História Me Chame de Seu - HunHan Taekook - Capítulo 29


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO
Personagens Baekhyun, Chen, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kai, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lay, Lisa, Lu Han, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Rosé, Sehun, Tao, Xiumin
Visualizações 100
Palavras 1.315
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Slash, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá.
Carpe Noctem!!
Boa leitura!

Capítulo 29 - Jiseok


Fanfic / Fanfiction Me Chame de Seu - HunHan Taekook - Capítulo 29 - Jiseok

 

Hoseok encarava a  enorme tela a sua frente com certa agonia, já fazia meia hora que o filme havia começado e ele continuava a se questionar se pegava na mão da garota ou não, a ideia de assistir o filme de terror veio de ambas as partes, mas ele notou que a garota parecia um pouco amedrontada.

Jisoo estava encolhida balançando a perna inconscientemente, o som do salto de sua bota batendo contra o chão já estava incomodando algumas pessoas ao redor deles, Hobi tomou coragem e levou a mão direita até o assento do banco e deixou a palma virada para cima como um convite, levantou os olhos para ela e os dela recaíram sobre os dele como se agradessesem por conta própria, ela deixou um sorriso pequeno e tímido escapar antes de levar a mão esquerda até a mão do garoto, a mão estava quentinha, ambos sentiram um leve choque ao sentir um o calor do outro.

Jung fechou a mão e depositou um beijo casto na mão da garota deixando esta com as bochechas rubras, sentiu a tensão entre eles diminuir, ela parou com o barulho e relaxou os ombros se encostando na poltrona e deixando o corpo mais próximo dele, este apertou os lábios para conter um sorriso, não queria parecer um retardado na frente dela, seu corpo se direcionou instintivamente para mais perto da menina fazendo com que seus ombros se tocassem.

Agora mais confortáveis os pombinhos conseguiram dar a devida atenção ao filme, não era um filme novo, porém era o único que tinha naquele horário para assistir. Jisoo pensou que se Jennie estivesse ali com certeza elas não estariam assistindo direito o filme, Jennie tamparia o rosto na piores cenas e Jisoo a atentaria fingindo ser o demônio de garras que perturbava os sonhos da pessoas, por outro lado Hoseok assistia o filme de boa, já havia o assistido inúmeras vezes, ele, Jimin e Jungkook eram fascinados por filme de terror, não perdiam a estreia de um sequer, mas queria muito sair com a menina naquele domingo, estava um dia bonito, então fingiu que não havia assistido a este, pois os outros naquele dia era deveras chato.

Alguns minutos mais tarde o filme acabou, antes dos adolescente se levantarem para sair da sala ficaram pensativos encarando suas mãos enlaçadas, a menina encarou Hobi por debaixo dos cílios enquanto arrumava a alça da pequena bolsa ao lado do corpo, ela usava um vestido de seda preto delicado, ele marcava sua cintura e caia por seu quadril de forma elegante, o cabelo preto fazia linda cascata em seu ombro e na altura de sua cintura, Jung não conseguia controlar a emoção de estar ali com ela, ela parecia uma bonequinha de porcelana, todo educada e arrumada, sem falar no seu jeito brincalhão igual a si próprio. Ela tombou a cabeça para o lado tentando decifrá-lo enquanto Hoseok só conseguia imaginar o quão perfeita era ela, o cabelo preto dava ainda mais destaque a sua pele branquinha e a seus lábios rosados pelo batom que usava.

-Vamos tomar sorvete? - A pergunta espontânea surgiu assim que ele notou o jeito estranho que encarava a menor.

-Vamos. Ela respondeu contente.

-O que achou do filme? - Ele liberou espaço para ela passar primeiro e logo em seguida saiu da sala.

-Ótimo. Kim falou animada.- Eu amo filmes de terror, mas sinto muito medo. Ela revelou corada.- Sempre assisto com a Jennie, bom, pelo menos eu tento, ela é muito medrosa.

-Oh, que legal, então qualquer dia desses podíamos combinar de assistirmos os quatros juntos, o que acha?

-Vai ser legal, podemos marcar, quero ver a cara dela assistindo esse. A menina riu de forma maldosa.

O clima agora estava mais quente fora do cinema, o casal nem se deram conta que ainda estavam de mãos dadas, a conversa flui de forma descontraída e bem animada, eles tinham muito em comum. Caminharam juntinhos até a sorveteria, corpo colado com corpo, hora ou outra a menina desviava os olhos envergonhada por algum elogio que Hobi lhe fazia.

Sorvetes comprado os dois caminharam até a praça que havia ali, não tinha movimento, duas mulheres estavam sentadas num banco de madeira, elas conversavam animadas e de vez em quando esticavam o pescoço para observar suas crianças brincando no parquinho. os dois caminharam até uma enorme árvore  que ficava um pouco escondida atrás de algumas escultura, Hobi se sentou ao pé da árvore e entregou sua camiseta xadrez de mangas compridas para a menina usar assim que se sentasse ao seu lado.

Conversaram sobre tudo; escola, professores, outros alunos, filmes, música, era uma lista infinita, os dois descobriram muita coisa em comum. Agora a única coisa que passava em suas cabeças era que tomaria coragem para iniciar o beijo, Jisoo notou o clima mudar quando o garoto começou a falar mais calmo e fitar seus lábios ao invés de seus olhos. Ela queria muito beijá-lo, ele era tão legal, divertido e carinho que ela teve vontade de se enrolar sobre os braços dele e ficar ouvindo ele falar, não importava o que, poderia ser qualquer baboseira a escola, ou algum comentário de algum filme, ela apenas sentiu um calor aconchegante vindo do corpo dele. Ele se aproximou um pouco mais de seu rosto, ela sentiu o estômago esquentar e dar cambalhota, as pontas dos dedos começaram a esfriar e ficar dormentes.

-Está tudo bem? - O sussurro da voz dele ecoou em seus ouvido fazendo-a se acalmar, ele tinha a voz doce. Ela acenou que sim, Hobi se inclinou mais uma vez, a mera proximidade dele fez Jisoo se sentir entorpecida, seu perfume era tão bom, ele se aproximou mais um pouco fazendo seus olhares se conectarem, a morena levou as mãos trêmulas até o os ombros dele e fechou os olhos esperando que ele desce o próximo passo e, segundos seguintes sentiu os lábios macios do maior tocar os seus, foi um toque delicado, mas que fez seu estômago e seu corpo se esquentarem mais, assim que os lábios dele se fundiram com o dela num beijo mais profundo, a garota sentiu o estômago se aquietar e relaxou o corpo, o garoto era tão delicado, fazia ela se sentir especial, o gosto de chocolate se misturou com o gosto de morango, deixando o beijo ainda mais gostoso.

Eles se separaram pela falta de ar  e por estarem em público, um sorriso cúmplice brotou na face de ambos, fazendo os pombinhos ficarem com as bochechas rubras de tanta timidez.

-Então? - Hobi falou primeiro.

-Então? - Ela indagou repetindo a pergunta e os dois riram juntos.

-É a segunda vez que ficamos, além de ontem. Hobi argumentou pensativo.-Você não acharia muito apressado se eu...Ele abaixou o olhar envergonhado.

-Se me pedisse em namoro? - Ela completou com a voz fraca e baixa. Jung ergueu o olhar rapidamente sem saber o que responder, a menina sorriu de um jeito carinhoso e pegou em sua mão.- Não, não é muito apressado.

-Sério? - Ele franziu o cenho.

-Sim, já faz um tempo que eu queria sair com você. Ela revelou corando fortemente e escondeu o rosto entre as mãos, Aquele sorriso que Hobi tentou esconder no cinema agora saiu automaticamente, mil perguntas passaram por sua cabeça, mas ele só sabia sorrir naquele momento, levou as mãos às pressas até o rosto da garota e destampou-o delicadamente.

-Tá tudo bem, eu também queria, mas estava com vergonha. Ele admitiu.-Mas então...você aceita?

Ela apertou os lábios de forma apreensiva e abriu o sorriso mais bonito que o outro já vira, com seus dente branquinho e bem alinhados.

-Sim, eu aceito. Ela se jogou nos braços dele o apertando com um abraço animado. Hoseok se questionou para onde teria ido parar a timidez dela, mas a única coisa que conseguira foi voltar a sorrir e a abraçar a menina, agora sua namorada.

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado :)
Desculpe-me caso haja algum erro.
Um capítulo fofinho de Jiseok ( Jisoo + Hoseok), não encontrei nem um nome de ship para eles, então criei esse, mas não gostei muito, se vcs souberem outro melhor deixem nos comentários por favor...Amo vcs :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...