História Mesmo sem saber - L3ddy - Capítulo 60


Escrita por: ~

Postado
Categorias Lucas "Luba" Feuerschütte, Lucas "T3ddy" Olioti
Personagens Lucas "LubaTV", Lucas Olioti
Tags L3ddy
Visualizações 179
Palavras 1.830
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hey, How! Amores e Amoras, vocês aqui? Goxxtei! 😄
Tudo 🍞 contigo? E comigo?
Eu estou muito bem, pois esse é...
Maaaais um cap! 😆
~×~×~×~×~×~
Não demorou, está vendo? 😄
Eu deveria estar fazendo minhas pesquisas de história pra amanhã, mas eu estou? Nãão! 😂 Estou aqui fazendo um cap novo pra vocês 😚
Já passei de ano (aleluiaaaa), então não estou me preocupando muito... 😊
Mas ainda assim, antes de ir pra escola vou tirar uns prints de uns sites de pesquisa, aí eu copio antes da aula, fácil!
É sempre bom uns pontinhos a mais no histórico, não é mexxmo? 😋
~×~×~×~×~×~
Hoje não tenho muito o que escrever, mas só quero indicar dois filmes a vocês:
O primeiro é "Um álibe perfeito". E, o segundo se chama "A casa dos sonhos".
Simplesmente AMO esses dois, pois eles têm finais incrivelmente surpreendentes.
São dois dos meus filmes favoritos e tem na Netflix.
~×~×~×~×~×~
E, não se assustem com o título, Okay? 😄
Provavelmente não é o que estão pensando 😆
~×~×~×~×~×~
Éhr... É isso mesmo...
Fiquem com o cap! ❤

Capítulo 60 - Guba (O passado - Luba/pt.01)


Fanfic / Fanfiction Mesmo sem saber - L3ddy - Capítulo 60 - Guba (O passado - Luba/pt.01)

•• Ei, ei, ei você! Sim, você mesmo! Já leu as notas? Se sim: Aeeeh! ^^ Se não: ... Como assim, Amore? -_- Okay, Okay! XD Faz assim: Volta e lê. Não se preocupe, eu vou estar bem aqui, te esperando :) Pronto? Eu disse que ia esperar, tá vendo? Agora pode ler o capítulo, eu deixo... Hehe" ^3^ Vou estar quietinha, lá em baixo ↓ Até ♥ ••

~×~×~×~×~×~×~×~×~×~×~

{ P.O.V Lucas Olioti }

Ouvimos a campainha tocar, logo sinto as mãos do Luba - ainda em minha nuca - tremerem. 

Louis - Não se preocupem... Eu atendo! - Grita ainda da mesa, sem querer interromper aquele momento meu e do Lucas.

Ouço o som da cadeira arrastando - provavelmente o Louis se levantando. 

Olho pro Luba e vejo o mesmo com uma expressão assustada desenhada em seu rosto. 

T3ddy - Você está bem, Lu...? - Pergunto o olhando curioso.

Ele não responde, apenas se afasta de mim e anda/corre até a sala. O sigo, andando quase no mesmo ritmo.

Chegando na sala vejo o Louis com a mão na maçaneta, já preparado pra abrir a porta, e o Luba se aproximando dele.

Antes do Luba o alcançar, Louis abre a porta. Em questões de segundos, Lucas o puxa rapidamente pra si.

Ele carrega rapidamente o garoto e olha para a porta aberta, mudando de expressão; ficando agora mais calmo e soltando um longo suspiro, enquanto aperta um pouco o menino em seus braços.

Luba - Se abaixa, ficando da altura do Lou - Não faz mais isso, tá, Louis?! - Fala com um tom de voz seco, enquanto leva as mãos até os ombros do garoto, fazendo ele o olhar nos olhos, demonstrando que ele está falando, realmente, sério.

O garoto afirma sem entender nada o que houve, assim como eu, que estou um pouco longe os observando.

O Luba dá um pequeno sorriso pro garoto e o abraça. Depois ele se levanta e suspira, fechando os olhos e os abrindo, novamente, em seguida.

Ele se aproxima mais da porta, dando um sorriso sem graça para seus amigos que estavam parados, o olhando, confusos como eu.

Luba - O...Oi... - Fala baixo - O que fazem aqui? - Pergunta, olhando para fora, procurando por algo.

Cellbit - Olha, Lubinha, confesso que preferia ser recebido com, no mínimo, um abraço! Mas eu estou vendo que a educação foi passear, não é mesmo? - Faz cara de decepção.

Gusta - Ah, tá, Rafael! A gente que aparece na casa dele, em pleno horário de almoço, sem mandar uma mensagem sequer, e a falta de educação é dele? - O Cellbit olha pra ele, erguendo as sombrancelhas.

Cellbit - Olha só, você deveria estar do meu lado, sua naja! - Diz, fazendo o Gusta revirar os olhos e o Luba rir fraco.

Luba - Oi, meninos... Me desculpem! Eu só... - Corta a frase ao meio - Nada, deixa quieto! - Nega fraco com a cabeça - Entrem! 

O Cellbit é o primeiro a entrar, dando um abraço no Luba e um beijo na bochecha. Logo, o Gusta entra também, sorrindo, dá um abraço e deixa um beijo na testa do Lucas - Como ele é um pouquinho mais alto.

Cellbit - Estou sentindo cheiro de comida...! Macarrão...?! 

Luba - Sim. Acabamos de almoçar e... - Para de falar, vendo o Rafael se dirigir à cozinha.

Cellbit - Eu sou da casa e estou com fome...

O Luba me olha iimpressionado com o quão folgado o Rafael é, e eu apenas rio fraco, me sentando no sofá e chamando o Louis pra sentar junto.

Gusta - Estamos encomodando? 

Luba - Não, não... De jeito nenhum! - Sorri - Mas, e aí com a Keh? Já falou com ela? - Pergunta curioso.

O Gusta lança um olhar rápido em minha direção e logo abaixa a cabeça, se sentindo meio desconfortável.

Luba - Aaah, nem vem! Eu quero saber de tudo. Ela tá mal? Vocês ainda estão juntos? - O Gustavo continua calado - Tá booom! - Revira os olhos - Ursinho, vamos conversar lá na sala de jogos. Já já descemos, tá? - Vem até mim.

O olho nada feliz. Ele sabe que eu sinto ciúmes dessa amizade dos dois, mas sei que ele não faz por mal. 

Luba - Me sela, vendo minha expressão - Não precisa de ciúmes, poste de luz, já voltamos! 

T3ddy - Okay, tampinha... - Falo, ainda meio chateado, mas confio nele e o Gusta, pelo o que eu sei, é hétero.

Ele deixa outro beijo em meus lábios e sobe as escadas, puxando o Gustavo pelo braço.

Os sigo com os olhos, até perdê-los de vista e soltar um suspiro.

Louis - Não se preocupe, T3ddy! Você e o Luba são o casal mais fofo e apaixonado que eu já vi em toda minha vida... Não que "toda minha vida" seja muita coisa, nem que eu já tenha visto muitos outros casais, mas... - Faz uma careta - Ah, você entendeu, não é? - Afirmo rindo.

Vejo o Cellbit saindo da cozinha com um prato de comida e um copo de refrigerante na mão.

Cellbit - Cadê os outros dois? - Olha para os lados.

T3ddy - Me abandonou aqui, junto com o Lou... - Falo dramático, revirando os olhos e colocando os dois pés, um em cima do outro, em cima da mesinha de centro de vidro a minha frente.

Cellbit - E isso tudo é ciúmes? - Diz, se sentando na outra parte do sofá e levando um garfo com macarrão até a boca, ainda me encarando.

T3ddy - Não. Eu confio no Lucas! 

Cellbit - Eu não disse que você não confia... Só falei que está com ciúmes... 

T3ddy - Talvez um pouco... - Dou de ombros.

Cellbit - Não precisa não...! Eles sempre tiveram uma amizade forte, mas nunca passou disso. - Sorri pequeno, levando o copo até a boca.

T3ddy - A quanto tempo vocês são amigos?

Cellbit - Eu conheci o Lucas quando estávamos na... - Pensa um pouco - oitava série! Mas sei que o Gusta e ele se conheciam bem antes. Por isso sempre foram muito próximos. No início o Gusta tratava o Luba como um irmão mais novo. Não que ainda não trate, mas antes era demais! Lembro que assim que o Lucas sumiu ele não parava quieto em casa... Agora à poucos dias, ele parou um pouco com isso... sua saúde estava meio afetada, já que ele não parava pra comer.

T3ddy - Tem certeza de que eles NUNCA tiveram nada? Pelo jeito que você está falando...

Cellbit - Pelo o que eu sei, nunca. - Dá de ombros, comendo mais um pouco.

T3ddy - Hmm... 

{ P.O.V Lucas Feuerschütte }

Luba - Vai logo, desembuxa! - Digo, tirando uma embalagem de batata frita do puff, logo me sentando no mesmo.

O Gusta se senta ao meu lado. Se inclina um pouco pra mim, logo deitando a cabeça em meu colo, de lado.

Me assustei um pouco, mas ele me lançou um sorrisinho. Parece que aquilo era uma coisa normal que fazíamos antes de eu perder a memória.

Quase consigo lembrar de alguma coisa, mas está muito "embaçado" em minha mente, então decido ignorar.

Luba - E então...? - Ele se deita de barriga pra cima, me olhando.

Gusta - Eu não sei se fiz a coisa certa, Luba... - Fala em um fio de voz.

~×~×~

Luba - Gu! Gu! - Subo em uma casinha na árvore, o encontrando desenhando.

Gusta - O que houve, Luba? - Diz ele, com, mais ou menos, 12 anos.

Luba - Aconteceu uma coisa... Acho que eu fiz algo errado. - Digo nervoso, aparentemente, com meus 9/10 anos.

Gusta - O quê? Vem cá... - Me aproximo dele.

Ele se senta em meio a um monte de almofadas, eu logo me deito com a cabeça em seu colo.

Gusta - Se acalma e me diz. - Fala calmo, enquanto carinha meu cabelo.

Luba - Eu... acho que estou gostando de uma pessoa... 

Gusta - Normal, Lubinha! - Ri fraco - Quem é?

Luba - Um... garoto... - Falo baixinho.

Gusta - O que isso tem de errado? - Pergunta normalmente.

Luba - Isso é normal? 

Gusta - Ri - Claro, Lu... - Sorri - Quem é o sortudo?

Luba - Ele... é da escola. Mas eu não sei o nome. Parece que ele é de umas salas mais adiantadas que a minha... - Sorri pequeno - Eu não tive coragem de perguntar seu nome.

Gusta - Onde vocês se viram?

Luba - No pátio. Ele passou rápido, acabou esbarrando em mim. Então, eu o olhei e... foi como se borboletas estivessem passeando por meu estômago e... minhas bochechas arderam e coraram... Estou preocupado...

Gusta - Porque? 

Luba - Acho que ele conseguiu ouvir meu coração batendo... - Falo inocentemente.

Gusta - Ri fraco, novamente, beijando meus cabelos - Como ele é?

Luba - Lindo... - Falo simples.

Gusta - "Lindo", como? 

Luba - Sorriso lindo, cabelos lindos, pele linda, rosto lindo, olhos lindos, boca linda... Lindo! - Falo envergonhado, escondendo o rosto na barriga do Gusta.

~×~×~

Gusta - Luba? Luba? - "Acordo".

Luba - Oi. Desculpe. - Sorrio pequeno - Me diga, o que houve? - Carinho seus cabelos, fazendo ele sorrir, ainda meio triste.

Gusta - Eu não disse à Keh... Eu tentei! Mas quando eu a vi... - Suspira - Eu não consegui.

Luba - Poxa, Gu... 

Gusta - Não é só isso... Eu... pedi ela em namoro! - Esconde o rosto.

Luba - O...O quê? Mas, como assim?! Só pediu? 

Gusta - Eu falei que precisava falar com ela, e como eu não consegui falar o que, realmente, queria, disse a primeira coisa que me veio à mente.

Luba - Gu, eu...- Tento falar, mas ele interrompe.

Gusta - Eu sei! Foi a pior coisa que eu poderia ter feito! Agora piorou tudo... Se eu falar pra ela que não quero mais, ela, provavelmente, nunca mais vai olhar na minha cara! Eu não quero isso, Lu... Não quero que ela se machuque.

~×~×~

Gusta - Luba! O que houve? Porque você está aqui? - Diz, subindo as escadas, chegando na casinha - Porque não foi pra escola?

Luba - E...Eu... Não consigo! - Passo a mão no rosto - Ele... Ele tem namorada. 

Gusta - Ohw, Lu... - Me abraça - Não fique assim, pequeno! É só o primeiro de muitas pessoas que vão entrar em sua vida. Já já isso passa. 

Luba - Ele foi o primeiro, Gu... Mas não quero que haja outros! Vai doer denovo. O pior é que eu mal tive coragem de chegar perto dele... - Me encolho em seus braços.

Gusta - Shhh... Vai passar - Me balança um pouco, conseguindo me acalmar.

~×~×~

Luba - Ei... Calma! Não se culpe assim. Deve ser difícil, eu sei. - Sorrio pra ele.

Gusta - Eu só... não quero continuar enganando ela, sabe? - Diz mais calmo.

Luba - Sei e vou te ajudar a contar, da melhor maneira, tá? - Ele afirma, suspirando.

Gusta - Obrigado... - Sorri.

~×~×~×~×~×~×~×~×~×~×~

•• How! Já leu, sério? Já que está aqui, não vai embora ainda! Desliza um pouco a telinha para baixo e lê as notas finais. Vai lá, por favorzinho, não custa nada! Sabia que é importante? Sim...! É lá que eu deixo informações e peço opiniões pra vocês. Tô lá, hein? ••


Notas Finais


Woooow! Vi que decidiu vir, não é mexxmo? 😂
Bom te ter aqui 😊
Bem vindo(a) às notas finais! Aqui temos: Conversinhas entre eu e tu, tu e eu; coisas relacionadas à fic; agradecimentos; entre outros...
Então, se não quiser ficar de fora, te convido a vir aqui em todos os caps...
Combinado?! 🙈
~×~×~×~×~×~
Talvez meio inesperado a amizade dos dois, né? 😋
É que o Gu era tão mau na outra fic, que aqui ele vai se redimir 💜 Ou... não... 🙈
Hehe" Sorry ❤
~×~×~×~×~×~
Eu estava pensando em terminá-lo amanhã, mas decidi postar assim mesmo.
Se houver algo errado me desculpem, mas só vou poder corrigir amanhã, depois da aula.
~×~×~×~×~×~
Então, grupo, por hoje é isso 😋
Deixem nos comentários o que vocês acharam.
Se gostaram, favoritem e compartilhem com seus amiguinhos, com o senpai/crush, as falsianes, trouxianes e escrotianes da vida... Com seu avô, sua avó, seus pais, professores, o padeiro da padaria da esquina, o cara da companhia telefônica, sua bola, seu gato, cachorro, frango, guaximim, coruja, foca, toupeira, capivara, periquito, papagaio, unicórnio de estimação, pikachu bailarino, hambúrguer voador, leitinho... Whateveeer 😂
Se não gostou, deixe nos comentários o por que para assim eu poder melhorar mais e mais pra vocês 😍
A opinião de vocês é muito importante pra mim 😙
Um beijinho, um brigadeiro e até a próxima ❤
~ By Poo 🐼


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...