História Mentes criminosas - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Carrossel
Personagens Adriano Ramos, Alícia Gusman, Bibi Smith, Carmen Carrilho, Cirilo Rivera, Clementina Soares, Daniel Zapata, Davi Rabinovich, Diana Ayala, Firmino Gonçalves, Jaime Palillo, Jorge Cavalieri, Kokimoto Mishima, Laura Gianolli, Marcelina Guerra, Margarida Garcia, Maria Joaquina Medsen, Mário Ayala, Paulo Guerra, Rabito, Valéria Ferreira
Tags Carmiel, Ciriquina, Daléria, Jorgerida, Kobi, Marilina, Paulicia
Visualizações 97
Palavras 557
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Festa, Ficção, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


B
O
A

L
E
I
T
U
R
A

Capítulo 2 - Capitulo 2 flashback


Pov Paulo

Acordei já era 8:00 da noite subi as escadas e abri a porta do quarto de Marcelina e vi que ela tava dormindo,fui até meu quarto e vi que meu celular tava tocando atendi...

Paulo:alô?

Val:Paulo é você ?

Paulo:é sim fala Valéria  

Val:você sabi Paulo 

Paulo:pera ai tem outra ligação 

Val:tá

Paulo:alô?

Marga:Paulo 

Paulo:até você Margarida oque você quer ?

Marga:você sabi 

Paulo:ah não tchau pra você 

Marga:mais...

Paulo:tchau 

Val:quem era ?

Paulo:ai Valéria não tó com a minima vontade tá 

Val:tchau 

Paulo:tchau 

AFF a Valéria as vezes fica chata meu deus ,me deito na cama e Penco em sair me levanto e vou até o banheiro e tomo um banho bem gelado tavo pensando em um negócio que eu não queria pençar  ,aquela noite pra mim não foi das melhores.

Flashback on

Tavo passando pelo um beco e ouvi uns gemidos vi um carro preto igual do meu pai ,cheguei meio perto e vi meu querido papaizinho com uma prostituta,vi meu pai dando um bolo de dinheiro pra ela ,pra minha mãe ele nunca tem mais pra uma prostituta ele tem.

Esperei me pai sair pra eu dar um jeito nela ,não é oque vocês estão pensando ,cheguei perto dela e dei um susto , a empurrei contra parede e disse...

***:não fique com medo vai doer só um pouquinho 

Não deixei ela fala peguei meu canivete e contei sua barriga e deixa ela cair ela gritou de dor,peguei o canivete e cortei sua barriga de novo ela acabou desmaiando,procurei o bolo de dinheiro que estava com ela claro que esse dinheiro eu vou usar com os remédios da minha mãe óbvio.

Cheguei em casa meu pai já tava lá com cara de sonço como se nada tivesse acontecido.

Minha mãe me perguntou o pq de eu ter sangue na minha mão eu falei que tinha me cortado e saiu muito sangue que eu já ia cuidar mais ela insistiu que cuidaria mais não deixei,ela ia ver que era mentira.

Ao mesmo tempo  de eu ter matado uma pessoa eu tavo com muita raiva do meu pai e feliz ao mesmo tempo.

Aquele sangue na minha mão era uma coisa boa mais eu não sabia como explicar .

Foi isso oque eu passei depois dessa noite veio muitas mais não precisam saber.

Flashback off

Sai do banho indo até meu closet peguei uma roupa qualquer mais claro estilosa óbvio eu nunca saio com roupas nada vê ,dessi as escadas devagar pra não acorda Marcelina ,peguei a chave do carro e abria a porta e depois Fechei a mesma.sai em direção ao carro e liguei o mesmo.

Uma hora depois 

Cheguei em uma casa noturna e avistei Valéria que me viu e veio em minha direção .

Val:Paulo que bom te ver aqui 

Paulo:é que bom pra ti 

Val:nossa mal humorado 

Paulo:me deixa 

Val:nossa 


~~~~~~*******~~~~~~~~

Sai depois de algumas horas da quela boate não muito bêbado consegui chegar em casa ,guardei o carro na garagem  e abri a porta e depois Fechei a mesma subi as escadas e fui até meu quarto abri a porta e depois Fechei a mesma só que com mais cuidado pra não acorda Marcelina,deitei na minha cama e acabei capotando ...

Dia seguinte 

Acordei já era 10:00 da manha Marcelina já tava acordada ela estava sentada no sofá olhando teve .

Paulo:bom dia 

Marcelina:bom dia ,mano posso te fazer uma pergunta?

Paulo:podi claro

Marcelina:você sabia que hoje faz um ano que a Diana morreu ?

    Continua...

             


              


 







  



Notas Finais


#fui


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...