1. Spirit Fanfics >
  2. Me Beije >
  3. 20. Break Up Song

História Me Beije - Capítulo 20


Escrita por:


Notas do Autor


Oiii, desculpa a demora pra postar!! Estou com essa capítulo pronta já faz um tempão, mas me enrolei toda essa semana e só consegui publicar agora!!!
Obrigada pelos comentários dos capítulos anteriores!!!
Boa leitura, e nos vemos nas notas finais!!

Capítulo 20 - 20. Break Up Song


Fanfic / Fanfiction Me Beije - Capítulo 20 - 20. Break Up Song

É o fim! O meu jeans está imundo e encharcado de álcool, estou confuso e envergonhado. Foi tolice da minha parte acreditar que algo assim jamais aconteceria.

Eu devia ter me preparado para algo ruim; mas não fiz! Ao contrário, superestimei essa situação absurda em que tive a destreza de me enfiar; depois de gargalhar na cara do universo e dizer: 'lógico que nunca vai dar merda'; mas deu!

Desde que Harry se tornou presente no meu cotidiano, tenho me metido numa enrascada atrás da outra, e esse - definitivamente - era o aborrecimento que eu queria evitar. Digo: era; porque agora me sinto o violonista da minha própria trilha sonora, enquanto o Titanic afunda. O meu relacionamento com Horan é o navio, e Styles é o iceberg.

Cruzo os braços, me encolhendo com o frio que faz aqui fora, e atravesso a rua apressadamente, ansiando para estar sozinho do outro lado. Contudo, Niall está atravessando logo atrás de mim; e nem mesmo espera que eu ponha os pés na calçada para me bombardear com uma pergunta.

"O que aconteceu lá dentro, Louis?"

Tá aí uma pergunta de um milhão de dólares; nem mesmo eu - que fui um dos astros dessa confusão - sei como responder. Giro sobre os calcanhares para encarar o homem confuso à menos de um metro de mim.

Honestamente não imagino por onde devo começar uma explicação, quando na verdade tudo se resume a - mais uma vez - meus impulsos primitivos. Tenho a sensação de que nenhuma desculpa ou mentira esfarrapada vai me proteger agora. Se eu contar tudo, literalmente tudo vai pelos ares.

E visto que estou travado como um CD arranhado, Horan volta a falar: "Você e..." Para por um instante, tentando organizar as palavras de maneira correta, quando certamente pensou em dizer o nome de Harry. "Pode me explicar o que está acontecendo?"

"Não está acontecendo nada demais." Minto na cara dura.

Mantenho os braços cruzados contra o peito, e graças aos céus o clima está extremamente gelado; assim garanto a qualquer um que perguntar - não que isso esteja em questão agora - que minha tremedeira é culpa do frio, e não porque não sei lidar com o nervosismo.

"Não parece pouca coisa." Diz num tom confuso.

Niall se cala em seguida, acho que apenas esperando que eu me explique. Sinto um empurrãozinho do meu karma - se é que posso chamar disso mesmo -; e ele diz: 'desembucha'.

Então, mesmo temendo qual será a resposta, e também temendo não saber como responder, faço questão de ouvir da sua boca o que provavelmente está passando na sua cabeça: "O que você  insinuando?" Percebo a merda que perguntei quando já é tarde demais, e as palavras já saíram da minha boca. E a calmaria: puf; some!

"Não sei se quero dizer em voz alta." Esbraveja.

Horan dá as costas para mim por um instante, e passa os dedos pelas madeixas loiras. Quando me dou conta, estou procurando por qualquer vestígio de Harry dentro da casa, através das janelas abertas do andar superior. Qual o meu problema? Estou no meio de uma DR, e só consigo pensar nele: Harry!

"Eu preciso saber de alguma coisa?"

Essa é a pergunta que Niall faz para cativar minha atenção de volta; e só agora me dei conta de que ele havia voltado a me encarar. Meu interior grita: 'você precisa saber que estou afim de outro cara'; mas não é isso que sai da minha boca.

"Claro que não!" Tento soar verdadeiro.

Não posso me dar ao luxo de arruinar meu relacionamento por um cara que definitivamente tem vergonha de mim - se é que já não está arruinado. Vou tentar não destruir o pouco que ainda me resta, mesmo eu sabendo que não devia continuar escondendo isso.

"É a segunda vez que ouço alguém se referir a vocês como namorados, Louis. Primeiro a sua mãe, e agora um cara que eu nunca vi na vida..." Se interrompe quando vê Liam e Jud se aproximando de nós dois.

Ouço Ashe cantando, e isso é um funeral: estou enterrando meu relacionamento. Vejo meus amigos se aproximando em silêncio, e só falta Harry aparecer com uma coroa de flores.

O olhar de compaixão que ambos lançam para nós, fez Niall tirar as próprias conclusões. Quero que o chão abra sob meus pés agora mesmo, e me engula na pavimentação até toda essa confusão acabar.

"Estou começando a achar que sou o único que não sei das coisas aqui." Horan sopra um ar de indignação, junto a um riso frouxo. "Vocês três devem estar rindo pelas minhas costas há muito tempo." Aponta para nós.

"Não! Eles não sabem de nada!" Sou rápido os defendendo e acabo falando merda; mas me corrijo imediatamente: "Niall, não há nada para saber. Foi  um mal entendido."

Eu deveria contar toda a verdade, mas simplesmente não consigo. Isso exporia as merdas que eu fiz, e também Harry. E voltamos a estaca zero mais uma vez. Minha vida está desmoronando e ainda continuo preservando Styles a todo custo. Minha tolice merece um recorde no Guinness Book.

"Então me faça entender." Niall faz um gesto com as mãos, para que eu prossiga com uma explicação.

"Aquele cara talvez tenha me visto com Harry antes, e quando eu fui tentar apartar a briga, ele tirou as próprias conclusões. E tudo saiu do controle muito ..."

"Espera... O quê?" Niall interrompe. "Vocês estavam juntos antes? Fazendo o quê?" Porra! Não dou uma dentro!

"Niall..." Judith se intromete. "Vocês beberam, e estão de cabeça quente. Melhor resolverem isso amanhã..."

"Te garanto que estou lúcido, Judith." Só olha para ela por um segundo, e volta a cravar os olhos em mim. "Vamos, Louis, me diz! Estavam fazendo o quê?" Esbraveja.

"Nada!" Retruco na mesma intensidade. "Fiquei entediado depois que você desapareceu, e esbarrei com ele quando fui buscar bebida." De certa forma isso não é mentira, mas há um abismo enorme nessa história, que Niall nunca saberá. "Bem, talvez se você não tivesse me deixado sozinho nada disso teria acontecido." O ataco com algo que também pode ser levado em consideração.

"Está me culpando?" Horan aponta para si próprio.

Sim, estou o culpando, mesmo que eu também tenha fodido com a maior parte. Estou ficando especialista nisso, e talvez até o final do ano letivo eu esteja vendendo um e-book com todas as minhas desculpas patéticas. E estou me odiando muito mais agora por isso.

"E-eu só..." Como se não pudesse piorar, começo a gaguejar, e isso é deprimente até para mim.

"Só o quê?" Niall rosna. Começo a formular uma resposta, mas ele nem mesmo me deixa responder a pergunta. "Harry quase mandou um cara para o hospital por sua causa."

"Harry faria isso por qualquer amigo." Argumento com algo que quero acreditar, e também quero que Niall acredite; mas definitivamente não é isso que acontece.

"Amigo?" Horan dá uma risada - como se eu tivesse blefado -, depois respira fundo e volta a seriedade anterior. "Não sei se você realmente é muito ingênuo, ou se é um ótimo mentiroso."

Essa palavra me acertou em cheio. Que porrada! Consigo compreender a decepção e a raiva enquanto me encara. Entendo, o magoei, e mereço as ofensas; sejam quaisquer as que ele esteja pensando. Eu sou um monstro; e talvez eu apenas deva ouvir tudo calado daqui por diante.

Cheguei ao fundo do poço. Sei que nada que eu fizer vá mudar o que Horan está pensando sobre mim. Estou de pé sobre o meio fio, analisando o penhasco imaginário em que me atirei. Deixei me envolver nos jogos cruéis de Styles, e estou preparado para ouvir mais do que um simples: 'mentiroso'.

"Quer saber, Louis? Eu esperava qualquer coisa de você, menos... isso." Para por alguns instantes, e respira pesado, enchendo as bochechas ao soprar o ar para fora dos pulmões; como se tentasse equilibrar o peso do que está acontecendo. "Você nem percebe, mas não é o mesmo de quando eu o conheci. E agora eu sei o porquê."

"Sinto muito." É só o que consigo responder depois dessas palavras. Não foram necessários xingamentos para que Horan me derrubasse. Eu sinto mesmo por Harry ter uma influência tão grande sobre mim.

"Não importa mais...", Niall se prepara para sair. "E não se preocupe. Não vou contar a ninguém o segredo de vocês."

"Não existem segredos." Minto mais uma vez. Mais uma última tentativa de o convencer de que não há nada de errado acontecendo.

"Eu não sou cego, Louis." Inspira fundo. "Acabou!"

"Niall..." Dá as costas para mim, sem nem se preocupar com o que pretendo dizer; e tudo bem, porque eu também não sei mais como me explicar.

Então ele para antes de chegar do outro lado, para me olhar uma última vez. "Espero que você perceba a merda que está fazendo antes que seja tarde demais." Grita.

O vejo passar por entre algumas pessoas estacadas próximas a porta de entrada, mas elas estão tão distraídas com suas bebidas que nem percebem que um desastre acabou de acontecer aqui.

Ainda estou paralisado quando Liam surge diante de mim, trazendo minha atenção para ele. "Louis..." Começa a dizer.

"Não me pergunte o que aconteceu." Peço quase em súplica, antes que essa pergunta saia da sua boca.

E apesar de meus amigos estarem curiosos para saber o porquê de tudo; não dizem mais nada. Nada além de: "Ei, vamos embora." Judith sugere.

Acabou! No que eu estava pensando quando acreditei que podia levar essa situação adiante? Devo ter jogado toda a minha responsabilidade no lixo quando voltei para defender um cara que mal quer se aproximar de mim na frente de outras pessoas.

Me sinto pequeno, e nem mesmo Harry está aqui agora; e foi tudo culpa dele! Não houve lágrimas, não foi também uma grande discussão - também não parece bem o estilo de Niall armar um barraco -; e certamente não estou me sentindo tão mal quanto achei que devia me sentir com um término, mas me sinto culpado por ter partido um coração.

E eu odeio Harry - com todas as minhas forças - por isso!


Notas Finais


Niall não é bobo não; já pegou o rolo no ar.
O que será vai ser daqui pra frente? Será que Louis ainda tem chances com Niall depois dessa?
Espero que tenham gostado!! E até o próximo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...