1. Spirit Fanfics >
  2. Mensagens do passado >
  3. Capítulo 6 - Há alguém nas sombras

História Mensagens do passado - Capítulo 6


Escrita por:


Capítulo 6 - Capítulo 6 - Há alguém nas sombras


Fanfic / Fanfiction Mensagens do passado - Capítulo 6 - Capítulo 6 - Há alguém nas sombras

Nicky resolveu sentar -se para analisar cada prova que tinha coletado em Duskwood até agora.
Ela tinha impresso a foto de cada um de seus "amigos " e tentou organizar uma linha do tempo que fizesse sentido.
- Bom... Vamos lá. Quando eu recebi a mensagem do Thomas a Hannah já estava desaparecida havia três dias. Pela lógica dados os fatos, Thomas e Hannah brigaram pois Hannah estava estranha. Então o Jake liga dizendo que sabe quem pegou a Hannah, pois ele sabe. Mas a pergunta que não quer calar: Se ele é um Hacker que tem acesso a contas, registros telefônicos...porque ele mesmo não levanta provas e expõe o suposto sequestrador? Ele também diz para eu não confiar em ninguém do grupo.
Então ele me passa uma ID do Dan, e isso  não pode ter sido a toa! - Ela apertou os lábios  tentando encaixar as peças desse quebra cabeça - A Jessy não quis se envolver no início...mas Por que? Ela me disse que Cleo e Hannah eram mais próxima A uma da outra, o que me da a entender que a Jessy meio que sobrava.... Ok, Dan! Preciso manter o foco! Por que ele me disse Pará deixá-lo em paz sem que eu tivesse feito nenhuma ameaça ou coisa parecida? Ok. Então depois de umas conversas comigo Jessy começa a colaborar. Richy...- Ela se lembrou deles juntos- Bom, Richy parece que não entrega o jogo.  Mas ainda não sei porque. Lilly foi rude comigo mas nunca mais apareceu. A Cleo está mais que engajada na busca da Hannah. Por que o Jake me diria para não confiar em ninguém do grupo?O que isso teria a ver com a Hannah ou com a Jennifer? E Alvin disse que viu Hannah ser levada pelo homem sem rosto.
Nicky entrou na página da biblioteca de Duskwood mais uma vez.
Segundo a lenda, o homem sem rosto pune "pecadores " marcando-os com o sinal do corvo. Nada fazia sentido. Ela olhou para o relógio e já era quase hora de pegar Jessy é Richy para o cinema.

Ao chegar na oficina apenas as luzes internas estavam acesas. Nicky enviou a mensagem para Jessy que prontamente respondeu  e logo estava fora da oficina e indo em direção ao carro dela.
- E o Richy? - Nicky perguntou olhando ao redor- Ele não iria junto?
- Ele é viciado em trabalho e pediu desculpa, ele quer ver se termina o carro de um cliente ainda hoje. Será uma noite só de garotas! - Jessy disse num sorriso comemorativo.
- Filme de terror e garotas? Temos que seguir algumas regras!
- Quais regras? - Jessy perguntou fazendo uma cara de pensativa.

- Não andarmos separadas jamais. Banheiro? Juntas. Pipoca? Juntas! Assim a chance de um maníaco nos atacar é bem menor! - Disse Nicky olhando com ar de cumplicidade para Jessy e dando uma risadinha em seguida.

Jessy também riu, era divertido falar com Sam, sair com ela. Ela era aberta e sincera, além de ter uma personalidade bem forte.

- Sam, mas você reparou que o que disse faz sentido, nesse cenário louco de tudo o que está acontecendo aqui em Duskwood!?

- Como assim Jessy?

- Sabe a história do homem sem rosto que você comentou que o Alfie te contou? Então. A lenda diz que ele marca pecadores, os arrasta para a floresta e eles nunca mais são vistos!  Se tiver realmente um homem sem rosto, eu acho que devemos andar acompanhadas mesmo! Será que se a Hannah estivesse com a Cleo ele a teria levado?

- Faz sentido o que você está dizendo Jessy. E por falar nisso, o Dan vai te buscar sempre?

- Não. Na realidade O Richy não sabe que saímos juntos.

- Por que o Richy não sabe disso?

-  Bom... somos todos da mesma turma sabe. Ele talvez desconfie, mas não fala nada. 

- Entendi. Por um momento eu achei que fosse porque ele é afim de você é então, para nao magoa-lo você nao diz a verdade.

- O que!? RICHY E EU? Nossa, de jeito algum Sam! - Jessy riu do comentário da amiga - Somos como irmãos. De verdade. Não rola nada entre a gente, pode ficar tranquila viu? - Ela deu uma picadinha para NICKY que ficou vermelha feito um pimentão.

- Tranquila por que? - Nicky tentou disfarçar mas Jessy já havia sacado

- Eu tenho a impressão de que ele tem um crush em uma forasteira misteriosa que dirige um renegade sabe? Que é meio brava, isso pareceu cativar ele, logo ele que quase não pergunta sobre ninguém!

- O Richy perguntou sobre mim! - Nicky freou bruscamente no farol fazendo com que ela é Jessy fossem pra frente e para trás.

- Huuuum... será que eu conto? Agora ou depois do filme?Jessy fez um ar de suspense e Nicky suspirou de ansiedade. Mas que diabos! Ela sabia que não devia alimentar sentimentos assim em seu relacionamento com Richy pois também estava se sentindo atraída (mais do que poderia explicar) por Jake. Richy era o pacote completo: bonito, gentil, engraçado, fofo, beijava bem...mas havia alguma coisa no mistério ao redor de Jake. Não havia um rosto, mas sim uma personalidade que ela enxergava que era como se ela soubesse quem ele era, mesmo sem ter visto o rosto dele. Esse era um ponto fraco de Nicky: ela realmente gostava mais do impossível, do complicado, do inesperado. Talvez para ela, Richy fosse muito "obvio" mas ao mesmo tempo ele mesmo tinha algumas nuances que deixavam Nicky curiosa. Ele escondia o jogo, disso ela tinha certeza. Só que não o fazia por charme, mas talvez para se proteger ou então... - Nicky piscou rapidamente ligando pontos em sua cabeça que talvez pudessem fazer algum sentido: e se Jake e Richy forem a mesma pessoa!? Então ele a estaria enganando? Bom, ela pensou, quem era ela para julgar uma vez que assumiu a identidade da própria irmã e se infiltrou em uma cidade desconhecida? Talvez eles (Richy/Jake) fossem mais parecidos com ela do que poderia ter imaginado.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...