1. Spirit Fanfics >
  2. Mentiras Acumuladas >
  3. 01

História Mentiras Acumuladas - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - 01


Laura

-Até quando você vai ficar ai parada olhando para esse quadro ???.Eric diz me observando da porta da sala que eu estava usando para a investigação.


-Já faz duas semanas que esse assasino está a solta e já foram mais de 5 vítima...-Eu falo passando as mãos pelo meu rosto.


-Eu sei que você está se empenhando nesse caso mas precisa comer.Ele diz me olhando preocupado.


-Não consigo comer e muito menos dormir ao pensar nas vítimas desse maldito.Eu falo e ele vem e se senta na cadeira que fica de frente para minha mesa.


-Qual é o nome da última vítima ???.Eric pergunta olhando atentamente para o quadro.


-Thomas Foster....ele tinha 28 anos,não era casado e não tinha filhos...-Eu falo e Eric me olha frustado.


-Mas que merda...esse maldito não deixou nem um rastro ou pista que nos levasse há ele.Eric pergunta com raiva e eu o olho.


-Mas ao contrário das outras 4 vítimas, Thomas não tem essa tatuagem de coroa na mão...e ele seria o novo agente policial que viria para assumir o cargo de vice-presidência dessa delegacia.Eu falo e o mesmo me olha surpresa.


-Como assim assumir o cargo...não era o John que estava nesse cargo ???.Ele diz e eu respiro fundo.


-Parece que o delegado Robert não acha que John fosse qualificado para o cargo.Eu falo e Eric ri.


-Eu queria ver a cara dele quando ouviu isso do delegado.Ele diz rindo e eu sorrio.


-Sim...a princípio pensei que John pudesse ter assassinado o Thomas então fui atrás dele e o mesmo me disse que por volta das 20:30 da noite que foi a hora que aconteceu o crime John estava afogando sua raiva e indignação no bar The Lady In Red.Eu falo e Eric me olha com uma sombrancelha levantada.


-Você conseguiu alguma testemunha ou alguma câmera de segurança que comprove o depoimento do John ???.Eric me pergunta e eu bufo frustada.


-O dono do bar confirmou que John passou a noite inteira no bar e eu chequei as câmeras que comprovaram a inocência de John.Eu falo e Eric levanta e vai até o quadro e pega a foto da tatuagem da coroa.


-Você conseguiu descobrir o que significa essa tatuagem ???.Ele pergunta e eu nego.


-Procurei em todo lugar para descobrir o que significa mas não achei nada...mas deve ser algum símbolo de alguma gangue.Eu falo e ele me olha sorrindo.


-Você vai conseguir dar uma solução a tudo isso.Ele diz e eu sorrio fraco.


-Espero que tenha razão...-Eu falo e ele coloca a foto no lugar que estava.


-Vamos procurar algum lugar para almoçar ???.Ele pergunta sorrindo.


-Vamos...só vou chamar a Olivia e Megan para almoçar com a gente...te encontro no estacionamento.Eu falo pegando meu casaco que estava pendurado na cadeira e saindo da sala e indo até a sala de perícia que tinhamos em nossa delegacia e vejo Megan concentrada analisando algumas fotos.


-Megan...-Eu a chamo da porta e ela me olha.


-Laura...me diz que veio me chamar pra almoçar.Ela diz frustrada e eu rio.


-Claro que eu vim te chamar...-Eu falo me aproximando dela-...Como sua amiga é meu dever te salvar dessas coisas chatas.


-Chega até ser irritante.Ela diz irritada.


-Sim...eu te compreendo amiga.Eu falo e ela olha para as fotos novamente.


-Bom como diz o Eric precisamos de um tempo se não vamos acabar ficando malucas.Eu falo sorrindo e ela guarda as fotos e pega sua bolsa.


-Bem que ele tem razão.Megan diz e nós saimos da sala de perícia e damos de cara com Olivia.


-Laura eu estava te procurando.Olivia fala e eu a olho sem entender.


-Me procurando ???.Eu pergunto e ela confirma.


-O delegado está te chamando na sala dele e tem algo a ver com o caso que você está investigando...-Ela diz e depois revira os olhos-...Parece que o babaca do Bryan achou alguma prova importante na cena do crime.


-Como que ele consegue achar uma prova importante e eu que já faz 2 semanas que estou nesse caso não consegui achar nada...será que deixei algo passar.Eu falo e Megan revira os olhos.


-Eu estivesse ao seu lado esse tempo todo e investigamos cada prova...não pode ser possível que deixamos algo passar.Ela diz e eu suspiro frustada.


-Bem...vou indo até a sala do delegado antes que ele mande Bryan vim me buscar.Eu falo e Olívia ri.


-Vê se não cai novamente nos encantos do policial Bryan.Ela diz e eu bato na madeira da porta.


-Vira essa boca pra lá...-Eu falo e elas riem-...Vocês avisam Eric que não vai dar para mim ir almoçar ???.


-Claro...até daqui a pouco.Olívia diz e eu saio andando até a sala do delegado.


Paro em frente a porta do delegado e respiro fundo e bato duas leves batidas e escuto um entre e eu abro a porta e vejo o delegado sentado em sua mesa e Bryan sentado em uma das duas cadeiras que estavam na frente da mesa do delegado.


-Mandou me chamar...-Eu falo e o delegado Robert sorri para mim.


-Sim Laura por favor sente-se.Ele diz e eu entro na sala e fecho a porta e me sento na cadeira.


-Algum problema com o caso ???.Eu pergunto e ele nega.


-Não claro que não...você está fazendo um ótimo trabalho mas é que Bryan acabou encontrando há arma do crime.Robert diz e eu olho para Bryan que me olha e sorri de lado.


-Você achou a arma do crime.Eu falo e ele concorda.


-É uma espécie de facão bem grande e ela ainda estava suja de sangue,o assassino querendo ser tão esperto acabou sendo um asno ao esquecer o elemento principalmente do crime.Ele diz e eu o olho sem entender.


-Mas como você achou isso sendo que antes de voltarmos para a delegacia eu,Eric e a Olívia vasculhamos toda a fábrica abandonada.


-Mas não fui eu quem achei foi o Luke,ele disse que encontrou esse facão jogado por na parte de trás daquela fábrica.Ele diz e eu bato uma das minhas mãos em minha testa.

-Eu acabei me esquecendo que quando estavamos procurando você,Luke e mais alguns policiais chegaram e eu tive que acompanhar o corpo até a perícia para poder ter acesso aos papéis do laldo o mais rápido possível.Eu falo e Stuart me olha sorrindo.

-E já encontramos o desgraçado.Ele diz e eu o olho surpresa.

-Encontraram...-Eu falo e Bryan pega um papel que estava em cima da mesa.

-Ele deixou suas digitais no facão.Ele diz e eu vou lendo o que estava escrito.

-Trevante Rhodes...já teve uma passagem pela polícia e foi preso por vender drogas.O delegado fala e eu observo a ficha do suposto assasino.

-O delegado estava me dizendo para irmos juntos atrás de Trevante Rhodes e tirarmos tudo isso a limpo.Bryan diz e eu olho para o delegado.

-Já que o senhor está pedindo eu vou.Eu falo e ele sorri.

-Qualquer coisa é só me ligar para mandarmos reforços.Ele diz e eu e Bryan nos levantamos.

-Pode deixar...nada vai acontecer com a gente.Eu falo e saimos da sala do delegado e pegamos a viatura para irmos até a casa de Trevante Rhodes.

Observo a foto novamente dele e algo me dizia que ele não tinha feito nada.

Mas já que delegado mando é uma ordem....


Notas Finais


Espero que tenham gostado bjss ❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...