História Meu abraço ainda vai ser teu abrigo... -TAESEOK - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jung Hoseok (J-Hope), Kim Taehyung (V)
Tags Bangtanboys, Bts, Taeseok, Vhope, Yaoi
Visualizações 25
Palavras 646
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Festa, Lemon, Mistério, Poesias, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


IAE BEBÊS, TURU BOM? ESPERO QUE SIM! AQUI ESTOU EU COM O 1° CAPÍTULO DA HISTÓRINHA!!! ESPERO QUE GOSTEM POIS FIZ DE CORAÇÃO!

Capítulo 2 - Cachorrinho


Fanfic / Fanfiction Meu abraço ainda vai ser teu abrigo... -TAESEOK - Capítulo 2 - Cachorrinho

HOSEOK:

-Eu não consegui dormir bem essa noite, não sei o porque mas não consegui dormir, virei para um lado e para o outro e nada. O máximo que eu consegui foi cochilar mas acordei rápido. 

-Mudando de assunto!  Eu passei algumas horas pensando que eu deveria arrumar um emprego, eu acho que essa herança não vai durar para sempre e seria bom trabalhar (ou não)  não é nem por QUERER, é porquê eu realmente tô preocupado com essa herança. 

-Ainda tenho uma boa quantia mas é bom prevenir, né? 

-Levanto da minha cama e vou em direção ao banheiro, começo a tomar um banho frio,deixo a água fria descer por todo o meu corpo,encosto na parede e vou descendo até sentar completamente no chão, sei lá, sabe?  Eu tô muito cansado dessa vida, de está sempre sozinho, aish!

-Sem perceber já estava chorando,eu realmente me sentia só. No começo eu procurei ajuda (quando minha mãe era viva) com um psicólogo mas depois que minha mãe morreu eu parei de ir, achei que não iria funcionar mas...o que na verdade nunca funcionou. 

-Termino meu banho e me seco com uma toalha, vou para meu quarto com a toalha na cintura e visto uma roupa confortável (Um casaco verde escrito FINE  na frente, uma bermuda preta e uma sandalia , o cabelo eu simplesmente penteio). Estava afim de sair, ver a rua, o sol, fazia um bom tempo que eu não saia. 

-Pego meu celular, fone e minhas chaves. Saio de casa e vou para uma praça que tem aqui perto de casa, sento de baixo de uma árvore, coloco uma música calma, fecho os olhos e relaxo o corpo. 

<<<10 minutos depois>>>

-Eu ainda estaria descansando se não fosse um cachorro que correu até mim e pulou nos meus braços, eu não achei ruim ele era de tamanho médio e tinha os pelo claros. Sem nem saber de quem era o cachorro eu comecei a fazer carinho nele,ele se mexia em meu colo e me lambia. Depois de uns minutos vejo um homem de altura mediana e moreninho vir correndo em minha direção, ele chega perto de mim e põe a mão nos joelhos respirando ofegante.

-Depois de um tempo abaixado o moço levanta e fala comigo!

***: Desculpa senhor, ele se soltou da coleira. 

Hoseok:Não tem problema!

-Levanto os braços e dou o cachorrinho ao moço que pega o mesmo me agradece e vai embora logo em seguida. Dou um sorriso por conta da situação e me levanto logo indo para casa. 

TAEHYUNG: 

-Aproveitei o dia de folga, acordei cedo e fui para a praça (que era um pouco distante de minha casa) correr um pouco com meu cachorrinho (Yeontae).

-Estava tudo bem até que o Yeon resolveu se soltar da coleira e correr, passei alguns minutos procurando ele mas o ví recebendo carinho de um menino (muito bonito por sinal), o moço me devolveu o cachorro e eu o agradeci logo prendendo Yeon na coleira e continuando a correr com ele. 

-Eu não sei o porquê mas estranhei aquele garoto está de casaco em um dia tão quente, não vou criar coisas em minha cabeça e achar que ele é depressivo... Ele está só de casaco, né? Aish meu trabalho está me deixando maluco. Por eu trabalhar com psicologia eu fico enchergando as coisas de outra forma sabe? Exemplos: Se eu ver alguém de casaco eu imagino cortes no pulso dessa pessoa, se vejo alguém sério imagino que essa pessoa não está tendo um dia legal. Não é só pelo trabalho mas também por eu prestar muita atenção em cada coisa que acontece ou pode acontecer. 

-Depois de um bom tempo correndo eu decido voltar para casa, tomo um banho e me visto apenas com uma bermuda, faço alguma coisa para comer e dou comida para o Yeon depois de fazer isso tudo eu vou dormir já que estava cansado. 




-


Notas Finais


E foi isso! Espero que tenham gostado!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...