História Memories and stuff; SaikUm - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias MeiaUm (André Felipe), Rodrigo "Saiko" Ximenes
Tags Aiko, Isinha, Meiaum, Saiko, Tawonauta, Ycro
Visualizações 35
Palavras 542
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Fluffy, Musical (Songfic), Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


oi
sem ideias irmão
e adivinha? primeiro capítulo com o pov do meiaum :D

boa leitura c:

Capítulo 6 - Stress


Quando meu crush no Tawan estava contido – ele não acabou, ele só não era mais tão intenso – ele já fazia parte do grupo e tinha ficado mais próximo da gente, junto com Ycaro. Éramos só um grupo normal, até que Tawan começou a gostar de uma garota chamada Isabelle. Aí tudo desandou. Eu comecei a ter ciúmes e aquele sentimento não saía de mim. Doía ouvir ele falando dela o tempo todo no MSN.

Eu comecei a tentar me afastar dele. Demorava pra responder o que ele me mandava, e tentava não me importar, mas é claro que eu não conseguia ficar longe dele por muito tempo. Mas mesmo eu não conseguindo fazer o que eu queria, Tawan percebeu que eu tava estranho. Então, um dia ele me chamou no intervalo pra gente conversar. Só por ele ter me chamado, eu já tinha surtado. Quando eu cheguei no lugar que ele tinha marcado da gente ir, eu estava mais vermelho do que tudo e suava frio.

Até que eu vi ele. Ele percebeu que eu estava lá e sorriu. E, falando sério, aquele sorriso me matava.

 

-Oi, Dré!

-Oi, Tawo – Sorri – Sobre o que você queria falar?

-Você parece estranho. Eu fiz alguma coisa de errado? – Você parecia realmente preocupado.

-Claro que não.

-Então, o que aconteceu? – Ele sorriu de novo. Ele tentava me reconfortar, mas eu só ficava mais nervoso.

-Nada não, eu só tenho muita coisa do colégio pra fazer, sabe? É pressão demais – Ri, desconfortável.

-Ah, claro – Ele pareceu não acreditar, mas preferiu não tentar descobrir o motivo real de eu estar daquele jeito – Eu posso ajudar?

-C-como? –Arregalei um pouco os olhos.

-Eu posso te ajudar com o dever de casa, estudar e essas coisas, cê sabe – Ele sorriu, animado.

Enquanto isso, eu só surtava – P-pode ser. Mas como a gente vai fazer isso?

-A gente pode ir pra minha casa pra estudar quando você tiver alguma dificuldade, – Eu senti meu rosto começar a esquentar – aproveitando que minha mãe só volta às nove e a gente tem a casa só pra gente.

-A-ah, obrigada. Claro que a gente pode! Obrigada.. – Deus que perdoe o André de quatorze anos pelos pensamentos ‘’impuros’’ que passavam pela cabeça dele.

-Ótimo! A gente pode começar hoje, inclusive – Um sorriso estava estampado no rosto dele até aquele momento.

-Tá bom – Ri, nervoso – Bem, eu acho que o Saiko deve estar sentindo minha falta, então eu vou voltar. Tchau!

-Tá..? – Foi tudo que eu consegui ouvir antes de sair correndo. Sim, eu realmente estava surtando.

 

Assim que eu cheguei no lugar que a gente sempre ficava – um lugar perto das nossas salas -, eu me joguei do seu lado.

 

-Que porra é essa, André?

-O Tawo, ele.. – Respirei fundo, tentando recuperar o ar – Ele me chamou pra estudar na casa dele, e eu acho que eu vou morrer.

-Quê? – Você sorriu, rindo da minha cara completamente vermelha.

-É sério, Saiko! Eu tô em desespero.

-Dré, ele gosta de uma garota, tu tá ligado, né?

-Sim, mas nunca se sabe – Ri.

-É, claro que você vai conseguir conquistar ele com todo esse seu jeito – Você revirou os olhos, corado, e eu não entendia o porquê.

-Obrigada pelo incentivo.

-De nada, tô aqui pra isso.


Notas Finais


é isso
tá curtinho mas né jasdkjakshd

valeu por ler :D


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...