História Memories (Imagine Jeon Jungkook) - Capítulo 59


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bangtan Boys (BTS)
Visualizações 99
Palavras 1.224
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem :)

Me desculpem pelos erros, e, também, pela demora.

Capítulo 59 - Capítulo 57


Fanfic / Fanfiction Memories (Imagine Jeon Jungkook) - Capítulo 59 - Capítulo 57

Passados alguns dias depois daquele acontecido na escola, eu me encontrava paranoica. Estava eu e Jungkook na minha casa no quarto.

 

S/N: - O que eu tava pensando? A gente foi tão imprudente!

 

JK: - Calma S/A. Você ainda nem tem certeza de nada.

 

S/N: - Mas eu tô com medo. - Meus olhos começaram a lacrimejar, e Jungkook imediatamente se levantou e veio me abraçar, e ao mesmo tempo afagava meus cabelos.

 

JK: - Independente do que for, eu estarei com você. - Eu assenti e ele beijou o topo da minha cabeça.

 

Depois que fiquei um pouco mais calma, nós dois descemos e falamos pra minha mãe que íamos dar uma volta, e então saímos. Namjoon e Taylor estavam nos esperando com o pacote em mãos, eu tinha pedido pra que Taylor fosse comprar, pois a mesma parecia mais velha e mais madura, ao contrário de mim.

Nam estava dirigindo, então ele nos levou até sua casa.

 

[ S/N OFF | JUNGKOOK ON ]

 

Todos esperamos S/N, enquanto ela se encontrava no banheiro fazendo o teste de gravidez. Eu estava roendo minhas unhas, até que ouvi a maçaneta, e minha namorada saindo com o teste em mãos.

 

JK: - E então? - Fui até ela.

 

S/N: - Negativo… - Nós todos suspiramos.

 

TY: - Isso é pra vocês aprenderem a não fazerem mais besteira, principalmente dentro da escola.

 

NJ: - E se forem fazer, por favor, usem camisin… AII! - Taylor havia dado uma cotovelada nele.

 

TY: - Acho que eles já estenderam.

 

NJ: - Enfim, só tomem as devidas precauções. Agora vamos. Vou levar vocês pra casa.

 

_________________________________________

 

Passaram-se alguns dias depois do acontecido, e S/N continuava com suas crises de ciúmes, eu a amava demais, mas, às vezes, parecia que a mesma não confiava em mim.

 

Combinei de me encontrar com ela na quadra após as aulas, ela havia ido resolver alguma coisa sobre sua nota com o professor, então eu fui primeiro. Quando cheguei no local, de primeira ele parecia vazio, mas percebi uma pessoa sentada na arquibancada chorando, me aproximei, e percebi que era a Cho Hee. Me sentei ao seu lado, e a mesma olhou pra mim.

 

CHO: - Sunbae… o que faz aqui? - Ela limpou algumas lágrimas.

 

JK: - Eu quem pergunto. O que está fazendo aqui, e ainda por cima chorando?

 

CHO: - Não é nada. - Ela desviou o olhar. Eu coloquei minha mão em seu ombro, e a mesma me olhou surpreso.

 

JK: - Você pode me dizer.

 

CHO: - É que eu gosto de um cara.

 

JK: - Mas isso é uma boa coisa, não?

 

CHO: - Seria, mas ele namora.

 

JK: - Poxa… que chato. Mas, será que é sério?

 

CHO: - Infelizmente, eu acho que sim.

 

JK: - Talvez você devesse tentar sair com outras pessoas.

 

CHO: - E-eu não consigo. Eu o vejo todos os dias.

 

JK: - Se você quiser, não precisa me responder. Mas, quem seria esse cara?

 

CHO: - Você me deixaria te mostrar? - Eu fiquei meio confuso, mas assenti com a cabeça. A mesma se virou pra mim e tomou meus lábios pra si.

 

[ JUNGKOOK OFF | S/N ON ]

 

Acabei demorando um pouco mais que o esperado falando com o professor. Assim que ele me dispensou, eu fui correndo até a quadra, mas no momento em que cheguei me arrependi.

Minhas pernas ficaram bambas, minhas mãos suavam e meus olhos se encheram de água. Assim que Jungkook os separou ele notou minha presença, seu olhar foi de surpresa e preocupação, ele imediatamente começou a vir na minha direção, e apesar das minhas pernas fraquejarem, eu consegui movê-las e saí correndo.

 

JK: - S/A ESPERA! - Ele gritou, mas eu só corri ainda mais. Não sabia exatamente pra onde estava indo, até que me bati contra a alguém.

 

SG: - S/A, o que houve? - Eu o olhei procurando a palavras certas, mas não as encontrei, então comecei a chorar mais alto. Ele me abraçou carinhosamente, e afagou meus cabelos. - Vamos pra um local mais calmo. - Nós fomos até um parque um pouco afastado da escola, e nos sentamos na grama longe de outras pessoas. Coloquei minha cabeça no ombro do meu oppa enquanto seu braço rodeava meus ombros. - Você vai me contar o que aconteceu? - Eu não respondi nada, e continuei chorando baixinho. - Foi o Jungkook não foi? - Eu assenti. - Quando você estiver mais calma eu irei matá-lo. - Ele disse naturalmente, o que me fez rir um pouco. - Pelo menos você riu.

 

S/N: - A culpa não foi dele…

 

SG: - Culpa do que S/A?

 

S/N: - Aquela novata que está sempre atrás dele, ela o beijou.

 

SG: - E ele deixou?

 

S/N: - Mas ele os separou na mesma hora. Eu vi o que aconteceu, mas mesmo assim…

 

SG: - Se você quiser eu falo com ele. Até porque você tem o direito de ficar magoada, mesmo a culpa não tendo sido dele. - Assenti.

 

Nós continuamos por mais algum tempo no parque, ter Yoongi como irmão era uma das coisas que eu mais gostava em ter sido adotada. Por mais que não tivéssemos o mesmo sangue, ele me tratava como sua verdadeira irmã. Ele sempre esteve lá pra me apoiar e me proteger, fosse o que fosse, ele jamais me decepcionaria. Quando chegamos em casa, eu subi pro quarto e o mesmo foi procurar nossa mãe.

 

[ S/N OFF | YOONGI ON ]

 

Procurei minha omma, mas não a achei, até que vi um bilhete grudado na geladeira, ela havia saído com a mãe do Jungkook para resolver algumas coisas sobre o café.

Assim que comi alguma coisa, fui até a casa ao lado e bati à porta. No mesmo momento, o garoto alto e de cabelos escuros me atendeu. Seus olhos estavam avermelhados, o que significava que ele havia chorado.

 

SG: - Precisamos conversar. - Ele me deu passagem pra entrar, e nós dois nos sentamos no sofá.

 

JK: - Imagino que a S/A já tenha te contado. - Assenti.

 

SG: - Eu não vim aqui pra brigar com você. E antes que você dê alguma desculpa sobre o acontecido, você precisa saber que a S/A viu o que realmente aconteceu, mas ela só precisa de algum tempo, porque ela está muito magoada.

 

JK: - Ela não está brava? - Ele me olhou surpreso.

 

SG: - Não. Mas também não está pronta pra te ver. Quando ela estiver, ela virá até você, não se preocupe. Agora se arrume.

 

JK: - Me arrumar? - Assenti. - Pra quê?

 

SG: - Nós vamos sair com os outros. A S/N não respondeu nenhum deles, então nós dois contaremos, antes que eles entendam tudo errado.

 

JK: - Tá. - Ele se levantou e subiu até o seu quarto pra se trocar.

 

[ YOONGI OFF | S/N ]

 

Desde que tinha chegado, só havia comido alguns petiscos, já era 01:15 AM e eu não conseguia dormir, Yoongi ainda não havia chegado. Minha omma já estava dormindo, e eu estava no sofá assistindo séries, até que a campainha toca, fui abrir e me deparei com Yoongi, e atrás dele estavam as minhas quatro amigas. Meu oppa bagunçou meu cabelo e entrou, e em seguida as meninas me abraçaram em grupo e eu comecei a chorar.


Notas Finais


♥♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...