1. Spirit Fanfics >
  2. Mentirinha (Jikook, Híbridos) >
  3. Mudança de tática (alfas)

História Mentirinha (Jikook, Híbridos) - Capítulo 30


Escrita por:


Notas do Autor


Nem vem, amores! "Ah, a Lady não posto no final de semana! "


Povo, nem sem como estou conseguindo. Estou indo trabalhar 5 horas da manhã e chegando 8 da noite em casa, não me joguem pedras, apenas estou cansada.

Capítulo 30 - Mudança de tática (alfas)


Mentirinha 




Cap- 29 : Mudança de tática (alfas) 







JIMIN




Não vou mentir, fiquei um pouco decepcionado com o que aconteceu, porém guardei pra mim. Aquele tira teima era a decisão e também revelaria minha capacidade, no entanto, falhei! Não só como líder, mas com minha própria consciência. Sorri por fora para meus amigos e não me rebaixei para a cobra sarnenta; só não consegui enganar meu cérebro, esse que me esculachou de dentro para fora. 





E agora está me ajudando. Vai entender o ser humano, ainda mais sendo metade animal. 






Minha agenda está repleta de rabiscos, todos ideias da minha amada massa cefálica. Tirei umas coisas, acrescentei outras na tentativa de não perder, não quero e nem posso! Meu coelho conseguiu o melhor estágio que alguém poderia, e se não conseguir colocar todos nós eixos (inclusive eu) vamos ter que dar adeus ao nosso querido Instituto. 




Isso não! 




Consegui elaborar outro cronograma com base no que sei e vejo, também obtive ajuda dos meus amigos ômegas. 




🐾👬O Bando👬🍀



Eu:

Reunião na minha casa às 5 da tarde. 






Coloco no grupo criado apenas para nós. Em menos de cinco minutos todos já visualizaram. 





Tetê 🐶

Vai ter comida? 




Eu: 

Filho, aqui não é restaurante!Vamos falar sobre nosso time. 



Jack🐦 

Eu só vou se tiver uma bóia. 




Yoonie🍋

Aff, é só levar a comida! Taehyung tu tá do meu lado com um pote de biscoito. 




Eu:

Tragam, o Hoseok cozinha! 




Hobi🐴

Eu? Por que eu? 



Jae 🐦

Para de frescura, em vez de tá digitando devia está chegando na casa do Minnie!



Eu:

Alguém passa na casa do Woozi? Preciso de toda a fubázada. 

 



Kook🐰❤

Agora não, meu gatinho disse que é 5! Vão se lascar! 








Fiquei rindo que nem um retardado, nós somos doidos, alguns compartilhando do mesmo lugar e usando o celular.Jungkook está aqui em casa e deu a conversa no grupo por encerrada. Tudo para ficar me agarrando, meu coelho é realmente insaciável. 







✧༺𓃠༻✧






— Então, o que te fez chamar a gente? — o azulado coloca o rosto na palma da mão e deitado de bruços no meu tapete, pergunta. 







— Mudança de tática! — digo eufórico. 





Todos me encaravam sem entender, Yoongi fazendo uma careta e cutuca o próprio rosto. 





— Bebeu, bichano? — com a cabeça para o lado Jackson me olha. 







— Só leite e comi torta de atum , acho que isso não é prejudicial. — repeti seu gesto. — Quem gosta de entornar o caldo é você! 







— Deixa para apontar os defeitos depois. Explica logo ou o Hoseok vai por fogo na casa. — Taehyung se encosta no namorado. 






— Sai daí! — corro até a cozinha. — Menino, não acaba com o meu barraco! 






— Ai, Jimin isso dói! — arrasto o cavalo para fora, puxando-o em sua orelha. 






— Agora sim! 





Com todos em minha volta e com seus olhos voltados para mim,início. 






— Woozi, como ficou a disputa? 





Meu amado furãozinho que contou os pontos, como também motivou a todos com o seu carisma. Essa de odiar Hyuna tanto quanto eu foi o que nos fez inseparáveis. 





—Qua-quase empate. — ajusta os óculos. — Digamos que-que-que foi por meio centé-té-simo! — quase toca o indicador no polegar. — Por isso a-a-aqui! 






— Só que isso não é ganhar, meu amado.— Jungkook dá leves batidinhas na cabeça do furão. 



Recolho minha agenda do aparador, essa que está desgastada para caralho, nem pode ser considerada um material para anotações. 




— Essa aí… — o moreno nega. — Nem eu, Kim Taehyung tenho uma finada dessas, e olhe que eu sou o destrutor. — zomba do meu caderninho. 



— Para de mentir, a sua apostila de espanhol jogada debaixo da cama é a prova mais concretamente do universo. — o ruivo escuro entrega um de seus namorados. — E fecha a boca que economiza saliva. 



Não dou atenção para o comentário de Taehyung, as vezes ele está mais azedo que a preguiça que nos une. 






— Ainda não! — sento no braço do sofá e mostro minhas anotações para Woozi — Temos que ajustar isso, nisso! — colo a minha agenda na sua. — Diga onde foi o acerto e erro de cada um. 






— Bem, oscilou mu-muito. Cada um acerto-to-tou e errou, os alfas… estão lentos e sempre se atra-pa-palhando. — Marca alguma coisa na folha. 







— Hoseok, queimou o prato principal, mas fez uma boa sobremesa. — Yoongi diz. 





— Jackson, descoloriu a roupa. Filho de uma égua! — O azulado acerta um tapa na cacatua. 






— Epa, minha amada mamãe é uma calopsita! — faz carinho no próprio braço. 







— Pelo menos organizou todo o cômodo. — com um sorriso Youngjae o parabeniza — Muito bem, querido. 










Pego uma de minhas orelhas e fico puxando para cima, tem momentos que a comparo com uma coxinha. Laranja, gordinha e com uma pontinha fininha.




Voltando para a terra. 




Ainda massageando minha orelha penso no que meu namorado fez, ele não foi totalmente um fracasso, deu seu melhor mesmo quando sentiu um leve desespero. 








— Meu amor foi um desastre em controlar muitos filhotes. — sorrio ao lembrar dele quase chorando junto com os filhotes. — porém, conseguiu fazer com que todos ficassem a salvo, sem nenhum arranhão. 






— Então já-já temos um ru-rumo. — ele sorri fofo. — Por qu-quem vamos co-começar? —coça a cabeça e olha para mim. 





Olho minha agenda e rio,é tão engraçado ver as pessoas me seguindo. Não consigo decidir nem o que comer, imagine dá ordens? 





— Fiz umas anotações do que eles são bons, Jackson gosta muito de crianças, Hoseok vive limpando a bagunça dos namorados e o meu coelhinho cozinha muito bem. — passo mais algumas folhas — Antes que pensem que vão trocar de lugar, sinto em lhes informar que é impossível! Liguei para o tio Lee e não tive muita sorte, como ele só é pau mandado, não pode interferir. 





— Então, o que vamos fazer já que não podemos trocar de lugar? — Hoseok fica atrás do sofá e tenta olhar minha agenda. — Sua letra é bonitinha, mas esses ricos acabaram com tudo. O do Yoongi parace que é um tipo de língua morta que era usada para ritual de magia negra. 




Min acena com a cabeça e sorri sem mostrar os dentes. Sei bem o que isso significa, me inclinei para o lado esquerdo antes que alguma decoração do meu omma seja arremessado e acabe atingindo minha cara. 




— Ai, Yoongi! 





Não disse! Um dos pobres passarinhos de louça voou e o Hobi quase perdeu um dente. 




— Depois o Hoseok paga. — como se não tivesse feito nada, a preguiça fala e boceja. 





— Tá. — observo os restos no chão e volto ao meu trabalho. Mas antes… — Jackson, limpa tudo. 





— Que papo é esse? — Injuriado a cacatua encrespa. — Não souber criado não! 




— Vai logo, e cuidado para não cortar os dedos. — Jae move a mão como se estivesse varrendo seu namorado da sala. — Te amo! 



Após essa bela frase, a cacatua quase saiu saltitando. 





— Voltando a pergunta do Hobi, eu estava vendo que assim como nós ômegas temos interação , vocês também tem entre si. E uma explicação dada por outro alfa é mais fácil, não quer dizer que vamos deixá-los, vamos auxiliar sempre — dou espaço do braço do sofá para o cavalo — Olha — mostro os tópicos que fiz para ele. — Não vai fazer nada sozinho, vamos está juntos, acho que não estamos levando a história de equipe a sério. 





— Eu gostei! — Me mostra seu largo sorriso. — Não vou ter medo do Jin e com certeza meus namorados não vão surtar. 


— É isso aí.— damos um soquinho nos punhos. — Só precisamos de recursos para os alfas, já que o nosso não temos o que mudar. 




— Mas podemos aprimorar, não esqueça! — Jungkook diz. 




Lembrei que Wang tem sobrinhos e primos menores que toda semana vão em sua casa, uma ideia brilhou em minha cabeça.





— Põe aí, Woozi. Jungkook! 






Meu amado se assusta e arregala os olhos. Aponta para o peito e eu confirmo com a cabeça. 






— Ô Jackson, que dia sua passarinhada pousa por lá? — ele conta nos dedos e depois me mostra três deles. 






— E com bônus do filhote mais novo do meu irmão, estou louco para pegá-lo no colo. — faz com os braços como se segurasse um bebê e lançando de um lado para o outro. 






— Prepare se meu querido. — sento em seu colo. — Em três dias vamos fazer um teste drive de como é ter metade dos nossos futuros filhos. 






— Vou estar preparado para tudo. Mesmo sem prática. Agora vamos comer? É sete da noite e meu estoque de cenouras já era! 




Notas Finais


Apenas



Fui 🤟👉


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...