História Memorias de um amor eterno - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens Izuku Midoriya (Deku), Katsuki Bakugou, Ochako Uraraka (Uravity), Personagens Originais, Shouta Aizawa (Eraserhead), Shouto Todoroki, Tenya Iida, Toshinori Yagi (All Might), Tsuyu Asui
Tags Bakudeku, Bakugou X Deku, Katsudeku, Tododeku, Todoroki X Deku
Visualizações 119
Palavras 431
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Ecchi, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Sci-Fi, Shonen-Ai, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oiii povo, Sorry pela demora, preguiça reinou, criatividade vazou e eu me f*di.... Basicamente é isso ehheheh

Capítulo 16 - Aceitando os fatos


Fanfic / Fanfiction Memorias de um amor eterno - Capítulo 16 - Aceitando os fatos

Katsuki 

Eu parei de contar depois dos dois meses que ele fora embora, só estava me fazendo, eu não conseguia respirar, não que o tenha superado, longe disso eu apenas queria seguir em frente igual a ele, ainda que eu tenha o esquecido, posso sentir um medo no fundo do meu peito, e uma angústia que ele já pode ter morrido, acaba comigo. Eu entendo que ele teve que ir, sair da rotina, mas porra, não mandar uma mísera mensagem para mim, machuca como pensei que nunca machucaria.... Porque é que eu tenho que te amar tanto!?

Midorya 

Já tinha passado dois messes, e eu estava voltando, sentia saudades da rotina da Yuuei, dos meus amigos e deles, não que eles não sejam meus amigos (dois " não " é isso aí, me desculpem :/ ) é que eles são especiais de um outro modo, eles me passam a sensação de preteção. Sei que foi muito cruel da minha parte não ter tido a coragem de mandar uma única mensagem para eles, mas agora estou voltando e vou recomeçar a minha vida, mesmo que o tempo seja extremamente curto. Na minha viagem de volta eu não trouxe apenas as malas, ela veio comigo, a minha psicóloga, a havia mencionado que queria ficar comigo, até o fim e que haviam oferecido uma vaga como psicóloga na Yuuei e eu tinha amado essa parte, pelo menos ela não deixa eu perder a linha. 

Depois do final de semana, arrumando a casa e conversando com a minha família a respeito de tudo, é finalmente a hora de voltar a rotina, seria mentira que eu não estava animado.

No portão de entrada do colégio, uma ser totalmente histérica tinha me parado, obviamente que foi minha melhor amiga, Ochako.

-Ahhhh Deku eu estava morrendo de saudades de você- ela me solta e me olha como se fosse uma mãe que não vê seu filho a anos. -Olha como você cresceu, mas está mais magro, você tem comido direito, criança?- eu apenas ri de toda aquela situação, porém estávamos chamando muita atenção, e em pouco tempo, nós fomos rodiados, todos queriam saber o que estava acontecendo comigo, porque eu não aparecia na escola durante todos esses messes.

Não deu tempo para responder, o diretor me chamou para ter algumas conversas, que foram muito chata, ele me falou sobre responsabilidade, confiança e por fim me desejou melhoras. 

Tinha acabado de sair da sala do diretor e vi uma cena que me deixou um pouco incomodado, o Todoroki e a momo juntos e como um bom barraqueiro e fui lá.

-Oi Todoroki- ele travou.....



Notas Finais


Chegaram vivos até aqui? Espero que sim, bem foi isso que consegui escrever heheheeh até a próxima minna ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...