1. Spirit Fanfics >
  2. Memory -Imagine JungKook >
  3. XVIII

História Memory -Imagine JungKook - Capítulo 18


Escrita por:


Notas do Autor


Já levaram as mãos com a água e sabão hoje?

Boa leituras meus anjos💙

Capítulo 18 - XVIII


S/n On
-Olha, não vou mais mentir pra você. Isso aqui não é a sua verdadeira casa, essa não é a vida, Jeon não é seu marido!
Aquelas palavras estavam voando pela minha cabeça, não era muito diferente do que o Taehyung me falou nesses últimos dias.

Mas se eu não sou casada com o Jeon, pq eu estou aqui? Pra mim, todos estão mentindo.

-Então pq eu estou aqui e por você está aqui? -perguntei para a mesma.

-Tenta lembrar daquele dia S/n... A gente tava no banheiro da festa, os caras do Jeon invadiu, levei uma pancada muito forte na cabeça e quando acordei eu não te vi mais...

  Nick On

-S/n! finalmente você chegou... - falou o pai da S/n separando o abraço, logo em seguida ele segura a mão da seu nome e roda ela -você está linda!

-Obrigado pai, você também não está nada mal -falou a mesma brincando.

O mesmo deu uma risada alta e logo me comprimentou, os meus pais vieram e me abraçaram.
Fizeram tantas perguntas que a minha cabeça estava rodando com aquilo tudo.

Eles acabaram indo para outro cômodo da casa, falaram que precisavam resolver negócios. Sempre tive curiosidade pra saber os segredos que eles guardavam, mas a S/n sempre mandou eu deixar isso de lado.

Arrastei S/n para mesa de bebidas, ela precisa se animar um pouco, peguei dois copos e um deles eu entreguei para a mesma.

-Não...

-Aaa S/n, só um pouco.

Depois de muita insistência, ela acabou tomando um copo.

Ficamos um tempo por ali, já tinha perdido até as contas de quantos copos tomei. Eu tava muito animada, então comecei a dançar uma música eletrônica que tocava. Parei de dançar quando vi que Yoongi tinha chegado. Ele estava acompanhado também de um homem que me deixou incomodada só de olhar pra ele. E pq caralhas o Yoongi tá aqui? Qual é o problema dele? Sai correndo dali e fui para o banheiro.

Eu amei muito o Yoongi e quando ele se afastou sem dizer mais nada, meu mundo desabou. Eu nunca amei ninguém como eu amo ele e esse é o meu medo, não amar mais ninguém.

Estava na frente do espelho chorando, minha maquiagem estava toda borrada, mas quem liga pra isso em um momento desses?

Parece que quando eu to esquecendo e vejo o Yoongi, todo o sentimento volta.

A porta do banheiro abriu revelando a S/n. A mesma correu para onde eu estava, ela ligou a torneira e pegou o lencinho que estava na minha mão.

Ela lavou ele e passou no meu rosto. A mesma ajeitou o cabelo e me deu um abraço de lado.

-Se quiser podemos ir agora... -a mesma falou.

-Eu quero.

A mesmo segurou minha mão e quando íamos sair do banheiro, um homem ficou na nossa frente empatando a gente de passar. S/n tentou empurrar ele algumas vezes mas não adiantou, parece que ela nem tinha forças pra ele. O mesmo não se mexia e nem saia do lugar.

Não deu tempo de fazer nada, o mesmo me empurrou a S/n com uma força tão grande. Ela bateu as costas na parede e logo começou a gemer de dor.

A mesma começou a chorar, ela não conseguia nem se mexer. Eu estava muito assustada com aquilo então comecei a gritar pedindo ajuda.

O homem deu uma pancada na minha cabeça, cai no chão pq eu não tinha mais forças pra ficar em pé. Vi que eu estava sangrando, eu estava morrendo de dor, mas logo eu apaguei.
______________________

Acordei em uma floresta, não tinha nada além de árvores e mais árvores. Senti uma dor forte na cabeça e logo me lembrei oq tinha acontecido.

Pq eu estou aqui? Eles acharam que eu morri e me jogaram aqui para os animais comer?

Andei por horas e horas naquela florestal, meu vestido nem podia ser considerado um vestido.

Eu não sei quantas dias passei aqui, não sei exatamente onde eu estou. E não sei se vou conseguir sair. Meus pés doem, eu estou com sede e com fome...

Escutei algumas pessoas brincando perto de onde eu estava. Não sabia se eram boas pessoas, mas eu precisava arriscar.

Segui as vozes que estava ouvido e cheguei no rio, tinha alguns pessoas que estavam tomando banho, acho que eles estavam fazendo um acampamento. Me aproximei bem devagar deles.

-Licença, vocês poderiam me ajudar...?

Todos estavam muito assustados com a minha presença ali, logo surgiram vários olhares de desconfiança.

-Eu não quero machucar ninguém... Eu só quero sair dessa floresta...

Um homem saiu da água, muitos gritaram pra ele não sair, mas mesmo assim ele saiu.

Ele chegou em mim e segurou minha mão.

-Vou te ajuda, mas primeiro você precisa se limpar.
____________________

Passou uns três dias que eu sai daquela floresta, Kwan me ajudou muito esses dias. Ele me ajudou com o meu cabelo e todo meu visual para ninguem me reconhecer, me deu um abrigo e me ajuda com umas partes da investigação.

Não tenho muita coisa, mas descobri que aquele homem que estava com Yoongi era Jeon, chefe de uma das máfias mais procuradas.

Não é fácil achar eles. Também não é fácil achar sua localização. Descobri também que o Taehyung, meus pais e os da S/n são de outra máfia.

Taehyung tem sua máfia. Os pais da S/n também, e os meus pais trabalham para os pais da S/n nessa máfia.
Jeon é rival do Taehyung, então acho que ele levou a S/n pra fazer alguma coisa na intenção de afetar o Taehyung.

Bom, Kwan sempre me deixa informada das coisas lá na cidade. Todos acham que a S/n foi sequestrada e eu desapareci pra não ser a próxima.

Mas eles não sabem de nada e eu muito menos.
___________________

Passou muito tempo, já tenho minha identidade, já está tudo pronto. Agora eu sou Millie, uma mulher que vai se infiltrar na mansão Jeon e tirar S/n de lá.

Nesse tempo eu me aproximei mais do Kwan. O mesmo gosta muito de mim, eu também gosto dele, mas não quero nada sério.

A gente tava em casa, o mesmo tava no banheiro tomando seu banho, eu não sabia como contar pra ele que eu ia sumir por um tempo. Mas eu senti que esse era o momento.

Entrei no banheiro só de toalha, o mesmo sorriu animada. Deixei a toalha de lado e entrei no box.
Prendi o mesmo na parede e ataquei seus lábios. A água caia no nosso corpo e me dava uma sensação muito boa.

A mão do mesmo desceu e foi para a minha bunda, onde ele apertou com força. Soltei um gemido de prazer.
Deslizei minha mão até o membro ereto do mesmo. Comecei a fazer movimentos de vai e vem com a mão, quanto mai alto ele gemia, mas rápido ficava os movimentos.

O mesmo reverteu as posições, agora eu estava na parede. Sem falar nada o mesmo atacou meu peito, ele chupava um e brincava com o outro.

Eu gemia muito alto com aquilo, ele sabia como fazer eu sentir prazer.

As posições se reverteram, agora ele estava na parede e eu fiquei de costas pra ele. O mesmo começou a brincar com a minha buceta.

-Empina pra mim.

E assim eu fiz, empinei um pouco e ele colocou sem avisar. Soltei um gemido alto. Logo começou os movimentos de vai e vem dentro de mim.

Enquanto ele metia com força, o mesmo brincava com ela. Eu rebola que nem louca e gemia muito alto.
Ficamos alguns minutos ali. Ele começou a meter com mais força. Ele batia na minha bunda e puxava meu cabelo. Aquilo era muito bom.

Não demorou muito e chegamos no ápice juntos.

O mesmo desligou o chuveiro e me pegou no colo.
-Seu doido! -falei rindo.

-Precisamos descansar.

O mesmo me levou pra cama e me deitou nela.

-Nick, não esquece de tomar a pílula...

-Eu não vou esquecer.

O mesmo deitou do meu lado e então comecei a falar.

-Kwan, o momento chegou... Eu vou ficar fora um dias, mas eu prometo que eu vou voltar.

O mesmo ficou em silêncio. O mesmo me puxou para um abraço e depois de um tempinho assim, a gente acabou pegando no sono.


Notas Finais


Desculpa se tiver algum erro... Estou atualizando pelo site ainda e eu nn gosto muito ;-;
Me desculpem a demora...
Já lavaram a mão hoje? Sério gente, se cuidem bem, tomem cuidado...
Só lembrando... Eh quarentena

Até o próximo cap, 2bjus❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...