História Medicina por amor - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias A cinco passos de você
Tags Medicina, Romancebts
Visualizações 4
Palavras 836
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


"As vezes precisamos perder a cabeça para entender que precisamos dela"

Capítulo 7 - Perdendo a paciência


Fanfic / Fanfiction Medicina por amor - Capítulo 7 - Perdendo a paciência

*********Elevador/Karina**********

--Já faz mais de meia hora que estamos presos nesse maldito elevador! -falo tentando manter o resto da minha sanidade mental.

--Não adianta ficar brava,você ficar nervosa não vai fazer o elevador voltar.

--Ah sério???Se você não tivesse me falado eu nem ia imaginar...muito obrigada pela informação Dr.Sabe tudo. 

--Ah!Você está brava e vai vim descontar em mim!Sinceramente você tem que aprender a controlar melhor essas suas emoções!

--Quem você pensa que é pra me dizer O QUE eu preciso melhorar?

Me levanto e vou me aproximando dele,nós dois estamos nervosos e cansados,mas isso não é motivo pra ele vim dar palpite no que eu preciso melhorar,ele nem ao menos me conhece!

Paro de frente a ele e o encaro,aponto o dedo e digo:

--Você não me conhece!...

Micheal segura meu pulso com força,porém não tira os olhos de mim.

--Não aponte esse dedo pra mim!

--Micheal...-tento me soltar porém todo meu esforço de nada serve,ele é muito forte --Micheal você está me machucando!

Ao perceber que estou assustada ele acaba soltando meu pulso,ele não me olha,passa as mão sobre os cabelos depois sobre o rosto.

--Meu Deus mulher!Você tira a paciência até de um santo!

Não consigo dizer nada fico olhando para Micheal que parece frustrado e mais irritado que nunca.

Tem algo a mais ali...eu só não sei o quê.

--Me desculpe é que você me...deixa pra lá.

--Ah não agora termina de falar...

Ele me olha porém não diz nada,me arrepio ao perceber o olhar intenso dele sobre mim.

Ele abre a boca para falar...

*tranco no elevador*

O elevador treme,me desequilíbrio e caio em cima de Micheal,a luz volta porém logo se vai e tudo se apaga.

Continuamos sem energia.

**********No quarto 215*********** 

Jimin pega o papel e o quarda no bolso da calça, e olha para as meninas que procuram por Clarinha.

--Acharam meninas? -Pergunta Tae.

--Olha não quero ser mal educada nem grossa mas temos nomes...eu sou Ana e ela é Maria...então.

--Oh...perdão nós nem estavamos lembrando de nos apresentar.Sou Kim Taehyung,mas pode me chamar de Tae é mais fácil de pronunciar.

--Bem eu sou Park Jimin...mas podem me chamar de Jimin.

--E eu sou Jung Hoseok,podem me chamar de J-Hope.

Assim que feita as apresentações,a busca por Clarinha continua.

Jimin sai andando pelo quarto até encontrar uma sequência de pingos vermelhos.

--É...gente olha o que eu encontrei...

Todos saem correndo em direção de Jimin.

--Dío mío!!! - exclama Maria.

--Hum...o que vocês acham que é - pergunta Tae.

--Parece com sangue -fala J-Hope.

--Tem mais ali pra frente -diz Ana apontado para a sequência de pingos que se seguiam em linha reta.

Eles saem andando no escuro acompanhando os pingos de sangue.

--Termina aqui. - fala Tae parado de frente a uma porta.

--Na porta do banheiro? -fala Maria

--EU NÃO VOU ABRIR ESSA PORTA -diz Ana e Maria juntas.

--Ah!!!!Eu abro. -diz Jimin,ele vai até a porta e a abre -- AAAAAAAAAAH!!!!!!!

--AAAAAAAAAAAAAAAAAH -as meninas começam a gritar junto com os meninos.

Clarinha está caída no chão rodeada de sangue que parece sair de sua barriga.

--I-I-Isso é san-san...-gagueja Ana.

--Sangue? -completa Tae.

Ana desmaia,Tae corre e consegue pega-la antes de ela cair no chão.

--Ana! -fala Maria olhando para a amiga desmaiada. --Temos que chamar alguém!

--Espera vou medir o pulso dela.-fala Jimin que chega mais perto do corpo de Clara.

Ele se agacha e pega o pulso de Clara com cuidado,depois se aproxima de seu peito para tentar ouvir seus batimentos.

Ana acorda nos braços de Tae,mas nem olha quem está te segurando...ao invés disso olha para Clarinha no chão.

Clara acorda e agarra Jimin fingindo moder  seu pescoço.

Jimin grita deixando todos assustados que também gritam,Ana se  agarra melhor em Tae, J-Hope abraça Maria que esconde o rosto em seu peito.

Então Clara começa a gargalhar junto com Jimin,todos param e olham para eles frustrados e envergonhados.

--Jimin você viu a cara deles?! -fala Clara com o rosto vermelho de tanto rir.

Jimin ainda rindo levanta e ajuda Clara a tirar o macacão de prático que ela estava usando.Eles saem rindo,um segurando no outro quando Jimin tropeça e cai levando Clara junto.

Jimin cai no chão e Clarinha cai em cima dele.Ele abraça Clara e dá um beijo em sua cabeça,sem nem se dar conta de tal ato.

--Estou vendo que vou amar esse hospital -diz Jimin abraçando Clara mais forte.

--Você ainda não viu nada -fala Clara.

-- AH não!Eu mal dou conta de um Jimin! DOIS EU NÃO VOU SUPORTAR! -fala Tae.

-- AH!...e você acha que eu vou dá conta de DUAS CLARINHAS? --fala Ana ainda no colo de Tae.

A luz volta mais logo vai embora deixando tudo escuro novamente.Tae leva Ana até a cama e a deita lá.

--Obrigada -diz Ana

--De...-Tae começa a responder

--O que vocês estam aprontado aqui!

Todos olham para a porta do quarto.

-- O diabo veio se juntar a festa! -provoca Maria.

Rosanna...tinha que ser logo Rosanna.



 















Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...