História Medo de pequenas coisas - Kaisoo - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Lay, Lu Han, Personagens Originais, Sehun, Suho, Xiumin
Tags Chanbaek, Hunhan, Kaisoo, Sulay, Xiuchen
Visualizações 29
Palavras 1.248
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Fluffy, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiieee

Descupe a demora de postar boa leitura! (°3°)

Capítulo 2 - 02


Jongin on

Segui Chanyeol e D.O., Vi o Baekhyun ele estava muito diferente de quando foi expulso do  colégio, não sei como Chanyeol se apaixonou por um zé droguinha { obrigado leitor (a) que me deu a inspiração! (°3°) }
Mas fazer oque amor é amor... fiquei um tempão na esquina esperando Kyungsoo aparecer, até que ouvi resmungos e vi um baixinho passando por mim

Kyungsoo Pov's

- Chanyeol... a unica coisa que eu falo é: VAI TOMAR DENTRO DO SEU CU E TOMARA QUE SUA GALHA FIQUE MUCHA PRA SEMPRE! to saindo tchau obrigado pela comida Baek e ve se para de fumar, fui - sai pela porta eu tava putasso PU-TAS-SO!! A primeira pessoa que aparecer na minha frente eu... eu... sei lá socava  ali mesmo - era só oque me faltava o filho da puta promete que não ia ficar e resolve dormir na casa daquele drogado! Eu odeio minha vida! - não é porque falo assim de Baekhyun que não gosto dele, ele foi a primeira pessoa que puxou assunto comigo quando cheguei no colegio mas ele vivia fumando escondido do lado de fora

- vejo que esta bravo - aahh não!  Me virei e dei um soco na cara do ser que me atormentava e vi que era Jongin - Ai! Porque Fez isso! Você me odeia tanto assim?

- Desculpe eu não vi que era você! Serio Desculpa mesmo - felei tocando em seu nariz sangrado - pera... - pensei - vem comigo minha mãe vai dar um jeito em seu nariz - puxei ele com a mão mas ele ficou paralizado - Vem minha mãe não vai socar você mais ainda! JONGIN SE MECHA CARALHO !!!

- Desculpe... é que nunca vi você sendo legal comigo... - olhou pra mim com aquela cara de bunda apaixonada Aff... ( autora: não me xinguem )

- eu não to sendo legal! Só to fazendo isso porque te dei um soco! Experimente falar que to sendo  legal com você de novo pra ver se eu não acabo com essa sua cara feia! - falei encarando o mesmo, ele acha que eu to brincando?

- desculpa senhor valentão - riu, tinha certeza que ele estava zoando a minha altura

- eu te avisei! - tentei dar um soco no mesmo mas ele segurou minha mão impedindo de chegar no seu rosto, filho da puta

- não acha que minha cara já ta fudida o bastante? - abaixou minha mão

- tá vem logo embuste! - levei ele até minha casa o caminho enteiro percorremos em silêncio antes de abrir a porta peguei meu celular e chequei as horas eram exatamente 20:00 horas, guardei meu celular e abri a porta - Cheguei! Ah oi Sehun, vem entra - falei pra jongin entrar - cade minha mãe?

- oi Kyung! Sua mãe foi no mercado pegar algo pra gente comer, quem é esse?

- pra gente? E respondendo sua pergunta é um embuste que incomodou meus pensamentos na rua e "sem querer" - fiz aspas com os dedos - bati nele

- sim! Vou ficar aqui por um tempo! E isso não é bater! Você espancou o garoto

- tá tá fica quieto! Senta aí no sofa Jongin, com Sehun! eu já volto pra resolver esse sangue na sua cara - subi pra o quarto da minha mãe pegar a caixa de primeiros socorros

Narradora on

- então você que é o Jongin haha estou rindo de nervoso... - Sehun puxou assunto com o moreno em seu lado - o Kyung fala muito de você pra mim nas mensagens... Você sabe falar?

- sim!, e se ele fala de mim tenho certeza que é mal

- Ooh! Ele sabe! Ta me desculpe pela minha babaquice só queria ser engraçado... mas o Kyung não fala mau de você! Eita ele vindo ali... pega meu número dai te conto por mensagem! - o loiro deu seu celular ao Jongin

- obrigado...  - Kyungsoo desceu com aquela famosa caixinha de elementos que podiam ajudar nas feridas de Kai, Soo pegou o algodão colocando um liquido no objeto felpudo ( autora: gente isso é tão culto ;^; ) e passou no rosto de kai assim retirando todo o excesso de sangue do rosto do maior derrepente Kai  encarou aqueles olhos grandes escuros como o gato preto da vizinha ( eu não queria repetir o famoso " olhos escuros como a noite ou a escuridão ou inferno sei lá pq...)

- Para de me encarar eu em! - D.O. se levantou e deixou a caixinha de primeiros socorros encima da mesa de jantar

- Bom eu vou indo já ta tarde... Foi legal te conhecer Sehun! - Kai foi em direção a porta

- O mesmo! KYUNGSOO PARA DE SER MAU EDUCADO E VAI LEVAR ELE ATÉ O PORTÃO! - o loiro gritou, Kyung foi correndo assustado até o portão acompanhado Jongin

- Kyungsoo antes de eu ir, posso te fazer um unica pergunta?

- acabou de perguntar a "unica pergunta" agora tchau!

- Kyungsoo por favor!

- Ooww  filho querido escuta o moleque! - Kyungsoo pensou "era só o que me faltava a minha mãe noiada das ideia chegar!"

- mãe entra! Essa conversa é só eu e ele! - deu passagem pra mulher passar - Fala logo Jongin!

- posso ser seu amigo?

- QUE!? Aahh não mesmo! Afinal você anda com o Suho e o Lay que desprezaram meu amigo na frente de todo mundo! Pense nas suas atitudes e nas suas amizades antes de vim aqui perguntar se eu posso ser seu amigo! - Kai olhou triste  pra baixo e a pena tomou conta de Kyung -  Agente pode até ser conhecido mas amigo... AAH NÃO SEI!!! CHEGA AMANHÃ NOS CONVERSAMOS!! é muita coisa pra minha cabeça! - Kai sorriu radiante com a resposta do seu futuro namorado - Até!

- Até - sorriu e deu as costas

Soo entrou em sua casa indo direto pro seu quarto, a mãe do mesmo se encontrava na cozinha papeando com Sehun

- viu meu anjo! - chamou Sehun - aquele garoto é o famoso "Kai" que você me falou?

- É sim tia! Bonito não? - se direcionou ao balcão

- bastante! - riu - só não deixa seu tio saber! Ele chega daqui a pouco, Sehun porque resolveu ficar aqui por um tempo?

- Ahh o Kyung não te contou?

- Não!

- É que meu namorado láaaa na China ta na faculdade e como eu não quero de jeito nenhum! Fazer ele reprovar de novo! E... - a moça cortou a fala de Sehun

- meu Deus que namorado irresponsável! - riu - to brincando!

- aahh tia! Cortou com tesoura sem ponta a milha linha do raciocínio!!!

- iixii desde quando você estuda pedagogia?? - os dois gargalhavam

Kyungsoo pegou o seu celular no criado mudo e viu que tinha mensagens do seu "grupinho"

Chat on - os foda do colégio

Dumbo Poste: Soo onde tá você

                                Fala logo oque vc quer!

Baekhyunie: adivinha quem ligou pra mim voltar pro....

                    Ahh já saquei você vai voltar a estudar! Minhas preces foram ouvidas AMEM!

Dumbo Poste: como ele sabe! Pqp man C é o macumbero da rua mesmo em!!

Baekhyunie: parabéns você descobril eeeeee. ;-;  feio!

Dumbo Poste: ele vai voltar amanhã

            Eu nem falo nada Chanyeol porque quando eu te ver eu quero matar você com o compasso até você ficar cheio de buraquinhos!! Aahh

Baekhyunie: não sei de nada fui...., quatro pontos

Chat off 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...