1. Spirit Fanfics >
  2. Memories - uma história a nerd e o popular >
  3. Divisão de tarefas e encontro com alguém familiar

História Memories - uma história a nerd e o popular - Capítulo 10


Escrita por:


Notas do Autor


Boa tarde galera, em clima de quarentena nada melhor que ocupar a mente com leitura, por isso ai vai mais um capítulo da minha fic.
Temos duas perspectivas diferentes nesse capítulo.
Espero que gostem e obrigada a todos que lêem.

Capítulo 10 - Divisão de tarefas e encontro com alguém familiar


    O trabalho seria tão demorado quanto eu esperava, tinhamos decidido que hoje seria apenas para decidirmos o que íamos fazer, como íamos fazer e quem iria fazer cada coisa. Não me surpreendeu quando Lysi levantou e começou a pegar a dianteira mostrando o que deveríamos fazer e como deveríamos, apesar de estarmos na casa dela eu não sou do tipo que fica como coadjuvante em trabalhos, na área acadêmica eu sempre tomo a frente.

- A nossa primeira apresentação vai ser em slide, que eu vou fazer, quero que vocês façam as pesquisas e me mandem todos os arquivos e...

- Ou - eu digo me levantando e interrompendo Lysi - eu posso fazer o slide e você Lysi faz o material escrito enquanto Dylan e Julie pesquisam e nos mandam

- Mas eu realmente faço os slides bem - Lysi diz - e você tem cara de quem escreve muito bem

Ela estava certa eu realmente escrevo muito bem, mas não era esse o ponto

- Eu realmente escrevo muito bem, mas meus slides não ficam pra trás

- Assim como você não ficava pra trás na aula de Física - Lysi diz

Ok ela realmente disse isso no intuito de se exibir por ter ganhado

- Escuta aqui você não...

- Dá pra vocês pararem - Julie diz me interrompendo e fazendo com que eu e Lysi olhassemos pra ela - o trabalho não é só sobre vocês dois, somos um quarteto e precisam os tomar as decisões juntos

Eu e Lysi nos entreolhamos, ela bufou e sentou e em seguida eu sentei entre Dylan e Julie

- Dylan pode por favor ler o papel que a professora nos deu - Julie diz

- Ah claro - Dylan pega o papel e começa - Aqui diz que devemos fazer um slide, um manuscrito e algo artístico, como assim algo artístico?

- Obviamente algo relacionado a arte - Lysi diz - já que a primeira parte é a biografia poderíamos fazer um retrato.

- Ok, quem se habilita à fazer o quê - Julie diz

Eu e Lysi nos olhamos e ficamos em silêncio

- Ta eu posso fazer o escrito - Lysi levanta a mão e diz

- Então eu fico com o Slide - digo e sorrio

- Ótimo, mas todo mundo vai ter que fazer as pesquisas juntos porquê dessa forma nós já podemos ir separando o que cada um vai falar - Julie diz

Julie me surpreendeu, ela se saio uma boa líder, mas eu sabia que não era esse papel que ela queria exercer

- Como vamos fazer o retrato? - Lysi pergunta

- Ah eu faço - Dylan diz, o que faz com que todos nós olhassemos pra ele - O quê? Eu disse que iria ajudar

- Ok...Então parece que decidimos tudo, já são... - ela olha a hora no celular - 15:00 vamos adiantar um pouco das pesquisas agora e depois Julie e Zaki - ela aponta pra gente - podem fazer o trabalho de vocês, que eu e Dylan vamos fazer o nosso.

Assim que ela diz isso, abrimos o notebook e começamos a pesquisar, era meio estranho me envolver tanto assim em um trabalho em grupo, geralmente eu só pego a dianteira e faço tudo, mas dessa vez eu estava tendo ajuda e eu acho que estava gostando(?), era interessante ver Julie, Dylan e Lysi pesquisarem e compartilharem as informações entre e si e comigo, Lysi estava marcando partes principais que ela estava pensando em colocar no trabalho escrito, ela me mostrava todas as anotações, já que o slide teria que estar em harmonia com o escrito. Continuamos com a troca de informações por um tempo e quando nos demos conta já era cerca de 16:30.

- Ok, acho que devemos parar por hoje - Lysi diz fechando o notebook - ainda temos outros trabalhos pra fazer e o senhor Dylan precisa sair daqui às 18:00

- Eu não posso ser o único com hora marcada - Dylan diz e nos olha esperando uma resposta

- Na verdade eu também tenho compromisso às 18:00 - eu digo lembrando que às 18:00 passava meu programa de ficção favorito

- Eu disse que não sou o único - Dylan diz

- Mais um motivo para apressarmos as coisas - Lysi diz guardando os livros de história e pegando um de matemática - Eu e Dylan vamos fazer a atividade mais ali ao canto, podem ficar à vontade ai

Lysi pega Dylan pelo braço e o arrasta até um pouco mais perto dos pufes.

Eu olho pra Julie e ela parece estar um pouco inquieta, provavelmente nervosa pela atividade

- Você trouxe a folha? - pergunto

- Hã - ela parece acordar de um transe - Ah sim

Ela se vira abre a mochila e tira de dentro o livro de Química e a folha com as questões. A atividade em si era fácil, eu poderia fazer sozinho facilmente, mas Julie parecia querer participar então não neguei.

- Vamos começar - digo

Ela apenas confirma com a cabeça e analisa a folha, ela parece entender algumas questões e aponta as respostas corretas.

- Então essa é assim ne? - ela pergunta

- Na verdade não - eu me aproximo dela e juro que ouço um suspiro mas apenas ignoro e continuo - essa questão se resolve assim

Então eu começo a explicar a questão e era legal ver ela prestando atenção em mim, na verdade era até meio reconfortante, porquê as pessoas sempre me olham e meio que me ignoram por eu gostar de estudar ou levar as aulas muito a sério (bem eu não posso culpa-los, afinal meu intelecto era realmente superior), mas Julie parecia verdadeiramente gostar. Então eu decidi que não iria simplesmente responder tudo sozinho e iria tentar explica-la, Julie parecia ser legal e realmente parecia querer aprender e responder sozinha então resolvi ajudar

              -----------※------------

Lysi "gentilmente" me arrastou até o outro lado da sala, deixando Julie e Zaki sozinhos mais ao centro.

- Por que não podemos fazer lá? - pergunto

- Porque a nossa atividade é diferente e seria uma bagunça se ficassimos todos no mesmo cômodo, fazendo coisas diferentes - Lysi responde

Ok, ela tinha um ponto, mas eu ainda achava que era por outros motivos. Eu olhei pra Zaki e Julie, Zaki parecia ensinar a matéria a Julie, e ela estava meio vermelha. Voltei meu foco pra Lysi, ela lia o material de matemática, voltei a olhei ao redor, analisando a situação, era meio estranho tudo isso, sempre que tenho trabalho em grupo eu faço com os gêmeos e quando não temos a mesma aula eu entro em um grupo qualquer e faço minha parte em casa, eu só vim porquê Lysi praticamente deu uma ordem, sem falar que eles meio que duvidaram de mim.

- Ok Dylan, vamos começar - Lysi diz interrompendo meus pensamentos - Você vai tentar fazer essas e eu te ajudo

- Por que tentar? Como você sabe que eu não sei fazer? - digo

Ela abre um sorrisinho e responde

- Esqueceu que temos aula juntos, mas você pode tentar, afinal você está recebendo aula da melhor no assunto

- Depois eu sou o exibido - digo

- Ah cala a boca - ela diz me dando um peteleco na testa, o que faz nós dois rirmos - faz logo isso

Então eu começo a atividade e é claro que eventualmente eu peço a ajuda dela. Continuamos assim até que ouvimos um barulho vindo lá de cima, eu, Zaki e Julie olhamos pra Lysi

- Minha mãe deve ter chegado - ela olha o relógio - 18:05 galera

Eu e Zaki levantamos na hora e começamos a arrumar as coisas, eu não estava preocupado em estar atrasado afinal era uma festa não tinha uma hora certa, mas Zaki tinha um compromisso concreto então ele estava meio desesperado apesar de não mostrar.

- Espera ai, vamos conhecer sua mãe - Julie disse meio nervosa

- É, mas ela é tranquila e ela vai adorar você - Lysi diz e Julie respira meio aliviada

- Lysi precisamos subir agora - Zaki diz parecendo agoniado, o que ele com certeza estava

- Ok vamos - Lysi diz

Saímos da sala e Lysi fecha a porta, subimos a escada rápido e quando chegamos na cozinha ouvimos uma voz

- Lysi é você? Seus amigos ainda estão aqui - a voz era feminina e eu assumi que era a mãe de Lysi

- SIM MÃE - Lysi grita em resposta

Caminhamos até a sala e quando chegamos lá vimos uma mulher ruiva de olhos verdes e muito bonita, a mãe de Lysi não parecia ter mais de 30 anos e tinha um rosto um pouco familiar, olhei pra Zaki e ele estava batendo o pé no chão, como se estivesse ansioso, Julie estava o oposto, estava totalmente parada e boquiaberta

- Vo-Você é Amelie Vans? - Julie disse baixinho

Ao lado dela vi Lysi esconder o riso, a mãe de Lysi (a qual o nome parecia ser Amelie) riu e confirmou com a cabeça

- Eu sou super fã do seu trabalho - Julie diz se aproximando um pouco dela - Lysi nunca me disse que você era a mãe dela

- Eu queria fazer surpresa - Lysi diz segurando o riso

- Como vocês são amigas e você não sabia quem a mãe dela - eu pergunto baixinho só pra Julie ouvir

- Eu só conheço Lysi a uma semana me dá um desconto - ela responde no mesmo tom - É um prazer conhecê-la senhora Vans

- Igualmente - Amelie se aproxima e aperta a mão de Julie, que a olha encantada - Lysi me falou de você, e agora que a conheci posso dizer que adorei o seu estilo, ah e pode me chamar de Amelie

Julie parece ter perdido o chão, eu juro que vi ela cambalear um pouco e quase cair. Eu seguia ser entender direito o que estava acontecendo, já que não fazia ideia de quem Amelie é, apesar do rosto dela me ser familiar.

- Lysi - Zaki disse baixinho e Lysi o olhou - eu realmente preciso ir embora

Lysi só fez que sim com a cabeça e disse

- Ah mãe, os meninos tem compromisso então realmente precisam ir

- Ah certo certo, foi um prazer conhecer todos vocês - Amelie diz

- Igualmente Sra. Vans - eu aperto a mão dela e viro pro resto do pessoal - Hã... vejo vocês segunda

- Tchau Senhora Vans, tchau Lysi e Julie - Zaki diz fazendo um movimento com a cabeça - até segunda

Quando ele termina de falar ambos saímos pela porta, Zaki vai até lá fora e olha o celular, então eu me dei conta de que meu carro era o único no lado de fora o que significava que ele estava esperando por alguém ou iria de ônibus.

- Hã... quer carona? - eu pergunto

Ele olha pro relógio e afirma com a cabeça. Entramos no carro e saímos, não conversamos no caminho porquê na verdade eu não sabia o que falar e Zaki não parecia se importar com o silêncio. Em cerca de 10 minutos chegamos no local que ele queria, não parecia ser a casa dele, mas eu não queria me intrometer e perguntar, então eu só parei ele desceu e disse obrigado.

Segui o meu caminho até a casa de Ash. Assim que cheguei escutei o barulho alto, entrei e a casa estava lotada, eu não via nem os gêmeos nem Ash, então só passei direto pra mesa de bebidas, peguei uma garrafa, fui até o ponto mais calmo da festa e comecei a beber e a lembrar de todos os pontos daquela tarde que havia me surpreendido muito

  - Talvez eles sejam mais interessante do que eu imagino - digo pra mim mesmo e tomo mais um gole da bebida.


Notas Finais


Este foi o capitulo, espero que tenham gostado e obrigada por ler e acompanhar até aqui.
Próximo capítulo sexta ou sábado
Até mais, adoro vocês


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...