História Mei - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Caguei
Visualizações 1
Palavras 793
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Festa, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor



Capítulo 2 - Despacito


Fanfic / Fanfiction Mei - Capítulo 2 - Despacito

Mei

- São vocês mesmo - logo após falar ela coloca o papel no devido lugar - Bom, vou precisar de todos os documentos que pedimos a sua mãe. 

Depois da diretora Chin falar aquilo eles entregam os documentos. Após alguns minutos ela termina tudo e devolve alguns documentos.

- bom, aqui está o número e a senha do armários de vocês, vou chamar o senhor Kin para mostra a escola a vocês e pegar os livros de cada matéria - depois de falar deu um papel para cada um que continha as informações que ela citou.

Depois de uns minutos um menino muito gato entra na sala, eu e Jin ficamos de boca aberta, mas felizmente Miyuki as fechou antes que o menino percebece.

-  não falem nada senão vão gaguejar - Miyuki falou baixo para só nós ouvirmos e deu umas risadinhas.

- olá sou Seong, representante da turma onde vocês vão estudar, hoje minha colega yong não veio, então apresentarei a escola.

- Poderia ser eu e vc na cama gato - eu disse baixo e Miyuki se segurou muito pra não dar gargalhadas. 

- primeiro senhor Kin, leve eles pra pegar os livros - disse senhorita Chin - e depois mostre a escola.

- Está bem diretora  - disse Seong - vamos então?

- vamos! - disse todos nós exeto Yuki.

- Yuki Terra chamando! - disse passando a mão na frente da visão dele para o mesmo sair dessa brisa - pão de queijo.

- Quero - respondeu Yuki, logo nós seguindo pra fora da sala.

Xquebra do tempox 

- ai minha coluna  - disse me jogando no sofá - Jin, razão do meu viver, faz massagem em mim?

- folgada você hein - disse passando por mim e indo en direção ao seu quarto me deixando no sofá com dor.

- Você é um péssimo irmão sabia? - faleu e o mesmo riu.

- Também te amo!

Depois de uns minutos me levanto e vou para meu quarto - fico imaginando, se já estou assim, imagina amanhã que vai começar as aulas? Vai ser um inferno  - pego uma roupa confortável e me troco. Depois de alguns minutos escuto um grito.

- VEM ALMOÇAR PRAGA! - era a voz de Miyuki, sempre tão delicada. 

- JÁ TO INDO INFERNO! - respindi e levantei de uma maneira bem preguiçosa da cama indo em direção a cozinha - Quem e fez a comida?

- Eu - respondeu Miyuki toda orgulhosa de si, por mais que não pareca ela cozinha bem - agora para de falar e pega a comida e engole porque vou sair com você mais tarde.

- mas você perguntou para mim se eu tinha algum compromisso? - disse enquanto pegava a comida e colocava no prato.

- Você, compromisso? kakakakka, não me faça rir! - diz rindo da minha cara - Você nunca saia de casa na nossa outra cidade, imagina aqui onde você não conhece ninguém.

- tabom, eu vou junto, mas se eu cansar você vai me carregar no colo.

- vou te chutar isso sim - depois dela falar, toma um como de suco, logo faz uma careta  - ninguém colocou açúcar não?

Começo a rir da cara dela, depois me sento para comer em paz, mas essa palavra aqui em casa é inexistem pelo jeito, enquanto tava comendo de boa escuto meu irmão  - Yuki - cantando o refrão da música love lockdown, tudo errado, mas cantando, logo depois ele chega na cozinha com o fone de ouvido, dançando e cantando, só que dessa fez   Over U, e meu deus, que disgraçaaaaaa.

- Desliga essa porra ai mermão - a gente acostumou a usar memes direto no nosso dia a dia.

- vai dizer que não ta gostando do show exclusivo aqui? Eu canto muito, desculpa se não tem esse talento - nem parece que é um menino de 15 anos com 1,83 de altura e super lindo fazendo isso na cozinha.

- eu vou jogar esse suco sem açúcar pela sua goela abaixo - diz Miyuki levantando o copo e mostrando o suco - não canta agora não, depois pode cantar o quanto quiser, mas eu to comendo agora.

- tá, vão querem que eu cante oq pra vocês?

- Ai que demônio - miyuki diz rindo - canta despacito - logo depois de falar ela olha pra mim, sabe que eu já enjoei dessa musica, mas se tiver tocando eu começo a cantar.

- eu te odeio - disse a ela.

- Também te amo meu amor - fala e logo começa a rir.

- blz - diz e lá vai ele procurar a música, depois de colocar começa a cantar errado.

- sai dai - digo tirando o fone do ouvido de Yuki e colocando no meu e cantando igual uma louca, mas certo - DESPACITO!! 

- uhuuu, canta muito kakak- Miyuki falou - me da um autógrafo sua gata!



Notas Finais


Pequeno, sim, Mas okay.
Na próxima faço um meior!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...