1. Spirit Fanfics >
  2. Meu Adorável Híbrido - Imagine Hwang Hyunjin >
  3. Capítulo 14

História Meu Adorável Híbrido - Imagine Hwang Hyunjin - Capítulo 14


Escrita por: e Yang_LiGin


Notas do Autor


Ainda lembram dessa fanfic? KK
Me desculpem a demora, vou tentar atualizar frequentemente.
Tentei fazer um capítulo grande.
Estão de quarentena? Espero que sim. É isso, espero que gostem!

×linguagem imprópria×
×sexo×

.ignorem os erros de português

Capítulo 14 - Capítulo 14



Acordo meio suada, talvez por ontem... Eu só conseguia pensar naquele homem encapuzado. Olho pro' lado e vejo Hyunjin com os olhos abertos me olhando

- O que foi hyun?

  -Hyunjin começa a rir

- Tem algum problema contigo?

- Sabe aquele cara encapuzado de ontem? - Assinto. Hyunjin tampa a boca, talvez segurando risadas

- Eu juro que se for uma brincadeira sua... eu vou te merendar na porrada, Hwang Hyunjin!

- Calma noona,era apenas o Minho. Nós queriamos...

- AH, ENTÃO ERA APENAS O MINHO -Faço uma voz fina - EU PEGUEI TRAUMA DISSO SEU IDIOTA! -Soco seu braço

- Ai ai... Me desculpa! 

- Tô de greve, gre-ve.


Já fazia tempo que a gente não transava. Essa frase não fez o menor sentido. Mas quando ele quisesse, é claro que eu deixaria ele apenas na vontade...


- Uhum, você não aguenta ficar sem um pau fodendo essa bucetinha...

- Quem te ensinou isso? Você passou muito tempo com o Jeongin... Agora virou um caso perdido... O que eu fiz de errado senhor? (Fernanda: Vamos imaginar que o JeongIn é o mais velho,mesmo sendo difícil kk)

       Me levanto e adentro o banheiro, escovo meus dentes e lavo o rosto. Sinto braços rodearem a minha cintura,vejo Hyunjin pelo reflexo do espelho a nossa frente.

- O que foi Hyunjin?

- Quero provar que você não está de greve -Diz dando beijos molhados pelo meu pescoço

- Tem pessoas lá em baixo,eu acho melhor não fazermos nada

- Vamos, não vai demorar muito... -Hyunjin me coloca sobre -em cima- da pia e tira a sua camisa.

- Mas... -Sou interrompida com um beijo do mesmo. Me afasto-

- O que foi? -Hyunjin pergunta

- Vamos no chuveiro?

- Ah não,eu adoraria te foder vendo essa linda imagem pelo espelho.

    Sorrio com a reposta do mesmo.

                Autora p.o.v

   Hyunjin voltou a beijar o pescoço da mais nova,dessa vez o chupando.


- Hyunjin-ah

- Shiii...faça silêncio, vão escutar você. 

     S/n mordeu os lábios tentando conter os seus gemidos -algo que não funcionou tão bem- a garota continuava gemendo, aliás ela estava bem sensível. Já fazia um tempo que não era fodida por seu namorado, qualquer toque fazia ela gemer manhosa.

- Shiii... - Hyunjin sussurrou. O mais velho foi descendo os seus beijos/chupões até chegar no tecido fininho do pijama de s/n, logo tirando a parte de cima e o sutiã da garota.  Abocanhou de uma vez os seios da mais nova. S/n gemia manhosa a cada "mamada" de Hyunjin. O Hwang tirou o short junto a calcinha da yang e começou a estimular o clitóris da garota.


- Faça isso rápido,vão...- é cortada por Hyunjin que penetrou um dos dedos grandes na entrada apertada de s/n - A-ah... 

      O Hwang movia rápido o seu dedo, agora dois, passou um tempo fazendo o ato.

- Hyunjin-ah... Eu vou...

     Hyunjin atacou os lábios de s/n, sua língua adentrava com uma certa brutalidade. A Yang  chegou ao seu orgasmo, soltando assim, um líquido quente sobre os dedos de Hyunjin, esse que, levou os dedos para a própria boca os chupando. Hyunjin tirou a calça de moletom que vestia junto a cueca box. 

- Chupa... -ele disse passando os dedos pela glande vermelhinha, fazendo uma breve masturbação.

         S/n saiu de cima da pia e se ajoelhou no chão do banheiro. Passou apenas a língua pela glande de plé-gozo e segurou a base do pênis. Sem demorar tanto, ela abocanhou de uma vez, fazendo movimentos -não tão rápidos- de vai e vem.

     Hyunjin gemia descontroladamente com a respiração ofegante. Fez um rabo de cavalo -meio desajeitado- e passou a "foder" a boca da mais nova, oque fez s/n engasgar as vezes...

- A-ah - Hyunjin gemeu após chegar ao seu orgasmo.


    O Hwang pegou a garota no colo entrelaçando suas pernas em sua cintura, fazendo um atrito gostoso em ambas intimidades.A levou pra' debaixo do chuveiro. Ignorou totalmente a ideia de vê-la gemendo o seu nome pelo espelho. Ligou o registro e beijou os lábios da garota. A colocou no chão e sem aviso, penetrou seu membro na entrada apertada da Yang. Passou a se movimentar mais rápido a cada gemido da garota.


- Hyunjin-ah...


       Hyunjin estava focado em dar o máximo de prazer para a sua namorada, Se movia rápido e ia fundo. Logo após algumas estocadas s/n chegou ao seu segundo orgasmo.


- Awn 


Hyunjin continuava indo mais rápido, parecia insaciável, ia rápido e fundo, mas nunca chegava ao seu ápice. 


Depois de várias estocadas brutas, Hyunjin chegou ao seu limite, gozou dentro da mais nova, essa que deixou escapar um gemido de Alívio... Alívio porque Hyunjin tinha gozado.


 O mais velho beijou os lábios de s/n. -ainda dentro dela- dessa vez, suavemente, durante o beijo ambos sorriam, sorriam bobos.


- Estava com saudade disso... -o Hwang disse ofegante


- Eu também,mas agora vamos descer.


    Tomaram um banho juntos e colocaram suas roupas.


                        .......


- O que foi aquilo lá em cima? - Jisung disse após Hyunjin e s/n desceram - Parecia as gatas do Minho no cio. 


- Só pimbada violenta -disse Seungmin rindo.


- Calem a boca! - s/n tampou o rosto com as mãos por conta da vergonha


- É normal... - JeongIn veio da cozinha com dois sanduíches - Comam


- Hyunjin já teve a refeição completa! - Dessa vez, Minho disse.


     Ryujin? Ah sim... Ela só ficava com um bico emburrado nos lábios. 


         Todos estavam na sala, no maior tédio, as vezes contavam piadas sem graça, continuavam zoando sobro os gemidos, também falando sobre Jisung não tomar banho e coisas aleatórias da vida.

   Tudo estava normal até o celular de s/n tocar. Ela pediu licença e subiu 'pro quarto, atendeu o celular e escutou a voz de sua mãe.


               ~Chamada on~



- Alô? 


- Oi omma


- Está tudo bem? 


- Sim...


- Eu e seu pai demoramos tantos por causa de alguns probleminhas, talvez ele perda o emprego, mas não é certeza... Não precisa se preocupar com isso. Está se alimentando bem?


- Estou sim. 


- Voltaremos logo! Provavelmente em uma semana, espero que não coloque fogo na casa até lá.


- Eu sou responsável, tá? 


- Ah sim, responsável...


- Sim, responsável!


- Eu já vou indo... Se comporte.


- Okay, se cuida. 


              ~Chamada off~


                  S/n P.o.V


- E aí, cambada. 


- Quem era? - perguntou Hyunjin


- Minha mãe... Aliás, vocês terão que ir embora, no prazo de uma semana.


- Mas já? - perguntou indignado o Han.


- Sim, sim... Vocês terão que alugar algum apartamento rápido.


- S/n... Eu posso conversar com você? - Ryujin perguntou


- Claro... Vamos ir em um parque aqui perto


                           [...]



- Bom... O que você queria? - me sento em um banco


- me desculpa - se sentou ao meu lado - Eu já entendi que o Hyunjin não me ama mais. Eu realmente peço desculpa pelo o que eu fiz, achei que pudesse volta com ele.


  Fico paralisada por alguns segundos, eu esperaria qualquer cosia vindo de Ryujin, mas um pedido de desculpas? Nunca.


- Está tudo bem. Vamos esquecer isso. - sorri de canto


- Agora que estamos aqui, vamos brincar um pouco?


- Claro, não viemos atoa!


                        [...]

 

                 Seungmin P.o.V


Minho: Vocês estão de palhaçada?


Jisung: isso mesmo, estão? Nós pedimos um beijo de língua!


      Puta que pariu, por que eu fui aceitar brincar dessa brincadeira estúpida?


Hyunjin: Andem! Se beijam logo!


  Meu rosto já tinha uma coloração avermelhada, me levantei lentamente e fui até jeongin, segurei o seu rosto com uma mão e juntei os nossos lábios. Pedi passagem de língua e o mesmo cedeu, o beijo era calmo, enquanto nos beijavamos, jeongin mantia uma de suas mãos em meu cabelo, fazendo um carinho gostoso no local.


- Morreram? - jisung perguntou debochado


- Você são chatos, hein. - resmunguei e me sentei de volta no meu lugar


- Agora eu giro! - Hyunjin disse e girou a garrafa, caindo em jeongin e Minho. - Minho pergunta e...


- Já sabemos - Minho disse entediado - Verdade ou desafio?


- Desafio - jeongin disse sem hesitar


- hmmm... - Minho pensou. Vi que jisung havia sussurrado algo no ouvido dele - Paga um boquete pro Seungmin


- Hã? Ficou louco!? Não! 


- Se não cumprir, pode tirar uma peça de roupa.


- Ok, eu tiro. Qual?


- Tire sua calça 


   Dito isso, jeongin se levantou e tirou a mesma, revelando sua box preta. Meu rosto que já estava vermelho, ficou ainda mais. Prendi o meu olhar sobre o volume de seu membro,mas logo desviei.


- Está tudo bem, Seungmin? - Hyunjin olhou risonho 'pra mim - Ele ficou tímido


- Cansei dessa brincadeira! 


  Me levantei e fui até o quarto de jeongin batendo os pés. Suspirei balançando a minha cabeça em negativo. Ter visto jeongin daquele jeito.... Talvez eu tenha ficado excitado. Sai dos meus pensamentos quando ouvi batidas na porta.


- Eu posso entrar? - disse jeongin


- O quarto é seu... Não tenho que permitir nada


Jeongin abriu a porta e então se sentou ao meu lado. Já estava vestido com a sua calça.


- O que aconteceu com você?


- Nada. - respondi seco


- Ei! Não vem dizer que não foi nada. Você estava igual a um tomate.


- O que você quer? Quer que eu diga que fique excitado? Tudo bem, eu digo. Eu fiquei excitado com você, jeongin. 


Ficamos sem silêncio por alguns segundos.


- A gente poderia tentar algo, sabe? - Jeongin se pronuncia 


- Ficar?


- Bom, acho que sim.


- Ok, vamos ficar...


- Olha, isso tudo é novo pra' mim, eu nunca tinha sentido atração por algum homem. Eu talvez não demonstre te amar, mas eu tenho sentimentos, tá? Eu te amo, Seungmin.


- Você sabe que eu também te amo, Innie.


   Jeongin se aproxima e deixa um selar demorado nos meus lábios.


                           [...]


              S/n P.o.V


- Chegamos!


   Falo após abrir a porta de casa


- Por que demorou? - Hyunjin perguntou com um bico fofo nos lábios


- Decidimos passar no shopping e perdermos a hora.


- S/n, amanhã eu já vou. Conversei por mensagem com os meu pais, eles estão me esperando. - Ryujin


- Okay, vou sentir a sua falta! - abraço a garota de lado


- As madames apareceram - Jeongin diz com um sorriso enorme no rosto


- Ficou tão feliz de me ver?


- Não é isso,é que...


- É que...?


- Nós estamos ficando - Seungmin diz


- Ainda? - pergunto indignada


- Tudo tem seu tempo, anjo - Seungmin


  Sorrio simples e subo as escadas até o meu quarto.


- Já vai dormir? - Hyunjin


- Claro, foi cansativo hoje.


- Eu já disse que te amo?


- Sim, já disse.


- Eu fiquei tão assustado quando o Christopher te levou. - sentou do meu lado e acariciou os fios do meu cabelo - Eu sempre tive esperanças que você voltaria.


- Por que isso de repente?


- Ué, não posso ser carinhoso?


- Claro, mas... Ah, esquece.


- O que houve?


- Qual foi a sua relação com a Ryujin?


Notas Finais


Até o próximo capítulo!

Lavem bem as mãos com água e sabão!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...