História Meretriz à prova de balas - Capítulo 56


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bangtan Boys, Bts, Drama, Hoseok, Jikook, Jimin, Jin, Jungkook, Kookmin, Lemon, Revelaçoes, Romance, Sexo Selvagem, Suga, Taehyung, Taekook
Visualizações 166
Palavras 2.785
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Lemon, LGBT, Literatura Feminina, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiiii! Gente, eu sei que demorei! Mas eu realmente não tive tempo, nem condições de fazer antes.
Já somos mais de 100 favoritos, e eu só tenho a agradecer a todos pelo carinho de sempre!
O capítulo atual, ainda não é, o que eu havia dito antes, da fênix que ressurgirá: Nossa Lae, querida! Masss, o processo que levará ela a voltar, ou não hehehe, bom, pelo menos Suga e Sunny tentarão.
Isso mesmo! Sunny!!! Se preparem pra mais revelações nesse capítulo, que eu já estava explodindo de vontade para liberar (apesar que em uns detalhezinhos que ainda não contei) kkkkkkkkk

Capítulo 56 - O acordo


[...]
Suga: - Olha, Sunny; eu realmente não confio em você. Não quero ouvir o que você tem a dizer.
Sunny: - Você não tem que confiar em mim. Apenas fazer o que eu mandar.
Suga: - Mas ninguém manda em mim.
Sunny: - Então ok. Deixe que aquela vadia vá para bem longe mesmo. Melhor para mim.
Suga: - Ok, fala qual é o seu plano.
Sunny: - Antes de mais nada, você precisa me prometer que na noite que ela voltar, você passará com ela.
Suga: - Como eu vou prometer isso? 
Sunny: - Sei lá. Você tem que conseguir isso. Eu preciso dela longe do Taehyung e do Jungkook.
Suga: - Mas por que longe do Taehyung? O que você tá fazendo com ele?
Sunny: - Nada que te interesse. E as coisas precisam ser assim, ou será pior para todos.
Suga: - Isso tem a ver com o imbecil do Barry né?
Sunny: - Você sabe que sim.
Suga: - O que ele planeja dessa vez hein?
Sunny: - Suga, isso não é importante
Suga: - Pra mim importa. Eu conheço você. Sei do que você é capaz. Só de pensar no que você fez para o Jimin no passado...-
Sunny: - Ah! Eu vou desligar. Já me arrependi de ligar pra você.
Suga: - Não, não! Tudo bem! Eu vou fazer o que você mandar. Desde que ninguém saia ferido.
Sunny: - Você fala como se eu fosse uma psicopata.
Suga: - Você é!
Sunny: - Vai se foder, garoto!
Suga: - Isso não é coisa de mocinhas falarem.
Sunny: - Que se dane! Enfim, você precisa ligar para o meu tio.
Suga: - Eu realmente pensei nisso, mas não sei se é uma boa ideia, Sunny.
Sunny: - É claro que é. Ele vai trazer ela de volta com certeza, principalmente se você chorar um pouco.
Suga: - O quê? Mas eu não choro.
Sunny: - Chora sim!
Suga: - Eu não. Você tá louca. Eu não vou chorar por causa de alguém.
Sunny: - Então tá! Quando me obrigarem a passar a noite com você, eu vou ir até o fim, e se você negar sexo pra mim, eu vou contar tudo para o Barry, e-
Suga: - Demônio! Maldita hora que o Jimin se apaixonou por você no passado e te contou nossos segredos. Eu deveria ter matado ele quando se apaixonou.
Sunny: - Chorar pelo leite derramado não vai adiantar de nada.
Suga: - Por você mesma não fala com o Mr. Bang?
Sunny: - Você sabe que se o Barry descobrir, eu estarei ferrada nas mãos dele. E eu já sofro o suficiente. E se for o Taehyung  a pedir, ou o Jungkook, até mesmo o Jimin, o Barry vai ficar muito nervoso e explosivo, e nós não teremos como revidar. Mas se for você, bem, o Barry não vai ter coragem de fazer com você o que ele faz conosco. E meu tio vai ouvir você melhor do que a qualquer um. Você sabe que quando se trata de você e do RM, as coisas são diferentes.
Suga: - Eu sinto muito, Sunny.
Sunny: - Pelo quê?
Suga: - Eu sei o que ele já fez com você, mas você também não é fácil. E fez os meninos apanha--
Sunny: - Você sabe que não era minha intenção! Eu só fiquei triste por não ter a atenção que eu queria. Eu já fui trocada pelo Jimin por causa do Jungkook, e agora fui trocada pelo Jungkook pelo Jimin, você acha que isso não dói?
Suga: - É, acho que você tem seus motivos. Não posso discordar de você totalmente.
Sunny: - Pois é. Bem, eu não quero falar disso agora. Eu vou te passar o endereço por mensagem, e você venha até onde eu estarei com o Tae.
Suga: - Ok!
[Quebra de tempo]
Suga chegou ao local indicado cerca de 45 minutos depois, subiu ao quarto indicado na mensagem, e se deparou com um Taehyung quase nu, apenas vestindo uma box preta deitado sob a cama. Com o cabelo molhado, e dormindo como uma pedra. Sentiu-se um pouco incomodado, imaginando o que teria acontecido ali.
Suga: - Sunny, o que é isso?
Sunny: - Isso o quê? Uma pessoa dormindo, oras.
Suga: -  Vocês...?
Sunny: - Claro que não! Se você quer saber, ele mesmo tomou banho sozinho. Agora porque ele ficou de cueca já não é problema meu, não que eu esteja reclamando da visão.
Suga: - Mas ele não quis saber o motivo de estar aqui com...você?
Sunny: - Se você continuar falando de mim com esse desprezo, eu vou te jogar da sacada.
Suga: -  Não duvido disso. Você é capaz de qualquer coisa.
Sunny: - Sim, sou mesmo. E acho que o Taehyung nem sabe onde está, quem sou eu. Ele levantou, foi tomar banho, e  voltou assim pra cama.
Suga: -  Como você carregou ele até aqui?
Sunny: - Ele veio com as próprias pernas. Ele está drogado, não paraplégico.
Suga: -  É tão difícil conversar com você - disse se aproximando do amigo e sentando-se perto dele na cama, conferindo como ele estava - espera! Como assim drogado?
Sunny: - Eu coloquei uma coisa na bebida dele, a mando do Barry.
Suga: - Você o quê? Não sei como me surpreendo. Você fez isso com o Jimin também?
Sunny: - Não, por que?
Suga: -  Ele estava beijando  a Marina.
Sunny: - Ué, e daí? Precisa se drogar pra beijar agora? O Jimin tem fogo demais, você sabe que ele não consegue ficar sem ninguém. Pra ele, se anda sobre duas pernas já compensa a noite.
Suga: - hum...e por que você drogou o Tae, quando você quer dormir com o Jungkook?
Sunny: - Porque eu não posso fazer apenas o que quero, você sabe que eu preciso fazer o que o Barry manda.
Suga: - Mas eu não entendo isso. Você pode falar para o seu tio a forma como ele te trata, na verdade, acho que seu tio já deveria imaginar.
Sunny: - Eu não tenho certeza que seja tão simples. Apesar do meu tio saber sobre a personalidade do Barry, a forma como ele é difícil e tudo mais, ele não deixa de ser o único filho, amado e protegido, não sei se vale a pena decepcionar meu tio. Da mesma forma vocês, por que nunca disseram ao meu tio como realmente o Barry trata vocês? Sobre as agressões físicas, verbais, e etc?.
Suga: -  Também acho que não funcionaria, e não tenho certeza sobre o Sr. Bang, saber ou não de tudo que acontece.
Sunny: - Você sabe que ele não sabe sobre as agressões. Ele nunca deixaria alguém bater em vocês. Tanto que pessoas que já ousaram, sequer imaginar isso antes, já foram despedidas.
Suga: -  Mas ele nunca despediria o próprio filho.
Sunny: - Não mesmo!
Suga: -  Enfim, me fale sobre seu plano. Eu nem sei o que estou fazendo aqui. Quando saí daquela churrascaria parecia Sodoma e Gomorra, todo mundo se pegando, acho que eu era o único em sã consciência.
Sunny: - Ai ai, você sempre acha que seus amiguinhos são uns anjos puros, inocentes e intocáveis. Quando são todos uns putos, tarados, anjos sem asas.
Suga: - Não fale assim deles. Como você ousa? Não é porque o seu namoro com o Jimin não deu certo no passado, que você precisa ser amargurada assim, e falar assim deles também. Eles não são essas pessoas que você diz.
Sunny: - Eu conheço vocês muito bem, e se eu pareço ter ódio,  não é pelo o que o Jimin me fez. Eu dediquei grande parte da minha vida tentando ajudar vocês a chegar no topo, e hoje vocês agem como se eu nunca tivesse feito nada, como se não fosse eu uma das responsáveis por serem parte da BIGHIT, me tratam como se eu fose um lixo.
Suga: -  Você não é nossa dona, Sunny! Só porque nos ajudou, porque panfletou sobre nós, investiu pesado nas indicações com seu tio. Você não é nenhuma santa. E se o Jimin traiu você, ele tem os motivos dele.
Sunny: - Ah é?! E você sabe que motivos são esses? Vocês só sabem a versão dele. Vocês nunca ouviram a minha parte da história, e desde então, apenas se encarregaram de ignorar minha existência.
Suga: - Porque você virou uma cobra. Que nos entrega para o Barry sempre que tem oportunidade. Quantas vezes fomos castigados pelo Barry por sua culpa? Pincipalmente a maknae line? Quantos tapas já levamos? Você disse para o Barry que o Jimin e o Jungkook estavam se pegando, de novo!
Sunny: - E não é verdade?
Suga: - E  o que você tem a ver com isso?
Sunny: - Tudo! Eu não vou aceitar ser trocada por um homem.
Suga: - Mas você já foi, e essa não é a primeira vez. Aceita! Para de arrumar encrenca. E eu duvido muito que você terá o Jungkook da forma que você quer.
Sunny: - Se eu não tiver por bem, terei por mal. Se você não me ajudar, o Barry ajudará, e então será pior. A escolha é sua.
Suga: - O que você quer dizer com isso?
Sunny: - Se o Barry deixou eu participar do concurso, vocês já devem imaginar que ele vai me deixar fazer o que eu quiser, mesmo que eu precise fazer o que ele queira. Se você me ajudar, eu poderei conquistar o Jungkook de uma forma adequada. Mas se você não me ajudar, eu o terei de qualquer forma. Não é tão difícil assim enrolar o Jungkook e o Taehyung. Você já deve saber disso. Eu queria mesmo trazer o Kook, mas o Barry disse que seria necessário que eu ficasse com o Tae, e se eu não ficasse, ele me tiraria da competição.
Suga: - Por que ele quer que você fique com o Taehyung? Não entendo.
Sunny: - Ah, sei lá. Mas ele diz isso sobre todos vocês. Tirando o Jin e o Namjoon, ele acha que vocês são todos gays, e ele quer ter a certeza de que não. Diz que não pode admitir isso. Você sabe que é por isso que ele vem esse tempo todo mandando vocês dormirem com mulheres, pagando-as, e agora tem esse concurso, enfim, nem eu sei porque ele age assim.
Suga: - Eu gay? LOUCO.
Sunny: - Eu não acho isso de você, mas sei lá o que ele pensa.
Suga: - hum... mas então, qual é o seu plano, o que você realmente quer?
Sunny: - Que você me ajude a conquistar o Jungkook, e é claro, que você fique com a Laetitia, assim que ela voltar. Eu quero dizer ter relações sexuais com ela.
Suga: - O que uma coisa tem a ver com a outra? Porque preciso ter relações sexuais com ela, e como vou fazer o Jungkook deixar de odiar  a garota que torna a nosa vida um inferno?
Sunny: - Eu sei da sua dificuldade de ter relações sexuais.
Suga: - E eu odeio o Jimin por ter te contado isso. Mas o que tem?
Sunny: - Eu não tenho como te explicar, mas eu preciso que você durma com ela. E que o Taehyung se desencante com ela.
Suga: - Ela já transou com o Jungkook, e ele não se desencantou com ela.
Sunny: - Não me lembre disso. Não se desencantou, mas já bateu na metade do grupo por causa dela.
Suga: - Você quer que ele me bata também?
Sunny: - Ele nunca faria isso com você!
Suga: - Ele fez isso com o RM, com o Jin, com o JK...
Sunny: - Mas nunca faria com você!
Suga: - Como você pode ter certeza disso?
Sunny: - Simples. Ele sabe que você só transaria com ela se estivesse apaixonado, ao contrário dos outros que só tem um tesão incontrolável.
Suga: - Eu não estou apaixonado por ela, e eu não sei se conseguiria-
Sunny: - Ah, faça me rir! Você está louco por ela. E já teria transado com ela se tivesse oportunidade. Eu sei que só não fez isso, porque o Jimin e o Jungkook como sempre, gostam de se comportar como duas bich-
Suga: - Não fale assim deles!
Sunny: - Tanto faz. Eu quero que o Jungkook seja meu.
Suga: - A Laetitia nem está mais fazendo parte da seleção. E eu não entendo o que ganho com isso.
Sunny: - Se você não aceitar fazer isso, eu vou ter que engravidar desse seu amiguinho aqui  - disse se deitando ao lado de Taehyung, acariciando seu cabelo.
Suga: - Quê? Você tá louca? Por que?
Sunny: - Porque sim. O Barry quer afastar ele da Laetitia, e só existem duas formas, ou engravido dele, ou então ele perde esse encanto por ela. Você é o único que pode ajudar.
Suga: - Como você vai engravidar de alguém que está dormindo?
Sunny: - Não duvide que seja possível. Não me falta um grande arsenal na bolsa de drogas de todos os tipos, até mesmo injetáveis, para fazê-lo dormir, ficar excitado...
Suga: - Você é doida.
Sunny: - Unhum. E vocês sete inocentes demais.
Suga: - Como assim?
Sunny: - Vocês deixaram o Barry congelar o esperma de vocês, na verdade, eu nem precisaria dormir com algum de vocês para engravidar.
Suga: - Eu não estou acreditando nisso - ele diz enquanto passa a mão pelos cabelos percorrendo o quarto - Sunny, isso faz parte dos planos de vocês? Ninguém pode mexer naquilo se não tiver nossa permissão, MEU DEUS. 
Sunny: - Eu não teria tanta certeza disso. Apesar que o Barry quer que eu transe com o Taehyung para que a Laezinha também perca o encanto por ele.
Suga: - Mas por que isso é tão importante? Ela já não foi embora?
Sunny: - Mas ele acha que o Taehyung vai atrás dela em algum momento. Então, por isso, acho melhor trazê-la de volta antes, e fazer o Taehyung se desencantar com ela. O Barry não sabe dessa ideia, mas de alguma forma ainda estou fazendo o que ele quer, mesmo que eu traga ela de volta, não vai ser pra ficar com o Taehyung.
Suga: - Mas porque ele não quer ela com o Taehyung?
Sunny: - Ele não quer vocês apaixonados. Ele quer vocês apenas como marionetes que garantem muito dinheiro. E você disse que não ama ela, não é?
Suga: - Ah, sim! Claro! E quem disse que o Tae a ama? Bom, mas como vamos trazer ela de volta?
Sunny: - Eu não sei se ama, mas o Barry acha que sim, e ele não quer isso. E sobre trazer ela, você vai ter que falar com meu tio?
Suga: - Eu?
Sunny: - Eu que não sou; quem vai achar que quero ela de volta?
Suga: - Mas o que eu vou dizer? Ele veio pro Japão?
Sunny: - Sim, ele chegou hoje à noite.  Deve ter umas três horas que ele chegou, e eu sei o hotel em que ele está. Ele só vai para a casa onde estamos amanhã, mas você precisa falar com ele antes de o Barry o ver. Bem, acho que o que você tem a dizer pra convencer  o meu tio, talvez não seja algo que você gostaria de dizer, mas-
Suga: - O que é?
Sunny: - Você vai dizer que precisa ter aquela brasileira na sua cama.  E o Barry a mandou embora antes que você pudesse usá-la o suficiente.
Suga: - O que?
Sunny: - É a única forma dele entender seus desejos de homem, e aceitar trazer ela de volta.
Suga: - Eu não sei se consigo dizer isso.
Sunny: - Então, vai embora que eu preciso transar com o gostosão aqui.
Suga: - Que? NÃO! Tira a mão dele.
Sunny: - Se você continuar falando assim, vou achar que você é gay mesmo.
Suga: - Idiota, eles são meus irmãos.
Sunny: - Mas não são meus, e o Tae é gostoso mesmo.
Suga: - Aff! Certo, eu farei isso. Bem, eu vou tentar. Me passa o endereço.
Sunny: - Vou mandar por mensagem no seu celular.
Suga: - Tá bom, tchau, e... você vai dormir na mesma cama que o Tae?
Sunny: - Se quiser eu coloco ele no chão -disse sorrindo - porque eu que não vou dormir no chão.
Suga: - Praga ruim! TCHAU!
Sunny: - Bye - disse enquanto empurrava-o para fora do quarto.
[Quebra te tempo]
knock knock knock - uma porta se abre.
????: - Suga?
Suga: - Sr. Bang, precisamos conversar.
Sr. Bang: - Claro!!! Entre, Suga. Você está chorando?
 


Notas Finais


O capítulo não é tão grande, mas essencial né? Gente do céu, vocês estão ligados que Sunny é doida, e Barry mais ainda né?
Vocês anotaram ai que Sunny já namorou Jimin no passado? É ISSO MESMO PRODUÇÃO! Agora já entendem melhor o ódio gratuito (ou não) entre os dois.E essa raiva do Barry com o Taehyung? Deus me dibre hein, deixa meu neném em paz homi! Que coisa!!!! Deixem seus comentários, quero saber o que estão achando sobre o desenrolar dessa história bem enrolada kkkkkk <3
Por hoje é só pessoal, mas vocês podem conferir minha outra fanfic: https://www.spiritfanfiction.com/historia/amor-celeste-taekook-vkook-12888383


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...