História Melodie - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias TWICE
Personagens Chaeyoung, Dahyun, Jihyo, Jungyeon, Mina, Momo, Nayeon, Personagens Originais, Sana, Tzuyu
Tags 2yeon, Dahmo, Dahyun, Momo, Musica
Visualizações 19
Palavras 3.577
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Musical (Songfic), Orange, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hola<3
Bom...essa não e minha primeira fic yuri(desculpa as pessoas que estavam lendo a outra) mas essa aqui será um pouco diferente(muito diferente)
As personagens não vão ter suas personalidades atuais OK? OK.
E outra, vou misturar um pouco as eras, por exemplo, momo pode estar na era de cheer up enquanto dahyun na era de TT

Sem enrolação, boa leitura.

KISSUS😘😘😘

Capítulo 1 - -1-


Busan,sexta - feira dia 9 de janeiro

- VAMOS LOGO DAHYUN! - tzuyu gritava enfurecida do outro lado da porta. Fazia mais de meia hora que dahyun estava se arrumando para viajar junto com suas amigas para a tão sonhada e cobiçada Harvard.

- calma tzuyu, Harvard não vai sair do lugar - dahyun disse calma.

- MAS O AVIÃO VAI, ENTÃO TERMINA LOGO - a outra esbravejou

Dahyun dava uma última olhada em sua roupa, a garota vestia um moletom rosa claro e uma calça jeans preta rasgada no joelho, e nos pés calçava um tênis branco, seus cabelos estavam soltos, destacando o tom de laranja. Um tanto infantil para algumas pessoas, mas esse era o estilo de dahyun, era assim que ela gostava, não é porque acabara de completar dezenove anos que tinha que mudar seu estilo. Finalmente a garota iria ser independente, ou quase, iria fazer faculdade de direito por escolha de seus país. De seus pais, não dela. Dahyun queria fazer música, porém como uma boa filha ela obedeceu seus pais. 

*dahyun on*

Finalmente irei fazer faculdade, não aguentava mais esperar. Depender de seus pais tem seu lado bom e ruim, no meu caso é ruim.

Dou uma última olhada em minha roupa e saio pela porta, com certeza vai ser muito difícil me acostumar a ficar longe dos meus pais, mas nada que eu não possa me acostumar. Desso as escadas devagar e dou de cara com uma tzuyu enfurecida e uma mina dormindo no sofá.

- finalmente a princesa resolveu dar as caras - tzuyu fala sarcástica

- uma hora e teria que dar né. - falo, meus país e tzuyu me olham incrédulos.

- o que foi? - eu pergunto. Tzuyu iria me responder se meu pai não tivesse a interrompido.

- suas malas já estão no carro filha, e o Carlos está te esperando para ir, nós não poderemos levar vocês até o aeroporto, daqui a pouco temos que ir trabalhar - meu pai fala se levantando do sofá.

- okay pai, eu entendo - mentir, a única solução quando nada está bem, sempre tive tudo em questão material na minha vida, porém nunca tive atenção dos meus país. Eles trabalham em uma empresa de roupas, pra uma marca bem famosa na Coréia, sempre tive as melhores roupas os melhores calçados, estudei nas melhores escolas do país, e agora estava partindo para uma das melhores universidades do mundo e nem assim consegui um pouco de afeto deles. francamente!

- ei mina acorda, nós vamos partir - falei jogando uma almofada na mesma.

- hm, agora? - fala ainda sonolenta se levantando e indo em direção nervosa já 

- dahyun?  mina e eu já vamos pro carro - tzuyu fala seguindo mina.

- bom... Acho que é um adeus agora - falo é meus país concordam com a cabeça.

- se cuide minha filha - minha mãe fala e me da um abraço junto com meu pai.

- pode deixar mãe, vou cuidar de mim e das meninas - falo confiante.



***

Busan , sexta - feira dia 9 de janeiro


Momo estava inquieta desde que chegara no aeroporto, não parava um segundo se quer, seus país iriam acompanha-la até a universidade, esse é o segundo ano de momo na mesma. O comportamento da mesma como caloura não é um dos melhores, é instável até um certo ponto. Momo sempre foi uma garota conhecida por todos os outros calouros, desde que chegara na universidade junto de suas amigas: nayeon, jeongyeon e jihyo.

Momo ficou conhecida depois de formar uma banda de rock com suas amigas chamada twice, mesmo fazendo faculdade de medicina, e acredite as garotas são bem conhecidas, as únicas que não fazem  parte da banda são nayeon e jihyo, as duas fazem parte do conselho estudantil. 


 Hoje os pais de momo foram convocados para ir até a faculdade da filha, a garota obviamente estava nervosa já que seus país ainda não sabem da banda.

*momo on*

- Caralho...fudeu! Fudeu tudo. - falo pra mim mesma. É hoje que eles descobrem sobre mim e as meninas, puta merda o que eu vou fazer? Não posso fazer nada já que não consegui comprar o diretor, aquele desgraçado.

- momo? Vamos! - meu pai me chama enquanto entra no carro, ando devagar até o carro, entro e fecho a porta.

- essa suas roupas não estão não adequadas para ir até faculdade, Momo. - minha mãe fala e me olha de cima pra baixo, eu estou vestida com um short jeans branco, uma regata preta um pouco grande e no cabelo um rabo de cavalo deixando minha franja solta.

- me deixa mãe - falo ríspida. - pai, podemos ir logo por favor? - peço e o mesmo assente dando partida no carro. 

Chegando na frente da universidade tratei de pegar logo meus fones de ouvido e coloca-los.

- não vai até a sala do diretor com a gente Momo? - meu pai pergunta enquanto arruma seu paletó.

- não pai, tenho muita coisa pra fazer, vou pro meu dormitório. - falo e entro no campus. Vou quase correndo até o bloco B e logo chego no corredor do meu quarto, que não é só meu. Tiro um bolo de chaves e pego uma que está com um chaeveiro azul, abro a porta e dou de cara com uma chaenyoung completamente descabelada correndo atrás de jeongyeon pelo dormitório.

- QUE PORRA É ESSA?! - grito chamando a atenção das duas.

- Momo!!! - as duas falam ao mesmo tempo e chaenyoung corre em minha direção me dando um abraço apertado.

- Essa chata da Yoo que fica me provocando - chaeng fala com bico muito fofo nos lábios.

- ah para né chaenyoung! Que exagero. - jeongyeon fala indo em direção a geladeira e enchendo um copo.

- e ai Momo,écomo vão as coisas? -jeongyeon me pergunta antes de levar um copo com água a boca.

- como você acha que vão? Meus pais estão aqui e agora banda corre perigo - falo jogando minhas malas em um canto do quatro, jeongyeon praticamente cospe a água em mim e chaenyoung me olha incrédula. 

- puta merda! Sério Momo? - a mesma pergunta. 

- muito sério - falo me jogando na cama.

- o que vamos fazer agora? - chaeng pergunta.

- não podemos fazer nada chang, a não ser esperar. - falo ja deitada em minha cama e fecho os olhos.

- eu vou pro meu quarto, vejo vocês mais tarde okay? - chaenyoung fala e se levanta.

- Ué, mais já? - pergunto levantando a cabeça e olhando para a mesma.

- sim, vai chegar uma novata hoje no meu dormitório que agora não é só meu e da nayeon, quero puxar a ficha dela antes... - chaenyoung fala cabisbaixa.

- bom, até mais - a mesma fala e sai do quatro.

- por falar nisso Momo, hoje também vai chegar uma garota nova aqui - jeongyeon fala

- é? Que legal - eu respondo sem muita empolgação e me deito por completa na cama.



***

Boston, sexta - feira dia 9 de janeiro


Mina, dahyun e tzuyu agora estavam em um táxi indo direto para a universidade depois de doze horas de viagem. Dahyun não podia explicar como estava feliz por finalmente realizar seu sonho de estudar em Harvard. Era surreal para as três garotas.

*dahyun on*

- é aqui senhoritas - um senhor bem simpático que estava dirigindo o carro fala.

- obrigada, e tenha um bom dia - mina fala enquanto fecha a porta do carro.

Olhar para aquele enorme portão meio inferrujado com pouca tinta cinza já está me deixando realmente incomodada, tzuyu olha tão fixamente pro portão que só falta beija-lo agora!

- vamos nessa então! - falo empolgada - é, vamos! - tzuyu fala e mina assente.

Entramos e o campus estava cheio de estudantes correndo pra lá e pra cá com seus livros e mochilas nas costas, e alguns chegando com suas malas, tipo eu e as meninas. E uma cena até engraçada de se ver, e pensar que daqui a um tempo vou estar igual a eles.

- bom dia meninas! São novas na universidade? - uma moça um pouco alta, so que menor que a tzuyu fala, e nosa ela falou coreano perfeitamente!

- oh, sim,  nós somos novatas - falo empolgada.- pois bem, meu nome e lisa e eu sou uma dos veteranos da universidade e estou aqui para auxiliar vocês, precisam de alguma coisa? -  a moça pergunta, tzuyu, mina e eu nos entre olhamos e concordamos.

- sim, nós precisamos chegar até a recepção pra pegar as chaves dos nossos dormitórios, e essas são tzuyu e mina, eu me chamo dahyun - falo e comprimento a moça com um aperto de mão, tzuyu e mina fazem o mesmo.

- então vamos garotas - lisa fala e nos guia até a recepção.

Passamos por vários corredores até chegar na recepção, uma moça nos atendeu e nos explicou e entregou as chaves dos nossos dormitórios.

- o nosso sistema funciona a cores, garotas, ou seja, os blocos de quartos são esses prédios, são divididos em: A, B, C, D, E. São dividos por cores, como podem ver, em suas chaves tem um adesivo. Alguma duvida quanto a isso? - a mulher fala

- não senhora - falamos em uníssono e saímos da sala.

Andamos um pouco e paramos em frente a uma pracinha que tem alí.

- acho que nos despedimos aqui - Mina fala cabisbaixa quase chorando.

- é, acho que sim - tzuyu fala - eu vou sentir falta de vocês - mina fala com a voz falha

- qual é mina,vai chorar mesmo? - pegugeladeira e - venham aqui, independente de estarmos longe ou não, sempre estaremos juntas okay? - falo sorrindo e as duas assentem, sei que é difícil pra elas e pra mim também, estivemos a infância e adolescência toda juntas.

Demos um abraço em grupo e fomos cada uma para o seu quarto, o meu é o bloco "c" que é amarelo, tzuyu "d" que é velho e mina "b" que é azul. andar nesse lugar sozinha com duas malas pesadas não é nada agradável, mas fazer o que né? Tenho que chegar até o dormitório.

Chego até o dormitório e entro sem bater na porta, sem pesar duas vezes olho em direção a um cama um pouco mais distante das outras duas e me deparo com uma garota do cabelo um pouco curto, não, muito curto estilo tomboy, sentada na cama me olhando e, dou um pulo de susto e quase caio sentada na cama.

- caralho! Quer me matar do coração garota? - pergunto com a mão no peito.

- dahyun não, é? - ela pergunta 

- sim...como soube meu nome? - pergunto colocando minhas malas e cima de uma cama com um travesseiro de cenoura gigante.

- isso não importa, e você não pode dormir aí - a garota fala. só o que faltava! Além de tentar me matar do coração ainda que me dizer onde eu posso dormir ou não.

- como é seu nome mesmo? - pergunto sínica me virando de frente para a garota.

- chaenyoung - a mesma responde e se levanta ficando em pé na minha frente, não havia notado mas...ela é um toquinho de gente. Como se eu fosse muito alta.

- chaenyoung... Você não é ninguém pra dizer onde eu posso dormir ou não - respondo sarcástica.

- tudo bem, diga isso a nayeon quando ela chegar e aquele alí é o seu armário - chaenyoung fala se retirando do quarto. Só o que me faltava. Parando para analisar o dormitório é até bonito, bem organizado, e o melhor de tudo: limpo.

Começo a tirar minhas roupas de de dentrodentro das malas e começo coloca-las dentro do armário, termino de arruma-las e troco de roupa, aida são dezoito horas e eu acho que não problema vestir uma roupa assim aqui. Pego um short jeans preto e um moletom da mesma cor, prendo o meu cabelo em um rabo de cavalo e calço novamente meu tênis branco, afinal, tenho que conhecer um pouco mais o campus né? Já estava pronta pra sair quando outra garota entra no dormitório, ela para e me olha de cima pra baixo com um sorriso no rosto. Credo!

- você deve ser a dahyun - será possível que aqui todo mundo me conhece?!

- eu mesma, e você é a? - pergunto sinalizando com as mãos para que a mesma continuasse.

- eu me chamo nayeon - ela responde

- então nayeon se me der licença eu preciso sair agora - a mesma assente e olha para a cama que estavam algumas das minhas coisas ainda.

- estava bagunçando minha cama e mexendo nas minhas coisas? - nayeon me pergunta em um tom ameaçador

- n-não eu s-só... - tento me explicar e a garota começa a rir.

- não se preocupe com isso, aquela é a sua cama - nayeon fala e aponta para outra cama que fica perto da janela.

- mas que isso não se repita...olha, eu sei que nós nem nos cinhecemos direto e tals, mas, teria como você me esperar pra saímos juntas eu posso te mostrar o campus se quiser? - ela pergunta.

- claro, tem como sim - sinto que isso não vai ser bom.


***


Momo estava deitada em sua cama com seus fones de ouvido escutando hot da Avril Lavigne, até escutar batidas em sua porta. A garota levanta e vai em direção a porta dando de cara com uma Sana sorridente.

- Momo-chan!!! - sana exclama e pula em cima de Momo a abraçando.

- ei ei ei!! Qual é o motivo dessa animação toda Sana? - Momo fala retribuindo o abraço

- finalmente as férias acabaram e amanhã a noite temos uma apresentação no bloco A - sana fala entrando no quarto.

- temos? Quem vai dar a festa dessa vez? - Momo pegunta sentando na cama ao lado de Sana. - Mark Tuan, o bonitinho que estuda artes cênicas - Sana responde 

- então tá né. Jeongyeon já sabe disso? - Momo pergunta. - eu vim aqui pra falar com ela aliás - Sana responde.

- ela saiu faz pouco tempo, quer ir atrás dela? Eu vou com você - Momo pergunta e se levanta da cama, sana assente e as duas saem do dormitório.

*Momo on*

Sana e eu estamos saindo do meu dormitório, mas fomos interrompidas por uma garota.

- com licença, onde fica o dormitório 123? - a garota pergunta e...uau! Que garota linda cara! Então essa é a garota nova, parece que não vai ser tão ruim assim dividir o quarto com mais alguém...

- é aqui mesmo - sana responde sorridente.

- meu nome é myoui mina - a mesma fala e faz uma reverência.

- eu me chamo Hirai Momo e essa aqui é Minatozaki sana - eu falo 

- uau! Que coincidência, somos três japonesas - sana fala e mina e eu rimos

- legal...agora eu preciso entrar e arrumar essas coisas - mina fala e vai em direção a porta

- quer sair com a gente mina? - falo sem pensar - Quer dizer...nós vamos dar uma volta e seria uma boa você conhecer a universidade sabe? - falo sem graça, sana me olha incrédula com o que eu havia dito.

- claro, só vou colocar minhas malas aqui e já volto - ela fala e eu concordo.

- caramba Momo! A gente mal conheceu a garota e você já ta a fim dela. - 

- não estou a fim dela! Quer dizer que se eu sou educada com uma pessoa é porque eu estou a fim dela? Me poupe sana. - falo e devido os olhos

- ta bom, calma! Não está mais aqui quem falou - Sana fala cruzando os braços

- vamos? - mina chega de surpresa assustando sana e eu.

- garota não faz mais isso! - sana fala rindo.

- vamos logo gente - eu falo e as duas assentem.

Andamos um pouco até chegar em uma lanchonete que tem no campus, entramos e encontramos: jeongyeon, chaenyoung e outra garota que eu não conheço.

- olha só quem apareceu... e trouxe uma amiga nova - jeongyeon fala enquanto toma um pote de sorvete.

- oi meninas - eu falo enquanto me sento de frente para jeongyeon.

- não vai apresentar sua amiga Momo? - chaenyoung pergunta olhando para mina.

- Mina essas são: chaenyoung e jeongyeon ou idiotas se preferir e gente essa é a mina, a garota nova do nosso dormitório jeong - eu falo e a mesma sorri.

- e aquela alí eu não conheço ainda - falo olhando para a garota ao lado de chaenyoung.

- eu me chamo tzuyu, e você não se apresentou ainda - a garota fala se acomodando na cadeira.

- essas são: sana e momo, tzuyu, não precisa olhar pra elas desse jeito - mina fala 

-  é sua namorada mina? - eu pergunto e ela nega.

- não, ela é uma meia irmã pra mim, ela e outra amiga nossa - mina responde olhando diretamente para tzuyu que me olhava. Ficamos todas em silêncio.

- bom... Amanhã temos uma apresentação jeong, no bloco A, no dormitório do Mark. -

- legal... - jeongyeon responde desanimada.

- o que aconteceu jeong? Não vai me dizer que você e a nayeon brigaram de novo? - eu pergunto e a mesma balança a cabeca em concordância.

- por isso ela está se matando no sorvete - chaenyoung fala e jeongyeon a olha feio.

- okay. Chega de falar da minha vida, vamos fala da apresentação de amanhã - jeongyeon fala se ajentando na cadeira.

- vocês tem uma banda? - tzuyu pergunta.

- sim, se chama twice - chaenyoung responde.

- gostaria de ver vocês tocando qualquer desses - mina fala

- vocês bem que poderia ir na festa amanhã, assim poderiam ver a gente tocar - sana fala empolgada.

- por mim tudo bem - mina fala e tzuyu concorda. 

Conversamos mais um pouco até dar vinte e uma horas, nos despedimos e fomos para os nossos quartos, sana tzuyu saíram juntas com chaenyoung, mina, jeongyeon e eu fomos para o nosso. Não gosto de ver a jeongyeon triste, por mais que ela seja chata pra caralho, e tudo isso por culpa daquela coelha maldita! espero que isso mude amanhã.


***


Nayeon levou dahyun até uma biblioteca do campus depois de andarem um pouco. A mesma mostrou vários lugares para dahyun e agora estavam sentadas conversando com jihyo sobre um assunto um pouco novo e estranho para dahyun.

- quer dizer que você deu pra ele? - nayeon pergunta para jihyo que assente.

- credo! Que nojo, deve ser horrível ter um pinto dentro de você - nayeon fala 

- você fala isso poque nunca sentiu - jihyo retruca 

- não obrigada. Estou satisfeita com os dedos da jeong - a mesma fala e volta a beber seu suco. Dahyun apenas abservava aquela conversa das duas mais velhas.

*dahyun on*

- e você dahyun, quando foi sua primeira vez? - nayeon me pergunta eu me engasgo com minha própria saliva.

- primeira vez de que? - eu pergunto. Óbvio que eu sei do que ela está falando, só que isso ainda é estranho pra mim.

- primeira vez de que? Oras! A primeira vez que você deu - nayeon responde incrédula

- deu o quê? - eu pergunto novamente.

- tipo dahyun... A primeira vez que você...sabe? - jihyo fala formando um círculo com os dedos e com a outra mão fazendo o dedo indicador entrar no mesmo.

- a primeira vez que alguém tocou na sua vagina dahyun - nayeon fala olhando pra mim.

- ah... - eu falo sem graça

- eu...nunca... Fiz isso - eu respondo, nayeon e jihyo ficam incrédulas.

- eu sei que isso e engraçado, podem rir -  falo e as duas negam.

- isso não é engraçado dahyun... Só é um pouco...diferente, dificilmente vemos alguem da sua idade nunca ter feito sexo ainda - jihyo fala.

- mudando de assunto, amanhã o Mark vai dar uma festa e nós deveríamos ir né - nayen fala sorrindo alegremente.

- é vamos dahyun - jihyo me olha 

- sim vamos - eu respondo também sorrindo.

- com certeza a jeongyeon vai tocar lá amanhã mesmo e eu to foda-se pra ela - nayeon fala dando de ombros.

- tocar? Ela tem um banda? - eu pergunto interessada.


- sim, se chama twice, elas fazem apenas alguns covers, nada de mais - nayeon fala e volta a beber seu suco.

- acho que já está na hora de irmos, já são vinte e uma horas - jihyo fala olhando para o celular.

Nos despedimos de jihyo e fomos andando devagar para o nosso dormitório.

- de onde você vem dahyun? - nayeon pergunta quebrando o silêncio.

- eu sou de Busan, vim pra cá junto com minhas amigas - 

- sério? Eu também, cheguei aqui junto com jeong, momo e jihyo, logo depois conhecemos sana e chaenyoung - nayeon fala chutando algumas pedras no chão

- você tem tantas amigas, como é? - eu pergunta e nayeon me olha com o cenho franzido

Por mais que minha família seja bastante conhecida na Coréia, e nunca tive muitos amigos além de mina e tzuyu.

- é um pouco difícil...eu sou a mais velha entre nos seis, e me vejo no direito de cuidar delas... Chaeng as vezes diz que eu pareço a mais nova da turma - 

- eu entendo, tzuyu fala a mesma coisa comigo - eu fala e nós duas rimos

Chegamos no nosso dormitório e chaenyoung estava saindo do banho.

- finalmente as duas chegaram, achei que teria que trancar a porta com vocês do lado de fora - a mesma fala 

- vocês duas já se conhecem? - nayeon pergunta


- sim nós já nos conhecemos, de uma forma não tão agradável mas nos conhecemos - respondo e chaenyoung concorda.

Tomei banho depois da nayeon e agora estou na cama, mandei uma mensagem para as menias e logo adormeci. Está acontecendo tudo tão rápido... Agora é fazer cada segundo valer a pena.
































Notas Finais


Primeiramente eu peço desculpas a quem estava lendo a minha outra fic que o spirit apagou.
E eu espero que tenham gostado do primeiro cap dessa nova fic^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...