História Meio irmãos de sangue - Imagine Taehyung - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias B.A.P, Bangtan Boys (BTS)
Personagens Bang Yongguk, Daehyun, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Romance
Visualizações 41
Palavras 1.540
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Magia, Mistério, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Sua amiga eu vou pegar🎤🎵
E laraialaia🎶🎼
Senta rabetania, quica rabetchuda,vai🎤
HELLOO👌
boa leitura

Capítulo 2 - Me perdi em seul


Fanfic / Fanfiction Meio irmãos de sangue - Imagine Taehyung - Capítulo 2 - Me perdi em seul

¶POv-Mr.alien¶


07:00. AM


Acordei cedo só pra não ter que ir pra escola com aquele indigente da s/n. Sinceramente, por quê a omma tinha que trazer essa menina pra cá?, minha vida era o país das maravilhas, por que ela tinha que nascer?

Sou um playboyzinho bem gostoso, se quiserem dizer que sou mimado, nem ligo. Tenho tudo que quero, a hora que eu quizer, minha omma nunca me disse não pra nada. Não existi uma garota se quer que resista aos meu encantos, meu charme, principalmente na cama. Sou um furacão na cama, se quiserem testar é só meu ligar babys(^3^)


-   Bom dia mochi   - acaricie o rostinho do meu gatinho, esse preguiçoso, o mesmo pedia por mais contato, passava seu longo rabo peludo e sedoso ao redor da minha cintiura   -    mais tarde nois sai pra comer atum, OK?  -  contente, pula na minha cara, me fazendo deitar na cama novamente


Ao dar bastante carinho ao dengoso, separo meu uniforme, apenas a calça e a blusa social, odeio o colete e só uso o casaco em dias de frio, como hoje, em plena às 07:00 já ta um sol escaldante, só essa roupa é o suficiente. Pego uma cueca e minha toalha, indo em direção ao banheiro. Retiro minha roupa  e a deixo ao lado, num sexto azul escuro na parede. Em cima da pia, meu celular acende a tela, indicando que uma mensagem acaba de chegar, o pego lendo em seguida.


"Hoseokão    06:56 AM

Ae viado, eu e os meninos vamos a noite numa boate nova, na rua de trás do fliperama, partiu rolezin? "



Acho uma ótima ideia, faz tempo que não saio de casa, to precisando relaxar um pouco, distrair a mente, principalmente pegar alguém, minha mão já tá dando uns calinhos sabe. Só espero que aquela naja não vá na boate, não suporto ver aquela falsiane, traidora, que pena que ainda ninguém a matou.

Confirmo por mensagem que iria à boate, bloqueio o celular e entro no box. Viajava em meios aos pensamentos de como seria minha vida daqui pra frente, agora que tenho uma irmã, tenho certeza de que meu paraíso vira inferno. Do nada a somin veio em à mente, se ela não tivesse me traído com meu melhor amigo, seríamos tão felizes hoje. Por culpa dela, não consigo levar nenhuma menina a sério, não acredito mais em amor verdadeiro, é tudo uma mentira contada pelas pessoas que nunca gostaram de você e querem algo do interesse dela, tipo dinheiro, fama, herança, etc...

Meus dedos já estavam enrugados, nem percebi que já estava tempo de mais no banho. Saio do banho com uma toalha enrolada na cintura, enxugando meus cabelos descoloridos. O relógio antigo, pendurado na parede do quarto, marca 07:28, atrasado como sempre taehyung.

Visto meu uniforme, pego minha mochila e celular, saindo do quarto. Deço as escadas, visualizado minha mãe arrumando sua bolsa no sofá, ela tá mais atrasada do que eu.


-   Bom dia senhora dos atrasos   -  beijo sua bochecha


-    To sem tempo pra seus défices de atenção filho, sua omma tem uma reunião, que já começou a meia hora atrás e ela ainda nem saiu de casa, beijo  -  sela minha bochecha   -  e não se esqueça de mostrar à escola pra sua irmã, não vá sem ela, ouviu? - diz da porta


-   Tá atrasada sabia, eu vou mostrar à escola pra ela, não se preocupe  - vejo-a fechar a porta e vou pra cozinha


Só que não, ela que se vire na escola


-   Bom dia Sr. Taehyung   -  yoonguk põe à mesa um bolo de chocolate, meu preferido


-   Minha irmã já acordo?  -  espero de que sua boca saia um não


-   Ela está se arrumando, daqui a pouco desse   -  coloca uma jara de suco de acerola à mesa


-   Então eu já vou indo, até mais  -  aceno saindo daquele cómodo


-   Mas senhor....  - não termino de ouvir sua fala, fecho a porta de casa


{...}

Escola


-   Rapazes, vocês viram a nova aluna do segundo ano? viram?  -  jeonguk rouba meu pirulito, odeio quando um sem noção rouba meus doces


-   Perdeu a noção do perigo Jeon Jeongguk ? tá querendo morrer cedo de mais -  pego outro piruto, colocando o na boca


-   Ahhh! eu vi! muito gostosa por sinal a novata  -  jimin poe os pés sobre a mesa do refeitório  -  ela tem uma bundinha, uns peitinhos, que MDS, fiquei até de pau duro imaginando em que posição a fuderia  -  faz uns gestos com as mãos, incinuando sexo


-   MULEK!  -  um livro é acertado na cabeça de jimin por jin  -   falta com respeito de novo, que vou acertar meu sapato nesse bocão de Angelina Jolie, que vai concertar esse dentes na hora, cadê o respeito que ti ensinei? esqueceu em baixo da cama, porque posso te ensinar na porrada se quiser  -   jin fuzila jimin com seu sapato em mãos


-    Desculpa  -  todos riram da cara de jimin, bixo burro


- A novata é minha irmãzinha/bastarda  -  ao falar, todos me olham de boca aberta e olhos esbugalhados   -  quê que foi?


-   Desculpa, nois aqui falando.... -  kookie é interrompido por mim


-   Não to nem aí pra ela, podem falar o que quiserem que to pouco me fudendo -  me levanto, não dando importância  -  vou no banheiro e já volto


Já era recreio, passei as três primeiras aulas fazendo vários nadas, a preguiça me tomou, não comi nada, pois estava sem apetite. Assim que entrei no banheiro, ouvi o sinal tocar, anunciando o fim do recreio. Logo sai do banheiro, indo ao terraço do prédio do terceiro ano, e fiquei por lá mesmo, não tinha o que fazer, então tirei uma sonequinha.


17:00pm


Acordei sendo sacudido por um ser sem noção, cujo nome é s/n. 


-   Acorda, a aula já acabou, você vai pegar um resfriado se continuar nesse chão gelado   -  joga minha bolsa no chão, e se agacha


-   Ta olhando o quê? perdeu alguma coisa?  - levanto-me, limpo minha roupa e pego minha bolsa, jogando à nas costas


-   Você ainda não me emprestou seus mangas e nem me deu doces   -  faz bico, bloqueando minha passagem


-   Vai sair?  -   nega  -  irmãzinha tola, se você acha que só porque somos meio irmãos, que tenho que te aceitar, pode esperar sentada   -  passo por ela indo embora 


A caminho de casa, lembranças indesejadas, vagamente vinham a minha mente. A cena da s/n fazendo bico, me lembrava de quando somin fazia bico, quando não à dava o que queria, era tão fofa, nunca imaginei que minha pequena era só uma atuação, a ilusão que ofuscava meus olhos. Balanço a cabeça, me afastando das memórias dolorosas que fazia meu coração doer, não sei por quê ainda insisti em pensar nela. Ao ver que passei por uma loja de conveniência, me lembro do que prometi pra anã. Minha consciência travava uma batalha entre o bem: que era comprir com minha palavra ; e o mal: deixar pra lá, taca um foda-se e continuar seguindo pra casa. Posso ser um oppa mal, mas nem tanto assim, consciência peso tanto, que acabei comprando mangá e doces pra anã.


De longe já via meu palácio, só espero que mamãe não tenha chegado. Posso ser maior que ela, mas quando ela quer me bater, me faz sentar no sofá pra me enxer de porrada, até de vassoura já apanhei, mangeira, fio de luz, a mesma já tentou arrancar a macieira do jardim pra me bater.


-   Boa tarde Sr.Taehyung, como foi a aula?  -   gukie se reverência, pegando minha bolsa


-   Não fiz nada nas três primeiras aulas e matei as últimas, tirando uma sonequinha no terraço  -   retiro meus sapatos, colocando a pantufa de tigre


-   Senhor, você tem que levar a escola mais a sério, não se esqueça que mais cedo ou mais tarde, você vai assumir a empresa de sua mãe   -   diz enquarto me segue até a sala


-   Eu já disse que não vou assumir porra nenhuma!   -  altero a voz sem querer  -  me desculpa, omma já chegou? -  me sento no sofá, retirando do meu bolso o celular e mexendo, uma xícara de chá me é servida -  obrigada Gayoon


-   Sua mãe... - da uma pausa em sua fala, indo a janela, dando uma olhada lá fora  -  na verdade senhor, sua mãe acaba de chegar


-   Então né, essa é minha deixá  -  saio na pressa, rumo ao meu quarto


Ofegante era meu estado, nunca pensei que teria tanto medo de apanhar da omma. Me joguei na cama, recuperando o fôlego, quase me engasguei quando a porta foi aberta brutalmente.


-KIM TAEHYUNG, CADÊ SUA IRMÃ!?? - vem até mim, quase arrancando minha orelha - EU NÃO FALEI PRA VOCÊ CUIDAR DELA - me arrasta até a sala, me jogando no sofá


-  Eu não sei onde ela tá, a última vez que a vi foi no terraço, na escola  -  tento amenizar a dor


-   Se sua irmã não aparecer, nós vamos bater um papinho saudável -  deu ênfase na última palavra, concerteza estava fundido e mau pago


-   Mandarei seguranças à procurar, com sua licença Sohyun  -  daehyun oferece sua ajuda, ele é mais um cachorrinho dela


-  Obrigada dae  -  se senta ao meu lado, sua face de preocupação fazia me sentir culpado


Onde essa anã se enfiou?


POv- Mr.alien off¶∆ S/n on


Alguém me ajuda?, eu não sei onde estou!








Notas Finais


Byebye babys😭😘
Bo noiti, que soninho


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...