1. Spirit Fanfics >
  2. Me Deixe Entrar >
  3. Knock knock

História Me Deixe Entrar - Capítulo 1


Escrita por: Mary-2004

Notas do Autor


Oi anjos, Bom dia, boa tarde, boa noite e boa madrugada. Seja lá qual for o horário que você esteja lendo, bom a história a seguir e sobre taejin espero que vocês gostem.
Eu gostaria de agradecer a betagem da @pannsh.

Então e isso espero que gostem.

Capítulo 1 - Knock knock


Fanfic / Fanfiction Me Deixe Entrar - Capítulo 1 - Knock knock

Depois de um longo dia de gravações, Seokjin, só queria tomar um banho e dormir, pois o cansaço era grande. Não era fácil ser um ator, principalmente quando se era assumido gay e casado, sempre ouvi comentários maldoso em relação a si, mas tudo valia a pena, quando chegava em casa e via o sorriso quadrado do seu amado, mas tinha dias que ele chegava tão cansado que só dava um selinho no mesmo e ia dormir, e hoje era um desses dias. O que ele não imaginava, era que justamente naquele dia, o seu amado iria lhe desejar mais do que nunca. 


Assim que passou pela porta de casa, viu Taehyung, assistindo TV e comendo sorvete. Um sorriso surgiu em seu rosto, ele tinha muito orgulho em ver seu marido apreciando seu trabalho, mas às vezes ficava incomodado ao ver que seu marido, via suas cenas um pouco calientes com outros atores e atrizes, mas não falava nada, pois não queria que seu marido achasse que ele não gostava quando ele via a sua atuação.


— Oi Tae, o que tá fazendo? - Pergunta deixando um beijo na testa do mesmo.


— Estou vendo seu último BL que foi lançado - Responde fazendo um bico que acabou arrancando uma risada do mais velho. - Sério Jin, precisava mostrar tanto fogo assim?


— Meu amor, é só um trabalho.


— Trabalho no seu cu! Não, é sério, eu voltei à cena umas três vezes pra ter certeza do que eu vi…


— Ele tem namorado Tae. – Interrompe o outro rindo. – E eu tenho o marido mais lindo do mundo! Depois de mim é claro.


— Chato! Mas sabe que essa cena é muito boa... – Fala sorrindo malicioso.


— Eu vou tomar um banho, ok? – Diz tentando fugir do assunto.


— Posso ir com você?


— Não.

— Por que não? - Pergunta se levantando. - Vai ser só um banho.


— Nunca é só um banho, NUNCA! Sempre começa com um banho e eu sempre acabo cheio de dor.


— Dor onde? Quem dá a bunda sempre sou eu! – Fala cruzando os braços.


— Ser o ativo também cansa Taehyung! 


— Cansa nada, tu só enfia em mim e pronto, onde é que você se cansa nisso?


— Chega Taehyung! Eu vou tomar banho e ir dormir, ouvi bem? DORMIR!


— Ouvi seu chato! Cara de bunda.


EU ESCUTEI TAEHYUNG! – Grita do corredor.


— É pra ouvir mesmo, tenho medo de poste ambulante não meu amor - Ele volta a sentar no sofá, e começa a pensar em alguma coisa para entrar naquele banheiro e tomar seu tão desejado banho com o marido. – Eu vou entrar naquele banheiro ou eu não me chamo Kim Taehyung.


...



Depois de retirar toda a sua roupa e ter certeza que a porta estava trancada, Seokjin se enfiou de baixo do chuveiro, ele conhecia muito bem o seu marido e sabia que ele ia fazer de tudo para entrar naquele banheiro. Ele nunca negava nada ao Taehyung, principalmente sexo, mas naquele dia ele estava muito cansado e não tinha animo pra ter algo. Seus pensamentos são cortados ao ouvi Taehyung chamando por seu nome.


— Amor~~, me deixa entrar! - Choraminga do outro lado da porta.


— Já conversamos sobre isso, Taehyung!


— Mas eu não concordo com isso. O SEU PAU É A ESTRELA, QUE FALTA NO CÉU DA MINHA BOCA. - o mesmo grita.


— TAEHYUNG, PELO AMOR DE DEUS! - Seokjin grita de volta do banheiro - Os vizinhos podem escutar.


— Eles me escutam gemer seu nome toda noite. – Ele acaba soltando uma risada. - escuta outro aí povo, O MEU PAU FAZ DUM, DUM, DURUM, DURUM ASSIM QUE TE VER! 


— CHEGA TAEHYUNG!


— Vai me deixar entrar?


— Já disse que, não!


— Você não me ama!


— Lógico que eu te amo, eu sou um completo idiota pro você. Mas eu não sou de ferro Taehyung, minha rola não e igual a do MD não.


— Se o seu pau fosse igual ao do MD, era aí mesmo que eu não saia de cima de você. Nem guindaste, nem guindaste me tiram do colinho desse traste.


— Por que você quer tanto? Nós fizemos ontem. - Tenta fazer o mesmo mudar de ideia.


— Meu amor, o ontem foi ontem, hoje é hoje e... Eu estou com vontade. Você quando casou comigo sabia que eu era assim, eu sou viciado no teu leite, nego!


— Onde foi que eu me menti... - Fala rindo.


— Tá rindo de que palhaço? - Fala indignado - por acaso eu virei um?


— Você é palhaço? Só se for palhaço do sexo…


— Abre aqui que eu te mostro o tamanho da minha bexiga. - Diz rindo. - Eu posso virar a Shakira versão masculina pra você amor, eu mexo até a cintura e te faço falar espanhol, mi casa, es tu casa!


— Me lembra de comprar umas roupas de dança do ventre pra você tá.


— Sério? Vou praticar pole dance também, aí eu desço até o inferno igual ao Lil Nas X. Ei, você tá mudando de assunto aqui seu tripé. - Começa a bater na porta.


BABY, BATA, BATA NA MINHA PORTA! BATA COM MAIS FORÇA, MAIS UMA VEZ. -Começa rir.


— Me aguarde Kim Seokjin.


— Ué? Acabaram as cantadas?


— Muito engraçado né seu idiota, vai procurar algo pra investir. 


QUERIA INVESTIR EM VOCÊ! – Responde aos risos passando sabonete.


— Vem aqui que eu te mostro o meu fundo. - Começa rir alto.


— Ok, precisamos parar com isso!


— Também acho… - Tenta abrir a porta mais uma vez. - Ei mano! Tu vai morrer aí dentro? Abre logo essa merda caralho!


— Obá Parou! Deixa de usar gírias de hétero que isso não faz parte da sua natureza!


— Mas amor~~, e que eu quero cruzar!


— Credo Taehyung, quem cruza é bicho!


— As bichas também. E eu tenho orgulho de ser uma! Mas… abre logo essa buceta, se não eu a arrombo com tudo.


— Essa eu duvido! – Duvida do marido enxugando os cabelos.


E logo batidas são ouvidas contra a porta, fazendo com que ele se assustasse e fosse andando preocupado em direção à porta, onde abre de uma vez, e ver o marido ali no chão e começa a ir até onde Tae, estava caído.


— Eu falei que ia dar merda, esse menino sempre me dá traba-… - Ele não consegue nem mesmo terminar a frase, pois seus lábios são calados pelos o de Taehyung, que se encontrava sorrindo travesso entre o beijo. - Você me enganou!


— O mundo e dos espetos - Fala empurrando o Jin contra o colchão e ficando por cima dele. - Hoje eu serei o ativo. - Diz beijando o mais velho. - Eu tenho pena da sua bunda.




Notas Finais


Foi isso, desculpa por erro.
Até o próximo one shot e continue acompanhando as emoções de My Hope-https://www.spiritfanfiction.com/historia/my-hope-imagine-taehyung-20082996- e Os 07 daddys proibidos (a saga continua) -https://www.spiritfanfiction.com/historia/os-7-daddys-proibidos-2-temporada-a-saga-continua-19845493-


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...