História Mediterrâneo - Byler - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Stranger Things
Personagens Billy Hargrove, Dustin Henderson, Eleven (Onze), Joyce Byers, Kali "Eight" (Oito), Lucas Sinclair, Maxine "Max" Mayfield / "Madmax", Mike Wheeler, Personagens Originais, Steve Harrington, Will Byers
Tags Byeler, Byler, Elmax, Mike Wheeler, Will Byers
Visualizações 50
Palavras 526
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Fluffy, LGBT, Luta, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Atenção: Não é capítulo! É só um especial de flahsback que eu quis postar agora pra vcs mas depois eu talvez troque de lugar

Boa leitura!

Capítulo 8 - Especial: Memórias


Fanfic / Fanfiction Mediterrâneo - Byler - Capítulo 8 - Especial: Memórias

[1678]

William passeava pelo jardim, como sempre brincando sozinho entre as plantas. Ele gostava de procurar animais, por mais que o máximo que fosse encontrar ali fosse um besouro de dois centímetros.

O garotinho estava vestido nos novos trajes que havia ganhado, e mesmo que aquelas roupas devessem ser preservadas segundo a sua mãe Joyce, Will não ligava em se emaranhar entre as plantas para perseguir um "soldadinho" preto e branco, ou seja, apenas um inofensivo inseto que se alimentava naquele momento da seiva de uma planta.

Do outro lado do arbusto de gardênias, um jovem Michael tentava encontrar a flor ideal para "roubar" , de acordo com o desafio que aceitou entre seus amigos. Até que ele avistou Will e se espantou. Ninguém o disse que teria que lidar com pessoas ali! O garoto de cabelos cacheados se abaixou, escondendo-se logo atrás do arbusto onde o loiro observava o inseto.

Michael tentou sair, se agachando no chão e indo para o outro arbusto. Aparentemente havia conseguido despista-lo, então ficou de pé, e deu de cara com um par de olhos verdes arregala-dos para ele. Will havia encontrado um garoto em seu jardim! O que deveria fazer? Chamar sua mãe? Chamar a governanta? Correr? O garoto ficou apenas encarando aquele menino, assim como ele o olhava espantado, Mike nunca havia visto alguém tão limpo e bem arrumado antes. De início o moreno também pensou em correr, mas por algum motivo não fugiu dali, na verdade o olhar do outro garoto o transmitia segurança e gentileza ao invés de perigo.

Você... De onde você veio? — William disse timidamente, surpreendentemente iniciando uma conversa e apontando para Mike.

Da minha casa! — Michael respondeu sorrindo sem graça.

Não isso! Como entrou aqui? — Will fez um bico.

—  Isso é um segredo...

Então vou ter que chamar um adulto!

Não não, por favor! — Michael deu a volta no arbusto e tampou a boca dele antes que ele fosse gritar qualquer chamado. As orbes verdes de William o fitavam numa mistura de confusão e curiosidade, mas acabou confiando no moreno quando ouviu o resto. — É que... eu estou procurando uma rosa, pra cumprir o desafio.

Desafio...? — Will disse depois de cautelosamente afastar as mãos de Michael de sua boca.

É, meus amigos me desafiaram. Você... pode me ajudar?

Eu te ajudo se você me contar como entrou primeiro.

Fechado! — O pequeno Michael  sorriu e apertou a mão de William. — Meu nome é Mike — Ele disse amigável — guerreiro de terras distantes. E o seu?

William... Eu procuro insetos. — O garotinho disse tentando também atribuir um título a si mesmo.

Will! Você é legal. Depois eu posso te mostrar meus outros amigos...vamos. — Michael o puxou pela mão, indo mostrar seu truque secreto para entrar no jardim. Will se deixou levar, sorrindo quando pela primeira vez sentiu a liberdade o tomar com o vento bagunçando seus fios lisos. E lá estava ele, conhecendo um novo amigo ao invés de caçar insetos em seu cantinho particular, esse foi um dia bem inusitado [...]


Notas Finais


Me falem se gostaram! E suas opiniões e críticas sobre o cap!
(Dsclp os erros, serão corrigidos)
K i s s u s


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...