizer aqueles brilhos. Acho que ele queria sabe... aquela coisas intimas.

Me afastei dele, não estou preparada pra esse tipo de relação não mesmo!

Então nos olhamos. E percebi que sua expressão estava confusa e ao mesmo tempo ansioso.

Jk- S/n... - Murmurou.

s/n- Jungkook.... acho melhor você ir embora - minha voz saiu baixa. - Por favor! Vai embora tá legal? - implorei

Ele me olhava nos olhos, seus olhos estavam me olhando de uma maneira diferente. Confesso que aquilo mexeu comigo.

Jk- Tudo bem... - Ele se aproxima - Então... nos vemos amanhã. - Sorriu de leve.

E ficou parado um tempo na minha frente.

s/n- Ok.. - Paro e o encaro. - Então.. já p-ppode ir - Gaguejo. Mas que droga!

Sem ao menos me dar conta, ele me deu um selinho e deu as costas. Assim que abriu a maçaneta, parou e depois me olhou. Deu um sorriso doce.

Jk- Bons sonhos, minha linda. - E saiu.

O quê? Ele disse 'minha linda'? Ai Jesus! Eu preciso de socorro!!!

Minhas bochehas coraram e dou tapinhas. Nossa! Mas quando foi que esquentou tanto assim?

Me dei conta que já era tarde, estava perdidamente apaixonada por aquele idiota, o meu idiota!

 

 

 


Notas Finais


Ai que coooooooooooisa né minha gente?
Mas que complicado a situação da s/n né non?

Mas iaê, que acharam?
Não esqueçam de deixar comentários
Saranghaaae ♥
bjsbjsbjsbjs;*
Até a próxima ^^ ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...