1. Spirit Fanfics >
  2. Meio-Melhor-Amigo >
  3. Vem cá, babygirl....

História Meio-Melhor-Amigo - Capítulo 9


Escrita por:


Notas do Autor


Primeiramente um recado pro meu namorado.... Eu disse que eu ia atualizar essa porra hoje não disse?! :>

Boa leitura!

Capítulo 9 - Vem cá, babygirl....


Fanfic / Fanfiction Meio-Melhor-Amigo - Capítulo 9 - Vem cá, babygirl....

Bruno 

Tomamos um susto naquele dia! Principalmente a Gi, coitada... Acho que devíamos dar uma pausa nas transas, bem ela mesma já anunciou uma greve, esta evitando usar qualquer roupa curta perto de mim, isso me deixa puto, porém um puto orgulhoso da minha nenê estar tomando certos cuidados por um tempo.

Olha eu não sou uma máquina de sexo e nem nada, mas tenho vontades e isso é humano, mas respeito todas as decisões da minha namorada! 

— Você já arrumou suas coisas, amor? - ela me olhou pegando a mochilha! 

Alugamos uma chácara pra passar o fim de semana (na real, nossos pais ajudaram, depois de imploramos e garantirmos que íamos nos cuidar) 

E lá estávamos nos, sozinhos, olhando um pro outro! 

— Quer pedir algo pra comer? 

— Por que não cozinhamos, anjo? 

— Porquê nem eu e nem você sabemos cozinhar! - ela respondeu. 

— Ah nos sabemos fazer macarrão, e tem nuggets! E eu vi você colocando molho pro macarrão na bolsa! Vamos arriscar! Se der merda a gente pede pizza! 

— Ta, ta! Vamos tomar um banho antes? 

— Que?! - sei que pareço surpreso demais pra alguém que a viu nua tantas vezes mas, ela ta de greve, e ta de boa... Não sei se vou conseguir me segurar, o que ela vai pensar de mim?! 

— To indo pro chuveiro! Não demora! 

— Amor esper- 

O caralho

Ouvi o barulho do chuveiro, entrei no banheiro e tirei minhas roupas! 

— Que demora, Bruno! Vamoos! 

— Eu to indo! - entrei no chuveiro esquivando o olhar dela. 

— Você ta duro? 

To sim, como descobriu? As vezes eu tenho vontade de te quebrar no meio, mulher! 

— N-não! 

— Hmmm.... - ela mexeu nele e eu gemi!

— A-ah!.... Oh sua puta.... Eu to tentando colaborar com as suas decisões mas fica difícil com você.... Fazendo.... 

— Fazendo o que? - me olhou com inocência, respirei fundo. 

— Não faz isso comigo....Ta me deixando sem graça.... Pareço um bebê que precisa mamar ou sei lá... 

— Amor - ela riu - você quer mamar? 

— P-p-p... Para!!!! 

— Vamos fazer assim... Se você conseguir fazer o macarrão, e ficar bom, a gente transa... Se caso não fique, compramos pizza e ficamos mais uma semana sem transar! 

Eu prendi ela na parede, por que ela brinca comigo assim? Logo ela... Que ta toda molhada pela água do chuveiro e sem roupa na minha frente pegando no meu pau... Ah se eu ganho isso.... Ela ta fodida... 

— Trato. Feito. 

— Ótimo....

Terminamos o banho peguei a porra no macarrão e coloquei água na panela, esperei esquentar pra coar a água com o escorredor... A Gi ficava me observando em quanto fritava os nuggets! 

— Ta feito o macarrão, Madame. 

— Você está bravo? 

— Bravo...? - me aproximei dela - quem aqui está bravo?.... 

— Por que?... - A Gi estava vermelha e suas pernas tremiam, a encostei na parede... 

— Uma puta fez uma aposta comigo em quanto estava nua na minha frente, mas você sabia que eu ia conseguir né?... Você só queria me provocar, me ver bravo.... - peguei no cabelo dela e a virei de costas me aproximando do seu ouvido - agora... Come o macarrão, e depois eu como você! 

— D-daddy.... 

Giih

Minhas pernas tremiam, eu sentia meu corpo esquentar, só de ver ele olhando pra mim daquele jeito eu fervia, eu brinquei com ele, mas não imaginei que ele estaria com tanta vontade.... 

Terminei de comer e lavei a louça em quanto ele secava.... 

Passou o tempo todo me olhando de cima a baixo... Eu queria derreter.... 

— Quarto! 

— Oi? 

— Vamos... Agora... 

— Mas daddy.... 

O Bruno me pegou no colo e me jogou na cama.... 

— A-amor.... Não.... 

— Você vai sentir dor.... Muita dor hoje... Você me provocou, me tocou, e agora vai levar o troco.... - beijou meu pescoço - ahh....eu não resisto a você.... 

Levantei as pernas, não aguentava mais... 

Ele puxou meu cabelo e colocou o pau dele na minha boca! 

— O-opa... E... Engasgou?... Calma... VI acabar engolindo ele assim... 

- H-hmlhg!!! 

Tentei levantar a cabeça pra puxar o ar, acho que realmente o irritei, me levantei depois de uns minutos e me sentei no colo dele, me mexi e ele me olhou.... 

— Você gosta daddy...? 

— S... Sim.... Você sempre me deixa... Louco.... Pensei que não ia poder... T-tocar seu corpo... Ou... T.. Te foder por mais tempo.... 

— É...? - coloquei dentro - não de preocupe.... 

— B-baby... C-calma... Estamos sem camisinha! A-ai... Se continuar sentando assim, vou acabar te e..enchendo.... 

— Shhh.... Eu disse pra não de preocupar.... 




Eu sou sua, hoje você pode fazer o que quiser comigo.... 


Notas Finais


...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...