História Mercy (Jikook) - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtanboys, Depressão, Infantilismo, Jikook, Namjin, Taeyoonseok
Visualizações 312
Palavras 1.493
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Lemon, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Capítulo dois.


Ando calmamente pelos corredores da biblioteca, mas infelizmente, ou não, o Jungkook insiste em ter uma conversa comigo...

- Ei, eu te vi correndo hoje. Aconteceu alguma coisa?- Ele perguntou tão sério.

Eu apenas engoli seco na hora, pensando.

- Ah... Não, eu só...- Vamos Jimin, uma mentira você consegue.- Eu só tive um imprevisto.- Sorrio.

- Um imprevisto?- Ele me olha desconfiado e eu apenas balanço a cabeça positivamente.- Entendi... Somos da mesma sala esse ano, não é legal?

- É sim.- Eu digo meio desinteressado.

Ele pode ser muito bonito, pode ser desejado pela escola inteira mas eu o conheço, conheço a sua reputação e não pretendo me deixar levar.

- Nossa, vamos. Empolgação.- Ele diz animado.

- Uhul.- Eu jogo os meus braços para o ar, sorrindo falsamente.

- Gostou da festa de ontem?- Ele me pergunta do nada.

É verdade, sempre tem festas na escola. Principalmente de férias. No começo das férias tem uma de manhã e um dia antes de tudo voltar ao normal, as aulas, etc., tem outra festa, mas desta vez, de noite.

- Eu não vim.- Eu digo simples.

- POR QUE? MENINO, FOI TÃO BOM!- Ele fala em um tom que me fez rir.

- Eu estava ocupado...- Eu digo meio tristonho.

Na verdade, o sr. Park me ocupou.

Flashback on.


- Park, eu vou sair.- Eu digo sem olhar pra ele.


- Posso saber aonde você vai?- Ele me pergunta com um sorriso debochado.


- Na escola.


- Essa hora?- Ele diz e olha no relógio.- Você não vai sair, Park Jimin.


Eu o olho estreitando os olhos.


Eu já sei o que vai acontecer. Ele não me proíbe de sair, nunca... Apenas quando vai fazer alguma coisa comigo.


Flashback off.


- Você me parece tão ocupado.- Diz o moreno.


- Pareço?- Solto uma risada.- Eu não sou.


- Então...- Ele começa mas é interrompido pelo Tae que entra quase derrubando a porta.


- TAETAE!!!.- Eu grito e corro para abraça-lo.


- JIMINIE!!!- Ele grita também, um pouco mais alto.


TaeHyung me levanta do chão, fazendo eu, instantaneamente, rodear o seu tronco com as pernas.


- V, eu estava pensando em falar com você.- O moreno diz, fazendo nós tirarmos a nossa atenção do abraço tão caloroso.


- Sobre?- O TaeHyung pergunta, suspendendo uma sobrancelha.


- Uma festa.- O moreno diz simplesmente.


- De novo? Que seja, depois nós vemos. Estou ocupado agora.- Diz o Tae e o Jungkook insiste.


- Vamos ver agora, Tae...- O moreno diz calmo e arrastado.


- Depois, Jeon Jungkook.- O Tae diz e, finalmente, me põe no chão.


- TaeTae, eu preciso te contar uma coisinha...- Eu digo baixo mas alto o suficiente até para o Jeon ouvir.


- Eu posso sair se vocês quiserem.- O Jungkook diz, se levantando.


- Fique aí, Kookie. Jimin e eu iremos procurar um lugar menos movimentado.- O Tae diz e pega na manga da minha blusa, me puxando


O lugar menos movimentado é quase como um esconderijo para nós dois.


Existe um lugar na escola que eu descobri quando cheguei aqui, o TaeHyung chegou um pouco depois de eu, logo se tornou o meu amigo e eu tomei confiança de o levar lá. É um lugar muito bonito, principalmente na primavera, a minha estação preferida do ano. O lugar é bem florido, mesmo contendo apenas uma árvore e é o meu refúgio, até de noite. Na verdade, principalmente de noite...


- O que ele fez?- O TaeHyung pergunta sério e direto.


- Acho que você já deve saber... Mas ele me bateu também. Ele nunca havia feito isso, não durante tal ato...- Eu digo meio cabisbaixo.


- Espera.- O Tae me diz e pega um pedaço de madeira que estava no chão.


- Pra quê pegou isso?


- Pra meter na cara daquele sem alma.- Ele diz levantando o pedaço e imitando um golpe, e também, consequentemente, me fazendo rir.


Essa é uma coisa especial sobre o Taehyung. Ele me faz rir verdadeiramente sem dificuldade alguma.


- Jiminie...- O Tae me chama, enquando eu sento no chão.


- Ung?- Eu respondo, o mais informalmente possível.


- Olha ele, tá todo informal comigo.- Ele brinca, nos fazendo rir.- Por que não o denuncia?


- Não é tão fácil, saeng... Sabe sobre a minha mãe e eu praticamente não tenho família. Se eu o denunciar, para onde eu irei?


- Eu te levo pra minha casa, nem que eu forje um sequestro.- Ele diz rindo um pouco.- Ele não pode fazer isso com você... Você é uma pessoa tão boa, hyung. Você não merece isso.


- Infelizmente as coisas não são tão fáceis...- Eu suspiro.- Sabemos disso, TaeTae.


P.O.V. Jeon Jungkook.


Assim que os dois saem da biblioteca, eu guardo o livro na minha mochila e saio em direção ao corredor. Eu acredito que aqueles cuzões dos meus amigos já chegaram.


Ando até a nossa nova sala, nada.

Vou até o pátio, nada.

Vou até o banheiro e encontro os donzelos lá.

Mas o que...

- Vocês estavam pensando em fazer algum tipo de surubão?- Eu pergunto para eles que, ao ouvirem a minha voz, pararam de conversar.

- Eu não tinha pensado nisso, obrigado pela ideia.- O mais alto de todos ali se pronunciou.

- Aish Namjoon, cala a boca.- O Jin bate na cabeça do Namjoon.

- Eu não sei o porquê mas eu SHIPPO pra caralho.- Diz o Hoseok que estava apoiado no baixinho do bonde, o Yoongi.

- É, eu também.- O Yoongi diz dando de ombros.

- Enfim.- Eu digo e pigarreio, chamando a atenção de todos pra mim.- Eu estava pensando em organizar uma festa com o TaeHyung.

- O Kim Gostoso TaeHyung?- Hoseok e Yoongi perguntam juntos, fazendo todos nós olharmos para os dois, desconfiados.

- Parem de nos olhar, até parece que tem algo de errado chamar o TaeHyung de gostoso.- Hoseok se pronunciou.

- Ótimo... Vão se assumir quando?- Eu pergunto fazendo todos, menos o Hoseok e o Yoongi, rirem.

- Vocês já sabem que eu sou bissexual, já o Yoongi eu não sei.

- Isso não interessa pra vocês, palhaços.- O Yoongi diz rude.

- Nossa, desculpa aí.- O Jin diz levantando a mão em ato de rendição.

- Olha, isso aqui já tá muito chato.- Eu começo.- E então, vão organizar a festa com TaeHyung e eu ou vão ficar de briguinha boba?

- Vamos ajudar!- O Nam começa.- Eu cuido dos convites. O Yoongi das bebidas. Você, o Jin e o TaeHyung da organização, e o Hoseok da música.

- Ah, eu queria cuidar das bebidas também.- O Jin diz e forma um bico nos lábios.

- Você é mais organizado, amor.- O Nam diz e dá um selinho no Jin que sorri na hora.

- Esperem que eu vou ali sofrer pelo otp.- O Hoseok diz e vai até uma das cabines do banheiro.

- Idiota.- O Nam diz e anda até a saída, sendo seguido por nós quatro.

{...}

Segunda aula.

Física... FÍSICA, EU ODEIO FÍSICA, POR QUÊ?

Eu posso pular essa janela? Ir embora? Forjar algo?...

- Então alunos, vocês irão formar duplas na minha aula.- O professor começa a falar, recebendo vários "uhul" da sala.- Mas como eu sei que vocês eram de diferentes salas ano passado, eu que escolhi as duplas.- Agora todo mundo fez um "ah" desanimado.- Vamos lá.- O professor começa a falar os nomes.

Min Yoongi e Kim Taehyung.

Jung Hoseok e Kwon Jiyong.

Kim Namjoon e Kim SeokJin.

...

Vários nomes, meus amigos já com as suas duplas e ele nem tocou no meu nome ainda. Isso é frustrante, tem algumas pessoas que eu detesto nessa sala e se eu cair com alguma, com certeza, vai ter briga.

- Jeon Jungkook e Park Jimin. Vocês são os últimos.- O professor finaliza a sua enorme lista.

Eu espero que vocês se saiam bem com as suas duplas e essa aula vai apenas ser para vocês conversarem com o seu amigo ou amiga, sei lá.- O professor olha para o Jimin e depois pra mim.- Vamos, juntem as suas mesas. O que estão esperando? Um convite formal?- Ele diz  rude.

Eu olhei para o Jimin, ele tinha a atenção em algum ponto específico na sua mesa, tal mesa que não contém nada em cima.

Como eu vi que ele não iria se aproximar, eu próprio peguei a minha mesa e juntei à dele que levou um susto com a minha aproximação.

- Me desculpe, eu não queria te assustar.- Eu digo e ele apenas concorda com a cabeça.- Bom... Acredito que é para nos conhecermos, né?- Eu digo o olhando.

- Eu acho que sim.- Ele diz em um tom de voz baixo e calmo.

- Tá tudo bem?- Eu pergunto e ele me encara por alguns segundos, mas logo confirma com a cabeça.- Ótimo... Quando faz aniversário?- Pergunta idiota, Jeon Jungkook.

- Dia treze de outubro.- Ele diz simples.- E você?

- Primeiro de setembro.- Eu digo e sorrio.

- Hm.- Ele solta e volta a olhar para a sua mesa.

- Parece pensativo.

- Desculpe.- Ele diz ainda olhando pra mesa.

- Tudo bem... Pode ficar pensando, não vou atrapalhar.- Eu digo e ele murmura um "obrigado".- De nada. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...