1. Spirit Fanfics >
  2. Mesma frequência >
  3. Um fio vermelho e duas pessoas

História Mesma frequência - Capítulo 9


Escrita por:


Capítulo 9 - Um fio vermelho e duas pessoas


Na noite anterior Maki e Jhona conseguiram chegar no hotel sem problemas, mas o professor os encontrou fora da cama, por sorte eles conseguiram fazer parecer como se fosse uma escapada noturna, e tudo o que tiveram que fazer era ficar sem o jantar do hotel, assim tendo que comer macarrão instantâneo.

Já durante a manhã Maki estaria no quarto sentada no chão pensativa enquanto as outras garotas arrumavam suas coisas. Emi percebe que Maki estaria pensativa então vai até ela querendo saber o que a preocupava.

Emi:- Maki... Você está em silêncio desde que voltou ontem a noite! Aconteceu algo?

Maki parecia ter ficado meio ansiosa, e após pegar fôlego vira para Emi.

Maki:-...bem... É que... O Jhona se confessou pra mim ontem a noite!

Emi daria um grito de surpresa e exaltação que foi ouvido do quarto dos garotos em cima do delas. E após o grito Emi fala rapidamente com um brilho nós olhos.

Emi:- Ei ai, e aí? O que você respondeu? Aceitou?... Rejeitou?

Emi falaria quase esperniando, mas logo sua felicidade termina com a fala de Maki.

Maki:- Bem... Nenhum dos dois! Eu mandei ele ficar quieto....

Maki falaria meio envergonhada, e quando olha para Emi se depara com uma cara de decepção e desgosto.

Maki:- Agrh... O que foi?

Emi falaria agora totoalnente sem motivação e com uma cara amarga.

Emi:- Você, simplesmente ignorou a confissão dele Maki!

Maki:- Bem não foi a primeira vez que ele se confessou pra mim

Emi:- Como? Quando ele se confessou antes?!

Maki:- quando nos conhecemos

Maki falava tudo coçando sua bochecha, enquanto Emi a olhava agora parecendo estar com ódio.

Emi:- Então... O Jhona se confessou para você ano passado... O que você fez?

Maki ficaria nervosa e viraria a cabeça.

Maki:- Eu... Ignorei a confissão e fingi que nunca aconteceu

Emi então avança em Maki tentando derruba-la, a socando, enforcando tudo sem sucesso já que Maki seria muito mais forte e parecia que Emi lhe fazia uma massagem. Emi no caso falava exaltada e com raiva.

Emi:- ESTA DE BRINCADA SUA MALDITA GORILA!!!!

Maki fica surpresa com o nome que Emi lhe chamaria.

Emi:- Quantas vezes você já veio reclamar pra mim de que nenhum garoto nunca dava em cima de você por causa dos seus músculos e da sua altura?

Maki:- Mas... Sabe... Todas as garotas que conheço namoram com caras mais altos e fortes que elas!

Emi já estaria se acalmando e voltaria ao seu tom decepcionado de antes, e se senta na frente de Maki novamente.

Emi:- Achar alguém mais alto e forte do que você é meio impossível Maki

Maki:- Isso é maldade!

Emi:- É a verdade!

Maki:- Bem mas tudo ficou bem no final então tudo beleza

Emi então vai até Maki puchando as bochechas dela.

Emi:- Tudo "beleza" minha maquiagem sua maldita montanha

Emi então solta as bochechas de Maki que estaria surpresa com a tentativa de ser agressiva da garota.

Maki:- Que isso Emi, você nunca ficou agressiva desse jeito!

Emi:- Eu estou tentando fazer você ouvir, já que só falando você não escuta vou falar na sua língua... A violência

Maki:- Pra que isso?

Emi:- Maki...um garoto se declarou para você... Claro o Jhona pode ser o mais fraco e baixo garoto daquela idade que eu já vi... Mas parece que ele relamente gosta de você!

Maki:- mas... Eu não sei Emi, todos os garotos sempre me trataram como uma amiga.... Bem alguns como "amigo"!

Emi muda de expressão sorrindo e flexionando seus braços.

Emi:- Bem você seria o homem da relação

Maki:- Não... agora eu me sinto mal pelo Jhona

Emi então volta a sentar normalmente e tentando explicar a Maki.

Emi:- Você precisa responder adequadamente... O Jhona pode ser meio esquisito... Stalker... Magricelo, baixinho.... Mas ele é um garoto legal, e gosta de você! E você gosta dele?

Maki então vira o rosto e começa a pensar.

Maki:- Eu....

Emi:- então melhor pensar... E responder direito o Jhona, ele é o garoto mais honesto que conheci e ao mesmo tempo é o que mais consegue esconder o que sente, eu acho que ele prefere que você o encare e responda diretamente! Você tem tempo pra pensar... Mas é melhor responder!

Maki fica ali sentada pensando, logo após terminar de falar Emi se levanta e começa a arrumar suas coisas.

Mais tarde todos estariam se reunindo indo para o ônibus, Maki estaria pensativa enquanto descia as escadas do hotel indo para o saguão principal quando vê Jhona e Rony conversando e então ela resolve escutar a conversa escondida.

Rony:-... Então você se confessou para a Maki! Ela te rejeitou?

Jhona:- Eu não diria isso! ....

Jhona ficaria coçando a cabeça pensando na palavra certa.

Jhona:- Ela meio que ignorou o que eu falei e mudou de assunto!

Rony:- Nada lindo

Rony apesar de continuar com o seu estilo de falar não estaria mais fazendo suas poses estranhas já que estaria levando aquela situação a serio.

Rony:- Então você vai confrontar ela sobre isso?

Jhona então fica pensativo por um tempo até que ergue a cabeça encarando Rony.

Jhony:- Alguns anos atrás a Maki estava no 8° ano! Ela se declarou para um garoto que ela gostava....e ele respondeu "Desculpe, eu prefiro garotas mais femininas e delicadas"!

Maki que estaria ouvindo tudo aquilo estando um tanto surpresa com Jhona saber até mesmo sobre isso.

Jhona:-... Então, a Maki é direta... Ela encara as coisas de frente, eu a admiro, ela forte tanto fisicamente quanto emocionalmente! E meio que isso me fez amar ela... Você pode disser que eu estou querendo ficar com ela simplesmente porque ela tem o que eu não tenho! Não é verdade, eu gosto dessa parte dela? Sim gosto... Mas eu relamente amo ela...

Rony ouvia tudo o que aquele garoto tinha a dizer calmamente, enquanto isso Maki estaria no outro corredor mordendo o seu antebraço se segurando ao máximo para não falar nada.

Jhona:-... Então não tem problema ela ignorar minha confissão por agora.... Porque sei que um dia ela vai me dar sua resposta, e até lá eu continuarei dizendo que a amo!

Jhona fala isso dando um caloroso sorriso. Rony ao ver aquela cena coloca suas mãos no ombro de Jhona e então fala.

Rony:-. eu acho... Que acabei me apaixonando por você também!

Jhona sente um arrepio subindo sua espinha então tenta sair das mãos de seu amigo.

Jhona:- SAI FORA!!! EU SOU HETERO!!

Rony continua falando com uma cara seria.

Rony:- Posso te beijar?

Jhona ao ouvir isso debate ainda mais saindo das mãos de Rony, e então ele começa a correr para saída sendo seguido por Rony que agora estaria fazendo suas poses e rindo enquanto ia atrás de Jhona.

Maki que estaria ouvindo tudo começa a ficar com as pernas bambas e assim acaba descendo escorada na parede até se sentar no chão. Ela para de morder seu antebraço e fica olhando para frente com uma cara de raiva e satisfação.

Maki:- Seu maldito nanico....por que você é assim?

Ela logo em seguida da um sorriso em seu rosto e vai se levantando. Assim todos menos Maki estariam reunidos no saguão principal enquanto conversavam, até que Emi puxa Rony para um canto e começa a falar com ele.

Emi:- Você soube?

Rony:- Da confissão do Jhona para a Maki? Sim

Emi:- Sabe o que temos que fazer entao?

Rony e Emi olhando um para o outro fazem um joinha.

Rony e Emi:- Juntar aqueles dois

Os dois estariam dando algumas risadinhas assim chamando a tenção de Jhona, Tomas, e Andrew que os observavam.

Andrew:- Por que parece que tem uma vaive meio brilhante e maligna saindo deles?

Tomas:- Sei lá

Assim o professor avisa a todos que era hora de subir no ônibus, assim os alunos vão entrando pouco a pouco. Jhona então vai correndo para o ônibus, mas acaba escorregando, e antes de cair Maki o segura pela alça da mochila o levantando no alto sem o deixar encostar os pés no chão.

Maki:- Ara Ara eu peguei um Jhonamon

Jhona ficaria olhando para ela achando isso sem graça, mas Maki sorria com felicidade, o que fez com que o garoto desistisse e acabasse sorrindo também. Maki então o coloca no chão e os dois vão andando até o Ônibus conversando até que Maki deixa escapar uma leve fala.

Maki:~ Espere só mais um pouco...~

Jhona:- "Esperar" o que?

Maki ao perceber que ele teria ouvido fica vermelha de vergonha e da um leve soco na barriga de Jhona, mas como o garoto era bem fraco ele cai no chão com os braços na barriga.

Maki:- Ah... Desculpe

Assim o resto da viajem é tranquila, eles se divertem no ônibus até a volta a escola aonde cada um pega seu caminho para casa.

E assim todo o final de semana passa rapidamente, e na segunda feira Jhona não teria ido a escola, e todos pensaram der apenas um resfriado ou algo do tipo. Até que chega o horário do intervalo e Maki se levanta indo para a cantina para poder comprar algum lanche, porem antes ela é parada por uma professora mais ou menos da altura de Maki. A professora teria longos cabelos negros, e seus olhos seriam uma coloração meio escura.

Yukina:- Você... Desse tamanho.... É a Maki?

Maki:- Ah sim eu sou a Maki professora Yukina! Algum problema?

Yukina:- Na verdade tem sim... Venha comigo

Yukina leva Maki até um sala que estaria vazia com todas as mesas e cadeiras empilhadas no canto da sala. Assim Maki pega uma cadeira e se senta, enquanto Yukina se senta em cima da mesa cruzando suas pernas.

Yukina:- Você é amiga do Jhona não é?

Maki teria ficado meio surpresa com a pergunta mas acaba falando sem problemas.

Maki:- Sim... Eu sou amiga do Jhona... Mas por que a pergunta?

Yukina:- Sendo assim... Você sabe? Sabe do problema do Jhona?

Maki ficaria meio surpresa e ao mesmo tempo assustada com esse tal problema assim arregalando os olhos encarando Yukina.

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...