História Me proteja (mikayuu omegaverse) - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Seraph of the End (Owari no Seraph)
Personagens Akane Hyakuya, Ferid Bathory, Guren Ichinose, Krul Tepes, Mikaela Hyakuya, Mitsuba Sangu, Personagens Originais, Shihou Kimizuki, Shinoa Hiiragi, Shinya Hiiragi, Yoichi Saotome, Yuuichirou Hyakuya
Tags Gureshin, Kimyoi, Mikayuu, Mitsunoa
Visualizações 683
Palavras 956
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, FemmeSlash, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Lemon, LGBT, Mistério, Orange, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Heya guys!
Eu notei que vcs gostam mesmo dessa fic, então vou tentar trazer smp que der :v
Boa leitura...e hj vcs vão ficar c raiva dnv, viu? :v

Capítulo 5 - Capítulo 5


Yuu:

Mika e eu estávamos andando pela escola, ele me levava até a enfermaria enquanto eu segurava meu nariz que doia um pouco ainda, claro, nunca iria chegar aos pés de nenhuma dor que meu pai me fazia passar, mas eu ainda sentia, mika foi tão gentil comigo me ajudando a ir ate a enfermaria...

Ah mika... você é tão gentil... é muito diferente dos outros... por alguma razão ficar perto de você me acalma... eu imagino o que aconteceria se você soubesse da verdade...

Não! Não! Não! Está fora de cogitação! Não sei como akane soube do que aconteceu e ficoi do meu lado... mas se outras pessoas descobrirem... acho que não terei a mesma sorte que eu tive akane... eu não quero que mika me odeie... então ele definitivamente não pode saber da verdade, eu já escondi até agora...posso esconder pra sempre...

Mika-yuu-chan, você não vem?-ele perguntou olhando pra mim com uma cara confusa enquanto me esperava para entrar na enfermaria

Yuu-ah, vou sim, me desculpa, estava distraído

Mika-eu notei, yuu-chan, você estava olhando pro nada com uma carinha fofa-o comentário dele me fez corar

Yuu-v-vamos

Mika-ok

Nós entramos na enfermaria, a enfermeira passou um remédio no meu nariz e depois colocou um curativo, ela era tão doce e fazia tudo tão gentilmente que eu tive até vontade de pedir que ela cuidasse de todos os meus machucados, mas eu era o que melhor sabia que aquilo não era possível

Enfermeira-pronto, acabei

Mika-ah, yuu-chan, você não se machucou quando aquele alfa segurou você pelo braço com força? Talvez você devesse olha...-ele ia levantar a manga do meu casaco, mas eu o impedi

Yuu-não precisa, eu tô bem-falei forçando um sorriso convincente

Mika-você tem certeza?-eu apenas concordei com a cabeça-ok, yuu-chan

Depois disso, a enfermeira me liberou e eu e o mika fomos liberados

Yuu-mika, obrigado... você é... muito gentil-foi a minha vez de sorrir, dessa vez eu não fiz um sorriso falso, dei o meu melhor sorriso, e quando voltei a prestar atenção nele, vi que ele estava olhando fixamente pra mim cono se estivesse hipnotizado-ta tudo bem?

Mika-ah, claro yuu-chan, tudo bem

Yuu-se você diz...

Mika:

Eu sei que conheço o yuu-chan a pouco tempo, mas de todos os sorrisos que ele tinha dado ate agora, aquele foi o mais fofo

Tinha alguma coisa a mais...

Passou-se o dia inteiro, eu as vezes olhava pro yuu-chan por algum motivo como se ele fosse a coisa mais interessante do mundo, até que a aula acabou e a gente ficou conversando no fim da aula, até que eu recebi uma chamada da minha mãe, dizendo que tinha chegado

Mika-eu já vou pessoal, thau

Todos-thau!

Saí da escola e vi a limosine da minha mãe ali

Ah, eu já falei que eu sou rico?

Meio que é outro motivo pra me acharem mesquinho, um alfa rico? Qualquer um pensaria que eu sou arrogante, mas eu fico feliz que eu não era assim

Mika-oi mãe!

Krul-oi filho!-disse a minha mãe, posso dizer que toda minha gentileza eu herdei dela, você não vai encontrar uma mulher mais gentil, apesar de que as vezes pode ser meio doidinha-como foi o primeiro dia?

Mika-foi bem legal-falei me sentando ao lado dela enquanto o motorista dava partida-entraram dois alunos alunos novos na minha sala, e eles são primos, akane e yuu-chan

Krul-"yuu-chan"?

Mika-bem, eu meio que chamei eles assim sem querer, a akane ficou brava, mas o yuu-chan não pareceu se importar muito

Krul-então falou com eles? Como eles são?

Mika-bem...a akane é...bem parecida com a shinoa

Krul-não precjsa dizer mais nada...

Mika-o yuu-chan an...como posso dizer? Ele e um ômega, e é bem fofinho, sensível e pelo que parece, não pode se defender sozinho, parece que a akane tem que protege-lo o tempo todo, e o hobbin hood dos ômegas também, né?-falei num tom de brincadeira

Krul-nhhmmm...esse tal "yuu-chan" parece ter leh chamado bastante atenção, ein?

Mika-por que diz isso?

Krul-você está sorrindo corado

Mika-e-eu tô?

Krul-awww, parece que finalmente alguém te chamou atenção, querido

Mika-mãe!!!-falei corado e minha mãe olhava pra mim sorrindo

Yuu:

Akane-e então yuu, aquele alfa te machucou?

Yuu-akane....eu já disse...mika é legal...

Akane-eu não confio nele, ele parece legal demais

Yuu-olha akane...talvez ele simplismente seja legal...

Akane-você não entende yuu??? Não importa o quanto você tente!!! O mundo não é legal com ninguém!!!

Yuu-mas eu...

Akane-yuu! Você vai confiar mais num alfa que conheceu ontem do que na sua própria prima que te ajuda a anos??? Entenda o que eu falo de uma vez!!!-ela pisou forte no chão e foi andando na minha frente

Yuu-mas eu...akane!!!-eu tentei chama-la, mas era tarde demais, ela tinha ido pra casa-droga...por que eu sempre estrago tudo...? Eu sempre sou o sofrimento das pessoas...-disse começando a chorar

Fui chorando um pouco até em casa, entrei lá fazendo o mínimo de barulho o possível, mas...

Pai-pirralho

Yuu-aha!!! S-s-sim, pai?

Pai-hoje à noite eu vou receber uma visia

Yuu-u-u-uma visita? É...u-uma namorada?

Pai-é-depois da morte da minha mãe, meu pai vive tentando conseguir outra esposa, ele tentou várias mulheres, mas nenhuma delas durou mais que dois meses, me pergunto o porque-não quero você em casa enquanto ela estiver aqui

Yuu-o-o que? Mas pra onde eu iria...

Pai-não interesssa! Você nao vai ficar em casa enquanto ela estiver aqui, entendeu???

Yuu-s-s-sim senhor...

Pai-mais uma coisa...-ele agarrou meu pescoço

O medo me consumiu naquela hora, ele apertava meu pescoço me sufocando como se quisesse me matar por asfixia, e o pior e que eu tinha asma...então ele realmente queria me matar? Pensei isso,mas quando estava prestes a desmaiar ele me soltou no chão com força

Pai-pensei que seria divertido fazer isso com um pedaço de inutilidade com asma-ele disse sorrindo e depois subindo para o quarto dele

Minha visão ja estava turva, eu ia desmaiar, mas consegui pegar a bomba de asma a tempo, passei um bom tempo usando ela, quando me recuperei, me senti um lixo novamente, corri para meu quarto, tranquei a porta, tirei os sapatos e me deitei na cama me cobrindo até a cabeça

Depois daquilo...eu precisava chorar um pouco 


Notas Finais


E ai? Quem ainda quer matar o pai do yuu? :v
Erros de gravação:
Mika-*levanta a manga do casaco dele*
Yuu-*da um tapa na mão dele* dont touch me!
Coisinha-coisada...7-7
Coisada-hehehe ^^"
Coisinha-CORTA!!!
Akane- *pisa tão duro que o chão quebra* Eita0-0
Coisinha-CORTA!!!
Yuu-*entra devagar*
Pai-o pirralho
Yuu-AI!!!*gritinho nada masculino*
Pai-*começa a rir*
Coisada-*começa a rir*
Coisinha-*começa a rir*
Yuu-vai toma noku todo mundo -///-
Coisinha-*dividida entre o riso e a raiva* CORTA!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...