História "Melhores amigos" - Capítulo 24


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Romance
Visualizações 43
Palavras 1.369
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Genten, eu não sei se vocês gostam do estilo, mas, criei uma nova fanfic, dessa vez sobre mitologia grega (que eu sou apaixonada), o título é "Hades"(e, obviamente é narrada por Hades (o meu deus favorito) eu sei, meus títulos são horríveis mas a história tá boa).
Caso vocês se interessem dêem uma passadinha por lá.
Não, eu não vou deixar essa fanfic aqui de lado, mas, um dia ela terá que acabar (por mais que eu ache que nunca, simplesmente não tenho coragem de por um fim nela).
Dá uma olhadinha lá viu? "Hades" o nome, Hades, não se esqueça.

Capítulo 24 - Feliz aniversário!!!


(21 de julho)

Arthur


-Cara, você não consegue nem amarrar um balão? -Ian riu.-Dá pro papai aqui.

E assim estávamos nós, em plena segunda-feira às 7:30 da manhã, na sala do escritório da Letícia fazendo uma surpresa de aniversário pra ela.

Eu amo chegar de surpresa na sala dela, e ver todas as caras que ela sempre faz...é tudo ótimo.

 -Eu sei que sou um lixo.-falo.-Mas eu tenho ótimas ideias.

-Não é hora de se achar, Arthur, só prega umas letrinhas de feliz aniversário. -Miranda.-Eu sei que você não consegue fazer nada.

-Na verdade, fui eu que falei pra gente fazer a surpresa, Arthur. -Kamile sempre estragando os meus planos.

-Só não fala pra Letícia. Sabe? Tem que ter aquela coisa de super namorado...

-Você não é um super namorado, Arthur. -Rick revira os olhos.

-Dá pra vocês só terminarem de fazer as coisas?-Ian.

-Letícia é doida, quem, em sã consciência teria um relacionamento com Arthur?-Kamile e os outros riem.

-É porque vocês nunca transaram comigo.-dou meu sorrisinho.

-Eu já, Arthur, e não foi legal.-Ian, o melhor comentarista que você respeita.

 -Ah, cara, daqui a pouco vai deixar escapar que eu também transei com ele, para.-Rick.

-Eu sei que o sonho de todos vocês é dormir comigo, mas não. -fomos surpreendidos pela entrada de Letícia. 

-Agora o que a gente faz? -Ian.-Pô, Letícia. Sai daqui agora.-toda feliz ela faz isso.-Entra. -entrou pela porta.

-Feliz aniversário!!!-falamos juntos, e ela demonstra uma falsa surpresa.

-Ai, vocês são os melhores amigos!-deixa escapar lágrimas. -Eu tô chorando.-veio ao encontro de todos nós, e abraçou um de cada vez.-Nossa senhora, muito obrigada. Até você, Ian.

-Não gosto de abraços, mas, posso abrir uma exceção. -deu uma piscadinha pra mim, e abraçou Letícia.

-Tá bom, né, Letícia?-achei que aquele abraço estava durando demais.-Minha vez agora. -tirei ela do Ian, e a beijei.

-Ou, ou, ou.-Rick nos separou.-Viadagem aqui não. 

-Também te amo, Rick.-sorriu.-Você também, Ian.-mandou um beijinho no ar.

-Por que eu sempre sou o último?-Ian.-Não sou segunda opção não. 

-Espero que você sempre seja uma segunda opção. -Kamile falou, mas não por ciúme, e sim por ver que eu estava com ciúme. -Escutou, Letícia? 

Ignorando a todos, e principalmente pra me irritar, Ian foi até Letícia e lhe abraçou mais uma vez.

-Não precisa se preocupar, Arthurzinho.-piscou pra mim.-Eu e Letícia temos uma relação de outras vidas. 

-Lá vem. Daqui a pouco começa com os assuntos espirituais.-Rick revira os olhos.

-Continuando. Nossa amizade vem de outras vidas. -Ian diz e Letícia ri.

-Temos até um toque.

Assim os dois começam a fazer o toque, um longo toque, e não erraram nenhum movimento. Dava pra perceber o quanto os dois se davam bem, é bobo da minha parte, mas tenho ciúme dos dois. Principalmente depois de Ian falar (tudo bem que era brincadeira) que Letícia seria uma boa opção se ele fosse solteiro. 

-Fica melhor com música. -disse Letícia. -Foster The People.

-Arctic Monkeys...

-Mudando de assunto. -pego o bolo.-92?

-Produtos Ivone são muito bons...-sorri, Rick acende as velas.-Quero que cantem parabéns. -contra nossa vontade fizemos. Ela soprou as velas, e depois comemos o bolo.

-Bolo gostoso, né? -Rick se joga pra Letícia. -Eu que fiz.

-Por isso que tá ruim assim? Eu falei, amor, compra o bolo.-Miranda e todos nós rimos.-Não esqueçam do meu aniversário.

-Daqui a quatro dias.-Leticia lembra.-25 de julho.

-Você é de leão. 

-Signos não, Arthur. -Rick revira os olhos mais uma vez.

-Eu gosto de ver o signo das pessoas. Não quer dizer que eu acredite em signos.

***

Lá estava eu, super ansioso, mais um jantar, mais uma tentativa.

Já imaginava Letícia de todas as formas, de todas as cores, e com qualquer coisa ela seria linda.

Bati na porta.

Peguei aquele minúsculo tempo para tentar ajeitar mais ainda o meu terno (eu amo usar terno), e lógico, meu cabelo.

-Stella? -fiquei sem entender. 

-Ah, Arthur. -falou com pouco caso.

Ela era mais bonita pessoalmente do que nas fotos que eu via, Stella sempre foi bonita, sempre muito original, e depois que se assumiu...

-Gostei do cabelo.-tentei puxar assunto enquanto Letícia não chegava.

Ela não me deu ouvidos, mas, percebi que também estava arrumada, então, com certeza iria com a gente.

Como vou fazer meu pedido? 

-Você chegou hoje? 

-Eu chego só amanhã. -disse grossa, ainda estava com raiva de mim.-Anda logo, Letícia!!!-grita.

-Olhe, Stella.-continuou a mexer no celular.-Me desculpe, é sério. 

-Não sei o que a Letícia ainda vê em você...porque eu não vejo nada.

-Você sabe que eu não fiz nada do que disseram, não é? Esqueça isso, tem doze anos.

-Esquecer que eu fui humilhada pela cidade inteira? Que todos os homens nojentos da cidade tinham uma foto minha? Que eu terminei com a minha namorada na época? 

-Não foi eu quem vazou a porra dos seus nudes, Uva. Preciso repetir quantas vezes?

-Se esse namoro evoluir, talvez para um casamento, Letícia vai perder amigos. Só pensa bem.

-Se vocês realmente forem amigos dela, vão entender, Uva. -dou um sorriso. A chamava de Uva em um passado muito distante.

Foi aí que meu olhar saiu dela, e foi para uma pessoa que descia as escadas com um lindo vestido azul marinho. Meu olhar se encontrou com o dela e nunca vi uma cena tão linda na minha vida.

Eu pouco me importaria com as pessoas que iriam contra o nosso casamento, minha única preocupação seria em como a fazer feliz todos os dias de minha vida.

Eu amo Letícia com todas as minhas forças. 

Vi que Stella também reparava o mesmo que eu.

-Tem certeza que não vai querer ir, Stella?-perguntou mas não tirava os olhos de mim.

-Não quero passar nem mais um segundo perto dele. 

Foda-se, Stella, eu não ligo.

-Tudo bem.-sorriu e se despediu.-Volto às...? 

-Onze.-me apressei em dizer.

Stella bateu a porta na minha cara, nem liguei.

-Caralho. -a fiz dar uma voltinha.-Estou parecendo um mendigo perto de você. 

-Que fofo, Arthur.

-E saiba, que agora eu sou o mendigo mais feliz do mundo.-eu corei. Ela fez o mesmo.

-Todo seu.-apontei pro rádio. 

-Essa é a maior demonstração de amor que alguém pode dar.-vi que os olhos dela brilharam. 

***

Nada foi como eu esperava. Jantamos, um jantar em comemoração ao aniversário dela, conversamos como sempre. 

O problema, é que eu não tinha coragem. Não tinha coragem de a pedir em casamento, mesmo que a aliança esteja em meu bolso. As frases de Stella sempre vinham em minha cabeça, e seria muito clichê a pedir em casamento em um restaurante. Letícia merece algo especial. Diferente. 

Mas eu não sou especial nem difetente, e nem tenho criatividade. 

22:30 da noite, em meu carro, Letícia super atenta e conversando sobre tudo.

Não conseguia prestar atenção em nada.

"Letícia vai perder amigos"

Seria verdade, os amigos a abandonariam só por minha causa?

-ARTHUR! O sinal abriu.-acelerei.

Como estava tão distraído ao ponto de não ver nada? 

Eu deveria tomar alguma atitude.

-Por que foi assim com Stella hoje? 

-Stella foi grossa comigo, logo de cara.-ela revirou os olhos. 

-Ela não aprova nosso relacionamento. -bufou.

-Quem se importa? 

-Eu me importo.

-Você quer terminar comigo agora porque a Stella não aprova? 

Que raiva.

-Eu não disse isso.

-Faz o que você quiser, Letícia. 

-Para com isso, Arthur. -olhou pra janela.-Para de ser ignorante...

-Stella não paga minhas contas, Stella não vive minha vida, Stella não sabe nem o nome do meu pai.-revirei os olhos.-Estou pouco me fudendo pro que Stella acha.

-Ela é minha amiga, Arthur. -começou a ficar irritada.

-Ela é sua amiga que não está nem aí pra sua felicidade, e muito menos pra minha.

-Cala a boca.

-Eu amo você.  E não vai ser Stella que vai falar que não. 

-Não é tão simples assim, Arthur. 

-Eu amo você, eu só amo você e mais ninguém entendeu? Eu nunca seria feliz sem você.-ela não falou nada.-E Stella não vai se intrometer na minha vida.

Um pouco de silêncio. Aquilo me incomodava.

-Foda-se, Stella.

-Ai, Arthur. Chega.-ela olhou pro porta luvas.-O que é isso? -tinha encontrado.

-Seria um presente. Mas Stella não gostaria nada disso.

-O que é isso, Arthur? 

-Era pra ser um pedido de casamento. -não olhei pra ela.-Seria, um quer casar comigo. Seria um felizes para sempre.

-Sim.

-O quê? 

-Sim, Arthur. Eu disse sim. Eu disse sim a um quer casar comigo, eu disse sim a um felizes para sempre. Eu disse sim a você. 

Eu não acreditava. Não passava pela minha cabeça aquelas palavras.

-Esse anel era da minha vó. Ela me deu, e disse pra eu dar pra alguém com quem eu seria feliz.

Ela apenas me beijou. No meio do trânsito. Ainda bem que estávamos no sinal vermelho.



Notas Finais


Gente, se vcs assistem The Vampire Diaries, imagino que devem lembrar do dia da Miss Mystic Falls, que a Elena tá com o vestido azul desce as escadas e encontra o Damon (eu chorei nessa cena). Seria mais ou menos assim com o Arthurzinho e a Letícia.
EU SOU DELENA SIM
DELENA É O MELHOR SHIPP
LOGO DEPOIS, É CLARO, VEM A LETÍCIA E O ARTHUR(gente, eu sei, deveria ter dado um nome já, mas não consigo)
LEITHUR? ARTHICIA?
ME AJUDEM
E gente
Vamos concordar que os melhores shipps sempre vão ser
Delena(Damon e Elena, Tvd)
Spoby(Spencer e Toby, Pll)
Klaroline (Klaus e Caroline)
Emison (Emily e Alison)
Stydia (quem for Stalia pode vir bater de frente)
Johnlock (John e Sherlock)
Tem muitos outros, mas vou colocar só esses.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...