1. Spirit Fanfics >
  2. Megalomania >
  3. Cap-9 "a batalha do tempestade"

História Megalomania - Capítulo 9


Escrita por:


Notas do Autor


OIEE,BORA QUE ESSE VAI SER DA QUELES ;D

Capítulo 9 - Cap-9 "a batalha do tempestade"


Fanfic / Fanfiction Megalomania - Capítulo 9 - Cap-9 "a batalha do tempestade"

.

.

.

Mariana:(estava guardando os Suplimentos dentro da van,como eles tinham pegado bastante comida eles vão se manter bem de comida pelo menos por um tempo,até que do meio da estrutura do aéroporto Diego aparece correndo na direção dela,o que imediatamente a preucupou)-o que aconteceu(disse quando o garoto chegou perto dela)

Diego:RAPIDO COLOCA ALGUMA ROUPA DE FRIO,NOS TEMOS QUE IR(fala pegando a lança da mão da garota enquanto entra na van já no banco do motorista joga as lanças no fundo da van)ENTRA

Mariana:TA(a garota entra na van depois de dar uma rápida olhada em volta,ela fecha a porta lateral da van e passa para o banco do carona,então de já acelera para a lateral da estrutura do aéroporto por onde ele passou a van pela primeira vez)-O que tá acontecendo mer mão?(fala na adrenalina do momento)

Diego:TEMPESTADE MAQUINA VENTO NU DA TEMPO DE EXPLICAR AJENTE SO TEM QUE IR EM BORA(fala desesperado sem tirar os olhos da pista)

.

Enquanto isso

.

Eduardo:(a tempestade começou a aparecer a onde Eduardo estava pois uma chuva forte começou a onde ele é as máquinas estavam,só faltava 3 arvores para o caminho da decida da colina estar completo mas a chuva dificultou um pouco,para ele pelo menos por que as máquinas já avia derrubado as duas avores,só faltava Eduardo,porém quando ele menos esperava um raio caio bem na árvore em que ele estava tentando derrubar com a sua lança,O barulho do raio foi ensurdecedor e deixou Eduardo tonto,a sorte dele é que o raio não se espalhou,por algum motivo,nas para o azar dela a árvore começou a cair bem na direção dele e como ele estava desorientado ele mau percebel,quando a arvore estava bem proxima de cair uma das máquinas correu na direção do garoto e,sem ter muitas opções,se jogou em cima do garoto o empurrando para longe da árvore,porém a máquina não teve tanta sorte,a árvore caio bem em cima da maquina que salvou a vida de Eduardo,o mesmo depois de recuperar os sentidos e perceber o que acabara de acontecer foi até perto da maquina já caida)-Robo?(fala olhando para a máquina esmagada pela árvore,a luz verde em seu rosto estava muito fraca)-ROBO VAMOS TEMOS QUE IR

Maquina:D.diga a.a o D.Diego que é.eu........(a luz no rosto da maquina se apagou após ele terminar de falar)

Maquina AM:Eduardo Você deve ir(a outra máquina aparece ao lado de Eduardo)

Eduardo:M.mas o s.seu amigo?(fala ainda um pouco tonto pelo barulho do raio)

Maquina AM:ele............(a máquina ficou parada olhando para a máquina esmagada)

Eduardo:(vários raios começaram a cair na região em que eles estavam,que era uma grande florestas ao meio do Morro)-ROBÔ NOS TEMOS QUE IR(fala tentando apreçalo)

Maquina:vá.....(fala de certo modo cabisbaixa)

Eduardo:má....

Maquina:VÁ(fala agressivamente enquanto apontava para a direção do aéroporto,a luz de seu rosto ficou vermelha)

Eduardo:T.TA(Eduardo começou a correr na direção do aéroporto em meio a uma chuva forte o que só deixava o caminho mais complicado por conta de ser uma estrada de terra)

.

.

Enquanto isso

.

Diego:(avia chegado na entrada do caminho que ficava ao lado da torre do aéroporto,foi quando ele lembrou)-O MAPA(imediatamente desceu da van e começou a correr na direção da torre)

Mariana:DIEGO(gritou enquanto viu o amigo indo para longe da van)

Diego:rapidamente chegou a torre em meio a chuva e começou a subir as escadas da torre com a maior velocidade que ele conseguil,ao chegar no alto da torre a ele viu que as janela estava cobertas de nuvens negras,mal dava para ver o que tinha lá fora,mas o importante é que na mesa central da torre estava o mapa com a rota do avião,então ele rapidamente o pegou mas antes que conseguiçem descer ele escutou um enorme rugido metálico o que o paralisou com o medo por conta que ele era enorme e a criatura que o fez não parecia estar longe)

.

Enquanto isso

.

Eduardo:(um pouco antes de chegar na van ele percebeu que a máquina avia o alcançado e também que ela carregava a máquina quebrada nos braços,foi então que ambos chegaram na frente da van e imediatamente ao vela foram para a porta lateral da van espinhenta Eduardo a abril e ele é o robô entraram e Eduardo a fechou)

Mariana:O QUE ACONTECEU

Eduardo:PORCARIA ISSO QUE ACONTECEU(PERCEBE a ausência do amigo no bando do motorista)-E CADE O D

Mariana:FOI PEGAR O MAP...(ambos foram cortados por um rugido metálica estridente e peoximo)

Eduardo:o.o QUE FOI ISSO

Maquina AM:observação o tempestade nos achou(após terminar de dizer isso a atenção de ambos é tomada por uma imensa nuvem de raio vinda de um pouco perto do morro,os raios acabavam com a neblina da tempestade que estavam envolta de um enorme DRAGÃO metálico,ele era colossal,o corpo dele praticamente cuspia raios ao redor dele,ele era inteiramebte cinza metalico possuia 2 grandes olhos vermelhos e 4 chifres no seu crânio metálico,o corpo dele é até o seu enorme par de azar com grandes turbinas na ponta eram cobertos de espinhos,a criatura estava voando envolta do morro)

Diego:CHEGUEI(fala entrando pela mesma porta que saio e imediatamente deu partida na van e acelerou pelo caminho de terra,ele começou a dever o morro incrivelmente rápido,porém isso atrai o de vê a criatura que quando os voo imediatamente deparou uma série de raios contra a van,mas a sorte deles é que a criatura não tinha a melhor precisão do mundo errando afim todos os seus disparos)

Maquina AM:analisando o terreno abaixo do monte eu pŕe vejo uma grande planície reta sem nenhuma rupitura/caverna

Eduardo:O QUE ISSO SGNIFICA

Diego:não tem como fugir dele

Mariana:E VOCÊ ESTA CALMO ASSIM? O QUE AJENTE VAI FAZER

Diego:(pensamento:PORCARIA,eu sei que eu não tenho escolha Mariana,E EU TAMBÉM SEI QUE VOCÊ ESTÁ AI)-.....(ele continuou acelerando morro a baixo,e a criatura começou a disparar com unhas e dentes contra eles,dessa vez os raios passaram perto)

Eduardo:DIEGO!?

Diego:(pensamento:PARA DE SE ESCONDER,DEZ DO DIA DO AÉROPORTO EU SEI QUE EU NÃO SOU NORMAL,MAS SE VOCÊ ME FEZ DERROTA....)

???:então eu fui descoberto?(uma voz metálica sou na cabeça de Diego)

Diego:qu...(a criatura acertou um raio bem a frente deles,secando quase todos menos D!)-herr(pensamento:EU SABIA QUEM É VOCÊ É POR QUE VC TA EM MIM)

???:meu nome ou quem eu sou não em porta por agora o em importante é que moto você não vai me servir de nada então eu creio que terei que te ajudar novamente

Diego:(pensamento"você pode fazer isso?,ENTÃO DANISSE COMO SO SALVA MEUS AMIGOS

???:você é bem apressado e despreocupado adoro isso,certo,vou te ajudar em 3 2....

Diego:(do nada fecha os olhos)-AM ASSUMA A DIREÇÃO DESSA LATARIA

Maquina AM:sim Diego

Diego:(quando a máquina vai em direção ao banco do motorista Diego simplesmente abre a porta com o carro a 1000 e pula dele,e o pior,cai de pé,então na mesma hora a máquina assume a direção é fecha a porta)-beleza tempestade VENHA ATÉ MIM!(após gritar isso ele abre os olhos revelando uma Luz vermelha super forte ao ponto de segar o Tempestade,a criatura então deu um rasante na direção de Diego sem pensar duas vezes)-É ASSIM QUE EU GOSTO(após terminar de falar da suas costas simplesmente 6 grandes pedaços de metal saem se revelando 6 "turbinas" extremamente avançadas e então ele literalmente voa na direção da criatura em uma velocidade incrível então ele simplesmente atravessa o campo de raios que cercava a criaturas e acerta um Soco no queixo da criatura a fazendo levantar a cabeça enquanto caia no chão disparando raios para todos os lados na tentativa de acerta D,Mas o mesmo começou a voar em círculos desviando inacreditavelmente rápido dos raios da besta alada,a criatura então cai de quatro patas no chão e começa a dispara vários raios na direção de D,porém dessa vez o mesmo faz um meio Lupi no ar e começa a desse na direção da criatura,porém um pouco antes de a alcançar,de seus ombros duas pequenas corretas de tiro pesado aparecem rasgando sua blusa,e então quando D alcança a criatura ele começa a atirar nela enquanto voa ao redor da criatura,ele começou a destruis suas asas ia cara sua calda,os tiros que aquelas fortes das disparavam eram inacreditavelmente forte,foi então que a criatura desesperada lançou uma onda de raios na direção de D,então o mesmo voou para mais alto,porém ele notou que os raios o estava seguindo,ele estava mais rápido que os raios,foi então que ele voou até uma altura incrivelmente alta e logo depois deu um mergulho  na direção da criatura,e quando ele estava perigosamente perto ele fez um desvio quase que ensina da criatura,porém os raios não,eles acertaram a criatura bem em cheio,porem aquilo não foi o suficiente para a destruir,então ele novamente voou  para o alto,a criatura berrava de dor,foi então que vendo que ele não era totalmente máquina D literalmente ativou uma defesa de fogo que o cercava e logo em seguida ele voou rapido e entra na boca da criatura a queimando,Mas ele não para por aí ele começou a ir mais para dentro da criatura a queimando por dentro,então foi dentre os grito de dor e agonia da criatura que D simplesmente liberou uma onda de fogo que a queimou por dentro a fora,evaporando ela,o metal que a cobria,e boa parte da floresta,e ainda foi o suficiente para limpar as nuvens de tempestade que o cercava,logo em seguida dentre a poeira da criatura aparece D voando como se não fosse nada,então ele simplesmente voou até uma certa distância da lí já que ele queimou até parte do aéroporto,então provavelmente ele deve ter chamado a atenção de algo ou alguém,então mais ao meio da planos de ele simplesmente aterrissou,seus asseçorios como a suas asas e corretas literalmente voltaram para dentro dele seja lá como,os olhos dele voltaram ao normal e ele desmaio de cansados ali no meio da o lado de uma árvore,porem ele ainda agora estava longe de seus amigos,e sem nenhum transporte,apenas com o mapa que estava em seu bolso da calça,com o ele vai sair dessa situação agora?)

.

.

.

Continua


Notas Finais


Oiee espero que tenham gostado :D
Críticas construtivas são sempre bem vinsas


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...