1. Spirit Fanfics >
  2. Me diga tudo >
  3. 4- You are so stupid!

História Me diga tudo - Capítulo 4


Escrita por:


Capítulo 4 - 4- You are so stupid!


Voltar ao dormitório é das coisas mais secantes que já aconteceu na minha  vida, mas ao menos tenho a Blair que aguarda a minha chegada.

-Sam! Vamos sair hoje!- assustei me logo ao entrar no quarto...menina louca.

-Para onde?- perguntei após pousar os meus livros e a minha bolsa na cama.

-Shopping!!!- 

COMO EU ODEIO O SHOPPING! Cada vez que me lembro da minha mãe demorar tantas horas para escolher um vestido padrão para eu usar... odeio!

Mas não quero desapontar a minha mais recente amiga...

-Okay Blair... quem vai?

-Foi o Justin que pediu para ir...portanto acho que vamos todos.- ela respondeu enquanto se olhava no espelho arrumando os seus cabelos.

O Justin? É sério? Fiquei surpresa...mas feliz... e só de imaginar o TC nas compras já me dá vontade de ir!

××××No Shopping ××××

-SAMM!!- Veronica gritou após me ver sair do carro de Blair.

- V!!- Gritei de volta

- Meu Deus...nem conheço essas malucas...- TC disse para Justin que sorriu minimamente.

- Louca? Eu? Nunca- Veronica respondeu ironicamente. 

Entramos no shopping e fomos a todas as lojas possiveis e imaginárias...foi fantástico! A cada minuto olhava para o celular para ver se tinha alguma chamada da minha linda mãe...mas nada.... talvez seja melhor assim.

-Tudo bem Sam?- TC perguntou

-Ah Sim!- sempre fui muito boa a mentir...mas tenho a certeza que o TC não acreditou nem um pouco na minha resposta.

Sorriu minimamente, agarrou no meu braço e puxou-me para dentro da Sephora. Já achei errado... odeio maquilhagem! Mas podia-me divertir com o TC ali dentro.

Agarrei numa amostra de batom vermelho e chamei o TC.

- Fecha os olhos.- olhou para mim desconfiado - Acredita em mim!- pedi e ele cedeu, fechou os olhos e eu passei o batom nos seus lábios. Estava muito perto dele e sentia me intimidada pela proximidade. Mas continuei.

-Meu Deus!- exclamou após se olhar no espelho.- Estou bonita Sam?- perguntou a imitar uma voz aguda.

- Muito sexy!- respondi e ri descontroladamente

- Provavelmente fica mais sexy em ti... porque não experimentas? - disse enquanto limpava a minha obra de arte.

Acenti e deslizei o batom suavemente nos lábios enquanto assistia aos mesmos a serem preenchidos pela cor vermelho coral n45. Dei um ultimo retoque e olhei para o TC que já tinha acabado de se limpar.

- E então...como fica?- perguntei a fazer poses estupidas enquanto sorria.

-Muito melhor que em mim. - riu- devias levar... fica-te bem!

- Olha que eu acho que não.- uma voz suave mas grave soou atrás de mim... estava muito perto, tão perto que pude sentir a sua respiração bater contra a pele sensivel do meu ouvido. Virei-me por impulso e dei de caras com o maior parvalhão que já vi na minha vida.

- Mas quem és tu para me dares a tua opinião? Nem sabes o meu nome e já te andas a meter na minha vida?- disse segura de mim.

- Esse não é o problema Jannie Sam... tu é que não sabes o meu nome porque de resto eu sei tudo o que preciso sobre ti... e sobre a opinião...só fui simpático, essa cor não combina nada contigo.- sorriu sarcasticamente enquanto eu só tentava raciocinar de onde ele sabe o meu nome.

- Primeiro...como sabes o meu nome?- perguntei franzindo o cenho enquanto apoiava as mãos na minha cintura.

- Somos da mesma aula de Psicologia... penso que naão tenhas dado conta da pessoa que estava duas filas atrás de ti porque estavas muito focada na merda que aquela mulher dizia- fiquei chocada com o palavreado mas logo me recompus e respondi a apontar o dedo indicador ao peito daquele imbecil.

- Olha aqui menino... ninguém te obrigou a ir estudar psicologia até porque nem sei como é que vais aprender algo que está fora do teu campo mental! E não fales daquela mulher porque não tens esse direito! Olha para ti e pensa nas merdas que fazes ao invés de estares sempre a meter o bedelho na vida dos outros! - peguei no batom e coloquei-o no sitio furiosamente e de seguida voltei me para o rapaz outra vez - Sobre o batom... não, não o vou levar... porque não quero me quero parecer com as vagabundas com quem sais todas as noites! Vamos TC!- peguei no braço do TC e saí sem pensar em olhar para trás e ver aquele sorriso ironico outra vez.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...