1. Spirit Fanfics >
  2. Metamorfose >
  3. Universo criado por nós

História Metamorfose - Capítulo 6


Escrita por: Smile_Milye

Notas do Autor


Eai meus anjinhos, estou finalmente trazendo mais esse aqui pra vocês! espero que gostem ♡♡

Capítulo 6 - Universo criado por nós


Fanfic / Fanfiction Metamorfose - Capítulo 6 - Universo criado por nós

_Subaru on


Após a dor de cabeça que passamos por conta do ataque que sofremos, os dias passaram e fomos só seguindo com o de costume, o lugar voltou ao seu silêncio, embora todos nós temos o nosso orgulho, ficamos agradecidos pela ajuda dos Mukamis parece que de certa forma temos uma aliança 

Já por outro lado sinto que estava ficando cada vez mais próximo de Shu, lembro que me pegava direto pensativo e sozinho pela mansão, agora quando eu não estou com ele, o mesmo faz questão de vir até mim, peguei até o hábito de dormir com ele toda vez, me pergunto se estaria bem que continuássemos assim

Ele sempre tem passado pra mim a sensação de tranquilidade, esse sentimento que só tem crescido entre nós temo que um dia me machuque, fora que nunca me envolvi assim com alguém antes, mas não quero ser ansioso e pensar nessas coisas, ainda estamos desenvolvendo tudo entre nós 

- Está quieto faz um tempo, o que ouve?

Ouvi a voz do mais velho atrás de mim, tinha vindo até aqui para dormir com o mesmo, porém me sentei na cama e fiquei pensativo, logo senti suas mãos em volta de minha cintura e apoiou o queixo em meu ombro

- Por que levantou? Eu já iria deitar - empurrei ele de leve com o cotovelo 

- Hum.. você chegou e ficou aí parado 

Fiquei em silêncio, tinha algo me incomodando mas o que? Olhei para ele que me olhou também com aquele olhar sonolento, logo um leve sorriso se fez em seus lábios e me puxou para mais junto de si

- Sabe dês de que isso começou faz alguns meses.. - passei a mão sobre a sua pegando a mesma apreensivo 

- Quer me falar alguma coisa? - perguntou ele

- Não sei... a gente.. - Paro e penso na atitude em que estou tendo e acabo me irritando com isso - Tch! Esquece vai

Pude ouvir sua risada baixa, logo ele me deitou na cama e me olhou com um sorriso calmo - Não quebre sua cabeça com as coisas Subaru, se está preocupado com algo é só me dizer

Acariciou meu rosto deixando um leve beijo em meus lábios, fechei então meus olhos sentindo seu peso sobre meu corpo, ele tem razão não deveria me preocupar atoa, o que importa é que estamos bem assim

Mas tem outra questão que não estou preparado para enfrentar, a única coisa que fizemos até agora, só foram toques e carícias, se um dia ele quiser ir além como vou lidar com as coisas?

Corei com a cena imaginada, definitivamente não sei o que está acontecendo comigo, após separar o beijo abracei ele escondendo o rosto na lateral entre seu ombro e pescoço 


_Subaru off

Shu on_


Suspirei com a leve preocupação, ele está inquieto com alguma coisa mas não quer me contar, talvez eu devesse deixar ele se resolver e ir no tempo dele

Ficamos ali em silêncio, o mesmo se agarrou bem a mim me pergunto o que está pensando, logo senti uma dor aguda na lateral de meu pescoço mas suportável, ele me mordeu?

- Subaru?..

Ele não me respondeu mais uma vez, não sei se vou conseguir aturar esse comportamento dele, quero saber o que está acontecendo, então  me afasto um pouco para trás fazendo ele me soltar, assim que vejo seu rosto paro por um segundo, que tipo de expressão é essa agora? 

- Está tudo bem continuarmos assim? - o mais novo me olhou com os olhos marejados e o rosto levemente corado, de certa forma ele parecia um pouco irritado com isso também, mas não achei que ele fosse emotivo desse jeito

- Como assim? - perguntei confuso

- Nós simplesmente começamos isso... deixamos claro que gostamos um do outro, mas é só isso? - ele olhou para o lado desviando seu olhar de mim

Penso um pouco em suas palavras - Está querendo algo a mais? - levei minha mão até seu rosto, fazendo ele olhar de novo para mim

- Tsk! Eu não sei droga..

Sorri beijando ele novamente, sem ao menos perceber estava entre suas pernas, o beijo durou algum tempo antes que o separasse para olhar de novo em seus olhos

- Então você quer que sejamos bem mais que isso... Tipo namorarmos?

Minhas palavras fizeram ele ficar completamente sem jeito, como vou lidar com ele dessa maneira, sempre agindo pelas emoções, eu não quero que ele se desespere assim 

Quando o mesmo estava começando se agitar de novo beijei ele mais intensamente para que não falasse mais nada, com o tempo ele foi tirando a atenção das minhas palavras anteriores e se acalmou um pouco

- Sim eu quero - me olhou nos olhos buscando palavras para me dizer - Eu quero continuar me apaixonando por você... até não precisarmos nos importar com mais nada... sem ter dúvidas de que isso vai ser verdadeiro..

Parei sem conseguir responder suas palavras, senti algo em meu coração, que sentimento forte foi esse? Incrível como ele está me puxando para uma profundidade que posso facilmente me perder, não pude deixar de sorrir, ele está preocupado se vou deixá-lo tão cedo

- Subaru... - beijei sua testa, eu realmente não posso com ele - Não deve se preocupar desse jeito, deixe que tudo só ocorra como deve ser 

Peguei então uma de suas mãos a beijando, minha atitude o fez se sentir envergonhado e pude sentir ele recuar um pouco, eu realmente gostaria de ficar pra sempre assim com ele

Senti então seu abraço mais uma vez me fazendo fechar os olhos, fiquei deitado sobre ele, encaixado perfeitamente entre suas pernas, o toque de seu cafuné que começou a fazer foi me deixando bem sonolento e ficamos assim por algum tempo

- Shu?

- Hum? - respondi com os olhos fechados aproveitando o carinho 

Logo senti sua mão descer até minhas costas, abri os olhos quando ele parou de me fazer cafuné, não me disse mais nada também, não é possível que ele de novo, assim que levanto um pouco para olhar para ele, suas pernas foram envolvidas ao redor minha cintura, antes que eu pudesse reagir fui puxado para um beijo do mais novo


Shu off_

_Subaru on


Dês de que o silêncio foi tomado por nós fiquei pensativo, incrível como ele pode ser derrubado só com um carinho, de repente me veio a lembrança do que fizemos da outra vez

Brigo comigo internamente por pensar naquilo de novo, mas o que eu senti quando ele me tocou, eu não posso fazer isso comigo, se eu desejar isso vamos acabar fazendo

Mas no fim acabamos na nossa situação atual, eu não quero que ele fale uma palavra, o que iria dizer por eu agir assim, somente agora percebi o quanto nossas intimidades estavam próximas o que me fez corar

Eu já não posso mais recuar agora, nosso beijo foi separado por ele que me olhou, sua expressão era óbvia de que queria que eu me explicasse, até porque fui eu quem disse que não queria esse tipo de coisa

Esse maldito fica fazendo eu me sentir uma bagunça, empurrei ele até que o mesmo ficasse sentado na cama, subi em seu colo por vez, antes que eu pudesse dar mais um passo, meus pulsos foram segurados

- Você sabe com o que está mexendo Subaru? - Sussurrou sua voz em meu ouvido, tentei puxar meus pulsos para que ele soltasse mas foi inútil 

- Me solta droga - apoiei minha testa em seu ombro não querendo olhar para ele, escutei então seu suspiro 

Soltou meus pulsos, mas logo senti suas mãos levantarem minha camisa me fazendo sobressaltar - S-shu? - agora foi ele quem ficou em silêncio, dessa vez minha camisa foi tirada por ele, logo o toque de seus lábios em meu pescoço me fez me agarrar a seu corpo

Por que sempre acabo assustado quando ele começa agir assim? Me deitou novamente na cama, passando a mão em meu abdômen até meu peito, virei o rosto envergonhado, quando senti seu toque em meu mamilo, prendi a voz para não gemer

Definitivamente não queria parar ele, quando desceu sua boca para o outro, o toque arrepiou meu corpo, me passou uma sensação estranha, mas logo ele parou

Me fez olhar para ele de novo e me beijou, o calor que senti da outra vez, estava aqui de novo, me beijava tão intensamente, não tinha forças para querer parar dessa vez, levantei um pouco a perna o que me fez sentir sua ereção, 

Agora que estamos nessa situação, fui só eu quem senti prazer da outra vez, me pergunto se seu desejo foi reprimido por respeitar minha decisão, toquei em seu rosto e nossos lábios foram separados 

Olhou para mim e retirou sua camisa também, encarei a visão que tive corado, esse desgraçado ficou extremamente atrente fazendo isso

Sorriu para mim puxando minhas pernas para ficar entre elas, nisso sua mão deslizou em minha coxa, parando em minha ereção coberta pela calça, apertou ali mesmo me fazendo gemer, segurei firme os lençóis da cama para não fugir novamente 

- Porra.. se você não for gentil eu te mato 


_Subaru off


Fim do Capítulo 


Notas Finais


Sim eu vou fazer isso com vocês kk :)

Até o próximo capítulo seus lindos, foi isso ae ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...