1. Spirit Fanfics >
  2. Me Passam Coisas >
  3. Relaxa minha princesa...

História Me Passam Coisas - Capítulo 7


Escrita por:


Notas do Autor


Oi gente!

Capítulo 7 - Relaxa minha princesa...


3 dias depois...

Gi estava procurando Biel, até que começa a escutar barulhos estranhos vindo do quarto deles. Ela estranha e vai escutar atrás da porta sem fazer barulho. Gi escuta Biel reclamar 

Gi: Porquê ele está reclamando? - Ela bate na porta - Amor? - Biel se assusta

Biel: Oi amor!

Gi: Eu posso entrar? - Biel pega um travesseiro e coloca no colo. Ele apóia o notebook no travesseiro pra disfarçar 

Biel: Pode sim! - Gi entra

Gi: Eu escutei você reclamando...

Biel: Eu? - Ele engole seco - Tava reclamando não...

Gi: Eu escutei!

Biel: Deve ser essa calça que eu tô. Eu tô crescendo, e as roupas estão diminuindo! - Fala tentando convencer Gi

Gi: Então porquê não veste outra calça?

Biel: Eu me distrai com o notebook! - Gi assente - Quando sair, fecha a porta!

Gi: Tá bom! - Gi fecha a porta. Biel levanta e vai conferir se Gi tinha sai do mesmo. Ele tranca a porta e vai tomar um banho BEM gelado

Na sala...

Carol: Oi Gi! Kiara deixou eu entrar! - Elas se abraçam 

Gi: Você é sempre bem vinda! - Elas sentam no sofá - Eu preciso conversar com você!

Carol: É muito sério?

Gi: Digamos que sim!

Carol: Kiara, você pode...

Kiara: Se eu posso ir brincar lá fora? Posso sim! Já acostumei! - Ela sai

Carol: Pode falar!

Gi: O Biel tá muito estranho comigo!

Carol: Vocês brigaram? - Gi nega - Então o que aconteceu?

Gi: Quando eu e ele estamos assistindo qualquer filme ou série na sala, ele começa a olhar pra mim de um jeito estranho. E depois ele coloca uma almofada no colo e fica com vergonha de me olhar! - Carol ri - Ele também tá evitando de me abraçar e essas coisas...

Carol: Meu irmão tá na pior fase da adolescência.

Gi: Qual?

Carol: A dos hormônios na flor da pele!

Gi: Como assim?

Carol: É uma fase, que ele vai ficar exitado só de te ver! - Gi a olha com surpresa e com culpa - O que foi? 

Gi: Só de pensar que é eu que tô causando isso nele...

Carol: Não se culpe! Com banho gelado resolve....

Gi: E se não funcionar?

Carol: Ele vai ter que dar uma aviada no banho! - Gi a olha sem entender e ela explica em seu ouvido 

Gi: Ahhhh...

Carol: Vou te dar uma dica. Não faça nada, que ele se sinta exitado!

Gi: Tipo?

Carol: Deixe suas mãos bem longe das pernas dele. Porque fica perto do "amigo" dele! - Gi assente 

Gi: Mas se ele quiser...

Carol: Transar com você? - Gi assente - Você é virgem?

Gi: Sou! - Ela chama Gi para mais perto

Carol: O Biel também é! - Sussura no ouvido dela e Gi a olha surpresa 

Gi: Dessa eu não sabia! 

Carol: Se sente pronta, pra fazer isso? 

Gi: Não! Eu tenho muito medo! 

Carol: Vixi, agora você me pegou. O Biel vai te dizer um monte de coisas, até conseguir transar com você!

Gi: Mas ele sabe que eu sou virgem!

Carol: Ele, provavelmente, vai TENTAR ser carinhoso. Mas não vai prometer nada! - Isso fez Gi ficar com mais medo ainda

Gi: É esse o meu medo. E se ele me machucar?

Carol: Se ele se empolgar... - Ela levanta as mãos 

Gi: Ele teria coragem de forçar?

Carol: Creio que não! Mas se ele tiver insistindo muito, você diz que ainda não está pronta. E faça ele prometer, que não vai ter machucar!

Gi: E se ele não cumprir?

Carol: Deixe comigo! Eu sei dar moral nele! - Gi sorri

Gi: Eu já disse, que tenho a melhor cunhada do mundo? - Carol sorri e abraça Gi - Mas mudando de assunto. Já sabe o sexo do neném?

Carol: Eu vou fazer sexagem fetal e vou descobrir!

Gi: Quer menino ou menina? 

Carol: Eu quero um menino e o Arthur também!

Gi: Eu tão raro, ver os pais concordando no sexo do bebê!

Carol: Pior que eu verdade! Se você e o Biel tivessem esperando um baby, ele iria querer menino ou menina?

Gi: Menina com certeza! Eu vejo que ele é muito babão pela Kiara!

Carol: Desde que ela nasceu é assim!

(...)

Mais tarde...

Gi entra no quarto e vê Biel, só de camisa e cueca, de costas para a porta 

Gi: Biel? - Ele se assusta - O que você tá fazendo? - Ela fecha a porta e sem querer tranca. Biel começa a suar e a ficar tenso - Olha pra mim! - Biel coloca o travesseiro no colo e vira para Gi. Ela o olha e percebe que ele estava sem graça - Ei amor, o que você tem? - Ela senta na cama ao lado de Biel - O que está escondendo?

Biel: Nada... - Biel sente suas bochechas quentes 

Gi: Não adianta mentir. Eu sei que você tá exitado! - Biel sente suas bochechas queimarem e Gi se aproxima 

Biel: Você já tinha percebido? - Pergunta sem graça 

Gi: Já! Mas eu realmente não ligo! - Biel a olha 

Biel: Sério? - Gi assente sorrindo 

Gi: É normal amor... - Biel olha para as pernas de Gi e sente seu "amigo" ficar mais rígido. Ele começa a suar de nervoso - Tá tudo bem? - Biel não estava mais aguentando. Bem rápido, ele a deita e fica por cima dela - O que você tá fazendo? - Biel começa a beijar Gi calmamente. Ele desce sua mão para dentro do short de Gi. Rapidamente, ela afasta a mão de Biel e se encosta na cabeceira da cama - Não Biel... - Ele não desiste 

Biel: Você não quer? - Ele começa a morder seu pescoço de leve

Gi: Eu não me sinto pronta! - Biel para com as mordidas

Biel: Você não confia em mim? - Pergunta cabisbaixo 

Gi: Confio! Mas é que... - Biel se afasta um pouco. Gi olha para baixo e vê um certo volume em sua cueca e sente culpa - Biel! - Ele a olha - Esquece o que eu disse! - Biel se aproxima 

Biel: Você tem certeza? - Gi assente sem certeza. Biel começa a beijá-la e tira sua roupa devagar. Ele tira sua camisa e cueca, Gi olha para baixo e começa a falar com si mesma

Pensamento de Gi: Ele vai me machucar com "isso". Será que é uma boa ideia desistir agora? - Seus pensamentos são interrompidos por Biel

Biel: Amor?

Gi: Oi? - Biel a deita novamente e a abraça. Ela continua olhando para baixo com medo

Biel: Ei - Ele levanta seu rosto - Não olhe para o que vamos fazer! Não quero que fique tensa! - Gi volta seu olhar para Biel. Ele aproxima sua boca do ouvido de Gi - Sabia que você é linda? - Gi sorri sem graça. Biel a penetra sem aviso, Gi se assusta e começa a sentir uma horrível dor. Ela tenta se soltar dos braços de Biel, mas ele não deixava 

Gi: Tira Biel... - Ela começa a empurrar Biel, e ele coloca mais pressão - Tira... - Biel estava com uma dúvida rondando em sua cabeça. Primeiro: se ele não tirasse, Gi continuaria sentindo dor, e ele não queria machucá-la. Segundo: Se ele tirasse, ela não iria se acostumar... Biel coloca pressão e sente o hímem de Gi se romper. Quando sentiu que sua virgindade foi tirada, Gi o abraça com bastante força. Biel sente as unhas de Gi fazendo pressão em suas costas, ele deixou ela descontar sua dor. Como não tinha experiência, Biel não sabia medir sua forçar, e a cada pressão feita pelas unhas de Gi, ele aprofundava cada vez mais, até que Gi começou a ficar agitada e aparentemente começou a chorar baixo

Biel: Relaxa minha princesa... - Sussura no ouvido dela. Gi não conseguia relaxar de maneira alguma. Biel não estava passando segurança, só estava colocando mais força. Ele a penetrou por completo, com força, e Gi começou a se contorcer

Gi: Por favor Biel... tá doendo! - Pede chorando. Ao ouvir aquilo, Biel se sentiu culpado. Claro, era ele quem estava causando a dor de Gi. Mas ele não queria se retirar dela, ele estava gostando da sensação, mas Gi não.

Biel: Eu não posso. Assim você não acostuma...

Gi: Você tá me machucando... - Biel sente as lágrimas de Gi em seu rosto - Tira... por favor... - Biel faz um movimento um pouco violento para seu próprio prazer, ele não estava pensando o quanto Gi estava sentindo dor - Tira Biel... - Ela começa a empurrar Biel com mais força, mas ele não estava nem aí 

Biel: Não posso... - Na verdade, ele não queria. Para Gi, a dor estava se intensificando cada vez que Biel fazia o movimento para prazer próprio. Biel tinha virado outra pessoa, ele não estava pensando nem um pouco em Gi. Ele se preocupava bastante com ela, mas agora que descobriu o "prazer", ele não estava se importando com Gi

Gi: É sério Biel... Tira... - Ela, literalmente, estava implorando, mas ele se recusava a escutar. Ele continuou fazendo o movimento violento até alcançar seu limite. Gi havia sentindo também, mas ela não sabia do que se travava. Os dois, principalmente Gi, ainda eram muito inocentes. Eles estavam descobrindo o próprio corpo e a sensação do prazer... Biel se retirou de Gi, que o encarava chorando. Biel percebeu o que fez, e sentiu sua consciência pesar. 

Biel: Gi, eu... - Gi desviou seu olhar. Ela estava com medo de Biel, ele nunca tinha pensado só em si. Ele levanta da cama, se veste e sai. Gi levanta e tranca a porta, ela veste uma roupa confortável e volta a se deitar ainda sentindo dor. Gi estava traumatizada...




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...