História Memorias na neve - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Escolar, Revelaçoes, Romance
Visualizações 54
Palavras 587
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Mistério, Romance e Novela, Seinen

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Pessoal, esse primeiro capítulo foi bem mais curto que eu esperava, mas esperem que nos próximos eu irei botar pra quebrar. E essa historia é inteiramente de minha autoria.

Capítulo 1 - Estação


Fanfic / Fanfiction Memorias na neve - Capítulo 1 - Estação

Era uma manhã bastante fria, assim como todas as manhãs daquela estação, fazia dezessete graus e o frio era tamanho que quase não sentia meus próprios dedos. Eu andava à caminho do trem que iria pegar para ir ao meu primeiro dia no ensino médio, caminhava contemplando a perfeição daquela belíssima estação que era o inverno, mas em compensação o frio extremo me fazia esquecer de toda essa beleza.

Vejo ao longe a estação de trem, e seu longo telhado estava coberto de neve, parecia até que ia desabar a qualquer momento, vou me aproximando, então chego ao meu destino, lá tínhamos paredes de madeira de carvalho que davam lugar a vários posteres, bancos onde sentavam algumas pessoas e um longo trilho de trem que cortava o local, além de uma bilheteria. Caminho até lá e olho para a bilheteira que pacientemente esperava novos clientes.

- Olha só quem chegou atrasado no primeiro dia de aula, não é mesmo Ollie? Se você tivesse chegado um pouco antes tinha pegado o primeiro trem. – Fala ela com um tom de intimidade pois era uma grade amiga minha.

-Desculpe, eu dormi demais. Acho que não devia ficar vendo tv até tarde todo dia. – Falo enquanto a entrego o dinheiro do bilhete.

-Toma, agora vá se sentar.

Dirijo-me até o único banco vazio que consigo encontrar, coloco minha mochila no meu colo e começo a esperar o trem. Fico olhando em volta e, de repente, uma garota que eu nunca vira antes se aproximava de mim, era linda de cabelos negros como o céu noturno que se juntavam em uma trança a qual se posicionava em cima do seu ombro e olhos azuis, que quando se olhava neles era como ver a imensidão do mar dentro de duas órbitas redondas, e como eu, ela também usava óculos.

-É... Então posso me sentar aqui? – Fala ela vermelha como um tomate.

-Opa! Claro! – Respondo-o ao abrir espaço para ela se sentar.

Depois disso ela fica em silêncio lendo um livro que trazia em sua mão.

 Tempo se passa e hora ou outra nós trocávamos olhares, sempre rápidos e frustrantes, de algum jeito eu estava louco para saber quem seria aquela misteriosa garota mesmo que algo me dissesse que eu já a tinha visto em algum lugar, e sendo sincero sinto que já esqueci várias coisas. Que sensação horrível!

-Então... Você está no ensino médio? 

-Sim. – Ela responde

-Que ano você está? 

-Primeiro. - Responde.

Eu estava frustrado com as respostas dadas por ela, frias e fechadas. ”Poxa será que falei alguma coisa errada” pensava.

Então, de repente, ela dá um forte suspiro enquanto coloca o livro no colo.

-Desculpe... Eu não sou muito boa em fazer amigos. – Fala ela olhando para mim bastante envergonhada.

-Se quiser que eu te ensine.

-Faria isso por mim? – Pergunta-me com um sorriso.

-Claro. Por que não faria?

-Certo. O primeiro passo é conhecer melhor o seu alvo. Tente comigo.

-Oi, como é seu nome? O meu é Mary. – Fala ela.

-Muito bem Mary, o meu é Oliver.

-Prazer em te conhecer, Oliver,  espero solenemente que sejamos amigos. – Fala ela rindo um pouco.

Enquanto nós ríamos, ouvia-se ao longe o barulho que certamente seria do trem, que rapidamente chega à estação, era relativamente grande, mas não chegava a impressionar, e sua estrutura de ferro também não era lá essas coisas, mas mesmo assim eu adorava aquele trem e não o trocaria por nada. Então eu e ela nos dirigimos até ele e sentamos em uma das suas cabines. 


Notas Finais


Continua...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...