História Messenger l.s - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Visualizações 7
Palavras 700
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Festa, Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Slash
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 9 - Capítulo 9


Louis Tomlinson p.v.s

Assim que eu e Harry acabamos de fazer o trabalho ficamos conversando coisas aleatórias, não pude deixar de observar suas covinhas toda vez que ele sorria.

Não entendi porque ele estava de suéter sendo que meu quarto estava um calor infernal, mas não perguntei por educação. Seus cabelos grudavam na testa por causa do suor, até desliguei o aquecedor para deixa-lo mas confortável.

Minha mãe trouxe um lanche e me lançou um olhar e um sorriso que juro que não entendi na hora. Mas irei pergunta-la mais tarde.

21:15pm Harry ainda estava aqui em casa ele não quis jantar disse que se jantar-se fora sua mãe ia fazer ele comer de novo em casa.

Gostei dele, ele me parece ser legal não sei por que nunca prestei atenção nele antes. seus olhos esmeraldas dão um brilho especial em seu rosto valorizando seu sorriso e suas covinhas que eu tanto gostei. Claro que não direi nada disso a ele não quero que o maior se ache ou que pense que estou interessado.

Não que eu não daria uns pegas nele, só que nunca me relacionei com ninguém daquela escola não vai ser ele que vai mudar isso agora.

Antes que eu pudesse sentar na mesa com minha família para jantar levei Harry até a porta, ele me lançou um olhar estilo 43 e me beijou no rosto me fazendo ficar com a bochecha quente por causa do contrato de seus lábios.

Uma corrente elétrica percorreu meu corpo até chegar na parte de baixo das minhas pernas. Não sei explicar o que aconteceu, mas foi como se eu tivesse flutuando com apenas um beijo no rosto imagina se fosse na boca? acho que eu daria aqui mesmo pra ele.

Assim que Harry foi em bora esperei ele entrar em seu carro um Porsche vermelho, ele dar a partida sumindo do meu campo de visão. Entrei e fui direto lavar a mão antes de me sentar a mesa para jantar.

- Esse menino me parece ser legal.- Minha mãe diz o que me faz revirar os olhos pelo modo que as palavras saem de sua boca.

- Er. - Respondo simples.

- Então, você vai trazer ele mais vezes aqui em casa?

- Mãe para, sei o que a senhora está tentando fazer, a senhora sabe muito bem que eu não costumo ficar com ninguém dá escola.- Falo e minha mãe levanta as mãos em rendição.

- Desculpe meu amor só achei que você gostasse dele.- diz ela com o tom entristecido.

- Eu que peço desculpas mãe, não deveria ter falado com a senhora desse jeito. Ele parece ser legal e tudo mais, só que eu não quero ficar com ninguém daquela escola esse é meu último ano lá, então se eu pensar em me relacionar com ele ou qualquer pessoa será difícil minha decisão de ir para uma boa faculdade ano que vem e não quero que nada me prenda ou influencie nas minhas escolhas.

- Eu entendo seu ponto de vista, só não quero que você perca sua juventude.

- Não estou pendendo nada, só não penso em me relacionar com ninguém agora.- finalizo meu argumento antes que minha mãe pudesse falar mais alguma coisa.

Depois do jantar fui direto para meu quarto, escovo os dentes e coloco meu pijama. Liguei aquecedor pois esqueci de liga-lo assim que Harry foi embora.

Ajeitei meu travesseiros tentando achar uma posição que eu pudesse mexer no meu celular, desde que Harry me viu de boxer não tirei sua expressão dá minha cabeça. Ele parece diferente dos meninos da escola, ele é engraçado e falar bem, coisa que admiro em uma pessoa.

Mas tem algo nele que me deixa tenso não sei por que. Seu olhos, sua boca me faz ter pensamentos de luxúria.

Peguei meu celular e deslizei meu dedo para desbloquea-lo e ver se alguém ou uma certa pessoa me mandou mensagens.

Não mexi no meu iPhone desde cedo e por incrível que pareça não senti tanta falta.

Olhei para tela e me surpreendi não tem nenhuma mensagem de Doug, mas compensação tem várias do Liam. Me convidando para ir com ele em uma festa.

Suspirei e respondi que pensaria e amanhã daria a resposta a ele. Depois que mandei a mensagem para Liam não pude evitar de mandar para Doug também.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...