História Memórias Póstumas de Braz Lucas - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Lírica, Novela, Poesias, Romance
Visualizações 9
Palavras 254
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Drabble, Drama (Tragédia), Lírica, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Inspirado em Ed Sheeran - Castle On The Hill

https://m.youtube.com/watch?v=K0ibBPhiaG0

Capítulo 7 - À Gangue


Fanfic / Fanfiction Memórias Póstumas de Braz Lucas - Capítulo 7 - À Gangue


Ao fundo, escuto sua buzina 

A aguardava, ainda assim fora repentina 

Caminhava a meu encontro, em um castelo na colina


Antes mesmo de chegar, já lanço uma piada 

Você ri com vontade, como sempre camarada 

Dizendo com um sorriso, "Lucas, você não mudou nada"


Um meio abraço, junto a um aperto de mãos 

Sempre sorrindo, em meio a tantos "sims" e nãos 

Logo acompanhados pela chegada dos outros irmãos 


Servem a cerva, papo vai, papo vem 

Devo admitir, a tempos não me sentia tão bem 

Por um segundo ou outro, pensei até estar no além 


Futebol, garotas, os bons e velhos tempos 

Quando tudo era diversão e apenas bons pressentimentos  

Os mais falados nos corredores, despertando sentimentos


A ascensão, as quedas, os bons e maus momentos 

Decepções e fundamentos 

Vitórias e lamentos  


Alguns dos quais, já nem lembro direito 

Porém, recordo como subiram em meu conceito 

Ao caminharem a meu lado por tanto caminho estreito 


João, o cérebro, Wellison, o carisma, Carlos, o sensato, Vagner, o maluco, eu, o sarcástico 

Éramos aqueles que desafiavam o pragmático 

Conhecidos nas redondezas, como "Quinteto Fantástico"


Lembro também, dos coadjuvantes 

Alguns atrapalharam, outros ajudantes 

Mas as raízes fomos nós, os famosos principiantes 


Mas algo estava errado, e minha mente logo notou 

 Na verdade, praticamente me gritou 

No mesmo instante em que o alarme tocou 


Vocês me criaram, em momento algum me senti sozinho 

Escrevi essa caretice, correndo os olhos por algumas memórias, que até me entristeceram um pouquinho 

Me dei conta de que nunca os agradeci de verdade, aos mestres, com carinho. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...