História Mercy - Capítulo 6


Escrita por: e ColShawn

Visualizações 121
Palavras 806
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bom gente quero agradecer por tudo viu nesse capítulo teremos uma cena linda do Adrian é da Marinette espero que vocês gostem é eu quero saber o que vocês acham desse capítulo.

Capítulo 6 - O casaco do Adrian


Fanfic / Fanfiction Mercy - Capítulo 6 - O casaco do Adrian

P.O.V. Marinette

Depois que terminou a aula bateu o sinal pro recreio.

Desci as escadas com Alya e Chloé.

- Hey! Amiga me conta direito esse negócio da sua prima está morando lá, eu não entendi muito bem - Alya falou e eu lembrei que tentei contar pra ela sobre isso no meio da aula mas a professora sempre nos interrompia.

- Depois que minha tia morreu como minha mãe é a parente mais próxima teve que ficar com a guarda provisória da Tikki, você sabe que eu odeio crianças né? - perguntei e ela assentiu

- Ah! Mari nem é tão ruim assim, as minhas irmãs são umas capetinhas mas eu as amo mesmo assim, é cansativo mas vale a pena - ela me deu um sorriso

- Mas crianças choram, fazem birra, são insuportáveis, choram, são chatas, já falei que elas são insuportáveis? - falei enquanto listava tudo nos dedos.

- Para de graça menina, você é insuportável e eu nunca reclamei - Chloé falou e deu um sorriso travesso e Alya começou a rir dei um tapa leve no braço da Chloé e ri também.

Continuamos andando distraídas em direção ao refeitório quando sinto alguém derrubar toda comida em mim.

Olho pra baixo analisando minha blusa completamente suja e toda molhada.

Eu já estava me preparada pra xingar o ser humano que fez isso mas quando olho pra cima dou de cara com dois olhos verdes arregalados, era Adrien e seus olhos foram em direção aos meus seios.

Meu Deus estava de blusa branca, e estava marcando tudo, vários outros dias pra ir pra escola de blusa branca e eu escolhi logo esse.

Cruzei os braços em cima do peito rapidamente pra esconder os mesmo.

- Me perdoa Marinette, essa não era a minha intenção te juro - ele disse já tirando o casaco dele pra me emprestar

Na hora eu travei não sabia oque falar nem fazer.

- Olha aqui! Você não olha mais por onde anda não? - Chloé começou.

- Chloé! Não precisa disso, foi só um acidente - tentei acalma-lá e ela relaxou

- Pode usar o meu casaco, eu até te ajudo se você quiser - ele estava meio desesperado.

- Não precisava, mas obrigada mesmo assim - peguei o casaco porque era a única opção que eu tinha no momento ficar toda suja ou aceitar a ajuda de Adrien - E eu posso me limpar sozinha - dei um sorriso tímido.

- Então você me perdoa? - ele olhou no meus olhos e eu travei de novo.

- C-claro, perdoo s-sim isso não foi nada - falei timidamente.

- Então se é assim... eu tenho que limpar isso aqui né? Essa sujeira não vai sair sozinha - ele apontou pro chão aonde estava o resto da comida e deu uma riso nasalado e eu ri admirando seu sorriso.

- Mari, Marinette! Tá surda? - Chloé falou no meu ouvido na verdade gritou, e eu levei um susto.

- O-oi? - me virei imediatamente pra ela.

- Você prefere ficar toda suja ou ficar admirando o sorriso do loiro? - ela sussurrou.

- Quer que eu seja sincera? - perguntei com um sorriso de lado.

- Não! Nós já sabemos a resposta - Alya disse colocando as mãos nos meus ombro e me guiou em direção ao banheiro.

Chegamos lá e elas me ajudaram a me limpar só sujou mesmo a minha blusa então não tivemos muito trabalho.

- Eu não estou acreditando que ele me emprestou o casaco dele - disse cheirando o casaco que tinha um cheiro maravilhoso.

- Amiga eu acho que se você continuar cheirando esse casaco você vai sair daqui embriagada - Alya disse concentrada no celular e sentada na bancada do banheiro.

- Concordo com a Alya - Chloé disse retocando o seu batom rosa e se olhando no espelho.

- Vocês são exageradas - revirei os olhos e coloquei o casaco que ficou enorme em mim.

Ouvimos o sinal pro fim do recreio tocando.

- Podemos ir? - Alya disse dando um pulo da bancada.

- Vamos - eu a Chloé dissemos juntas e saímos do banheiro indo pra aula.

- Agora é aula de que? - Chloé perguntou no meio do caminho.

- Química - eu respondi

- Eu não suporto aquela mulher - Chloé soltou um suspiro fustrado.

- Você e a turma inteira, agora vamos que eu não quero chegar atrasada - Alya apressou a gente.

- Só você que não quer chegar atrasada, porque se dependesse de mim eu enrolava o máximo só pra não ir pra aula dela - Chloé falou olhando pra nós.

- E você vai querer perder a oportunidade de ver o Nathaniel? - Eu disse provocando ela, assim que ela ouviu isso arregalou os olhos.

- Esquece oque eu falei a minutos atrás, vamos pra aula agora - ela disse desesperada e puxou eu e Alya pelos braços em direção a sala eu e Alya caímos na gargalhada.

Toquei no ponto fraco dela: Nathaniel Kurtzberg.


Notas Finais


Gente obrigada boa leitura.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...