1. Spirit Fanfics >
  2. Melted Explosion - Imagine Bakugou Katsuki >
  3. Capítulo 26 - Treino de invocação

História Melted Explosion - Imagine Bakugou Katsuki - Capítulo 26


Escrita por: Maloba e MEGx

Notas do Autor


Cheguei tarde mas cheguei!!!! Espero que gostemmm, fizemos com muito amor 💖💖💖💖
~MEGx

Capítulo 26 - Capítulo 26 - Treino de invocação


CAPÍTULO 26

Estávamos eu, Bakugou, Kirishima e Denki na sala. Os garotos jogavam cartas enquanto eu apenas mexia em meu celular.

- S/N-chan!! – me virei rapidamente ao ouvir a voz de Mina me chamar. – O Todoroki-kun e o Tokoyami-kun então lhe chamando lá fora.

- Lá fora? Com esse temporal? – perguntei confusa, pois as aulas haviam até sido canceladas hoje já que a chuva estava extremamente forte, que derrubou várias árvores causando alguns buracos no telhado.

- Eles estão naquela parte coberta, sabe? Um pouco antes da piscina. – explicou Mina se aproximando e se sentando no sofá.

- Sei! Bom... vou lá então. – e assim fiz. Me levantei, peguei meu casaco e fui em direção a porta. Dava de sentir o ciúme de Bakugou de longe, apenas ignorei.

Após caminhar um pouco, cheguei na parte coberta que Mina havia me dito, e lá vi os dois, sentados e conversando.

- Ah, olá S/N-san. – disse Todoroki ao me ver se aproximar e me juntar a eles, Tokoyami apenas acenou com a cabeça.

- Olá rapazes! – disse animada. – Então, o que houve.

Os dois se olharam hesitantes, até Tokoyami decidir falar. – Bom... estávamos conversando sobre seu desempenho na luta com a Turma B e... – o mesmo parou e olhou para Todoroki, aparentemente em busca de ajuda.

- E bom... somos uma equipe, sabe? – falou com certa dificuldade. – E bem... entende?

Eu os olhei extremamente confusa. – Garotos, eu não faço a mínima ideia do que estão querendo dizer.

- Ah, pelo amor das sombras!! – ouvi uma voz conhecida vinda de Tokoyami, ou melhor, de sua barriga, até ver Dark Shadow surgir e ficar em minha frente. – Que parceiros comunicativos nós temos, hein S/N-chan!?

- Dark Shadow!! – exclamei fazendo um ‘toca aqui’ com o mesmo. – Qual a boa??

- Só vim traduzir o que esses 2 introvertidos queriam dizer. – respondeu apontando para Todoroki e Tokoyami, que pareciam envergonhados. – O que eles querem dizer é que estávamos preocupados com você. Somos um time e ainda por cima, amigos. Se tiver algo te incomodando, poderemos lhe ajudar, não precisa carregar o fardo sozinha.

Encarei os 3 incrédula, não sabia que estava causando tanta preocupação e que deixei transparecer minha ansiedade em relação as dificuldades que estava tendo. – Oh, me desculpem meninos... eu não queria deixar vocês preocupados. – disse por fim, fazendo a atenção dos mesmos se voltarem para mim. – Eu... eu recebi uma encomenda que me deixou um pouco apreensiva, mas...

Fiquei calada por alguns segundos, pensado se realmente deveria contar para eles.

- S/N-san? – chamou Todoroki me tirando de meus devaneios.

- Mas... – continuei. – agora estou melhor, foi apenas um mal entendido e eu nem deveria ter me preocupado tanto, foi algo bobo. Me desculpem.

Todos ali soltaram um longo suspiro. – Ainda bem que não é nada grave. – falou Tokoyami. – Realmente estávamos preocupados.

- Ficamos felizes em ouvir que está tudo bem, mas caso aconteça algo no futuro, não hesite em nos falar. – falou Dark Shadow sorridente.

- Até também se o Bakugou lhe fizer algo que não te agrade. – comentou Todoroki sério.

- Não se preocupe, nós estamos indo bem e-. – neste momento me dei conta de com quem estava falando e senti minhas bochechas esquentaram na hora. – Q-Q-Que?? Do que estão f-falando Todoroki-kun?? Eu e o Kats- digo, eu e o Bakugou não temos nada de mais.

Shoto piscou os olhos confuso, pendendo a cabeça para o lado, inocentemente. – Mas naquele dia você estava no quarto-.

- NANANANANA! Errr, e aquilo que você comentou comigo na enfermaria Tokoyami-kun? Errr... sobre o ser das sombras e tals, hahaha. – disse de forma nervosa tentando mudar de assunto o mais rápido possível.

- Ah, você já disse a ela Fumikage? – questionou Dark Shadow, e Tokoyami concordou. – Isso eu posso explicar. Muitos usuários das sombras podem invocar seres das trevas, não é raro essa possibilidade, mas é extremamente difícil e só aqueles com uma grande quantidade de poder, conseguem controlá-los.

- Já ouvi histórias de usuários que foram devorados pelos seus seres sombrios, por não terem poder o suficiente para domá-los. – acrescentou Tokoyami.

- Wow, isso deve ser perigoso... por que acham que eu... que eu consigo? – indaguei apreensiva, não confiava no meu potencial.

- Sua aura mudou, isso significa um grande avanço. – explicou a sombra. – Quanto mais cedo começar a tentar invocá-lo, mais fácil será de domá-lo.

- E como eu posso fazer isso?

- Tem que ser ao ar livre, porém em um dia escuro... como este. – explicou Tokoyami. – Você precisa entrar em sintonia com sua aura sombria e quando estiverem conectadas, lançar um ataque em uma superfície plana e falar “Wezwanie” (se pronuncia: vezvaniê) que significa “invocação” em polonês, a terra natal dos nossos ancestrais sombrios.

- Nossa... eu nunca imaginei que nossa individualidade fosse tão abrangente. Eu... eu quero tentar! – falei confiante fazendo tanto Dark Shadow quanto Tokoyami sorrirem.

- Podemos te ajudar. O que acha de tentarmos agora? – sugeriu a sombra, em seguida Tokoyami se levantou.

Os acompanhei e levantei decidia também. – Certo! Conheço um parque aqui perto que é perfeito para treinar.

- Ótimo, vamos?

- Sim!

- Bom, acho que não vou poder ajudar muito vocês nesse quesito. – disse Todoroki que até então estava calado. – Então vou voltar para dentro, boa sorte! – o mesmo deu um sorriso simpático e acenou se despedindo.

- Me mostre o caminho. – pediu Tokoyami, se referindo ao caminho do parque.

Apenas sorri e saí em disparada, mostrando a direção e tomando cuidado para não escorregar nas enormes poças de água que se formavam por conta da forte chuva que ainda não havia cessado.

...

Depois de alguns minutos caminhando, os 3 finalmente chegaram ao parque que S/N tanto gostava. – Chegamos! – exclamou a brasileira completamente encharcada. – Sempre venho aqui, inclusive treinei aqui com um cara que conheci, ele se chama Dobi. Quem sabe encontremos ele por aqui.

- Realmente aqui é um ótimo lugar, tem bastante espaço ali atrás. – falou Tokoyami também encharcado.

- Sim! Vamos para lá. – disse S/N puxando o garoto para o local onde havia treinado anteriormente com Dabi.

- Certo, aqui está ótimo. – Tokoyami tirou sua capa e a colocou em S/N. – Já está bem nublado, mas quanto mais escuro seu corpo estiver, melhor. Essa chuva também vai ajudar, já que sua individualidade tem ligação com o frio.

- Obrigada, Tokoyami-kun. – disse S/N se sentando no chão e fechando os olhos para se concentrar.

Tokoyami e Dark Shadow ficavam rodeando a brasileira enquanto diziam dicas para que a garota entrasse em sintonia com sua aura.

S/N permanecia com os olhos fechados, apenas sentindo os fortes e contínuos pingos de chuva em seu corpo e as vozes calmas de seus amigos. Mas sua concentração foi tirada ao ouvir um alto estrondo, que a assustou.

- Isso foi um trovão?? – perguntou gritando para que Tokoyami a ouvisse, já que o barulho da tempestade estava muito alto.

- Acho que algum raio caiu aqui perto!! – gritou Tokoyami em resposta. – Não se preocupe, pode continuar.

A garota obedeceu e retomou a concentração. Após alguns minutos, S/N sentia que sua aura estava cada vez maior e estava começando a senti-la com clareza. – Tokoyami-kun, Dark Shadow, acho que vejo alguma coisa no interior de minhas sombras! – gritou, ainda de olhos fechados para não perder a concentração.

- Isso é bom! Continue indo mais afundo, logo vai encontrar uma silhueta de algum animal, quando vê-la, se aproxime e diga a palavra de invocação! – gritou Dark Shadow de volta.

S/N continuou a procurar essa tal silhueta e encontrou algo que parecia um enorme lobo. – Isso, achei você! – pensou a garota, tentando se aproximar. O lobo estava agitado, mas S/N continuou sem medo, como se estivessem conectados por algo invisível.

- Acho que ela achou. – murmurou Tokoyami para si.

S/N lentamente colocou sua mão em frente ao enorme lobo, esperando que o mesmo a reconhecesse. – Calminha... – sussurrava para o lobo que começava a cheirar sua mão e se aproximar, até encostar na mesma. – Isso! Agora tenho que dizer a palavra... como era? Wez... Wezwana!!

Ao dizer isso, uma grande explosão negra ocorreu, assustando os dois que estavam ali e fazendo S/N voar longe.

- S/N-SAN!! – exclamou Tokoyami correndo até a garota caída. – Você está bem?!

- Ai... eu não sabia que isso iria acontecer... – reclamou a brasileira se levantando com dificuldades com a mão na cabeça.

- Não era pra isso ter acontecido. – explicou Dark Shadow preocupado. – Nunca vi algo assim acontecer, mas houve uma reação, vejam! – a sombra apontou para o local onde S/N estava antes. Por conta da grossa chuva, era difícil ver, então decidiram se aproximar.

- O que é isso? – questionou Tokoyami se abaixando para ver.

- Parece um filhotinho... que fofo!! – exclamou S/N ficando por cima do filhote para que o mesmo não pegasse mais chuva. Parecia um lobo recém nascido, mal tinha pelos, seu focinho era bem redondo e estava dormindo.

- O que aconteceu?? – indagou Dark confuso com a situação.

- Bom, como vocês disseram eu vi uma silhueta de um enorme lobo e me aproximei com cautela, ele me cheirou e se encostou em mim, então falei a palavra lá... Wezwana e então a explosão aconteceu.

- Falou o que?! – indagaram os dois amigos juntos.

S/N ficou um pouco envergonhada, aparentemente havia feito algo errado. – Wezwana...?

- A palavra correta era Wezwanie, S/N-san... – falou Tokoyami.

- M-Me desculpem!! E agora?? – perguntou S/N preocupada.

- Se acalmem, não é tão grave. – explicou Dark Shadow. – Basicamente você fez com que aquele grande lobo voltasse a ser filhote, é a mesma coisa de antes, porém... você terá que treiná-lo desde pequeno. Por um lado é bom, que ele vai te conhecer e se acostumar melhor com você, mas vai demorar um tempo até ele estar pronto para combate.

- Como eu posso cuidar dele? Só quero que ele fique bem. – perguntou a brasileira desesperada, era sua culpa aquilo tudo, não queria causar mal ao pequeno lobinho.

- Não se preocupe, tenho certeza que na biblioteca da escola deve ter algo sobre isso. – confortou Tokoyami colocando uma mão sob o ombro da garota. – Mas por hora, acho melhor mandá-lo de volta para as sombras, filhotes tão pequeninos assim, não podem ficar muito tempo longe das trevas.

- Como faço para mandar ele de volta?

- Diga “Wróć” (se pronuncia: vruti) que significa “voltar" no polonês. – respondeu Dark Shadow rapidamente.

- Wróć! – desta vez S/N falou a palavra corretamente, fazendo o pequeno filhote desaparecer. – Acho que chega de treino por hoje, estou exausta e minhas roupas estão pesadas. – reclamou a garota deitando na grama.

- Você tem razão, va-. – mas ates que Tokoyami pudesse terminar sua frase, uma figura apareceu em sua frente.

- Mas já vão...? A festa ainda nem começou...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...