1. Spirit Fanfics >
  2. Medo de Amar >
  3. Um surto tão surtado que me fez surtar.

História Medo de Amar - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Olá, trago mais um capítulo.....espero que gostem! ☺️

Capítulo 2 - Um surto tão surtado que me fez surtar.


Fanfic / Fanfiction Medo de Amar - Capítulo 2 - Um surto tão surtado que me fez surtar.

Gintoki escuta a porta batendo com força. E nela adentrando como um furacão pela casa, uma baixinha furiosa chutando tudo o que via pela frente.

- Quebra a porra da porta que eu desconto do seu salário. Aquela velha vai vim reclamar depois, que saco! - grita o homem parado na soleira da sala vendo a garota surtar.

- Que salário que você me paga!?

- Ah, é. Vou te pagar quando o cabelo do seu pai crescer.- dar uma gargalhada o albino.

- Eu o odeio. Odeio. Odeio profundamente! Queria que ele tropeçasse e caísse no inferno! - resmunga a ruiva com o rosto enfiado na almofada do sofá.

- Tá louca, é? Pra quem é esse ódio todo? - diz o samurai sacudindo a menina pelos ombros.

- Gin-chan, eu não sou a coisa mais linda que você já viu? - pergunta a menor com os olhos brilhando.

- A coisa mais linda que eu já vi é a Ketsuno Ana.- sorri o albino apaixonadamente.

- Aaaaaaaah, esses olhos mortos não servem pra porra nenhuma.- grita a garota voltando a colocar o rosto na almofada.

- Que revolta é essa, sua doente? 

- Nada. Me deixa em paz.- diz a Yato indo em direção a cozinha pegando o pudim da geladeira e levando para sala para comer no sofá.

- Ei, esse pudim é meu! 

- Corrigindo....Era seu. Gin-chan, cadê o Shinpa.... Aí, o que tá fazendo, idiota?- grita furiosa a menina após levar um tapa na cabeça.

- Isso é pra você aprender a não pegar meu pudim. Respondendo sua pergunta, o Shinpachi foi no mercado comprar papel higiênico. 

- Uma coisa importante que não pode faltar, hein.

- Exatamente. E o que você comprou pra ele?

- Comprei um o CD da Otsuu "Sua vida é uma porra" pra ele. 

- Só otakus virgens gostam desse tipo de música.

- E o Shinpachi é o quê?

- Tem razão, ele é um otaku virgem.

- Quem é  um otaku virgem?- um garoto de óculos entrou na sala com as compras nas mãos.

- Er....o Zura. Tava falando com a Kagura sobre como o Zura era na adolescência: otaku virgem.- responde Gintoki nervosamente.

- Ah, dessa eu não sabia. Quem imaginaria que o Katsura-san era assim na adolescência.- diz Shinpachi.

- Ele com certeza era um idiota.- fala a ruiva com a boca cheia de pudim.

- Kagura-chan, uma moça não deve falar de boca cheia. Aliás onde você estava hoje? - o quatro-olhos senta ao lado da menina.

- Tava....tava.....tava tomando sol pra ficar morena.

- Pensei que o ponto fraco dos Yatos era o sol.- o moreno arqueia uma sombrancelha desconfiado.

- Chega de perguntas! Kagura, vai tomar banho pra gente sair com o Shinpachi.- interrompe o mais velho.

- Hai, hai. - obedece a garota indo em direção ao banheiro.

-----------Quebra de Tempo------------

- Estou pronta! Não vão me elogiar!?

A ruiva dar uma voltinha pela sala desfilando o vestido preto que havia ganhado de presente da Hinowa.

- Demorou tanto tempo pra isso?- disse o albino.

- Cala a boca, Gin-san. Kagura-chan, você está adorável.- disse Shinpachi.

- Que bom que esses óculos servem pra enxergar a minha beleza. - sorri convencida alisando o Sadaharu.

- Chega de papo! Vamos comemorar o aniversário do Patsuam aeeeee. Kagura, o presente.- fala o maior.

- Toma Patsuam, espero que goste.- sorri entregando o embrulho ao rapaz.

Shinpachi abre e seus olhos enchem de lágrimas.

- Pensei que tivessem esquecido.... Arigatô, vocês são incríveis! - o garoto abraça seus companheiros.

- Tá, tá, tá chega de sentimentalismo e bora pra surpresa.- diz o samurai saindo pela porta com os dois.

"Espera até quando aquele sádico me ver. Vou fazer ele engolir as palavras que ele disse mais cedo." - pensa uma ruiva dando um leve sorriso.



Notas Finais


Espero que tenham gostado. Até mais....


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...