1. Spirit Fanfics >
  2. Me ensine a amar novamente >
  3. Capítulo 10

História Me ensine a amar novamente - Capítulo 11


Escrita por:


Notas do Autor


Oi gente!!!
Voltei finalmente.
Desculpem a demora.

Capítulo 11 - Capítulo 10


No dia seguinte, Jimin acordou cedo. Às 6h da manhã o mesmo já estava acordado. Se surpreendeu ao notar a hora e o seu bom humor matinal. Não era comum acordar tão cedo assim e muito menos feliz da forma que estava. Levantou para tomar um banho e para fazer sua higiene matinal. Sabia que seu irmão ainda não estava acordado, Yoongi acordava normalmente as 7h, então resolveu fazer uma surpresa para o irmão fazendo o café da manhã. Mesmo que não fosse tão bom quanto Yoongi na cozinha, ele sabia se virar bem.

Depois de arrumado, desceu as escadas e foi em direção a cozinha. Pensou primeiro no que faria resolvendo fazer algo simples. Alguns ovos, café, e frios e frutas que tinham na geladeira já estava de bom tamanho. Terminou tudo por volta das 6:45h então pegou seu celular para mandar mensagem ao seu neném, surpreendendo-se ao perceber que ele já estava acordado.

Conversa on

Bom dia meu neném.

Bom dia Hyung.

Dormiu bem?

Sim.

E você Hyung?

Dormi muito bem.

Sonhei com você.

Acordei muito feliz e ansioso para te ver.

Você deixa o Kookie envergonhado, Hyung.

Não fique bebê, já disse que merece todos os elogios.

Kookie...

Kookie ama o Hyung

Muito

Kookie tá feliz de estar com o Hyung

Own, meu amor.

Eu também estou muito feliz de estar com você.

*emoji sorrindo*

Kookie vai tomar café agora.

Tchau Hyung.

Tchau neném.

Até mais tarde.

Me avisa quando estiver saindo.

Tá bom Hyung.

<3

<3

 

Conversa off

Desligou o celular percebendo que já não estava mais sozinho na cozinha. Yoongi estava parado na porta encostado-se ao batente olhando um tanto quanto assustado para a mesa arrumada e para seu irmão ali, sorrindo bobo para o celular. Aquilo era estranho, muito estranho. Jimin acordando cedo? De bom humor? E fazendo o café sem que ninguém pedisse? Ook era realmente muito estranho, nem parecia seu irmão.

- Bom dia Hyung. _ Jimin falou sorrindo fofo e indo até o irmão o abraçando forte fazendo com que ele saísse dos seus devaneios e mudasse também a sua expressão assustada para um sorriso.

- Hum... Bom dia. _ sorriu ainda um pouco desconfiado. O irmão só poderia estar doente.

- Que cara é essa?

- Jimin... Você acordou cedo, de bom humor e fez o café. Está tudo bem com você?

- Aishii Hyung, eu só estou feliz, não pode mais ser feliz não?

- Pode, claro que pode. Espero que fique assim todos os dias. _ deu um sorriso maior que seu rosto e abraçou o irmão. Era bom vê-lo assim, muito bom.

Yoongi sabia melhor que ninguém tudo o que o irmão tinha passado então ver que ele estava bem e feliz, voltando aos poucos a ser o seu irmãozinho extrovertido, o deixava muito feliz. Sabia muito bem o motivo de tudo aquilo e precisava lembrar-se de agradecer a pessoinha fofa que em pouco tempo já tinha feito pelo seu irmão o que ele não conseguiu fazer em anos.

- Vamos comer Hyung?

- Vamos... Claro que vamos. _ sorriu tentando esconder algumas lágrimas teimosas que escapavam de seus olhos.

__________ OoO __________

Estava perto da hora do almoço. Horário que JungKook saia do colégio, o combinado foi que o mais novo avisaria quando estivesse prestes a sair e Jimin iria buscá-lo já que almoçaram juntos para logo em seguida saírem em seu primeiro encontro. Jimin estava mais do que nervoso, não esperou nem ao menos que o menor o avisasse e já estava parado em frente à escola dele em seu carro. Olhava algumas poucas pessoas transitando por ali, já que ainda não estava no horário para saírem. O tempo parecia não passar e Jimin estava cada vez pior, suas mãos suavam e seu corpo tremia por dentro. Aquelas sensações eram tão boas, mas o causavam tanto medo. Sentir tudo aquilo de novo depois de tanto tempo o assustava, mas seguia firme acreditando que dessa vez daria tudo certo, afinal, JungKook o causava segurança, essa que nenhuma pessoa nunca chegou a passar.

Sentiu seu celular vibrar no bolso da calça e o pegou percebendo que era mensagem do seu neném dizendo que sairia em quinze minutos. Foi breve e apenas respondeu um ok, bloqueando o celular e o colocando de volta no bolso. Não demorou muito, até menos que quinze minutos e ele viu seu coelhinho vindo de longe. O capuz cobria totalmente seu cabelo, na intenção de esconder suas orelhas. Odiava o preconceito das pessoas, odiava que por causa disso, seu coelhinho não podia se sentir feliz e protegido em qualquer lugar que fosse sem precisar se esconder. Ele era tão lindo, mas tinha que esconder sua beleza por conta de pessoas idiotas que não sabem lidar com as diferenças.

Percebeu que JungKook não vinha sozinho, mas ao lado de TaeHyung, o qual já conhecia muito bem depois da cena de ciúmes na casa do mais novo. Ele era um garoto legal, extrovertido e amava a demais seu amigo. Jimin confiava nele para proteger seu neném sempre que preciso. Abriu o vidro do carro e buzinou fazendo sinal para os dois que já se aproximavam do carro. Quando o mais novo o viu, abriu um enorme sorriso fazendo com que ele só conseguisse retribuir. Destravou a porta e esperou que o outro entrasse.

- Oi bebê. _ Jimin falou quando o mais novo entrou sendo rápido em deixar um selar na bochecha fofinha. 

- O-Oi Hyung... _ sorriu um pouco envergonhado pelo beijo surpresa.

- Então, deixem pra ficar nessa melação depois, primeiro preciso me despedir do meu neném. _ TaeHyung falou.

- Oi Tae. _ Jimin falou rindo do drama que o outro fazia.

- Não quero saber de “Oi", quero que prometa que vai cuidar do Kookie. Sei que se o Hobi Hyung o deixou sair com você, é porque é de confiança, mas eu ainda tenho medo. Cuide bem dele Jimin Hyung, JungKook é como um irmão pra mim. _ TaeHyung falou quase chorando.

- Não se preocupe Tae, eu vou cuidar muito bem desse neném aqui. _ Jimin sorriu fofo entendendo a preocupação do outro.

- Obrigada. _ sorriu limpando as lágrimas que escorreram.

- Taetae Hyung, o Kookie tá feliz com o Jiminnie. _ sorriu fofo. – Kookie confia nele. _ olhou para Jimin e deu um sorriso ainda maior que o anterior.

- Aigoooo, fofo demais. _ apertou a bochecha do menor. – Enfim, eu vou indo que hoje o Jin não vai vir me buscar, vou andando mesmo. Se divirtam. _ deu tchau e se virou para ir embora.

- Ei Tae. _ Jimin chamou.

- Sim Hyung?

- Entra aí, a gente te da uma carona. Não custa nada.

- Não precisa, não quero atrapalhar e nem atrasar vocês.

- Não vai, entra aí.

- Não, eu...

- Entra logo Taetae Hyung. _ o mais novo dos três se pronunciou.

- Ok. _ sorriu e entrou no carro logo dando seu endereço para que Jimin pudesse seguir até lá.

__________ OoO __________

 

 

 


Notas Finais


Foi isso gente, espero que tenham gostado.
Até o próximo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...