1. Spirit Fanfics >
  2. Mel Cullen >
  3. Batalha

História Mel Cullen - Capítulo 36


Escrita por:


Notas do Autor


Mais um capítulo pra vcs!!
Cheio de emoções e teatros
O cara em cima é o Kalel
(Mas queridissima autora,quem é Kalel?)
Leia e descubra

Capítulo 36 - Batalha


Fanfic / Fanfiction Mel Cullen - Capítulo 36 - Batalha

Passamos os dias seguintes treinando intensamente 

Eu sabia que não tínhamos muitas chances contra ele,então armei um plano

Eu estava com Gustav no quarto quando lhe mandei uma mensagem 

"Preciso que confie em mim.Tenho um plano para chegar perto do lobisomem ame problemas"

"Pode falar " Ele respondeu

"Sei que Edward está nos ouvindo e peço que não conte a ninguém,e se,Alice ver,peça à ela a mesma coisa"

E contei todo o plano 

"Mas acha que consegue?"

"Tenho que tentar.Pela minha família"

"Iremos colocar em prática seu plano"

E fomos dormir

-então esse é o plano - Disse Jasper - a Mel vai até a floresta,enquanto nos escondemos camuflados com o feitiço de Gustav,e só atacamos ao sinal dela

-entenderam o plano?-perguntei Edward,Alice e Gustav

Eles assentiram 

Fui comer algo,iríamos executar o plano hj

-preparada?-perguntou Gustav entrando na cozinha

-eu queria tomar um ar antes de começar 

-podem ir com alguém - Disse Esme - vai ser bom uma calmaria 

-eu vou - Disse Edward.Ele sabia o motivo dessa ida

E fomos em direção da floresta,o mais longe da casa

-Gustav?-e ele os fez desaparecer 

Andei mais um metro e gritei por ele - sei que está aqui,e quero te propor algo

-pode dizer - ele disse aparecendo sozinho 

Me atirei nele 

-que bom que esta aqui - falei o abraçando 

-sentiu minha falta?-ele perguntou esperançoso 

-claro - e lhe dei um beijo

Ele passou sua mão ferozmente pelo meu corpo e parou na minha bunda, a apertando

Gemi inconscientemente 

-gostou?-ele sussurrou em meu ouvido 

-claro - dei um sorriso malicioso - mas tenho algo melhor pra vc amor

-me chame de Lel 

-Lel?-fiz graça 

-Kalel,é o meu nome 

Passei meus braços em volta de seu pescoço 

-tão lindo quanto o nome

-Disse que tem algo pra mim - ele passou seu braço na minha cintura,repousando a mão na minha bunda

-tenho.Um feiticeiro.Gustav é seu nome

-eu não tenho um feiticeiro - ele disse pensando alto.Ele deu um sorriso aberto - eu adoraria ter um

-e eu vou te dar - falei sorrindo e lhe dando um selinho - eu tenho que ir - falei tristonha - se não vão sentir minha falta 

-ok então gata - ele me beijou ferozmente

-Tchau - falei me virando

Ele me deu um tapa na bunda e eu virei mordendo o lábio sensualmente 

-gostosa

-cachorro

Ele sorriu e foi embora

Andei uns metros e vi Edward e Gustav boquiabertos 

-e o Óscar vai para...Mel!-disse Gustav 

-vou escovar bem os meus dentes e principalmente a língua 

-ele te comeu com as mãos - Disse Edward 

-o bicho é muito tarado - Disse Gustav 

-vc acha?-perguntei sarcasticamente

-vamos 

-vou queimar essa roupa - falei andando 

Cheguei a casa e nos preparamos 

Eu peguei minha capa capa e desci 

-de onde veio isso? -perguntou Gustav

-era dos meus pais - falei saindo-EU JÁ CANSEI DE VCS!!!QUEREM MANDAR NA MINHA VIDA!!!EU JÁ SEI QUE ELES MORRERAM!!NÃO PRECISO DE NINGUÉM ME DIZENDO O QUE FAZER

-não é desse jeito - Disse Esme

-COMO NÃO?!?QUE INFERNO!!-falei me virando para floresta 

-Mel - Disse Alice - por favor

Corri até a floresta chorando

Eu estava chorando de verdade,afinal,iria passar por uma terrível parte do plano 

-está chorando?-perguntou Kalel 

-Sim.Eu já me cansei deles

-venha comigo - ele falou 

-eles estão vindo - sussurrei em sua orelha 

-guerreiros!formação!

-não os machuque Lel,não ainda - dei um sorriso 

-vá - e corri para a floresta 

-Onde ela está? -era Carlisle

-não é possível - Disse Jasper - como sabia?

-quem te contou?-perguntou Gustav 

-eu - falei saindo lentamente do arbusto com um sorriso

-Mel?-era Carlisle.Ele estava visivelmente magoado e desapontado comigo

Naquela hora quis desistir e correr pra ele pedindo desculpas

Mas eu não podia

Edward acenou para mim,para que eu continuasse 

-muito bem gata - ele disse me agarrando 

-eu sabia que tinha algo de errado em vc-disse Garrett 

Agora ele me ofendeu de verdade 

-como pude confiar em vc?-perguntou Carlisle 

Ele e Esme eram os mais desapontados 

Dei uma risada falsa 

-pois deveria escolher melhor em quem confia - Disse sorrindo 

Eu não podia voltar atrás 

Não agora

-essa é a minha garota - Kalel disse antes de me beijar com desejo e mãos me apertando 

Eu sentia nojo dele,mas,era pela minha família 

-tenho um presente pra vc-disse sorrindo

-aquele presentinho? 

-Sim - Disse animada 

Apontei para Gustav que estava,propositalmente,mais afastado de todos 

Ele foi pego e arrastado 

-Gustav!-era Carmem

Edward a segurou

-eles estão em mais gente - Disse ele

-vamos - Disse Kalel

-mas eu queria brincar mais um pouco - falei fazendo biquinho - por favor

-tudo por vc gatinha 

-posso brincar com o bruxinho?-ele sorriu e assentiu

Fui até Gustav e comecei meu teatro 

-o que vc quer?-ele perguntou

Repousei minha mão em sua cintura,pegando discretamente,uma adaga que estava lá graças ao meu plano

-sabe?-sorri - se vc não fosse meu primo - me aproximei de sua boca - eu faria muitas coisas com vc

-sabe que eu também te acho linda?-ele disse baixo

Dei uma risada sapeca 

-é?

-aham - ele disse se aproximando mais

Dei um tapa nele o fazendo virar para Kalel

-tá vendo aquele gato ali?-Kalel me mandou um beijo - eu sou só dele,entendeu? 

-vadiazinha-disse Gustav 

-a vadiazinha dele - falei 

Fui até Kalel e o abracei de lado

-só minha -ele repetiu mordiscando minha orelha 

Disfarçadamente peguei a adaga e o apunhalei pelas costas

-agora!!-gritei para Edward 

Amarrei as mãos de Kalel e o virei para mim

-como ousa?

Abri dois botões da minha camisa e mostrei a ele 

-está vendo?Esta vendo Lel?Nada disso será seu!Nada

-vadia!-Ele gritou 

-vadia não meu amor,vingada - e cravei a adaga diretamente em seu coração 

Fiz uma fogueira e a primeira coisa que joguei foi seu corpo

-agora queima no inferno,tarado desgraçado 

Vi todos lutarem e fui ajudar 

Quando acabou,ficamos olhando a fogueira subir

-tudo bem?-era Esme

A abracei o mais forte que pude

-desculpe se desapontei vc

-vc me assustou - Disse ela 

-ao ver seus rostos de tristeza,quis desistir,mas,precisava seguir 

-que bom que o fez

Respirei fundo

-preciso de um bom banho,estou cheirando a gente tarada

-ele era um cretino!-Disse Emmett- te comeu com as mãos

-Edward disse a mesma coisa

Corri até a casa e fui direto para o um demorado e relaxante banho


Notas Finais


"Vadia não meu amor..."
Que capítulo!!!
FINALMENTE O TARADO MORREU!!!!
UHUUULLL
(CONFETI VOANDO)
Até o próximo
Bjos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...