História "Melhor impossível" - Capítulo 15


Escrita por: e Louka-por-Toddy

Postado
Categorias Rick and Morty
Personagens Personagens Originais
Tags Aventuras, Comedia, Drama, Escolar, Lemon, Linguagem Imprópria, Rick X Morty, Rickorty, Sadomasoquismo, Yaoi, Yuri
Visualizações 143
Palavras 501
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Hentai, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá Cookies! Aqui é a DaianeS2!!!!! Vim continuar a fic, desculpem a demora
Como vcs já sabem eu quero fazer mais e mais fanfics de Rickorty só que de diferentes universos alternativos!
Então, por favor quero que votem entre
Rick Professor e Morty de oculos (Comédia)
Rick Ciclope e Morty Ciclope (Drama)
Rick Bobão e Evil Morty (n sei)
Votem pfv juntamente ao oq acharam do capitulo, que talvez fique curto
Sem mais enrolação, vamos lá!

Capítulo 15 - Capítulo quinze


Fanfic / Fanfiction "Melhor impossível" - Capítulo 15 - Capítulo quinze

Os olhinhos do Morty se arregalaram ao ver meu pênis, talvez pelo fato dele ser maior do que o dele, muito maior.

— Que foi Morty ? - Segurei ele pelos cabelos, carinhosamente - Grande demais para você, huh ? -

Ele não meu respondeu, apenas começou a lamber meu pênis, e depois o colocando em sua boca. Eu gemi roubo e abafado sentindo o Morty me chupar, cacete era bom pra caralho, a boquinha do Morty era pequena, quente e molhada, era perfeito !

Eu via ele se engasgar de vez em quanto, quando ele tentava engolir meu pau todo, pequenas lágrimas se formavam no canto dos seus olhos, e eu, quando vi limpei elas com o polegar.

Não muito tempo depois, depois de várias lambidas e chupadas eu gozei na boca dele, e ele engoliu tudo sem reclamar. Esse foi definitivamente o melhor boquete que eu já recebi ha muito tempo!

— Ah Morty - Comecei - Sua boquinha é uma delícia - Disse e dei um dos meua sorrisos mais safados. Ele ficou todo sem jeito!

Depois de uma risada nervosa e envergonhada ele soltou um "Eu sei Rick, sou irresistível!", e dessa vez eu que ri. To novinho e já é convencido desse jeito!

Ele deitou na cama e me olhou nos olhos, eu já entendi oque ele queria na hora.

Retirei minha camisa com facilidade, e depois abaixei a calça e a cueca e me livrei delas.

Eu não tinha nenhum tipo de lubrificante por perto, então tive que improvisar. Lami meus dedos os deichando bem molhados de saliva, e passei na entrada do Morty, precionando levemente e ele soltou um gemido baixinho e manhoso.

Eu estava tão desesperado para sentir o interior do Morty que quase nem o preparei, apenas peguei suas pernas e as coloquei por cima do ombro, o deichando numa posição um tanto quanto confortável. Peguei meu pau e posicionei na entrada dele, colocando a cabeça primeiro, e fui empurrando devagar. Morty apertava meu pau com força, eu parei um pouco e esperei que ele acostumase.

Não demorou muito para ele pedir para mim prosseguir, e foi oque eu fiz. Enfim estaa todo dentro do Morty, o estocando devagar ate pegar o ritimo.

Não pude deichar de notar o quanto ele era quente e apertado, o interior dele é mais gostoso do que de qualquer outra mulher que eu ja fodi na vida.

As estocadas foram ganhando força e velocidade, Morty não parava de gemer meu nome e pedir para acelerar e foder ele com mais força. Obviamente eu não iria deichar meu netinho na vontade!

Os gemidos foram ficando mais altos, as estocadas mais rápidas e logo chegamos ao orgasmo juntos. Morty sujando meu peitoral devido a posição que estávamos, e eu preenchi seu interior com esperma quente, ate não sobrar espaço e escorrer um pouco para fora.

Exausto, eu retirei meu pênis de dentro do Morty, e ele gemeu satisfeito, deitei ao seu lado na cama e o abracei, colocando sua cabeça sobre meu peito. Hoje é definitivamente o melhor dia da minha miserável vida


Notas Finais


Tchau, estarei esperando seu comentário com o voto! Até Cookies


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...