História Mega Man X: The Goddess and the Devil - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Mega Man
Tags Ação, Comedia, Mega Man X, Revelaçoes, Romance
Visualizações 18
Palavras 3.012
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Mistério, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Shoujo (Romântico), Shounen, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Fala ai molecada... de boa na lagoa? Tomara que sim, pois hoje estou dando inicio a uma nova história. Eu sei que ano passado eu me apertei com três fanfics paralelas, mas eu vou tentar ser o mais pontual possível, mesmo com os estudos para o ENEM.
Eu sei que já estou meio atrasado com MMXND e Futuro Sombrio 2, mas quando eu tiver um tempo eu vou atualiza lás. Com respeito a essa nova história, eu estivesse pensando muito em como escreve lá, bem como desenvolver a sua história. Já fica o aviso que eu vou meio que dar umas viajadas na macaxeira durante alguns capítulos, mas eu vou buscar ao máximo não fugir da ideia principal de Mega Man blz.
Sem mais enrolação bora para o primeiro capítulo.
Boa leitura.

Capítulo 1 - O projeto Megami


Já era mais de meia noite, a pacata cidade de South Lagoon se encontrava totalmente deserta e o silêncio tomava conta do local. Ou pelo menos era isso que aparentava. A calmaria foi quebrada com os apressados passos de um reploid de armadura amarela, pele clara e olhos castanhos.

O reploid caminha com muita cautela, porém com muita pressa, ele não gostava muito de andar pela cidade nesse horário, mas tinha uma missão importante para cumprir e sabia que se não o fizesse as coisas iriam ficar complicadas para o seu lado.

Ele segurava em sua mão direita um pen drive, seu semblante era de pressa com uma pitada de angustia, assim como os seus passos. Assim que avistou um beco especifico, ele o adentrou e depois de dois passos, se deparou com outro reploid que estava ocultado entre as sombras, nisso ele perguntou para o sujeito de armadura amarela:

 ???: Conseguiu o que eu pedi Gold?

Gold: Sim senhor.

Então o reploid de proteção amarela entregou o pen drive para o seu mestre que o analisou com esboçando um sorriso de satisfação com uma pitada de maldade. Então o sujeito ainda permanecendo escondido nas sombras retornou seu olhar para o subordinado e perguntou:

???: Tem certeza que estes são os dados corretos? Afinal sabemos que aquele velho era inteligente o suficiente para enganar quem tentasse roubar tais informações.

Gold: Tenho certeza mestre, eu fiz questão de conferir várias vezes para chegar a tal conclusão.

???: Espero que esteja certo, pois caso contrário...

Nisso os seus olhos emitiram um tom vermelho e um sorriso sádico brotou de seu rosto, Gold se amedrontou um pouco, mas logo recuperou a compostura e abaixou a cabeça em submissão e respondeu:

Gold: Eu entendo o que acontecerá comigo. Todavia tenho convicção de que esses são os dados certos.

Os olhos do reploid maligno retornaram ao normal e em seguida ele deu um pequeno sorriso ao ver o medo de seu subordinado, nisso o reploid ocultado pelas sombras se virou e começou a caminhar, Gold o seguiu pouco depois e mantendo certa distância de seu superior. O que os dois não imaginavam era que dois hunters estavam os espionando de cima de um dos edifícios que ficava ao lado do beco.

Um deles tinha um longo cabelo loiro, pele clara, uma armadura vermelha e olhos azuis, o outro era um rapaz de pele morena, usava uma armadura verde com detalhes em violeta, tinha um capacete ovalado que cobria o seu cabelo negro e por fim havia um cristal azul marinho em sua testa. O segundo citado tinha um olhar impaciente e perguntou:

Ethan: Não vamos atrás deles?

Zero: Fique calmo novato, ainda não é hora de agirmos. Deixemos pensar de que estão ocultando seus atos por deixado dos panos, só depois é que iremos fazer algo.

Ethan: Poderíamos muito bem derrota lós e descobrir logo o que tem naquele pen drive. Essa é uma ideia mil vezes melhor. (reclamou o jovem)

Zero: Talvez, porém se eles tiverem mais aliados as coisas poderiam ficar bem difíceis, afinal logo suspeitariam do que aconteceu com dois de seus membros e poderia criar um grande caos.

Então o loiro acionou o comunicador que estava embutido em seu capacete, assim entrando em contado com seu companheiro:

X: Alguma pista Zero?

Zero: Melhor, eu e Ethan os encontramos... estaremos os seguindo durante esta noite e amanhã atacaremos, estarei passando a nossa localização.

X: O faça de imediato.

Assim que o comunicador silenciou o caçador carmesim acionou outra funcionalidade de seu capacete e em poucos segundos passava a sua localização para o companheiro. Então o loiro voltou a sua atenção para os seus alvos e começou a segui lós por cima dos edifícios. Ethan logo o acompanhou e juntos seguiram os dois por alguns minutos.

Então os dois alvos entraram em outro beco e sumiram na escuridão. Zero e Ethan não conseguiram os visualizar e desceram silenciosamente e se esconderam atrás de algumas latas de lixo. Todavia eles não encontraram mais os marvericks:

Ethan: Que droga! Eu sabia que devíamos ter atacado quando tivemos a chance.

Zero: Pode fazer o favor de se aquieta moleque? Não é assim que iremos resolver esse problema.

Ethan: Mas eles fugiram senhor Zero! E agora?

Zero: Deixa-me pensar um pouco.

Uma ideia surgiu na mente do caçador de armadura vermelha se levantou e chamou X pelo comunicador. Quando o robô azul atendeu a chamada, o loiro disse para o amigo o encontrar num local especifico perto das montanhas. Pedido esse que foi efetivado pela criação de Thomas Light.

Meia hora depois Zero e Ethan estavam frente à entrada de uma caverna aguardando a chegada de X. O caçador azul não tardou muito aparecer com sua moto. Nisso o trio adentrou o local que era iluminado pela lanterna que X havia trazido.

Enquanto caminhavam pela caverna, X perguntou para o melhor amigo o do porque estarem naquele local e não perseguindo os outros dois marvericks. Zero parou de andar e olhando para os seus dois companheiros falou:

Zero: Aquele reploid de armadura amarela que suponho seja apenas um servente tinha vindo até essa caverna algumas horas atrás e saiu daqui com alguma coisa em um pen drive. Talvez possamos achar uma pista aqui e assim nos colocar um passo à frente.

X: Bem pensado. Vamos em frente.

Depois de caminharem por alguns minutos eles alcançam o fundo da caverna. Incrivelmente a parede do fundo era de ferro e tinha uma porta aberta, X se aproximou de um canto e encostou a mão em um botão disfarçado de pedra e fez a parede para a aparência de uma parede de pedra:

X: Um belo sistema de camuflagem!

O caçador apertou o botão novamente e fez à parede voltar ao normal, o trio passou pela porta que ainda permanecia aberta e se depararam com um grande laboratório, cheio de computadores, objetos e ferramentas antigas e muitos papéis espalhados pelas mesas e pelo chão.

O trio de hunters se separou e começou a vasculhar todo o local, Zero se agachou e analisou alguns dos papéis e viu que neles havia vários cálculos e formulas que nunca tinha sequer imaginado que fossem possíveis. Em outro local Ethan encontrou um computador que ainda funcionava e ao investigar um dos arquivos se deparou com vários planos e projetos que estavam inacabados.

Enquanto isso X se deparou com vários cristais de energia que demonstravam uma coloração cinza, sinal de que haviam sido usados além do limite. Ao mover seus olhos para a esquerda o caçador visualizou um pequeno caderno.

A maioria das páginas havia sido arrancada e as que sobraram estavam escritas coisas como: O projeto está avançando, em outras, os avanços foram poucos nesse último ano.

Na última página que restava X se deparou com uma frase que chamou a sua atenção e o leu em voz alta:

X: O projeto Megami está completo.

Zero foi ao encontro do amigo e perguntou se tinha achado algo de relevância, X apenas demonstrou o caderno e disse com um ar de convicção:

X: Creio que estavam procurando por esse tal de “Megami”.

Zero: Megami?

X: Sim. Por que está surpreso?

Zero: É que a palavra Megami vem da língua japonesa e literalmente significa deusa.

X: Eles estão atrás de uma deusa? Isso é loucura.

Zero: Será? Quero dizer... eles não se dariam todo esse trabalho para buscar algo que muitos considerariam “místico”.

X: Então essa criação deve ser algum reploid. Mas perder tanto tempo com um único reploid... tal projeto deve ser muito valioso.

Do outro lado da sala Ethan gritou para seus companheiros verem uma coisa. Assim que a dupla chegou, o caçador de armadura verde mostrou uma imagem de satélite que mostrava a entrada de uma caverna que ficava no meio de uma floresta:

Ethan: Aqui diz que tal imagem fica na posição 134.567.

Zero: Que estranho! Isso fica em Abel City, logo abaixo do Museu da História Moderna.

X: Onde hoje fica Abel City, anteriormente havia uma bela floresta que de acordo com muitos habitavam estranhos seres parecidos com robôs, mas tal local deixou de existir há mais de cinquenta anos!

Ethan: Está dizendo que essa imagem tem mais de cinquenta anos ou mais?

Zero: Então os marvericks estão atrás não de um reploid, mas sim de algo que foi feito há meio século! Isso não me cheira bem.

X: Temos que ir imediatamente para Abel City e deter os marvericks antes que eles possam achar essa tal de Megami.

Ethan: Quem é Megami?

Zero: Contamos-te na saída desse local.

???: Não tão rápido!

Nisso um feixe elétrico avançou na direção do trio que conseguiu se desviar do ataque que atingiu o computador que continha a imagem de satélite, assim o destruindo:

???: Não vão achando que irão escapar facilmente de Spark Dino.

Spark Dino era um reploid com cabeça de alossauro, usava uma armadura cinza, tinha um cristal de energia vermelho em sua testa, possuía uma longa cauda, além de um conjunto de espinhos em suas costas que soltavam eletricidade.

X transformou a sua mão em um buster, Zero acionou o seu sabre de luz e Ethan criou uma corrente azul em seu braço direito. Enquanto isso Spark Dino sorrir maldosamente e começou a emitir eletricidade de seus espinhos e algumas faíscas ainda de sua boca:

Spark Dino: Realmente o meu mestre estava certo em desconfiar da presença de alguns marvericks hunters.

Ethan: O que vocês estão pretendendo fazer?

Spark Dino: Garoto idiota! Achou que eu iria falar alguma coisa?

Ethan: Quem sabe... vocês marvericks as vezes fazem o favor de soltar alguma pérola. (disse com um tom de brincadeira)

Nisso marverick abriu a boca e disparou uma rajada elétrica que foi na direção de Ethan que desviou por muito pouco e contra atacou com sua corrente, todavia o dinossauro elétrico a agarra e em seguida a puxa com violência. Ethan acabou arrastado e depois levou um soco no nariz por parte de seu adversário.

X disparou um tiro concentrado contra o marverick que não teve tempo de reagir e recebeu o ataque em cheio, sendo arrastado alguns metros até bater as costas no chão da caverna. O local acabou sendo iluminado pelas descargas elétricas emitidas pelo marverick que estava visivelmente irritado.

Então outro tiro carregado veio na direção de Spark Dino que revidou com uma esfera elétrica que ao se colidir com o ataque do Hunter gerou uma grande explosão e levantou muita fumaça, além de fazer todo o local tremer. Do meio da fumaça saiu o caçador de armadura azul que já foi disparando uma saraivada de tiros comuns.

Spark Dino se virou e com a cauda rebateu os tiros, depois disparou uma rajada elétrica pela boca e assim conseguiu investir de costas contra o oponente que ainda reagiu se movendo para a direita com rapidez, fazendo o marverick passar direto.

Assim que fincou os pés no chão, Spark Dino sentiu algo queimar em suas costas, além de uma forte dor na já mencionada área. Se virando para ver do que se tratava, percebeu que o responsável por tal dano era Zero que o tinha golpeado nas costas com o seu sabre de luz.

Então o marverick lançou uma esfera de energia à queima roupa no caçador que recua bloqueia o ataque com o seu sabre de luz, conseguindo assim fazer a sua arma absorver parte de energia. X estava por lançar outro tiro carregador, mas o marverick foi mais rápido e o chutou, fazendo o hunter ser jogado alguns metros à frente e bater as costas no chão.

Spark Dino estava para avançar na direção de X que ainda se colocava de pé, no entanto escutou a voz de seu outro adversário:

Zero: Ei Spark Dino!

O marverick se virou para encarar o loiro e se surpreendeu ao o sabre do caçador que anteriormente era verde emitir uma luz meio amarelada que pequenas faíscas o rodeando:

Zero: Muito obrigado Douglas por essa melhoria que você fez no meu sabre... agora sou capaz de absorver a energia de certos ataques. (pensou)

Spark Dino: Mas como você...

 Zero: Tome isso!

Spark Dino: Ferrou!

Logo em seguida Zero moveu o seu sabre para o lado e um feixe de energia cortante com faíscas foi lançado na direção do marverick que ainda conseguiu se movimentar um pouco para a direita, mas acabou recebeu o ataque e teve parte de sua armadura danificada, além de um corte na região do ombro esquerdo do qual escorria um pouco de sangue.

O marverick tinha um olhar de ódio e tentou avançar contra o loiro que pulou por cima e caiu atrás de Spark Dino. Os movimentos do reploid tinham sido reduzidos devido ao ferimento e o loiro sabia que isso era uma grande vantagem para o seu lado.

Quando estava por atacar novamente, o marverick se virou e conseguiu aplicar um soco na cara de Zero que quase foi ao chão se não fosse pelo fato de X está logo atrás e o segurar pelas costas. Spark Dino se virou e encarou os dois com um olhar convencido:

Spark Dino: Não subestime a minha resistência... mesmo ferido eu ainda posso me mover com eu bem entender, afinal sou um dos reploids do meu grupo com o melhor vigor físico.

Zero: Ótimo, pois isso deixa tudo ainda melhor.

Os dois caçadores se utilizaram de um dash e se moveram na direção do dinossauro que lançou duas esferas de energia, uma de cada mão, sendo que ambas conseguiram ser evitadas por X e Zero, ambos se movendo para direções opostas.

Furioso o marverick moveu o seu rabo e golpeou o loiro que se aproximava para aplicar uma espadada. Assim Zero foi jogado contra a parede do lado esquerdo, fazendo o caçador carmesim bater a parte de trás de sua cabeça nas rochas e ficar algo tonto. Depois ele voltou a sua atenção para X que disparava um tiro concentrado. O reploid com aspecto de dinossauro lançou uma esfera elétrica e conseguiu barrar o ataque do rival.

Nisso X se usou de um dash e tentou socar o seu adversário que desviou e desferiu uma joelhada no peito do caçador que acabou cuspindo muito sangue, em seguida o dinossauro robótico agarrou o Hunter pela cabeça e começou a aperta lá com muita força.

X tentou revidar com um chute, contudo o marverick agarrou a sua perna e logo em seguida abriu a boca para disparar uma rajada elétrica. Porém quando tal estava por ocorrer uma corrente é colocada ao redor do pescoço do reploid com aparência de dinossauro, o sufocando e o fazendo soltar X que caiu de costas para o chão com um pouco de tontura e com o seu buster mirando no marverick.

O marverick notou com o canto do olho que esse tal era responsabilidade de Ethan que fazia de tudo para não larga ló, então Spark Dino deu um nefasto sorriso de canto, no instante seguinte os espinhos que ficavam nas costas do marverick se projetaram para fora e dois deles transpassaram o corpo de Ethan, um no ombro direito e o outro na perna esquerda.

Ethan gritou de dor ao sentir os espinhos transpassarem seu corpo, mas pior ainda estava por vir. No segundo seguinte o jovem foi recebeu cem mil volts que eram canalizados do corpo do marverick até os seus espinhos. O jovem caçador sofria muito com a dor e com as descargas elétricas enquanto gritava de dor.

O marverick se divertia com aquela cena, mas isso o deixou com a guarda baixa e nisso recebeu um tiro carregado bem no meio do peito e quase à queima roupa. Spark Dino gritou de dor ao receber o ataque e deixou de emitir eletricidade. Em seguida o corpo imóvel de Ethan caiu no chão.

X aproveitou a sua brecha e enfiou o punho na cara do marverick que nem teve como reagir e recebeu vários socos, chutes e joelhadas do caçador. Depois de levar tantos golpes o marverick acabou ficando muito ferido, com sangue escorrendo suas vias nasais, pela boca, além de apresentar hematomas no rosto e na barriga.

Quando o marverick estava por avançar, Zero surgiu na frente de Spark Dino e enterrou o seu sabre de luz no meio do peito do reploid com características de dinossauro. Em seguida o caçador de cabelos loiros retirou o seu sabre e com um só golpe decapitou Spark Dino.

Rapidamente a criação de Light foi até o companheiro caído e verificou sua respiração, para o seu alívio Ethan ainda estava vivo, porém seriamente ferido e perdendo muito sangue. O caçador colocou o seu amigo nas costas e junto de Zero saíram do local o mais pronto possível.

Os dois chegaram na base dos marvericks que ficava em South Lagoon e por lá deixaram Ethan para que o jovem pudesse se recuperar de seus ferimentos. Logo em seguida a dupla usou o teleporte da base e foram para Abel City.

Enquanto tudo isso acontecia, um reploid coberto por um manto roxo estava sentado em um trono de ferro em uma base muito longe da civilização. Ao sua frente surgiu Gold que adentrou a sala de seu mestre com muita pressa. Gold se abaixou e foi o mais breve possível com as suas palavras:

Gold: Perdermos os dados de Spark Dino.

???: Esqueça daquele idiota, com certeza já está morto.

Gold: Isso é um mau sinal meu senhor... afinal os marvericks hunters estarão na nossa cola.

???: Eles ainda nem devem saber com o que estão lidando. (disse com uma das mãos no queixo)... perfeito... diga para apressarem as buscas... temos que encontra lá antes dos hunters.

Gold: Sim senhor.

Nisso Gold se levantou se saiu da sala, deixando o seu mestre com uma cara de poucos amigos, não era para menos, se algo desse errado em seus planos, seus sonhos e ambições poderiam ser prejudicados ou adiados e isso era algo que ele não queria que acontecesse:

???: Caso esses incompetentes não consigam para lós, eu mesmo terei que assumir o controle da situação. (pensou)

CONTINUA


Notas Finais


Quem é essa tal de Megami e qual a sua origem? (que belo visto é bem antiga)
Quem é esse novo vilão?
Essa e outras perguntas serão respondidas mais para frente. E sim, eu vou pegar algumas coisas do Mega Man Clássico para desenvolver essa fanfic. E outra coisa: Essa fanfic não seguirá fielmente os eventos do jogos, num dos próximos capítulos eu vou explicar melhor o universo dessa fanfic.
E eu quero saber a opinião de vcs. O que estão achando dessa fanfic.
Se possível deixe o seu comentário e/ou favorite essa história e até a próxima pessoal


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...