História Memórias Póstumas de Braz Lucas - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Lírica, Novela, Poesias, Romance
Visualizações 5
Palavras 341
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Lírica, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 8 - Sobre Nós


Fanfic / Fanfiction Memórias Póstumas de Braz Lucas - Capítulo 8 - Sobre Nós


Vi você feliz e contente chegando 

Tão alegre, quase saltitando 


Vi você com suas amigas, gargalhando distraída 

Sem saber como ficava linda desse jeito, assim, tão descontraída 


Vi você indo na direção dele, o abraçando forte em seguida 

Vi os dois sorrirem, e você o beijando, nas pontas dos pés, de cabeça erguida 


Vi quando ele levou os lábios até seu ouvido

Vi sua expressão mudar, ao escutar o que quer que tenha sido 


Vi você o encarando, prontamente a se negar 

Mas quando ele a olhou de volta, vi você fraquejar 


Vi também você tentar o repreender 

Ao perceber que ele conseguia lhe convencer


Vi por fim, sua desistência e você concordar 

Pude sentir seu peito arder, o que me fez chorar 


Vi ele tentar te tranquilizar 

Dizendo que todos também iriam usar 


Vi você se trancar no banheiro 

E cheirar de uma só vez todo seu dinheiro 


Ouvi inspirações e um barulho de prato 

Todas as vezes em que entravas no quarto 


Ouvi que ele te deixou, logo depois de lhe viciar 

Ouvi que choravas em silêncio, e se recusava a parar 


Ouvi que pegaste gosto pela coisa, e que era incapaz de largar 

Ouvi que a tristeza era tanta, que chegastes a querer se matar 


Ouvi que seus pais sentiam vergonha, indispostos a ajudar 

Que sua solidão era tanta, que desaprendestes a amar 


Ouvi que seus amigos desapareceram 

Que quando mais precisavas, não compareceram 


Ouvi que te arrependestes, que sentia ódio de si mesma, que amargamente errou 

Que queria de volta tudo aquilo que um dia conquistou 


Ouvi você quebrando a promessa, ouvi o momento exato em que se entregou 

Ouvi quando congelastes bruscamente, na hora em que seu coração não mais bombeou 


Vi seu velório cheio, os amigos, até ouvi o choro de seus pais 

Senti raiva, mas de dizer verdades a todos eles não fui capaz


Vi fecharem a tampa, e me pergunto se faria diferença, não apenas ver e ouvir, mas abrir a boca, antes, durante ou após 

Por isso escrevi isto, sobre você, sobre mim, sobre nós.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...