1. Spirit Fanfics >
  2. Metamorfose >
  3. A segunda união

História Metamorfose - Capítulo 3


Escrita por: Milye_Milye

Notas do Autor


Oiiêe ♡ saindo esse aqui fresquinho pra vocês! falei que tava ansiosa pra fazer kkk

Capítulo 3 - A segunda união


Fanfic / Fanfiction Metamorfose - Capítulo 3 - A segunda união

_Narradora on


Naquela noite, a mansão se encontrava silenciosa, aqueles com os sentidos mais aguçados logo sentiram a chegada próxima do inimigo, estavam todos reunidos na sala de estar, até porque não podiam esperar sentados a ameaça 

Reiji por sua vez estava sentado olhando para cada um dos irmãos, cruzou as pernas e ajeitou os óculos, ter que lidar com essa situação pela segunda vez era no mínimo estressante

- Muito bem, suponho que já saibam o motivo dessa reunião 

- Heh.. aqueles malditos estão querendo apanhar pela segunda vez - diz Ayato com o sorriso de glória no rosto 

- Aqueles irmãos... - Yui coloca a mão sobre o peito com o semblante preocupado

- E o que será que eles querem dessa vez ein - Laito se pronuncia com uma voz entediada - Já mostramos que não se deve mexer com a nossa vadiazinha

Reiji suspirou, teria que usar muito da sua paciência com eles - De qualquer forma eles tem algum objetivo nã-...

Antes mesmo dele terminar de falar a porta da sala de jantar se abre com um estrondo, quando todos olham então, está ali parado Kou com um sorriso junto dos outros três Mukamis

- Olha só quem chegou para iluminar a noite de vocês - ele começa a andar com aquele ego dele acenando as mãos 

A maioria dos Sakamakis fecham a cara com a chegada dos quatro, assim que Kanato olha para Azusa ele se levanta irritado - O que significa isso?!

- Diminua sua voz, da última vez facilitou unir forças - Reiji olha sério para ele

- Não precisamos de meio sangue como eles, eu me recuso! - ele aperta os punhos sem tirar os olhos de Azusa - Não quero mais ver a sua cara, não depois do que fez com o Teddy!

- Kanato já basta - diz Reiji, Kanato por sua vez sai de lá imediatamente irritado

- Que droga ein, se não tivesse queimado o pimpão teria evitado esse drama - fala Yuma encostando na parede

Azusa fica cabisbaixo - não tive outra opção 

- Voltando ao assunto, eles vão ficar aqui até as coisas se resolverem e caso encerrado - Reiji fala claramente, por mais que seja do desgosto deles, não tinham outra escolha


_Narradora off

Subaru on_


Olhava para tudo aquilo com puro desinteresse, ainda por cima os Mukamis vão ficar aqui novamente, como se não bastasse meus irmãos, resmungo para mim mesmo saindo dali sem atrapalhar, já sei do que se trata e minha presença não faz diferença ali

- Hey aonde vai Subaru-Kun? - essa voz... olhei para trás vendo Kou vir até mim - Você foi tão cruel aquela vez na escola

- Sério? Isso foi à semanas - o encaro me contendo para não me irritar, pois não valeria a pena

- Você trata tudo com tanta ignorância Subaru, por isso que é tão sozinho 

- E ser rodiado de pessoas alimenta essa sua carência? - cruzo os braços, seria até possível ver minhas palavras atravessarem seu peito 

- A-ahaha.. não é dessa forma que eu quero que termine essa conversa - ele coça a cabeça 

- Tch!.. me deixe em paz vai - Me viro saindo dali porém minha mão é segurada pelo mesmo, aquilo me faz olhar irritado para ele

- Eu gosto de você Subaru - sua palavras me faz congelar, o que anda acontecendo ultimamente?

- Que merda você tá falando.. - puxo meu braço, assim que coloco meus olhos atrás de si, Shu estava parado ali com sua mesma feição sonolenta de sempre 

- Licença - ele passa por Kou lentamente, me encarando quando passa por mim antes de virar para outro corredor

Por alguma razão me senti desconfortável, tenho quase certeza de que ele falou para eu me afastar só com os olhos, tenho uma sensação de que seu ciúmes é terrível 

- Subaru? - Assim que olho para frente Kou me olhava esperando uma resposta 

- Tch! Esquece isso.. - Me viro saindo dali de vez 

- O que?? Espere um minuto! - assim que ele me vê se afastando, um suspiro escapa de seus lábios e ele se vê derrotado

Caminho em direção ao meu quarto, o que será que está havendo com eles, agora que estou me aproximando de Shu, Kou me vem com essa história, não dá pra acreditar

Logo antes de entrar em meu quarto sinto minha mão ser puxada com certa força, alguém segura minhas duas mãos contra a parede, assim que abro os olhos após o pequeno impacto que me deu, vejo aquele par de olhos azuis olhar diretamente para mim

- Tch! Que droga Shu, me solta! - não conseguiria me soltar pois sua força era mais que a minha 

- O que fará a respeito do que ele disse a você? - olho para ele abismado, não acredito que ele está com ciúmes em tão pouco tempo, o encaro com o semblante irritado 

- Você é burro é? Ou acha que sou desse tipo 

Senti que ele não tinha confiança em mim, nem estamos juntos direito e ele já me vem com isso, assim que sinto o aperto de suas mãos afrouxar puxo as minhas para baixo

- Bobo.. vamos sair desse corredor - pego em sua mão, entrando em meu quarto com ele

- Olha você não devia.. - antes que eu possa terminar a frase ele me puxa para um beijo, sem paciência com esse jeito dele, apenas decido não discutir, envolvo meus braços em volta de seu pescoço, ele começa a me puxar até a cama lentamente

Logo ele se senta me puxando para seu colo de frente para ele, quando ele desce o beijo para a lateral de meu pescoço não deixo de corar apertando seus ombros

- S-shu.. não..

Ele me ignora, uma de suas mãos começam a subir por baixo de minha camisa até meu peito, o contato que deu em nossas intimidades por eu estar em seu colo me deixou levemente assustado, como estamos indo parar nesse caminho?, seguro sua mão olhando para o mesmo

- M-melhor pararmos...

- Está com medo de que Subaru? - em um movimento sou jogado na cama - olha como você está aí embaixo

Assim que vejo como o volume em minha calça era notório, coro intensamente virando meu rosto, eu não fazia ideia de como me tirar daquela situação, me sobressalto quando sinto seu toque a cima do tecido da calça, ele não estava me ouvindo, ainda é muito cedo para fazermos 

- S-shu - posso sentir ele desabotoar minha calça, sua mão adentrando na mesma me fez fechar os olhos, estava com tanta vergonha, nunca pensei que seria dessa maneira - Por favor..

Sinto então ele deixar um beijo em minha bochecha, aquilo me fez olhar para o mesmo, quando vejo a maneira que ele estava sorrindo para mim, aquilo fez meu coração disparar

- Sei que não quer, mas vamos ter que cuidar disso

Naquele momento meus olhos começam a marejar, pode ser só minha imaginação mais eu nunca pensei que... 

- O que foi? Você realmente..

Puxo ele para um beijo o fazendo se calar de vez, assim que separamos o encaro - termina logo com isso droga 

Viro de novo meu rosto, ele sorri se deitando ao meu lado e fazendo eu ficar que conchinha com ele, sua mão mais uma vez adentra minha calça tirando meu membro para fora, começando então a me masturbar, podia sentir selares do mesmo deixados em meu pescoço 

Aquilo tudo não estava me deixando pensar direito, tão bom, até ele começar a deixar mais intenso, tudo o que saia de minha boca eram gemidos, meu corpo queria mais contato, porém não podia me deixar passar essa linha e ter ações precipitadas, preciso ser racional aqui 

Não demora muito para sua mão estar toda suja de gozo, puxo meu travesseiro colocando meu rosto a baixo dele, escuto então um leve riso atrás de mim

- Não sabia que ele era tímido..

- Cala a boca 


Subaru off_


Fim do Capítulo 3


Notas Finais


E esse foi o terceiro capítulo amores ♡

Até a próxima :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...