História Me Chama de "L" - Capítulo 20


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Castiel, Jade, Leigh, Lysandre, Nathaniel, Rosalya
Tags Texting
Visualizações 45
Palavras 1.216
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 20 - Bem


Fanfic / Fanfiction Me Chama de "L" - Capítulo 20 - Bem

~Um Tempo atrás

•France, Paris, 19 Avril, Sweet Amoris

Que coisa mas... Que coisa mas ridícula, Kentin pensou jogando seus braços para trás.

Se tratava de uma aula vaga, e a única coisa que lhe restava era estar trancado numa sala assistindo à crepúsculo.

Que diabos, Amor a primeira vista... Isso não passa de um Marketing pra filmes idiotas, pensou.

Parou por um tempo, finalmente se levantando de sua carteira, com apenas o lápis e o caderno que estavam na mesma.

O moreno andava cantarolando algo, enquanto se escondia de monitores de corredor.

A morena que andava de olhos Baixos para um livro o chamou atenção, o fato dela bater nas paredes enquanto tentava ler, era engraçado.

Kentin riu.

De repente, ela cantarolava a mesma música que Kentin, era uma música de infância, Al Clair de la Lune.

Que incrível, pensou. Sem pensar suas pernas a seguiram, um passo de cada vez, enquanto ria da morena que outrora batia e tropeçava contra coisas no caminho.

A menina continuou andando até entrar na grande porta na qual Kentin sempre passou longe, Bibliothèque.

Ela faz isso com frequência? Q-quer dizer... Anda por aí de cabeça baixa com um caminho traçado?

Kentin continuou a seguindo, a menina parecia não ver que iria se chocar com a estante enorme a sua frente.

-Não...-Kentin correu colocando os braços a sua frente.

-Ah... M-me desculpe! Que droga eu...

-Por que faz isso?-Kentin alterou seu tom de voz, ele ficou pensando no que teria acontecido se não tivesse a seguido.- Olha só pequena, não pode sair por aí andando de cabeça baixa, você pode se machucar, e se eu não estivesse Aqui?

A morena o encarou querendo rir.

-Muito Obrigado!- Ela se curvou rindo, Kentin corou- Mas você deveria estar aqui?

-Ah... Isso não vem ao c-caso, Tome cuidado, não é todo dia que eu vou te salvar.-Kentin se virou Voltando por onde veio.

O que estou fazendo? Sacudiu a cabeça, voltando para a sala com o sinal.

(...)

As aulas terminaram, e Kentin colocou o seu lápis no bolso, saindo da sala olhando as mensagens no celular. Todas de Nathaniel.

Vierge: Vou ter uma reunião do Grêmio depois da aula.

Vierge: Mas minha irmã vai estar em casa, pode esperar se eu não estiver?

Me: Ahhh

Me: Me deixar sozinho com a sua irmã, parece algo muito tentador, até mesmo pro cara que usa essa foto de perfil com ela [Mute]

Me: Aproveite sua reunião!!!

(...)

Kentin chegou na casa de Nathaniel um tanto atrasado, bateu na porta, maldito trabalho em dupla...

Agora que parei pra pensar, nunca vim aqui antes, mesmo que eu seja um amigo de infância.

Nathaniel não é o tipo de cara que chama amigos pra sua casa, pra falar a verdade acho que eu sou seu único amigo.

Acho que isso se deve aos fato do complexo de irmão dele, algo do tipo.

Subi as escadas da frente da sua casa e toquei a campainha, mesmo sendo a primavera hoje estava estranhamente frio.

Não demorou muito e alguém abriu a porta.

Mas que porra!

Era a menina que eu segui hoje na escola, coçei a nuca em sinal de negação, ela deve achar que eu sou maluco.

-E-eu V-vim...-começei a gaguejar, que diabos estou fazendo, além de perseguir e gritar com ela, agora estou gaguejando.

-Você veio Kentin, Essa é a Helena talvez não se conheçam.

Droga, pensei.

Será que ela falou alguma coisa sobre ser perseguida pra ele?

-Acho que t-temos aula de Biologia juntos talvez, algo do tipo...-Menti

Helena riu.

-Ah, me desculpe por não notar, eu já estou indo, até mais...-Ela subiu as escadas.

Sem notar Kentin acabou se perdendo em seu olhar.

-Ei! Para de olhar.-Nathaniel riu

-Como é que nunca estive aqui?-Disse Kentin

-Ué, você nunca me pediu pra estar aqui...

-E você? Me disse que não estaria aqui.-Cruzei os braços

-Eu faltei a reunião, Até parece que eu te deixaria aqui com a minha irmã...-Nathaniel disse- Mas, um dia quando ela tiver um namorado, ficaria feliz se fosse você.- Nathaniel piscou para o moreno.

~Tempo atual

•France, Paris, 26 juin, parc d'attractions.

Mas que diabos, Castiel pegou Helena assim?

Kentin colocou as mãos no quadril.

O moreno se abaixou respirando.

Se ela vai ficar sozinha, isso deveria ser comigo, pensou e novamente fora de controle suas bochechas coraram.

Gotas de chuva começaram a cair sobre Kentin, moreno estendeu a mão comprovando que estava chovendo.

De repente um barulho se ouviu.

-Parece que a toda gigante parou.-Pessoas comentavam enquanto corriam com seus guarda-chuvas, a mesma só parecia piorar.

O que? Pensou consigo, não pode ter parado, isso é perigoso, não é?

Kentin correu até a cabine que controlava o brinquedo batendo freneticamente no vidro da mesma, o adentende apenas respondia pelo lado de dentro.

-O que aconteceu?-Kentin gritou.

-Parace que a chuva danificou uma das engrenagens, por isso não pode andar.

-E Vocês não podem fazer nada?

-Chamamos o pessoal da manutenção.

-E eles demoram?

-Não temos previsão de tempo, máximo que podemos esperar são 24 horas.

24 horas, isso não, não posso deixar ela 24 horas presa com aquele Tsundere.

-Aquele troço não pode ficar parado esse tempo todo...

-Eu entendo Senhor, mas não podemos fazer nada.

-Mas que porra!- Kentin gritou, dando um soco na bancada- Você não entende, a mulher que eu amo está presa lá dentro com um tsundere, acha que posso aguentar uma coisa dessas?

Kentin explodiu, pegou seu celular e mandou algo pra Helena

Me: Tudo bem aí em cima?

Me: Parece que as coisas pararam aqui!

Lena: Eu estou bem, Mas o Castiel está estranho, estou começando a ficar preocupada!

Oh Droga, ele... E-ele está fingindo não está?

-Senhor, Parece que com a chuva algo ficou preso nas engrenagens da roda.- O atendente falou se aproximando de mim.

-Sabe se isso vai demorar?

-Já mandamos uma equipe, pedimos Sinceras desculpas. Ah e... Se você ama realmente essa mulher não a deixe ir, ela parece incrível.- O atendente riu.

Kentin se curvou em sinal de respeito, rindo também.

-Obrigado.

Kentin correu até a toda gigante olhando pra cima.

Daí lembrou que Castiel estava lá.

Me:Tudo bem com ele?

Me: Parece que conseguiram ligar as coisas aqui em baixo...

Me: Estava começando a ficar preocupado com você...

A chuva parou, A roda voltou a funcionar, Kentin passou as mãos pelo cabelo pondo-o pra trás.

Levou uma das mãos ao peito respirando fundo, essa situação dele era totalmente culpa de Helena.

Amor a primeira vista não é? Kentin riu sozinho.

Kentin andou até a entrada, Helena estava sozinha.

-E aí?- Kentin apressou um pouco mais os passos se aproximando da morena. -Castiel...

-Ah, ele... Foi embora correndo logo depois de descemos.- Helena coçou a cabeça.- Ele estava delirando... Mas e você?- Helena riu- Está todo molhado, Não vai ficar doente? Preciso me preocupar?

A morena colocou as mãos nas bochechas de Kentin sentindo a temperatura, o mesmo parecia um tanto quente.

Kentin mesmo que devagar, e ainda que estivesse com vergonha, Levou as mãos a cintura da morena a puxando para si, puxando-a ainda mais para perto.

-Estava preocupad...-Kentin disse, mas foi interrompido

-Você esqueceu o seu celular comigo.-Castiel puxou Helena- E nós viemos juntos, então vamos voltar juntos!- Castiel entrelaçou sua mão com a de Helena.

O sangue subiu para cabeça de Kentin.

-Não o contrariei...-Kentin entrelaçou a sua mão na mão esquerda da morena.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...