História Metódica Aversão Joshler - Capítulo 17


Escrita por:

Postado
Categorias Twenty One Pilots
Personagens Josh Dun, Tyler Joseph
Tags 21 Pilotos, 21 Pilots, Brasil, Brazil, Gay, Josh Dun, Joshua Dun, Português, Portuguese, Romance, Twenty One Pilots, Twenty Øne Piløts, Tyler Joseph
Visualizações 36
Palavras 1.131
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, LGBT, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Pansexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


oi kkk alguém decidiu postar finalmente
ps: capítulo longo rs

Capítulo 17 - Capítulo 17


Pessoas, bebidas, música alta e... já disse pessoas? Essa era a festa de Ryan. Havia começado a pouco tempo e já estava sobrecarregada de gente. Na sala, no quintal, na cozinha, em todo lugar. Todos estavam curtindo, menos o curador da festa. 

— Hey, Ryan, o que houve? — Brendon pergunta, sentando-se ao lado do amigo no sofá. 

— Tá tudo bem. Essa música alta está me deixando com dor de cabeça. — disse, com as sobrancelhas franzidas.  

— Você quer algum remédio? Posso pegar pra você! — questionou, preocupado. 

— Nah, não preciso disso. Acho que vou ficar um pouco no meu quarto e ver se essa dor passa. 

— Quer que eu suba com você? — Brendon pergunta. 

— Uh, acho que sim. 

+

 

Tyler chegaria na casa de Josh a qualquer momento. Josh o esperava na varanda, sentindo-se ancioso. Ele estava pensando em Tyler, e se algum dia ele contaria que tinha uma queda por ele. Pensava em contar hoje, já que não aguentava mais esconder seus sentimentos. Pegou seu celular e começou a jogar "Candy Crush" para afastar os pensamentos.

Josh estava quase chegando na meta de pontos quando recebeu uma mensagem de Brendon. 

 

satanurie: CADÊ VCS???

satanurie: VCS TÃO PERDENDO A MELHOR PARTE!!!!!!!!

galaxydun: daqui 30 min eu chego, apressadão!!

 

Tyler estava um pouco receoso de ir na festa. Nunca tinha participado de uma dessas festas de adolescentes, com tudo que se tem direito. Um cômodo cheio de pessoas não parecia ser tão agradável. Continuou andando até receber uma mensagem de Josh.

 

galaxydun: hey Tyler, tô na varanda de casa, provavelmente é a única com a luz acesa agr 

 

Tyler rapidamente guardou o celular e voltou a andar. Estava pensando em Josh, de novo. Na verdade, estava pensando nele quase 24 horas por dia. Não sabia exatamente o que sentia, mas estava apreensivo. 

Se aproximou da casa de Josh, vendo-o na varanda. Ele estava... lindo. 

— Oi! — Tyler disse, ao subir os pequenos degraus da sacada, fazendo Josh cair do balanço que estava sentado. — Ah meu Deus, me desculpe!! 

— Calma, Tyler, tá tudo bem. — Josh diz, rindo,  recebendo ajuda  de Tyler para ficar de pé. — Então, oi..? — ele disse, abrindo um sorriso tímido. 

— Oi. — falou sorrindo, para despistar no nervoso. — Então... vamos? 

— Sim. — Josh disse, insinuando para Tyler o seguir. — A casa do Ryan não é muito longe daqui, mas é melhor nos apressarmos antes que cheguemos tarde demais!

— Tá bom, senhor apressadinho. — Tyler diz, debochando de Josh, que riu. 

Estava frio, indicando que Dezembro estava chegando junto com o aniversário de Tyler. Ele sequer lembrava dessa data. Pensava somente na pausa do Natal e do Ano Novo, que eram bem mais importantes. 

+

Ao entrarem na rua da casa de Ryan, começaram a ouvir a música alta tocando. Parecia que a festa estava realmente bombando.

Tyler poderia ter dado meia volta e voltado para sua casa, e Josh provavelmente não perceberia. Parecia que ele estava vidrado em seus pensamentos. 

— Uh, Josh, você tem absoluta certeza de que quer entrar aí? — Tyler questionou, vendo o tanto de gente na sala da casa. 

— Relaxa, vamos entrar e tentar achar um lugar sem tulmúlto para ficarmos, mas antes vou mandar uma mensagem pro Brendon. — disse, se encostando na parede da entrada. 

 

galaxydun: brendon cade vc k7

galaxydun: ja cheguei faz tempo

satanurie: agora não posso porr 

galaxydun: deve ta com o ryan né 

satanurie: ??como vc adivinhou??? vou ter q mudar de amigo agora

 

Tyler olhava para todas as  pessoas ali presentes, colegas de sala e pessoas bem mais velhas, dançando, bebendo, fumando até, e começou a se sentir pressionado. Parecia que todos o encaravam, falavando coisas ruins sobre ele. Agora não.

 

— Hey, você tá bem? Tá meio pálido. Vem, vamos lá fora. — Josh diz, pegando na mão de Tyler e o direcionando para o quintal, onde não tinham muitas pessoas. Tyler não queria estragar a noite com suas inseguranças, pelo menos não essa. 

 

O quintal de Ryan era relativamente grande, com algumas cadeiras e mesas de madeira escura perto da piscina. Tinha também uma área que parecia ser usada para fazer fogueiras, e como não tinha ninguém ali, Josh decidiu levar Tyler para lá. Tyler observava o movimento ficando para trás, assim se sentia menos pressionado. Os dois se sentaram, logo aquele silêncio desconfortável pairou por eles. 

— Josh, tá tudo bem? Você desse jeito desde hoje cedo. — Tyler pergunta, vendo que Josh novamente estava com a cabeça no mundo da lua. 

— Ah, não é nada. — ele responde, rapidamente. — Estive pensando em várias coisas recentemente. Enfim... 

— Eu fiz algo errado? — Tyler questiona, se sentindo levemente culpado pro algo que não necessariamente fez. 

— Não, não é isso, Tyler. São outras coisas, emocionais. Difíceis de lidar de vez em quando. 

— Oh. — Tyler ficou calado por um tempo. — Você se sente assim faz muito tempo, Josh?

— Ugh, infelizmente sim. — disse. PUTAMERDAEUNÃOACREDITONABESTEIRAQUEEUTOFAZENDO, pensou. 

— Pra ser bem direto, você tá gostando de alguém? — Tyler pergunta, descaradamente. 

— EU O QUÊ!? — ele responde, assustado. 

— Eu não sei, mas vai que?! — Tyler disse, esperando não ter falado muita besteira.  

— Ah meu Deus, eu não acredito nisso. — Josh falou baixo. Ele tinha postado algo assim no Twitter, e Tyler literalmente curtiu. ELENÃOPEGOUAINDIRETAMEUDEUSDOCÉU, pensou. — Tyler, você tá me stalkeando?

— Quem nunca? — ele responde, rindo. Puta merda. 

— Ah, Tyler, eu não sei como te dizer isso. — Josh diz, passando a mão nos cachos de seu cabelo.

— Uh, dizer o que, exatamente? — ele pergunta. 

— Tá, OK! — ele diz, e fica em silêncio por alguns segundos. — Eu tenho um crush em você, ok? — Josh diz, tacando o belo foda-se pra tudo. – É isso. Provavelmente você não vai entender, até eu mesmo entenderia. Enfim, deve ser um daqueles crush's de amizade, mas quem se importa. 

Tyler ficou imóvel, com os olhos arregalados. Cada palavra que Josh disse deixou- o confuso. Ele realmente gosta de mim? Será que é uma pegadinha? Oh meu Deus... 

Josh queria sair correndo, porém voltou a encarar a grama. 

— Oh... — foi a primeira coisa que Tyler disse. — E quando isso a-aconteceu?

— Nona série. — Josh responde. 

— Então você não é h-

— Não, Tyler, sou bi. O que quer perguntar a mais antes que eu me arrependa de ter dito isso?

— Brendon sabe disso? — pergunta, parecia preocupado. 

— Não, você é a única pessoa a quem eu disse isso. E vai ser a única também. — ele respondeu, sentindo-se triste. 

— Isso tá parecendo uma fanfic. — Tyler diz, fazendo Josh rir de leve. — Olha, não vai acontecer nada entre a gente, certo? Vamos continuar sendo amigos. 

— Eu espero, pelo menos. — Amigos. Isso doeu. — Posso te abraçar? 

— Claro! Por que não poderia?

Então Josh o abraçou, tentando não chorar um rio, como fazia às vezes. Sentiu seu coração acelerar mas o ignorou. 

— Obrigado. — Josh falou, pegando na mão de Tyler, e depois começaram a conversar diversas coisas, ficando na festa do início até o fim. 

 


Notas Finais


PRIMEIRAMENTE: sim essa história continua sendo Stalker Boy, eu mudei o nome porque não fazia sentido na história é nois.

eu demorei MUITO tempo pra planejar esse capítulo e pelo visto continuou uma bosta, desculpem pela demora e pelo conteúdo. prevejo alguém me matando nos comentários também. mesmo assim, espero que tenham gostado.

EAST IS UP


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...