História Me Deixe Amar Você - Capítulo 21


Escrita por:

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens Anna, Capitão Killian "Gancho" Jones, David Nolan (Príncipe Encantado), Elsa, Emma Swan, Henry Mills, Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve), Peter Pan, Regina Mills (Rainha Malvada), Robin Hood, Ruby (Chapeuzinho Vermelho), Zelena (Bruxa Má do Oeste)
Tags Aluna, Professora, Swanqueen
Visualizações 92
Palavras 596
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Ok ok sei que demorei e praticamente abandonei vocês mas eu voltei 💕💕🥰💕💕

Capítulo 21 - O tiro


Fanfic / Fanfiction Me Deixe Amar Você - Capítulo 21 - O tiro

Regina Olhava para aquele corpo sangrando no chão e não conseguia fazer nada, os policiais Conseguiram pegar Mérida e prende-la

Henry estava do lado do corpo de Emma que sangrava sem parar, ele olhava desesperado para sua mãe e gritava para ela ajudar Emma mas Regina parecia ter paralisado

Um instalo na sua cabeça à fez acordar e correr em direção ao corpo, ela gritava por socorro e implorava para alguém chamar uma ambulância, os pais de Emma entraram no depósito e não acreditaram que era a filha deles ali baleada, a ambulância foi chamada e depois de dolorosos 6 minutos, os paramédicos chegaram, correndo para levar a pobre Emma ao hospital, eles sabiam que se demorassem à chegar, Emma estaria morta em poucos minutos, ninguém acompanhou Emma dentro da ambulância, os paramédicos foram tão rápidos que não deu tempo para perguntar quem iria, eles só gritaram para a família ir para o hospital

...

Foram horas desesperadoras na sala de espera daquele hospital, quanto mais o tempo passava mais agoniados ficavam todos. Regina não parava de chorar e abraçar Henry, Mary andava de um lado para o outro murmurando palavras de ódio sobre Mérida e David discutia com a moça da recepção sobre a demora da cirurgia, Ruby logo chegou ao hospital, ela estava abalada e preferiu não conversar com ninguém, apenas ficou quieta chorando em um canto.

Depois de 5 horas de cirurgia, o médico vai a sala da recepção avisar que a cirurgia finalmente acabou

- Com licença, familiares da paciente Emma Swan? - perguntou o doutor

- Aqui doutor, a minha filha está bem? - perguntou Mary aos prantos

- Sim, não se preocupem a cirurgia foi um sucesso, a bala estava alojada muito perto da coluna, então tivemos que ser cautelosos para não deixar a paciente paraplégica - falou o doutor com a voz calma para tentar acalmar aquela família

- Podemos vê-la? Por favor - pediu Regina

- Ainda não, me desculpem mas a paciente precisa descansar, iremos avisá-los quando será o momento certo para vê-la, o importante é saberem que ela está bem - falou o doutor, que depois disso, pediu licença e saiu

...

Do outro lado da história estava Mérida sendo fichada

- Eu atirei para me defender policiais, por favor acreditem em mim, eu não queria Acertar ela de verdade - falava Mérida chorando

- Oque a senhorita fez não foi para se defender, estávamos lá fora gritando para a senhorita se entregar e ao invés disso atirou em uma mulher na frente de uma criança - falava o policial

- Eu ia me entregar mas ela venho para cima de mim e eu acabei me assustando e atirando, eu nunca atiraria por querer na Emma, ela é o amor da minha vida - dizia Mérida

- O amor da sua vida, não lhe quer, então crie vergonha na cara e siga a sua vida - falou o policial levando Mérida para a cela

 Depois de trancafiada, os policiais e as outras presas escutam por muito tempo os gritos estericos de Mérida...

Depois de muito chorar Mérida entendeu oque fez, ela parou para pensar e percebeu que pode ter matado Emma, ela atirou na pessoa que ela diz amar e agora seria mais difícil reconquistar Emma mas ela não iria desistir, Swan seria dela e isso ela prometeu para si mesma.

- Quando eu sair desse inferno, você será minha, e você ira me amar, eu sei que ira... Somos alma gêmea, eu sei... Eu te amo Emma Swan - falava Mérida olhando para a parede e rindo!


Notas Finais


É isso bbs sei que não foi muito mas o importante é que volteiiiii 💕💕💕💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...