1. Spirit Fanfics >
  2. Memórias de um Amor >
  3. Único

História Memórias de um Amor - Capítulo 1


Escrita por: e Psikyoshi


Notas do Autor


Nem acredito que depois de eras eu tô postando de novo, enfim kkkk livre espontânea pressão de minha soulmate

Universo alternativo galerinha, então vai ter umas mudanças na história "-"

Enfim, se divirtam ou chorem, depende KKKSKSMSK

Lovu

Capítulo 1 - Único


A única luz presente no ambiente era a que transpassava as leves cortinas de minha janela. Deitado em minha cama, lagrimas finas e silenciosas molhavam minhas bochechas. Seu cheiro ainda estava presente nas cobertas e em todo o quarto, era a única coisa que me proporcionava algum conforto emocional, ainda que me deixasse triste.

Fechando meus olhos, lembrava de suas delicadas e pequenas mãos comparadas as minhas. Era tão aconchegante quando nossos dedos se entrelaçavam, me davam segurança, aliviavam minhas emoções conflituosas, bem como suas palavras doces, dizendo que tudo ficaria bem, mesmo que soubéssemos que não ficaria, já que sua morte já havia sido sentenciada.

Vivíamos fugindo, mas isso não era de todo um incomodo afinal, encontrávamos abrigo nos braços um do outro, no carinho e nos beijos. Seus cabelos sempre espalhados em meu peito quando estava deitado sobre mim, permitindo que eu lhe oferecesse afago. Minhas mãos acariciavam ele lentamente apreciando suas sardas e sentindo sua respiração mudar rapidamente pelo leve toque de minha mão contra sua pele, ele se arrepiava facilmente, principalmente com meus selares em sua derme, eu simplesmente não conseguia me controlar perto dele, sentia falta de seus abraços, suas carícias e principalmente seu sorriso, que melhorava o pior dos meus maus humores.

Eu estava enlouquecendo lentamente pela dor que era perde-lo novamente, dessa vez sem esperanças que ele voltasse a salvo para proteger sua família. Eu ainda podia sentir sua presença, contradizendo o vazio e a saudade, todos meus sentimentos estavam uma completa bagunça ruim, eu sentia ainda vividamente seu sangue deixando seu corpo que ainda insistia em permanecer quente rente ao meu peito, escorregando entre meus dedos fazendo com que seu último suspiro e pedido de desculpas fossem em meus braços.

Não o segurei o suficiente, queria ter o protegido, não havia um segundo que eu não me culpasse por isso, preferia mil vezes ter morrido no lugar dele, essa dor era sufocante demais. Se tivesse ao menos percebido o que ele iria fazer, eu não o teria deixado escapar dentre minhas súplicas, me vi implorando para que ele permanecesse ao meu lado e não se deixasse levar pela vingança da morte de um irmão, porém ele era impulsivo ficou cego de raiva, sentenciando seu fim doloroso, sempre protegendo quem lhe era importante, mas em contrapartida, me despedaçando por inteiro.

Eu o amava muito e doía como o próprio inferno saber que nunca mais o teria comigo. Meu único motivo para não me entregar pra marinha e acabar com todo esse sofrimento, é que eu sabia o quanto isso seria desrespeitoso ao seu sacrifício. Nunca, jamais, eu deixaria aqueles vermes levarem minha vida, do mesmo jeito que levaram a dele.

Me restava chorar sua morte e lembrar dos momentos bons que eu tive com Ace. Do seu riso, do seu perfume, de sua personalidade forte, do seu carinho, do seu beijo, do seu amor por mim e por sua família.

Um dia, eu pretendia voltar para seus braços.


Notas Finais


É isto... Por enquanto
Voltarei com mais fanfics em breve, mas vai ser do bangtan, como eram antigamente.

Vai ter BDSM e tal, subzinha que sou não me aguento KKKSKSKSKSK

Até meus cordeirinhos, beijos da Tia Tory e da amiguinha Feijão.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...